Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

A série Double Dragon está voltando

Por em 4 de abril de 2012

dori_ddn_04.04.12

Essa é para o pessoal que assaltava o porquinho da mãe para poder comprar fichas no fliperama ou passava as tardes grudados no seu Nintendinho tentando derrotar os Black Warriors. A Majesco anunciou a produção do Double Dragon: Neon, novo capítulo da série que será lançado através da PSN e da Xbox Live durante o nosso inverno.

O jogo fará uma homenagem à década de 80 (daí o subtítulo Neon), mantendo a boa e velha jogabilidade em duas dimensões, com a progressão acontecendo da esquerda para a direita e está sendo desenvolvido pela Wayforward Technologies, empresa que possui no seu portfólio títulos 2D que foram muito bem recebidos, como o Shantae: Risky’s Revenge e o Contra 4.

A história será muito semelhante a do original, onde os irmãos Billy e Jimmy Lee terão que salvar Marian da gangue comandada pelo vilão Skullmageddon e além das habilidades dos personagens nas artes marciais, encontraremos algumas armas pelos estágios, como tacos de baseball, chicotes e até granadas.

Por essa eu sinceramente não esperava e enquanto o jogo não chega, ficarei torcendo para que sua jogabilidade seja mais fluída que do original e estarei sonhando com o dia em que poderei encarar o jogo ao lado de um amigo, apenas para no final medirmos força e descobrirmos quem ficará com a moçoila.

[via IGN]

emMicrosoft Museu Sony

Remake de Baldur’s Gate não custará mais que US$ 10

Por em 29 de março de 2012

dori_bal_28.03.12

Há poucos dias tivemos a confirmação de que o clássico Baldur’s Gate está sendo refeito, o que já seria motivo para muita alegria, mas a Overhaul Games liberou uma informação que era muito aguardada por várias pessoas, a confirmação de que o remake, além do PC, será lançado também para o iPad.

Saiba também que de acordo com Cameron Tofer, COO da Beamdog que conversou com o pessoal do Kotaku, apesar de o game contar com uma enorme quantidade de conteúdo, oferecendo mais de 80 horas de aventura, seria loucura cobrar mais do que US$ 10 por esta nova versão, o que tornará sua aquisição ótimo negócio, mesmo porque este é o preço cobrado pelo original.

Voltando à versão para o iPad, o IGN teve acesso a uma versão preliminar e disse que todas as novidades do jogo para PC estarão presente, incluindo a atualização gráfica proporcionada por uma versão melhorada da Infinity Engine, a integração com o pacote Tales of the Sword Coast, novas missões e o mais importante, constataram que a conversão está rodando de maneira fluída e com a tela sensível ao toque funcionando muito bem como interface.

Em desenvolvimento pela Overhaul Games, Baldur’s Gate: Enhanced Edition deverá ser lançado ainda este ano para as duas plataformas e a previsão é que sua sequência também receba o mesmo tratamento.

emComputadores Museu Portáteis

Diretor de arte critica Silent Hill HD Collection

Por em 28 de março de 2012

Você já deve ter me visto defendendo o lançamento de coleções com versões remasterizadas jogos da geração passada, mas de vez em quando algumas delas acabam se tornando motivo de críticas e reclamações, como está sendo o caso do Silent Hill HD Collection. Primeiro a coletânea sofreu ataques dos fãs por não trazer as dublagens originais e por ter esquecido o primeiro e o quarto capítulo, mas agora um dos principais indignados com o trabalho feito pela Konami é Masahiro Ito, diretor de arte dos três primeiros títulos da série.

Ao ser questionado sobre o que achava da imagem abaixo, que compara o original ao “remake”, ele respondeu o seguinte pelo Twitter:

As da esquerda são em HD, certo? Está muito pobre. Essa é mesmo a versão lançada, de verdade?

Após receber a resposta de que se tratava da versão final do jogo, Ito mostrou-se surpreso e disse esperar que a Konami lance uma atualização para a compilação, mas então tratou de voltar seus ataques para o Playstation 3.

Acho que esse é um problema do PS3. O PS3 tem um ponto fraco ao usar ‘texturas transparentes’, mas o PS2 não tinha e os SH2/SH3 originais usavam muitas ‘texturas transparentes’. Um exemplo, para o nevoeiro/neblina.

Ao ver as imagens abaixo é fácil entender o motivo da reclamação e por mais que eu estivesse disposto a investir nesse pacote, a análise do pessoal do Destructoid é bastante desanimadora, especialmente quando concluem dizendo que é “incompleto, defeituoso e visualmente piorado, Silent Hill HD Collection é um grande insulto da Konami à série.

dori_shhd_26.03.12

[via Eurogamer]

emMicrosoft Museu Sony

Epic Mickey para o 3DS será continuação do Castle of Illusion

Por em 27 de março de 2012

dori_cast_27.03.12

Semana passada tivemos a confirmação de que Warren Spector está trabalhando numa continuação para o Epic Mickey e além de versões para o Playstation 3, Xbox 360 e Wii, o jogo também aparecerá no 3DS, mas o que poderia ser considerada apenas uma maneira de atingir um público maior, acabou tornando-se algo muito promissor, especialmente para quem teve um Mega Drive.

Isso porque de acordo com a revista Nintendo Power, o jogo servirá como uma continuação para o clássico Castle of Illusion, com o desenvolvimento ficando a cargo da Dreamrift, mesma empresa que desenvolveu para o DS o elogiado Henry Hatsworth in the Puzzling Adventure.

Epic Mickey 2: Power of Illusion terá muito de sua jogabilidade baseada na utilização da stylus do 3DS, permitindo ao jogador desenhar itens como plataformas flutuantes e canhões e quanto mais preciso forem esses desenhos, mais poderosos esses objetos serão. Foi dito ainda que cada personagem salvo por Mickey aparecerá na fortaleza que o camundongo usa como base e para deixar o jogo com o estilo do original, os sprites dos personagens e cenários serão feitos a mão pelo estúdio e cada estágio será baseado em uma animação da Disney.

O conceito é interessante, só vamos ver se ele será bem executado, mas já fico feliz em saber que os responsáveis estão usando como inspiração um dos grandes jogos da geração 16-bits e que ao lado do World of Illusion, merecia um remake em alta definição.

[via Eurogamer]

emMuseu Nintendo Portáteis

Good Old Games passa por mudanças

Por em 27 de março de 2012

dori_gog_27.03.12

A loja de distribuição digital Good Old Games tornou-se bastante conhecida entre os jogadores que apreciam jogos antigos, mas visando um público mais amplo a CD Projekt anunciou algumas mudanças para o serviço que já estão sendo implementadas.

A primeira dela diz respeito ao nome. Agora o espaço será conhecido apenas como GOG.com, contudo, a principal novidade é a distribuição de jogos independentes, como o Trine 2, Machinarium e The Whispered World e em breve também poderemos comprar por lá títulos mais novos, com o diferencial de ganharmos alguns extras, de não termos de nos preocupar com DRM e com a garantia de que todos os jogos estarão disponíveis para qualquer país, pelo mesmo preço.

Eu até acho a iniciativa interessante, porém, fico um pouco preocupado com a possibilidade deles deixarem de disponibilizar com uma certa frequência novos bons games mais antigos, que nem sempre se tratavam de produções muito conhecidas e cujo sucesso comercial era incerto. Essa sempre foi a marca da loja, que ao fazer questão de esconder a palavra Old do seu nome, também acabou ocultando a Good. Só espero que isso não seja um sinal do que está por vir.

[via VG247]

emComputadores Museu

Fã transporta GTA III para a engine do GTA IV

Por em 26 de março de 2012

Mesmo não o considerando o melhor da série, ainda guardo uma forte lembrança do Grand Theft Auto III, principalmente da primeira vez que o vi. Poder andar por aquela enorme cidade fazendo quase tudo o que tivesse vontade e encontrando uma grande quantidade de personagens interessantes foi uma experiência singular e o jogo sem dúvida ajudou a moldar a indústria nos anos que viriam.

O grande problema dele, assim como muitos outros games em 3D, está na maneira como envelheceu, com seus gráficos ficando datados muito rapidamente e fazendo com que encará-lo hoje em dia seja uma tarefa prazerosa para poucos, além de sua mecânica ter sido aperfeiçoado nas sequências.

Ainda assim, a essência do jogo permanece e talvez tenha sido pensando nisso (ou apenas no desafio) que um fã resolveu recriar o clássico da Rockstar com a engine Rage, mesma usada pelo Grand Theft Auto IV e abaixo você pode ver dois vídeos mostrando o trabalho e caso o primeiro não o impressione, o segundo com três minutos de um passeio pela cidade talvez o faça.

continue lendo

emComputadores Museu

Dois clássicos do Dreamcast poderão ser relançados

Por em 14 de março de 2012

Skies of Arcadia

Quando a Sega anunciou que relançaria através das redes online dos consoles alguns jogos do Dreamcast, muita gente gostou da ideia, mas outro bom tanto indignou-se com o títulos escolhidos.

Recentemente ficamos sabendo que o Jet Set Radio será o próximo a receber tal tratamento, mas pode que os tão aguardados Shenmue e Skies of Arcadia já estejam sendo adaptados.

Quem deixou a possibilidade no ar foi Ben Harbone, gerente de marca da companha, declarando que “esses são dois dos seus jogo mais pedidos. Não posso dizer que ‘sim’ nem que ‘não’, mas também estejamos trabalhando neles.”

Acho que nem preciso dizer o quão fantásticos seriam tais lançamentos, já que além de muitos de nós teríamos que adquirir um Dreamcast para jogar esses games, encontrá-los para compra não é algo muito fácil e no caso do Skies of Arcadia, uma cópia dificilmente custa menos de US$ 80.

Vamos lá Sega, faça nossa alegria e se possível libere os jogos com suporte a widescreen.

[via VG247]

emMicrosoft Museu Rumores Sony