Home » Fotografia » Depois da queda do HD DVD, o que sobra?

Depois da queda do HD DVD, o que sobra?

Com o apoio da Warner ao Blu-ray, a guerra dos formatos de armazenamento de vídeo de próxima geração chega ao fim. HD DVD morreu.

12 anos atrás

Fugita_HD_DVD_vs_Blu-ray

Como é fácil bater em cachorro morto. Com o apoio da Warner ao Blu-ray (e sinais da Paramount de apoio), a guerra dos formatos de armazenamento de vídeo de próxima geração chega ao fim. Não era sem tempo, afinal o DVD está amplamente difundido, e os consumidores estão comprando televisores de alta definição como nunca.

Mas a questão que fica é: será que um formato físico de vídeo destes é necessário? A grande ameaça são as transmissões diretas de arquivos de vídeo ao consumidor via internet. Se formos pensar na atualidade, sem dúvida ainda precisamos de um disco para transportar os vários gigabytes de dados que vídeos em alta definição necessitam. Mas as coisas podem mudar.

Hoje uma das novidades mais interessantes da CES foi mostrada por uma empresa que tem poucos fãs, mas que de fato é uma gigante nos EUA (dados financeiros): Comcast. O CEO da empresa anunciou a disponibilidade este ano do serviço de banda-larga com o padrão DOCSIS 3.0, com serviços de 100 megabit/s, com um máximo de 160 megabit/s. De repente, baixar alguns gigabytes não ficou mais tão demorado. E os serviços de vídeo sob demanda estão cada vez melhores.

Eu uso o serviço da Comcast onde moro, e uma ou duas vezes por mês assisto a algum filme (não, não aquele tipo de filme) sob demanda. Funciona bem e economiza uma ida à locadora. Vou esperar ansiosamente o DOCSIS 3.0. Sem dúvida vai alavancar a transmissão de arquivos multimídia (e torrents 🙂 ).

Leia também:

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários