Home » Games » Nintendo quer saber como anda a qualidade do seu sono

Nintendo quer saber como anda a qualidade do seu sono

Nintendo anuncia sistema que vigiará o sono do usuário, analisará os dados e tentará fazer com que tenhamos uma qualidade de vida melhor. Sistema faz parte de um programa da empresa que pretende explorar o mercado da saúde.

5 anos atrás

sleeping-mario

Há muito tempo, numa galáxia muito, muito distante, a Nintendo anunciou que estava trabalhando em uma plataforma que tinha como objetivo melhorar a qualidade de vida das pessoas, focando na saúde do usuário. Aquilo deixou muitos intrigados, afinal, o que eles estavam tramando? Bom, agora sabemos detalhes do primeiro produto desta nova etapa da empresa e trata-se de um sensor que vigiará nosso sono.

Descrevendo-o como algo que não precisará de configuração e que não estará em contato direto conosco, o dispositivo utilizará ondas de rádio para detectar nossos movimentos, batimentos cardíacos, respiração e fadiga, para depois enviar os dados coletados para um servidor para que possam ser analisados e uma das maneiras para fazer isso será utilizando outros aparelhos, como por exemplos videogames.

A ideia da Nintendo é, através de uma melhora no sono, incentivar as pessoas a terem uma qualidade de vida maior e para isso também oferecerá programas de dieta e exercícios através de um sistema muito mais amplo que será fornecido em conjunto com a ResMes, empresa norte-americana especializada na produção de “equipamentos para diagnosticar, tratar e gerenciar distúrbios do sono e de respiração.

nintendo-qol

Anunciado por Satoru Iwata, que recém se recuperou de uma cirurgia e voltou a comandar a BigN, se tudo der certo eles lançarão o sistema de QOL (quality of life) em alguma data de 2016, deixando clara a intenção da companhia de explorar outros segmentos que vão além dos jogos eletrônicos e com o qual eles já haviam flertado há muitos anos, quando seus consumidores passaram a ter acesso ao Wii Fit.

Sempre fazendo questão de associar os exercícios físicos ou a melhora de qualidade de vida à indústria de entretenimento, talvez não exista empresa melhor para fazer com que este mercado cresça e por mais que seja um pouco estranho pensar na Nintendo se metendo em algo que não esteja relacionado a games, não podemos esquecer que estamos falando de uma empresa centenária que começou suas atividades fabricando cartas.

A minha dúvida é: será que eles não estão chegando um pouco tarde nessa história de acompanhamento do sono? Se não estou enganado existem vários aplicativos para celular que fazem justamente isso, só não sei se eles são realmente úteis.

Fonte: CVG.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários