Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Final Fantasy VII poderá ser relançado para PC

Por em 25 de junho de 2012

dori_ff7_25.06.12

Se uma página divulgada acidentalmente pela Square Enix estiver correta, em breve um dos jogos mais idolatrados de todos os tempos reaparecerá no PC, o Final Fantasy VII. De acordo com o “documento”, o game passaria a ser vendido digitalmente, provavelmente pelo Steam, e contaria com uma série de novidades, como conquistas (36 no total), salvamento do progresso na nuvem e um perfil online onde poderíamos comparar nosso desempenho com o de amigos.

Outra inovação e que promete deixar irados os mais purista será um item que elevará ao máximo nossos níveis de magia, saúde e dinheiro, permitindo assim que os jogadores que estiverem travados em algum trecho por causa da dificuldade avancem sem maiores problemas. No entanto, como isso será uma função opcional, basta não a utilizar, caso sinta que está trapaceando.

A página apareceu no domínio FinalFantasyVIIPC.com, registrado no último dia 15 de junho e que além de trazer a sinopse do game, ainda aponta o preço de venda como sendo de €9.99, ou algo em torno de US$ 12.50. Vale lembrar ainda que em junho do ano passado este e o Final Fantasy VIII já haviam aparecido nos registro do Steam, sugerindo que os planos de relançar a série no PC são antigos.

Será que dessa vez poderemos comprar uma versão melhorada do tão adorado FF7? Como as chances de um remake com gráficos de ponta são praticamente nulas, fico me perguntando se esta versão ao menos trará resoluções maiores, porque jogá-lo na nativa com os monitores de hoje em dia seria terrível. Além disso, por se tratar do primeiro Final Fantasy em 3D, este certamente é um daqueles jogos cujos gráficos não envelheceram muito bem.

[via Eurogamer]

emComputadores Museu Rumores

Loja vende controle do Snes para ser usado no Wii

Por em 24 de maio de 2012

dori_snes_22.05.12

Há algum tempo a Nintendo mantêm um programa de recompensas paras seus consumidores, que ao registrarem produtos no site da companhia recebem pontos que podem ser trocados por itens diversos. Em 2008 a divisão japonesa da empresa ofereceu um controle idêntico ao do Super Famicom e que poderia ser ligado ao Wiimote, permitindo assim que o jogador aproveitasse os games do antigo console vendidos pela loja virtual do Wii, mas o acessório sempre ficou restrito a Terra do Sol Nascente.

A boa notícia para os ocidentais que gostam de aproveitar os clássicos com um controle parecido com o do videogame em que eles foram lançados é que a loja ThinkGeek passou a vender uma versão muito parecida com a daquele controle oferecido pela BigN, inclusive com os botões coloridos do Super Nintendo japonês e ele ainda pode ser usado em qualquer jogo que utilize o Classic Controller do Wii mas não precise das alavancas analógicas.

Quanto ao preço, há uma boa e uma má notícia. A boa é que o acessório pode ser adquirido por apenas US$ 20 e a má é que você provavelmente desistirá da compra ao saber que o frete cobrado para o Brasil é de absurdos US$ 47,84. E aí, será que vale tanto a pena? Eu acho que não e acredito que uma opção mais viável seria conseguir um adaptador desses aqui.

emMuseu Nintendo

Wolfenstein 3D completa 20 anos e pode ser jogado de graça

Por em 9 de maio de 2012

No último sábado um dos mais importantes jogos da história completou 20 anos, o Wolfenstein 3D, título que se não criou o gênero, certamente foi responsável por começar a tornar os jogos de tiro em primeira pessoal tão populares.

Para comemorar a ocasião, a Bethesda, atual proprietária da id Software, disponibilizou uma página onde o game pode ser jogado gratuitamente, dispensando um super computador e a necessidade de instalação. No vídeo abaixo você pode ver, ou melhor, ouvir o lendário John Carmack falando um pouco sobre a produção (em inglês).

Além disso, os fãs que possuem um Xbox 360 também poderão adquirir uma camiseta (80 MS Points) para seus avatares ou então uma máscara do protagonista B.J. Blaskowicz (160 MS Points) e li por aí que a versão do game para iOS também deveria estar de graça, mas por enquanto ela continua custando US$ 1,99 na App Store.

E pensar que eu joguei tanto esse jogo no meu Super Nes, inclusive numa versão que tinha todos os segredos revelados no mapa e só fui descobrir anos depois que o cartucho da locadora era pirata. Bons tempos aqueles.

continue lendo

emComputadores Games Museu

Próximo Kingdom Hearts deverá ser lançado para consoles

Por em 8 de maio de 2012

dori_kingd_08.05.12

Se você gosta da série Kingdom Hearts provavelmente sabe que a última vez em que ele apareceu em um console foi no Playstation 2, com a maior parte dos capítulos tendo sido lançados para portáteis e se a sua vontade era poder jogar um novo título no conforto da sua sala, saiba que o game designer Tetsuya Nomura revelou em uma entrevista que é isto o que deverá acontecer.

O PS Vita é definitivamente um aparelho poderoso muito interessante, mas por causa do seu poder, não há muita diferença para um console. Então, se formos fazer um jogo, precisamos ter muito cuidado em relação a como criá-lo para este dispositivo. Também acho que está na hora da série Kingdom Hearts voltar aos consoles.

Outra revelação feita por Nomura diz respeito a uma possível coletânea em HD para a série, algo que se tornou comum nesta geração. Ele disse desejar que a a franquia estivesse presente no maior número possível de plataformas e que por isso pensa bastante no futuro.

Até hoje não consegui entender muito bem a admiração que as pessoas possuem pelos Kingdom Hearts. É verdade que eu só joguei o primeiro até um certo ponto, mas só não fui adiante porque não consegui achar muita graça no game. Se a Square um dia resolver lançar um pacote com os “remakes”, acho que até compraria, só para ver porque tenta gente coloca a franquia como uma das melhores da geração passada, mas até lá, continuarei achando que se trata de uma marca superestimada.

[via Eurogamer]

emMuseu Sony

Fã recria abertura de clássicos em HD

Por em 1 de maio de 2012

Já pensou se alguém resolvesse recriar em alta definição as aberturas de alguns dos maiores clássicos dos games? Pois foi exatamente isso o que fez um sujeito conhecido no Youtube como rickonami e nos vídeo abaixo você poderá ver o excelente resultado do seu trabalho, onde ele nos apresenta uma nova visão para o Star Fox, Mega Man II, Gradius III e o RPG Mother.

O maior destaque talvez seja mesmo a abertura do game estrelado por Fox McCloud, com os fantoches utilizados na divulgação do jogo para Super Nintendo. O vídeo também serve para nos fazer desejar ainda mais uma continuação e se ela aproveitasse o poderio do Wii U, provavelmente faria muita gente chorar de alegria.

Além dessas criações, também vale a pena dar uma olhada em algumas homenagens feitas pelo autor para jogos como o Double Dragon e Contra.

continue lendo

emMuseu Vídeos

A história do N64 nos EUA em apenas 25 minutos

Por em 19 de abril de 2012

Eu gostava do Nintendo 64. Na época que tinha um, pude aproveitar alguns jogos fantástico lançados para ele, como o Wave Race 64, GoldenEye 007 ou Super Mario 64, mas a pequena quantidade de títulos e uma maior variedade de estilo me fez voltar para o primeiro Playstation, algo do que sinceramente não me arrependo.

Isso não quer dizer no entanto que eu não saiba reconhecer sua importância para a história e mesmo não o colocando entre os meus consoles favoritos, sei que muita gente ainda guarda um carinho especial pelo videogame e por isso não poderia deixar de recomendar o vídeo abaixo.

Nele podemos ver todos os 296 jogos lançados para o Nintendo 64 nos Estados Unidos e durante os 25 minutos de duração, a sensação é de estarmos fazendo um viagem no tempo, relembrando alguns clássicos em que passamos muitas horas ou até conhecendo games cuja existência desconhecíamos e caso queria saber a lista completa, ela pode ser vista aqui.

PS.: Ok, admito, bateu uma enorme vontade de comprar um N64 depois de ver o vídeo.

continue lendo

emMuseu Vídeos

Remake de Icewind Dale se torna uma possibilidade

Por em 18 de abril de 2012

dori_ice_16.04.12

Aqueles que gostam de RPGs no estilo do Baldur’s Gate sem dúvida gostaram muito da notícia de que o clássico da BioWare em breve ganhará uma versão remasterizada, mas de acordo com Trent Oster, presidente da Beamdog, estúdio responsável pela volta do jogo, se ele mostrar-se um sucesso comercial, o próximo passo seria dar o mesmo tratamento ao Icewind Dale.

A revelação foi feita através da conta no Twitter do executivo, onde ele também disse que se o jogo for refeito, deverá utilizar todas as classes e kits do Throne of Bhaal, expansão criada para o Baldur’s Gate 2: Shadows of Amn.

Vale lembrar que embora tenha sido produzido pela Black Isle Studios, o Icewind Dale também utilizava o conjunto de regras do Dungeons & Dragons e foi desenvolvido em cima da Infinity Engine, mesma ferramenta que deu vida à franquia da BioWare. Isso tornaria mais fácil o trabalho da Beamdog, que teoricamente não encontraria muitos problemas no remake, já que a estrutura dos jogos é bastante parecida.

Por enquanto teremos que nos contentar com o Baldur’s Gate: Enhanced Edition, previsto para ser lançado durante o nosso inverno, mas como ele não deverá custar mais do que US$ 10, acho que a aceitação será grande e em breve outro clássico do gênero deverá estar disponível.

[via Eurogamer]

emComputadores Museu