Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Revelados alguns detalhes do remake do Grim Fandango

Por em 13 de outubro de 2014

grim-fandango

Pode ser que a minha memória esteja me traindo, mas acho que a melhor notícia que a indústria de games me deu este ano foi o anúncio de que a Double Fine estava trabalhando em um remake do Grim Fandango. A menos que algo saia muito errado no processo, será espetacular poder ver como aquele excelente jogo parecerá com a tecnologia atual, sem falar na possibilidade que se abrirá para que uma nova geração conheça a fantástica história de Manny Calavera e cia.

Enquanto esta nova versão não chega ao PlayStation 4, PS Vita e computadores, nos resta torcer para que Tim Schafer e sua equipe acertem a mão e aos poucos conhecer alguns detalhes do projeto, como os que foram divulgados pelo pessoal do Polygon.

continue lendo

emComputadores Museu Sony

15 anos depois, Vib-Ribbon será lançado nos EUA

Por em 7 de outubro de 2014

vib-ribbon

A indústria japonesa de games pode estar mal das pernas, conquistar os jogadores de lá pode ser uma tarefa bastante complicada, mas é inegável a capacidade que os desenvolvedores locais tem para criar coisas bizarros e quando falo isso, não se trata de uma crítica.

O grande problema é que muitos desses jogos diferentões acabam nunca sendo lançados por aqui e um que teve que esperar 15 anos para ver isso acontecer é o Vib-Ribbon, criação de Masaya Matsuura, mesmo game designer que nos deu o excelente PaRappa the Rapper.

continue lendo

emGames Museu Sony

Grupo diz que emuladores do RetroN 5 violam licença GPL

Por em 30 de setembro de 2014

retron-5

Nos últimos anos a Hyperkin ganhou a atenção dos jogadores mais saudosistas ao passar a fabricar consoles que rodam cartuchos de antigos videogames e depois de muitos problemas no seu desenvolvimento, o RetroN 5 inclusive chegou a ser prometido para chegar ao Brasil, mas nunca o vi à venda por aqui.

O que muitos não podiam imaginar é que o interessante aparelho estaria violando diversas licenças de emuladores, como o Genesis Plus GX e o SNES9x Next, e quem fez a denúncia foi o grupo RetroArch. Segundo eles, ambos os programas possuem licenças que os impedem de ser utilizados com fins comerciais, o que evidentemente acontece com o videogame.

continue lendo

emGames Museu

Artista fala sobre jogo do Mario cancelado para o CD-i

Por em 18 de setembro de 2014

Mario-Takes-America

Hoje em dia a Nintendo costuma ser citada como uma empresa que defendem a todo custo suas franquias, usando seus jogos como o grande trunfo de seus videogames e mesmo a possibilidade de ganhar uns trocados liberando-os para dispositivos móveis de terceiros tem sido veementemente rechaçada.

Porém, houve uma época é que essa postura teve que ser um pouco diferente e depois de uma negociação fracassada para que a Philips criasse um leitor de CD para o Super Nintendo, ficou decidido que a empresa holandesa poderia explorar algumas marcas da BigN no seu novo console, o CD-i.

Dessa parceria surgiram alguns dos jogos mais bizarros e desconhecidos da indústria, como três baseados na série The Legend of Zelda, um Tetris e um Mario, mas o que poucos sabem é que outros dois tendo o encanador como protagonista deveriam ter sido feito, sendo que um deles se chamaria Mario Takes America. Nele o personagem viajaria pelos EUA, visitando lugares famosos e para isso ele poderia usar diversos meios de transporte, algo bastante diferente do que nos acostumamos a ver na franquia.

continue lendo

emGames Museu Nintendo

Sem alarde, Final Fantasy IV aparece no Steam

Por em 18 de setembro de 2014

final-fantasy-3

Na semana passada a Square Enix lançou no ocidente o primeiro Dragon Quest e naquela ocasião eu citei como a empresa tem se esforçado para manter viva a memória de seus clássicos, além de explorar a nostalgia dos fãs, é claro. Dessa vez volto para falar de um algo parecido, mas envolvendo a série Final Fantasy.

Sem que nenhum aviso prévio tivesse sido dado, eles passaram a vender no Steam a versão remasterizada do quarto capítulo da sua principal franquia, aquele mesmo que apareceu primeiro no DS e que no ano passado passou a ser vendido na loja do Android.

continue lendo

emComputadores Games Museu

Modder cria novo Donkey Kong Country usando engine do Doom

Por em 17 de setembro de 2014

Donkey-Kong-Country

Sei que quando digo isso várias pessoas sentem vontade de me bater, mas nunca fui muito fã do Donkey Kong Country. Apesar de reconhecer a façanha técnica, o estilo visual dos jogos para o SNES nunca me agradou e mesmo a sua jogabilidade sempre me pareceu estranha. Porém, tenho que admitir que o trabalho realizado por um modder em homenagem a série é algo digno de elogios.

Usando a engine do primeiro Doom, que como todos nós sabemos, sempre teve os jogos 3D como meta, o cara aproveitou os sprites e as músicas da trilogia para criar o Donkey Kong Country DooM, jogo que parece muito com aqueles que foram lançados para o antigo console da Nintendo.

continue lendo

emComputadores Games Museu Nintendo

A empresa que usa o Doom para construir prédios

Por em 16 de setembro de 2014

doom

Usar engines de games para criar maquetes virtuais é algo que tem se tornado cada vez mais comum (aqui e aqui), mas uma empresa situada na cidade de Calgary, Canadá, resolveu levar esse conceito ao extremo ao montar seus projetos na id Tech 1, o kit de desenvolvimento do famoso Doom (sim, o primeiro!).

Tendo se tornado gratuita há mais de 15 anos, a engine foi a escolhida pela DIRTT Environmental Solutions (o nome vem de Doing It Right This Time) para transformar plantas em prédios pré-fabricados e após modificá-la, eles desenvolveram um programa chamado ICE, que ao trabalhar em conjunto com softwares como o AutoCAD, permite aos engenheiros dar vida às criações.

continue lendo

emGames Miscelâneas Museu