Grupo anuncia o primeiro emulador do Nintendo Switch para computadores

nintendo-switch

Convenhamos, era inevitável. Dada a popularidade do Nintendo Switch, o console campeão de vendas de 2017 e que pode muito bem manter o ritmo neste ano não demoraria para que hackers e desenvolvedores independentes fizessem das suas para emular o sistema em computadores. E agora o primeiro grupo anuncia o início dos trabalhos, ainda que voltado para homebrews e não emulação de games (como sempre, aliás).

Os responsáveis pelo novo software de emulação são os desenvolvedores do Citra 3DS, um software popular que reproduz as funcionalidade do atual portátil da Nintendo. O emulador, chamado yuzu é descrito como de código aberto e experimental, voltado principalmente para o desenvolvimento de programas próprios não disponíveis no híbrido, os homebrews. É possível conferir o código do yuzu no site oficial, mas por enquanto ele só é indicado para desenvolvedores e programadores; de qualquer forma ele rodará tanto em Windows quanto no macOS e Linux desde o início.

Os problemas residem no fato de que o Switch é um console bastante recente (menos de um ano de idade) e vendeu de forma estrondosa, logo era de se imaginar que logo um emulador apareceria; sua capacidade inferior em comparação ao PS4 e Xbox One e o fato de ele utilizar um SoC nVidia Tegra customizado o tornam bem mais simples de emular; ele não é muito diferente estruturalmente de um smartphone e isso facilita muito as coisas. Por outro lado, ainda deverá demorar um pouco até aparecerem as primeiras ROMs compatíveis com o yuzu, que rodem de maneira satisfatória em computadores razoavelmente potentes.

E a Nintendo? bem, é fato notório que a companhia japonesa ODEIA emulação e a condena em todas as suas infinitas combinações, no entanto a empresa não pode impedir os desenvolvedores de fazer engenharia reversa no console e criar uma versão para PCs, independente da finalidade (vide o caso SEGA vs. Accolade); uma vez que desenvolvedores poderão utilizar o yuzu para criar novos softwares e até mesmo novos games para o Switch, a iniciativa pode até ser benéfica. Uma prova disso é o CEMU, o emulador do Wii U que continua sendo distribuído normalmente.

Por outro lado, a posse e distribuição de ROMs é ilegal independente de que argumentos sejam usados (posse de uma cópia original, manter a ROM por 24 horas, etc.) e muito provavelmente elas comecem a pipocar na internet, a companhia pode e irá distribuir ordens de Cease and Desist para quem se atrever a fazê-lo.

Fonte: TechSpot.

Relacionados: , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples