Ciência
Ciência
Digital Drops Blog de Brinquedo

SciCast #27 — Aquele com o Pedro Prado

Por em 2 de maio de 2014

SciCast_MP3Cover

No podcast desta semana JorgeRonaldo (brilha muito…) e nosso estreante Pedro, dão continuidade a já mundialmente famosa e aclamada série #SciCast Entrevista, em sua terceira edição.

E para compor nossa roda de bate-papo, roubamos nosso convidado especial Lucas Marques de Camargos (@lmcamargos) diretamente da garagem do vizinho (Dragões de Garagem). O Lucas é biólogo Licenciado (UFG), Mestre em Entomologia (INPA), Bolsista de Doutorado e pesquisador do Department of Entomology na University of Minnesota. Sua pesquisa consiste na análise filogenética e uma revisão taxonômica de dois gêneros de insetos aquáticos: Cyrnellus e Cernotina (TrichopteraPolycentropodidae). Baixe agora mesmo o novo SciCast e descubra com quantas pokebolas se faz uma coleta científica.

Você pode assinar o #SciCast através do iTunes ou usar o Feed RSS no seu agregador preferido. Visite o hotsite deste post para ver outros conteúdos relacionados, a página da equipe para saber quem somos e dos convidados para ver os perfis de cientistas mais zoados da internet. Sua ligação é muito importante para nós (musiquinha tosca…). A melhor forma para conversar conosco é através do formulário de contatos no site.

continue lendo

emBiologia Destaque Entrevista Podcast SciCast

Explicando a Foto: Raphael Will

Por em 10 de abril de 2014

Como digo sempre, vivendo e aprendendo. No mundo da fotografia isso é uma verdade absoluta. Por mais que dominemos um assunto, sempre tem alguma coisa que você ainda pode aprender. No meu caso existe minha gigantesca curiosidade em fotografia macro e astrofotografia. Mas, as vezes alguns assuntos que nunca pensamos em estudar aparecem em nosso caminho. Em março fui ministrar um workshop em na cidade de Presidente Epitácio sobre Ensaio Fotografico e Fotografia Autoral e, no meio dos alunos, encontrei o Raphael Will que se mostrou especialista em fotografia panorâmica, mais especificamente o 360º. E não estou falando em um curioso sobre o assunto, e sim em alguém que realmente está desenvolvendo a atividade profissionalmente. Claro que não perdi a oportunidade de pedir para o Raphael fazer, ao final do curso, uma panorâmica dos membros do Workshop. O resultado foi a foto abaixo. Por conta disso decidi ressuscitar esta sessão do MeioBit Fotografia e fazer uma entrevista com o rapaz sobre a técnica e o mercado deste tipo de fotografia. Vejam o resultado.

little_planet_raphael_cavalheiro

continue lendo

emÁudio Vídeo Fotografia Entrevista Explicando a Foto

Marco Civil da Internet: conversamos com Flávia Lefèvre Guimarães, ex-integrante do conselho consultivo da ANATEL

Por em 26 de março de 2014

marco_civil_aprovado

Conversamos com sobre o Marco Civil da Internet com Flávia Lefèvre Guimarães, ex-coordenadora jurídica do IDEC e ex-membro do conselho consultivo da ANATEL de 2006 a 2009. Flávia também é integrante da diretoria de infra-estrutura de Telecom da FIESP, Mestre em processo civil pela PUC-SP e participa do Conselho Consultivo da PROTESTE, onde está desde a sua fundação em 2001. Em sua página em uma rede social, Flávia cita Pierre Lévy: “O Brasil está na vanguarda. O Marco Civil da Internet é muito bom e o melhor é que ele foi feito de forma colaborativa”.

MB: Em primeiro lugar, por qual motivo a aprovação do Marco Civil da Internet era tão importante? O que estava realmente em jogo?

Flávia: O PL 2126/2010 pretende estabelecer princípios para a convivência dos mais diversos interesses na internet. E estabelecer esses princípios e regras é fundamental. Primeiro porque a internet é um ambiente com um enorme potencial econômico, o que significa que grandes grupos tendem a se apoderar deste espaço e se não tivermos regras, o caráter público e a finalidade social das redes pode ser solapado de modo que a internet se transforme num negócio simplesmente.

Ocorre que a internet é um espaço público onde devem ser preservados os direitos fundamentais das pessoas, tais como o direito de se comunicar, de se informar, de se educar e buscar cultura e de exercer manifestações políticas. Além disso, tem papel preponderante para os estados, na medida em que os Poderes Públicos atuam em grande medida na internet como, por exemplo, na emissão de documentos, na atividade tributária, no sistema financeiro, nos sistemas previdenciários, no sistema eleitoral, entre outros.

Sem regras de convivência na internet estamos sujeitos aos interesses privados daqueles com mais força para fazer prevalecer suas posições, deixando os cidadãos em situação de extrema vulnerabilidade.

Costumo dar como exemplo a Floresta Amazônica, que é um patrimônio difuso. O que restaria da floresta se não tivéssemos o Código Florestal?

O MCI é que vai garantir que governos e empresas não se apropriem de um espaço público comprometendo a democracia e a inclusão digital. Estamos tratando de um direito fundamental reconhecido como tal pela ONU e que está na pauta de regulamentação tanto na Europa quanto nos EUA.

MB: Por que as empresas telefônicas estavam posicionadas contra a neutralidade da rede?
continue lendo

emDestaque Destaques Entrevista Especial Internet Web 2.0 Wireless e Redes

Meio Bit entrevista Steve Wozniak

Por em 14 de fevereiro de 2014

woz_1_jonathan_alcorn

Tive o privilégio de entrevistar Steve Wozniak, o homem que mudou o mundo ao criar um dos primeiros computadores pessoais na garagem do seu amigo Steve Jobs. Apesar de afastado da Apple desde 1981, Woz se tornou um verdadeiro ícone e referência no mundo da tecnologia, e continua a ser um grande entusiasta, daqueles que usam todos os sistemas operacionais.

Alguns anos atrás, eu e o Cardoso tivemos o privilégio de conversar pessoalmente com Woz depois de uma palestra em Belo Horizonte, mas esta entrevista foi feita por email, eu mandei as perguntas e recebi as respostas de Woz no final de julho do ano passado. O texto seria publicado originalmente em uma revista impressa em agosto de 2013, mas a revista infelizmente saiu de circulação, assim pedi a autorização da minha amiga Elis Monteiro para publicar a conversa aqui no MB.

continue lendo

emApple e Mac Destaques Entrevista Google Indústria

Entrevista com Talmon Marco, fundador e CEO do Viber

Por em 14 de fevereiro de 2014

Talmon Marco e Luiz Felipe Barros, Country Manager do Viber Brasil

Durante a Campus Party, fui convidado por Luiz Felipe Barros (Country Manager do Viber Brasil) para fazer a cobertura da palestra de Talmon Marco, fundador e CEO do Viber, usando os perfis da empresa nas redes sociais. Durante sua palestra, Talmon Marco não falou sobre o Viber, e sim deu dicas práticas de empreendedorismo para quem está interessado em abrir uma startup, compartilhando a sua própria experiência: “As oportunidades estão em todos os lugares, mas nem tudo acontece como o esperado. Mantenha o foco e crie um ótimo produto, pois os consumidores sabem reconhecer algo que não presta”, disse Talmon. “Não dá para achar que a sua empresa irá deslanchar da noite para o dia, embora seja isto o que aconteceu com o Viber.”

Antes da apresentação, pude conversar com ele por alguns minutos para saber mais sobre seus planos para o app.

MB: Qual o tamanho dos downloads das versões para Windows, Mac e Linux comparados ao app mobile?

Talmon: O Viber é primeiramente um aplicativo mobile. Os downloads das versões para desktops estão aumentando bastante, mas ainda não chegam nem perto das versões para smartphones. O app para Windows é o nosso terceiro mercado, atrás do Android e iOS.

MB: Quando o Viber começou, seu principal competidor era o Skype, mas hoje em dia temos o Whatsapp, Facebook Messenger, Google Hangouts, entre outros. Qual é o seu maior rival?

Talmon: O principal é o Whatsapp. O Viber é líder global em chamadas VoIP via mobile, significamente maiores do que o Skype, mas o serviço mais usado pelos nossos usuários são mesmo as mensagens de texto, uma função que nós introduzimos apenas três meses depois do lançamento. Em um dia normal, 76% ou 77% dos nossos usuários ativos diários estão usando o Viber para enviar e receber mensagens.

continue lendo

emEntrevista Software

CGI.br oferece bolsas para participar do III Forum da Internet no Brasil

Por em 3 de julho de 2013

O comitê Gestor da Internet no Brasil estará promovendo de 3 a 5 de Setembro o  III Forum da Internet Brasileira em Belém do Pará. O tema desta edição é “Construindo Pontes” e o objetivo de reunir participantes dos setores governamentais, empresariais, acadêmicos, das organizações da sociedade civil, técnicos, estudantes e todos os interessados e envolvidos nos debates e temas a respeito da Internet no Brasil e no mundo.

monitor

continue lendo

emAnúncios Comunicação Digital Entrevista Internet Meio Bit

Bill Gates adere ao LinkedIn e conta mais sobre suas experiências profissionais

Por em 13 de junho de 2013

BillGatesLinkedIn

E então você recebe o seguinte currículo para avaliar:

Nome: William Henry Gates III.
AKA: Bill Gates.
Pontos fracos: Ser perfeccionista e autor de frases sem sentido que ele jamais escreveu ou disse.
Pontos fortes: Programador, Campeão juvenil de Monopoly, Magnata, Filantropo, Palestrante e Escritor.
Experiência Profissional: Co-Fundador da Microsoft e Chairman da empresa há 38 anos.

É mais ou menos assim que Bill Gates passa a fazer parte do LinkedIn, uma das principais redes sociais que têm como foco realizar conexões profissionais entre os usuários, permitindo a busca de colegas de trabalho, recomendações de chefes, publicação do histórico, projetos e certificações, leitura de conteúdo relevante à sua área de atuação e que pode ajudar a conseguir um emprego.

Mas não, Bill Gates não embarcou nessa buscando uma realocação no mercado de trabalho. Ele se junta a um seleto grupo de líderes e formadores de opinião que publicam artigos no LinkedIn. Hoje foi sua estréia, com um texto no qual ele fala sobre o que aprendeu com o investidor Warren Buffet.

continue lendo

emBlog Entrevista Geral Internet Meio Bit Microsoft Web 2.0