Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Ratchet & Clank Collection ganha data de lançamento

Por em 17 de julho de 2012

dori_ratc_17.07.12

Quando o que havia de mais moderno no mercado em relação a consoles eram o Mega Drive e o Super Nintendo, eu costumava adorar jogos de plataforma. O problema é que o gênero recebia muitos títulos naquela época e por ter jogado tantos, acabei enjoando de games assim e por muito tempo ignorei quase tudo o que seguia esse estilo. Até conhecer a série Ratchet & Clank no Playstation 2.

Tudo bem que os títulos criados pela Insomniac são praticamente jogos de tiro com visão em terceira pessoa, mas ainda assim há uma boa quantidade de buracos para serem saltados e a exploração se faz presente, e por isso gosto de considerar a série como uma evolução dos games de plataforma.

A Sony já havia dito que uma coletânea remasterizada da franquia estava sendo produzida e agora sabemos que o Ratchet & Clank Collection chegará ao Playstation 3 no dia 28 de agosto, custando apenas US$ 30 e trazendo os três capítulos lançados para o antigo console (Ratchet & Clank, Ratchet & Clank: Going Commando e Ratchet & Clank: Up Your Arsenal). Uma boa notícia para quem não faz questão de ter a versão física é que os games poderão ser adquiridos juntos ou separados através da PSN, mas não foi revelado o preço desta versão.

Além dos jogos terem imagens em FullHD, eles contarão com suporte a troféus, efeito 3D e numa atitude que deve ser louvada, a parte online do Up Your Arsenal estará funcionando, permitindo assim que possamos disputar partidas pela internet. A versão norte-americana ainda trará como brinde uma demo do Sly Cooper: Thieves in Time, assim como um avatar exclusivo comemorando os dez ano do primeiro Ratchet & Clank.

Talvez eu não faça isso já no lançamento, mas está aí mais uma coleção remasterizada que certamente comprarei.

[via Playstation Blog]

emMuseu Sony

Pitfall ganhará remake para celulares

Por em 12 de julho de 2012

dori_pit_10.07.12

Em novembro passado a Activison criou um estúdio na cidade inglesa de Leeds onde o foco seria a criação de jogos para celulares. Logo começaram a surgir rumores de que o primeiro título que sairia de lá seria uma versão do Call of Duty, algo que fazia todo o sentido, já que esta seria uma grande oportunidade da editora lucrar mais alguns milhões de dólares com a série, porém, agora sabemos que a subsidiária está trabalhando na volta do Pitfall.

Sendo um dos maiores clássicos da indústria, o jogo completa seu 30º aniversário de lançamento este ano e de acordo com Martyn Brown, um dos fundadores do Team 17 e agora responsável pelo novo estúdio, eles estão trabalhando no novo game desde o início deste ano, tendo afirmado ainda que será muito bom revisitar a marca e trazê-la para um novo público.

Vale lembrar que o game ganhou uma sequência em 1984, mas que não fez tanto sucesso quanto o original e além disso, tivemos ainda  Pitfall Harry, Jr., filho do protagonista do primeiro jogo, estrelando o Pitfall: The Mayan Adventure, lançado na época dos 16-bits e mais dois outros jogos, ambos em três dimensões, Pitfall 3D: Beyond the Jungle (PSOne e Game Boy Color) e Pitfall: The Lost Expedition (GameCube, PS2, Xbox, Game Boy Advance, PC e Wii).

Por se tratar de um jogo que tinha uma jogabilidade bem simples, acredito que se esse remake seguir o estilo do original, poderá ser bastante divertido nos smartphones, porém, fico com a sensação de que uma franquia tão legal merecia uma nova versão lançada nas lojas virtuais dos consoles e computadores.

[via MCV]

emCelulares Museu

Uma coleção avaliada em 1 milhão de euros

Por em 9 de julho de 2012

dori_col_09.07.12

Você seria capaz de dizer quanto vale a sua coleção de jogos? Provavelmente não, mas o certo é que ela está longe da que um francês colocou à venda no eBay. Contendo TODOS os jogos de 22 sistemas, indo desde o Famicom até o Game Cube, passando pela linha completa da Sega e todos os títulos lançados para os aparelhos da NEC, o valor pedido pelo colecionador era de € 999.999,99, ou algo próximo de 1.23 milhão de dólares.

Só para citar alguns exemplo do que o vencedor levaria ao pagar esta pequena bagatela, temos cerca de 1050 jogos do Nintendinho, 1500 para o Super Nintendo japonês, 320 jogos lacrados para o Game Cube, vários jogos brasileiros para o Master System, 85 games lacrados para o Sega CD, 1150 para o Saturn e 550 títulos lacrados de fábrica para o Dreamcast. Entre as raridades, só para PC Engine podemos mencionar o Akiyamajin, avaliado em US$ 3000 e o vendedor garante que todos os games para os videogames desta fabricante também estão lacrados.

Tendo levado 20 anos para reunir essa coleção, o sujeito disse ter adquirido várias cópias de um mesmo título (no caso do PC Engine, ele teve mais de 50 de um mesmo game) e que por isso sempre guardou a melhor que encontrou.

No total são mais de 5000 jogos com caixa e manual, e o comprador ainda levará os consoles, mas sabe o que é mais inacreditável nessa história? Agora o anúncio aparece como concluído, logo, algum afortunado milionário já teria adquirido esta que pode ser considerada uma das mais fantástica coleções que se tem notícia.

[via The Verge, com dica do @MatheusBonela]

emMuseu

Projeto brasileiro traz mapas da série Zelda no estilo Google Maps

Por em 2 de julho de 2012

dori_zeld_02.07.12

Quem conhece a série The Legend o Zelda sabe que uma das suas principais características está na exploração, então, já pensou se você pudesse consultar os mapas dos games com uma ferramenta no estilo do Google Maps? Pois saiba que algo assim existe e está sendo criado por um brasileiro.

Conhecido como Hyrule Legends Maps, o projeto oferece ao usuário mapas de vários títulos da franquia e neles podemos visualizar a posição de inimigos, passagens ou mesmo segredos, cabendo ao utilizador escolher o que ele quer que seja mostrado na tela.

De acordo com o seu criador, Danilo Passos, um dos principais diferenciais do serviço está na possibilidades dos jogadores incluírem marcadores, fazendo com que o compartilhamento de informações por parte comunidade se torne um fator importante. Um detalhe interessante é que dependendo da participação das pessoas, mapas de outros jogos também poderão aparecer por lá.

Um trabalho muito bem realizado e que pode ser de grande serventia quando formos encarar os jogos da série, pincipalmente nas dungeons.

continue lendo

emMiscelâneas Museu

Novo jogo para Dreamcast já está à venda

Por em 26 de junho de 2012

No final do ano passado uma empresa chamada NG:Dev.Team surpreendeu os gamers ao anunciar o desenvolvimento de um jogo para Dreamcast e Neo Geo. Isso mesmo, ao invés de vender o GunLord digitalmente através de redes como o Steam ou a Xbox Live, os caras lançariam fisicamente o belo título para consoles que há muito deixaram de ser produzidos.

Alguns devem até ter imaginado que os caras não cumpririam a promessa e que o jogo com visão lateral e bastante parecido com o clássico Turrican nunca veria a luz do dia, mas se você possui o antigo videogame da Sega e gostaria de ter esta preciosidade na sua coleção, ele já pode ser adquirido na loja Play-Asia.

Por lá temos à nossa disposição três edições, com a mais simples custando US$ 40, um valor que nem considero tão alto. Por 10 dólares a mais é possível levarmos a edição limitada, que conta com CD com a trilha sonora e manual colorido. Já aqueles que preferem pegar a edição mais completa, ela sairá por US$ 120 e além de um embalagem especial e as duas edições mais simples, ainda traz um pôster, um cartão postal e adesivos, porém, esta ainda não está disponível.

No site do estúdio ainda podemos adquirir os cartuchos para Neo Geo, que como você já deve ter imaginado, lhe custará uma bela grana e o que eu realmente gostaria de saber é se eles conseguirão um bom lucro com essas vendas, afinal, será que não obteriam um resultado melhor distribuindo o game digitalmente?

continue lendo

emMuseu

Final Fantasy VII poderá ser relançado para PC

Por em 25 de junho de 2012

dori_ff7_25.06.12

Se uma página divulgada acidentalmente pela Square Enix estiver correta, em breve um dos jogos mais idolatrados de todos os tempos reaparecerá no PC, o Final Fantasy VII. De acordo com o “documento”, o game passaria a ser vendido digitalmente, provavelmente pelo Steam, e contaria com uma série de novidades, como conquistas (36 no total), salvamento do progresso na nuvem e um perfil online onde poderíamos comparar nosso desempenho com o de amigos.

Outra inovação e que promete deixar irados os mais purista será um item que elevará ao máximo nossos níveis de magia, saúde e dinheiro, permitindo assim que os jogadores que estiverem travados em algum trecho por causa da dificuldade avancem sem maiores problemas. No entanto, como isso será uma função opcional, basta não a utilizar, caso sinta que está trapaceando.

A página apareceu no domínio FinalFantasyVIIPC.com, registrado no último dia 15 de junho e que além de trazer a sinopse do game, ainda aponta o preço de venda como sendo de €9.99, ou algo em torno de US$ 12.50. Vale lembrar ainda que em junho do ano passado este e o Final Fantasy VIII já haviam aparecido nos registro do Steam, sugerindo que os planos de relançar a série no PC são antigos.

Será que dessa vez poderemos comprar uma versão melhorada do tão adorado FF7? Como as chances de um remake com gráficos de ponta são praticamente nulas, fico me perguntando se esta versão ao menos trará resoluções maiores, porque jogá-lo na nativa com os monitores de hoje em dia seria terrível. Além disso, por se tratar do primeiro Final Fantasy em 3D, este certamente é um daqueles jogos cujos gráficos não envelheceram muito bem.

[via Eurogamer]

emComputadores Museu Rumores

Loja vende controle do Snes para ser usado no Wii

Por em 24 de maio de 2012

dori_snes_22.05.12

Há algum tempo a Nintendo mantêm um programa de recompensas paras seus consumidores, que ao registrarem produtos no site da companhia recebem pontos que podem ser trocados por itens diversos. Em 2008 a divisão japonesa da empresa ofereceu um controle idêntico ao do Super Famicom e que poderia ser ligado ao Wiimote, permitindo assim que o jogador aproveitasse os games do antigo console vendidos pela loja virtual do Wii, mas o acessório sempre ficou restrito a Terra do Sol Nascente.

A boa notícia para os ocidentais que gostam de aproveitar os clássicos com um controle parecido com o do videogame em que eles foram lançados é que a loja ThinkGeek passou a vender uma versão muito parecida com a daquele controle oferecido pela BigN, inclusive com os botões coloridos do Super Nintendo japonês e ele ainda pode ser usado em qualquer jogo que utilize o Classic Controller do Wii mas não precise das alavancas analógicas.

Quanto ao preço, há uma boa e uma má notícia. A boa é que o acessório pode ser adquirido por apenas US$ 20 e a má é que você provavelmente desistirá da compra ao saber que o frete cobrado para o Brasil é de absurdos US$ 47,84. E aí, será que vale tanto a pena? Eu acho que não e acredito que uma opção mais viável seria conseguir um adaptador desses aqui.

emMuseu Nintendo