Home » Games » Microsoft » Microsoft diz que programa Games with Gold tornar-se-á mais atraente no futuro

Microsoft diz que programa Games with Gold tornar-se-á mais atraente no futuro

Vice-presidente da Microsoft Game Studios afirma que os jogos oferecidos para os assinantes da Live deverão se tornar melhores com o passar do tempo e explica a diferença fundamental entre o serviço e a PlayStation Plus.

6 anos atrás

games-with-gold

Uma das coisas que os assinantes da Xbox Live desejaram por muito tempo era que a Microsoft lhes dessem alguns jogos, assim como acontece na PlayStation Plus, mas depois que a empresa passou a fazer isso, o que mais vimos foram reclamações devido aos títulos escolhidos.

Além de oferecer apenas dois títulos por mês, normalmente os jogos dados pelo programa Games with Gold são bem antigos ou de menor porte, mas em uma seção de perguntas e respostas, o vice-presidente da Microsoft Game Studios, Phil Spencer, afirmou que aos poucos as ofertas melhorarão, se adequando mais ao gosto dos jogadores.

“… tenho conversado com a equipe [responsável pelo programa] e atuado de uma maneira mais ativa para escolher as franquias que aparecerão no Games with Gold e acho que vocês verão pelo menos algo que seja mais de acordo com aquilo que penso que o Games with Gold deveria se parecer.

Um dos nossos problemas com o Games with Gold –  ‘problemas’ não, mas diferenças em relação ao outro sistema com que somos comparados, é o fato de que com o Games with Gold, você mantêm o jogo, ao invés de ter que continuar como assinante. E o negócio em torno do Games with Gold, para nós, é fundamentalmente diferente de alguns dos outros programas que existirem por aí.

De fato, a justificativa dada por Spencer faz sentido. Na PS Plus sabemos que ficaremos presos a assinatura por muito tempo, primeiro porque só assim poderemos continuar jogando e segundo porque não iremos querer perder os jogos que serão oferecidos na próxima semana e logo sumirão.

Porém, a qualidade do que tem sido “dado” no serviço da Sony é tão impressionante, que eu não vejo problema algum em continuar renovando minha assinatura e há também o detalhe de que, pelo menos no PS3, a maioria das pessoas só pagavam uma anuidade para ter direito aos games, ao contrário do que acontece na Live, onde isso nunca foi prioridade.

Por outro lado, sempre achei um pouco perigosa esta estratégia da Sony, liberando títulos relativamente recentes e imagino que exista muita gente por aí que deixou de comprar certos jogos, simplesmente na expectativa de vê-lo algum dia na Plus e em partes posso dizer que sou um deles, já que devido a tudo o que foi liberado no serviço, praticamente não compro nada para o Vita.

Fonte: CVG.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários