Tim Cook: falta de peças matou o iPod Classic

ipod-classic

Muita gente, eu incluso ficou triste à beça quando o iPod Classic foi enfim descontinuado pela Apple, pondo um ponto final numa bela história de 13 anos. Só que a decisão de matá-lo não foi de Cupertino somente, embora eliminar os aparelhos que ainda faziam uso do conector de 30 pinos fosse algo que ela desejasse (aliado ao fato de que os novos iPhones serão capazes de armazenar quase tantas músicas quanto o mesmo).

Em uma conversa durante a conferência WSJD Live em Laguna Beach, Califórnia, o CEO Tim Cook deu uma explicação simples e sucinta para a morte do MP3 Player: não existem mais peças para montá-lo.

Se pararmos para pensar a explicação faz sentido: para se ter uma ideia ele ainda usava disco rígido (o Teardown é do modelo de 2007, mas quase nada mudou no de 2009), a Apple nunca substituiu sua unidade de armazenamento por memória Flash. Durante a entrevista Cook disse que “não foi uma questão de simplesmente pegar um machado e dizer ‘hummmm, o que vou cortar fora hoje?’, o fato é que a Apple não mais conseguia encontrar as peças para montá-lo. Basicamente os fornecedores pararam de produzir seus componentes, deixando Cupertino com duas opções: remodelar o iPod Classic completamente ou encerrar a linha.

Cook disse que a Apple optou pela segunda opção porque o trabalho de engenharia que tal empreitada acabaria por exigir seria um esforço desperdiçado, principalmente porque o número de pessoas que demonstram interesse num player dedicado hoje em dia não compensaria mantê-lo vivo. Eu concordo com essa abordagem: hoje em dia qualquer smartphone pode virar um senhor player de música com um cartão de memória de 64 GB, e no caso dos iGadgets, quem prefere ouvir suas coleções em um iPod tem preferido o Shuffle ou o Nano e com um iPhone 6 de 128 GB no bolso, um iPod de 160 GB se mostra um produto desnecessário porque nem todo mundo gosta de carregar dois aparelhos.

Realmente é uma pena. O iPod Classic era um produto excelente em seu tempo, mas hoje é como se ele fosse um radinho de pilha: nada prático e limitado. Restam aos entusiastas correrem atrás dele nas lojas e garantirem as últimas unidades, antes que ele vire história.

Fonte: WSJ.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples