Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

GOG está perto de fechar parceria com grande editora

Por em 24 de outubro de 2012 - 1 Comentário

dori_full_24.10.12

Quem gosta de jogos antigos provavelmente ficou muito feliz quando o pessoal do GOG anunciou que passaria a vender títulos da Electronic Arts e da Activision. Aquilo adicionou uma grande quantidade de jogos importantes ao catálogo da loja, mas nos lembrou que ainda faltava aparecer outras gigantes por lá.

Pois de acordo com Trevor Longino, responsável pelo marketing do serviço, felizmente pelo menos uma delas estaria bem perto de disponibilizar seus antigos sucessos na loja.

Bem, nós anunciamos há dois anos quais seriam nosso cinco principais alvos. Assinamos com dois deles e os que sobraram foram a Microsoft, a Take-Two e a LucasArt. Estamos num estágio bem avançado de conversa com um desses caras e acreditamos que provavelmente na época da nossa próxima grande conferência para a imprensa poderemos dizer, ‘Aqui, temos esses jogos.’

A negociações parecem tão avançadas que Longino afirmou que no momento estão decidindo quais títulos poderão ser vendidos e a equipe de testes do GOG já teria começado a trabalhar em alguns deles para garantir que rodarão sem problemas nas versões mais recentes do Windows.

Por se tratar de empresas tão importantes, é difícil escolher qual eu prefiro que apareça antes, já que pelo lado da Microsoft temos clássicos como o Freelancer e a série Age of Empires, enquanto que no da LucasArts temos todos os seus adventures (embora parte já esteja no Steam), além da Take-Two, dona de marcas como Civilization, Grand Theft Auto e Max Payne. Se fosse para apostar, acho que será esta última que fechará o acordo antes, mas é de longe a que menos gostaria que fosse confirmada.

[via PCGamer]

emComputadores Museu

45 jogos de Mega Drive por apenas US$ 10

Por em 18 de outubro de 2012 - 4 Comentários

dori_com_18.10.12

A venda de jogos de consoles antigos é algo que muitas vezes gera discussão, já que para algumas pessoas não veem sentido em pagar por ROMs que estão disponíveis de graça na internet e o preço cobrado por esses títulos em lojas como o Steam não ajuda a fazê-las pensar diferente.

Mas se este não é o seu caso e você estava esperando uma boa oportunidade para adquirir vários jogos do Mega Drive por um preço baixo, então recomendo dar uma olhada nesta promoção realizada pelo site DotEmu. Ao pagar apenas US$ 10 você terá direito a 45 jogos do console, todos eles sem DRM, com suporte a joystick, salvamento do progresso na hora que quiser e a possibilidade de utilizar dois filtros para a imagem.

Como em qualquer coletânea, há muitos títulos que poderão não te agradar, assim como a ausência de alguns clássicos, porém, só de podermos contar com jogos como o Gunstar Heroes, Landstalker: The Treasure of King Nole, Comix Zone, Streets of Rage 2 e Sonic 2, acredito que já valha o investimento.

Lembrando que o preço valerá até o dia 24 de outubro e abaixo você confere a lista completa dos jogos disponíveis.

continue lendo

emComputadores Museu

CORRÃO: Carmageddon chega à App Store Brasil (de graça!)

Por em 17 de outubro de 2012 - 17 Comentários

No Brasil, graças à falta de leis mais severas para punir a violência no trânsito, podemos dizer que se você pretende matar alguém a melhor maneira é atropelar essa pessoa na rua, infelizmente.

Laguna_Carmageddon_17out2012

Corra ou então você morrerá atropelado!

Em 1997, a Stainless Games transformou essa triste realidade brasileira em ficção: com Carmageddon, o pessoal que não vive em nosso país pôde enfim também ser premiado por atropelar pedestres, só que num jogo de corrida. Como toda paródia estrangeira contra o Brasil, óbvio que o primeiro (e, logo depois, o segundo) Carmageddon entrou para a lista de jogos proibidos na época.

Em junho do ano passado, a idealizadora da franquia resolveu anunciar o futuro lançamento, por meio de distribuição digital, de um novo Carmageddon com o subtítulo Reincarnation. Em maio deste ano, a Stainless Games resolveu pedir doações para tal jogo no Kickstarter, com a meta inicial de US$ 400.000,00 e, ao final da campanha um mês depois, conseguiu mais de seiscentos mil dólares. Confiram o trailer abaixo:

continue lendo

emCelulares Jogos Museu

Pacote de mods promete dar sobrevida ao Morrowind

Por em 3 de outubro de 2012 - 2 Comentários

Muitas pessoas só conheceram a série The Elder Scrolls após o lançamento do Oblivion, mas basta conversarmos com alguns fãs das antigas para ver que não são raros aqueles que consideram o Morrowind o melhor de todos, principalmente devido a uma maior liberdade oferecida pela jogo lançado em 2002.

Porém, como se trata de um título tão antigo, encarar seus gráficos hoje em dia é uma tarefa para poucos, mas a boa notícia é que esse problema pode ser amenizado graças ao árduo trabalho daqueles que dedicam seu tempo criando modificações que visam melhorar o game.

Acontece que encontrar e decidir quais mods valem a pena ser utilizados no RPG não é uma tarefa das mais fáceis e por isso o projeto Morrowind Overhaul merece ser elogiado. Basicamente trata-se de uma compilação das melhores modificações já feitas para o The Elder Scrolls III: Morrowind e recentemente os responsáveis liberaram a versão 3.0, que além de várias melhorias ainda promete trazer um método de instalação mais simples (ok, talvez não tão simples quanto gostaríamos).

O curioso é que tal lançamento não poderia vir em melhor hora, já que a série está com desconto no Steam e a edição Jogo do Ano do Morrowind pode ser adquirida por apenas US$ 10 pelas próximas horas, então, se você sempre teve curiosidade de conhecer o jogo, mas achava seus gráficos muito datados, está aí uma excelente oportunidade.

continue lendo

emComputadores Museu

Sega CD quase teve um “Hammer time”

Por em 1 de outubro de 2012 - 5 Comentários

Ah, os anos 80/início dos 90! Olhando para aquela época é possível encontrarmos tanta coisa engraçada bizarra que não é de se estranhar que o período seja lembrado com saudosismo por tantas pessoas que o viveram e além dos filmes, talvez seja a música a área que nos presenteou com tantas situações, digamos, embaraçosas.

Isso mesmo! Caso você seja novo demais, saiba que tem muita gente por aí que hoje critica os “Michel Teló da vida” e que quando era adolescente ia para as festas se acabar na lambada ou ficava em frente ao espelho tentando aprender a coreografia de U Can’t Touch This, o maior sucesso de MC Hammer, um sujeito que ganhou milhões de dólares usando a calça mais ridícula que já inventaram.

O fato é que o calçudo era tão popular entre a molecada que a GTE Entertainment começou a trabalhar em um game de ação estrelado por ele e que se chamaria Hammer vs. Evil D. in Soulfire, mas que felizmente nunca foi lançado. A ideia era disponibilizar o título para o Sega CD, plataforma que curiosamente acabou ganhando outros jogos que se aproveitavam do nome de astros da música, como a dupla Kris Kross, INXS, C&C Music Factory.

A julgar pelo vídeo que mostra um pequeno trecho do jogo, acho que tivemos sorte de terem nos poupado desta pérola, mas desconfio que se tivesse sido terminado, hoje o jogo provavelmente teria se tornado um daqueles casos em que de tão ruim acabam sendo cultuados e que valem uma pequena fortuna na mão dos colecionadores.

continue lendo

emMuseu

Um guia para deixar seu Baldur’s Gate mais bonito

Por em 20 de setembro de 2012 - Nenhum Comentário

dori_bal_20.09.12

Todos sabemos que em breve a Beamdog lançará uma versão melhorada do primeiro Baldur’s Gate (era pra ter saído esta semana, mas foi adiado para 30/11), mas se você não faz questão de pagar os US$ 20 cobrados por eles para ter acesso a uma nova aventura ou personagens inéditos, ou simplesmente já adquiriu o game através do GOG, saiba que nem tudo está perdido e existe uma maneira de tornar o seu jogo muito melhor.

Isso porque o site de distribuição de games antigos publicou um detalhado tutorial que nos ensina como aplicar uma série de modificações que prometem deixar os dois jogos da série muito mais agradáveis, corrigindo alguns erros e por exemplo, nos permitindo ter fontes maiores, o que obviamente facilitará a leitura e adaptando o game para monitores widescreen.

É importante dizer também que o GOG está realizando uma promoção com desconto progressivo com vários RPGS, onde tanto o Baldur’s Gate: The Original Saga quanto o Baldur’s Gate 2: Complete podem sair bem mais barato do que o normal. São jogos muitas vezes colocados entre os melhores do gênero e que podem nos render centenas de hora de diversão e mesmo se comprarmos ambos gastaremos menos do que o remake apenas do primeiro custará.

emComputadores Museu

PS3 terá coletânea remasterizada da série Kingdom Hearts

Por em 20 de setembro de 2012 - 2 Comentários

dori_king_20.09.12

Nesta onda de jogos da geração passada que foram relançados para os videogames atuais com algumas melhorias, uma das franquias mais pedidas pelos jogadores era a Kingdom Hearts e em 2013 a Square Enix finalmente resolverá o problema. Quer dizer, pelo menos uma parte dele.

A revista Famitsu revelou que a empresa está trabalhando no Kingdom Hearts 1.5 HD Remix, coletânea para o Playstation 3 que como o próprio nome sugere não terá o segundo título da série principal, mas que trará o Kingdom Hearts Final Mix, Kingdom Hearts – Re:Chain of Memories e Kingdom Hearts 358/2 Days.

Tentando explicar aos que não conhecem muito bem a franquia, o Final Mix é uma versão lançada apenas no Japão e que trazia alguma adições feitas ao primeiro game quando ele saiu nos Estados Unidos. O Re:Chain of Memories por sua vez é um remake para Playstation 2 de um capítulo lançado para o Game Boy Advance e por fim, o 358/2 Days saiu apenas para o DS e a revista sugere que nesta coleção ele estará presente apenas na forma de cutscenes.

Tanto o Kingdom Hearts Final Mix quanto o Kingdom Hearts – Re:Chain of Memories terão suportes a troféus e nada foi dito sobre um lançamento no ocidente, o que espero aconteça, pois esta seria uma boa maneira de dar uma chance principalmente ao primeiro título, que joguei algumas horas no PS2, mas que não conseguiu chamar muito minha atenção.

[via CVG]

emMuseu Sony