NBA 2K18, um devorador de espaço no Nintendo Switch

nba-2k18

Há alguns dias os donos de um Nintendo Switch ganharam a oportunidade de jogar a edição deste ano de um dos melhores jogos de esporte do planeta, o NBA 2K18, mas com isso veio também a revelação de um grande problema: o jogo ocupa muito, mas muito espaço no videogame.

Com um download inicial de 6,8 GB, a situação começará a ficar complicada quando o aparelho começar a baixar a primeira atualização, que terá impressionantes 16,1 GB. Porém, o título ainda precisará de mais 5 GB só para armazenar o save e isso para cada arquivo que o jogador quiser criar para o seu progresso.

Ou seja, ao todo o NBA 2K18 precisará de pelo menos 27,9 GB, sendo que os saves só poderão ser armazenados na memória interna do Switch e independentemente de você ter o game física ou digitalmente, a utilização de um cartão de memória para jogá-lo será obrigatória.

Todas essas informações podem parecer um pouco absurdas, mas foram divulgadas pela própria Nintendo, que ainda confirmou que no cartucho o jogo ocupará apenas 6,8 GB. Portanto, aquela gigantesca atualização terá que ser feita por todos.

O caso volta a levantar o debate sobre a Nintendo precisar fazer algumas alterações na estrutura do Switch, como por exemplo passar a permitir que os saves sejam armazenados em cartões de memória ou pelo menos disponibilizar uma maneira de fazermos o backup deles na nuvem (se bem que neste caso, não sei se adiantaria muito). Outro problema é a não existência de um console com maior capacidade de armazenamento.

No entanto, acho que a 2K Games precisa explicar porque o save do seu jogo ocupa tanto espaço. Por se tratar de um título de esporte onde a quantidade de variáveis é imensa, até posso imaginar que isso gere arquivos maiores, mas caramba, 5 GB? Acho que nunca vi um game com saves tão grandes.

Enfim, no início até achei que a utilização de cartuchos pelo Switch era uma boa ideia, já que eles poderiam reduzir o tempo de carregamento e melhorar o consumo da bateria. Porém, o alto custo de produção tem atrapalhado muito aqueles que gostam de ter seus jogos fisicamente, já que várias empresas tem preferido entregar apenas pequenas parte dos jogos pelos cartões e nos colocar para fazer grandes downloads. A tendência é que esse problema diminua com o tempo, mas enquanto isso não acontece, comprar o jogos digitalmente parece ser a melhor opção.

Fonte: Eurogamer.

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Jefferson Daniel

    5gb??? Esse só Jesus salva.

  • Fernando Silva

    Solução seria a Nintendo baixar o preço do cartucho e as softhouses pararem de ser mão de vaca e comprar um cartucho maior para seus jogos. É claro que com o tempo vai tudo baratear, mas eu acho absurdo eu comprar um jogo e não poder jogar pois tem que baixar conteúdo (essa é minha birra com o PS4: comprei FFXV e Last Guardian seco me aventurar nos jogos, só pude jogar no dia seguinte, pois o FF tinha 13 GB pra baixar e o Last Guardian 4GB). Quando baratear os cartuchos serão sim uma ótima solução contra a mídia DVD/Bluray.

    • Nego quer economizar uns caraminguás comprando cartucho de 8GB quando o jogo sozinho já ocupa pelo menos o dobro. Se ainda fossem dados de atualização porque cartucharam uma versão toda zuada do jogo, até dava pra fazer uma força de vontade pra aceitar, agora baixar literalmente conteúdo inicial é foca.

    • Ivan

      Pelo que li o cartao que a nintendo usa é caro pra produzir, então questão nem é o preço que a nintendo cobra pelo cartão, não sei como funciona isso na verdade, se a nintendo cobra por cartão .

      • O cartão não pode ser tão caro, pois é a mesma lógica dos cartões de jogos de 3DS. … que são US$40 os jogos. Isso parece mais problema de planejamento da Nintendo.

        • Ivan

          fabricação do cartão em si é caro , cartão do 3ds não tem 4 gb eu acho, enquanto do NS tem 32.

          • A maioria dos jogos de 3DS não chegam a 1GB, mas a tecnologia deles permite cartuchos de até 8GB, já os do switch devem chegar até 32GB, segundo a wikipedia : https://en.wikipedia.org/wiki/Nintendo_game_card#Nintendo_3DS siceramente se estiverem certos acho que o cartucho de switch esta menor do que deveiria, acho que ele devia alcançar no minimo 128GB. Ainda tem a questão dos cartuchos não serem regravaveis, provavelmente para evitar pirataria, oque acho um erro, se o cartucho requer update, deveria ter uma porção regravável.

          • Ivan

            Mas o preço de fabricação de um cartão de 128 sairia quanto? Antes da saida do NS já falaram que o custo do cartão seria alto, imagina um de 128….

            Só não entendo pq lançam um jogo com 60 gb depois mais um update de 40gb, será que precisavam de tudo isso?

          • Pode ser caro agora, mas com o tempo pode ser mais barato de acordo com que avança a tecnologia. Então acho que o problema é ter essa limitação, seja por software ou hardware no projeto de um video game que geralmente fica no mercado ao menos 4 anos.

          • Ivan

            Não sei se tem como o swtich gravar no cartão no futuro, mas quem sabe quando ficar mais barato cartão maior já pode vir com update de fabrica.

  • Pessoas com o jogo já comentaram que um save básico ocupa 72MB e vai crescendo conforme você aumenta o que tenha pra salvar (seasons, replays, etc), então esses 5GB APARENTEMENTE são o TAMANHO MÁXIMO que o save pode chegar a ter.

    Continua sendo retardado e descabido, mas um pouco menos.

    • Ivan

      Se vc guarda replays, partidas inteiras ai sim faz sentido.

    • Ou seja…. reservam a memória de 5GB para garantir que não falte espaço para salvar conteúdo do jogo como imagens, patches(?) e replays OU é o tamanho máximo de espaço do savegame.

      • Um save em começo de temporada sem replays ocupa de verdade ~70MB, ele não reserva os 5GB.
        Então estão SUPONDO que o tamanho de 5GB informado é o tamanho máximo que ele pode vir a chegar.

    • Os replays devem ser salvos em avi sem compressão, só pode.

  • Meu savegame do Fo4 com todas as expansões e um monte de mods ficou em 9GB…. mas eu tinha vidas naqueles arquivo (sendo uns 3GB de texturas)… puta merda! É um jogo de fodendo basquete!

  • Wallacy

    Bem… No NS existe a opção de “arquivar” um game, que acredito (apenas um chute) no futuro deve fazer o upload do save para algum lugar ou manter em ambiente externo com boa criptografia. Não acho que ela vai eventualmente permitir que os saves fiquem no SD card, esse foi uma das primeiras brechas que fizeram na linha DS para permitir pirataria.

    O tamanho do Save em si é ridículo, é maior que muitos games completos (Mario Odyssey que é um jogo enorme tem 5.7GiB). Então não, não é a Nintendo que precisa melhorar nesse aspecto, e sim a 2K. E até onde li sobre o assunto, tanto no PC/XONE/PS4 o save é também ridiculamente grande.

    Sobre o tamanho do jogo todo, um dos publishes (me esqueci de qual) disse que o preço do card de 8GiB é o mesmo preço do Blu Ray para o PS4, e as publishes preferem usa-las para manter a margem de lucro idêntica entre as plataformas. Já o preço do card de 32GiB faz o preço final subir em $10, o que para algumas companhias é inaceitável.

    Eu prefiro sim que os games cards usem memoria flash, porém claro que são mais caros que discos, mas a partir do momento que a produtora resolve lançar um game físico para uma plataforma, ou ela intuba o valor da mídia física, ou vai full digital. Na e-shop tem que aparecer que o jogo tem 22GiB não 6! (pois precisa baixar de qualquer forma)…

    Já comprar um microSD é de boa, são de modo geral baratos, você só compra uma vez, dai tenho ido full digital no Switch… Mesmo que o Switch tivesse 64GiB de memoria, em um momento iria acabar da mesma forma pois tem games que sozinho são 32GiB, então prefiro guardar os games em um cartão de memoria que posso ir alternando. Os 32GiB internos uso só para saves e vai demorar um bocado para ser um problema para mim nesse caso.

    • Como funciona a questão de “alternar cartões de memória com jogos”? Como o sistema trata isso?

      • Beeros Sama

        É como é/era no PSP onde tu instalava o jogo no SD e não na memória interna.
        A vantagem do Switch é que pode ser qualquer SD e não o proprietário como no caso da $ony.
        ;-}

      • Gustavo Bandoni

        Trocou aparece os jogos do cartão trocado

    • Menino do Computador

      É aquela coisa né, por que vou gastar $10 a mais se vou ter que gastar com servidores pros updates?
      Sinceramente, as vezes jogos originais dão muita dor de cabeça que faz repensar os conceitos. As vezes preferiria pagar direto pra produtora e jogar um pirata pra evitar essa dor de cabeça com o “online”. Eu quero dar dois clics no executável ir no banheiro enquanto carrega e jogar. Não chegar do banheiro e estar pedindo pra fazer login na conta porque deu erro ou que seja.

      Desculpa perdi a linha hahahhaha

    • Ivan

      Estamos falando de um portati com memoria interna de 32gb se não me fala a memoria, ou 64 sei la

      • Fernando Silva

        32

      • Exatamente, não é uma disputa para ver qual jogo é maior, até pr o PS4 e o Xbox One estão cheio de jogos que passam facilmente de 50 GB.

        • Rodrigo M

          Comprei GTA 5 (PC) e quando fui baixar tomei um susto! O instalador avisando que vai baixar 70GB!!!!!!!!

  • Rodrigo Primon Savazzi

    As devs simplesmente não se importam mais em otimizar os jogos. O que importa é lançar logo no mercado. Hoje em dia vc compra um jogo em mídia física no lançamento e vem um jogo quebrado, que, pra rodar de forma minimamente decente, já requer o download de uma atualização de alguns Gb.
    A comparação é mio anedótica, mas para ter uma ideia de como os jogos cresceram, é só lembrar que os jogos da Geração 16 bits (SNES e Mega Drive) tinham cerca de 4 Mb e que alguns dos melhores jogos de Atari 2600 (Enduro, Pitfall e River Raid) tinham entre 3 e 4Kb, ou seja, os três juntos ocupam menos espaço do que um arquivo de texto do MS Word EM BRANCO!

    • Flávio Pedroza

      Exato, não há mais sentido em se ter mídia física atualmente. Quem ainda insiste em comprar está se iludindo

      • SignaPoenae

        Como euo tenho a velha mania de não comprar vento, ainda me iludo comprando os jogos do PS4 em mídia física.

        Mesmo após o nosso glorioso correios ter roubado o ultimo jogo que comprei, acredito que não vou perder a mania xD

    • Resolução, arquivos de áudio e vídeo, texturas… É impossível comparar com a época dos 16 bits.

      • Não é. Dentro de suas capacidades limitadíssimas, muitos devs daquela época faziam milagres dignos de serem chamados de mágica pela Apple de hoje.

        Hoje em dia, os jogos só são ridiculamente gigantes assim por preguiça de catar byte mesmo.

        • Rodrigo M

          Cara os jogos antigamente não tinham textura de milhões de cores, as musicas eram sintetizadas em pouquíssimos canais e assim vai.

          O super NES exibia apenas 256 cores simultâneas com resolução de 256×224.

          Atualmente os jogos vêm com suporte a resolução 4k, já viu quanto de memoria se gasta para 1 frame de vídeo em 4k? Agora imagina todas as milhares de texturas em 4k de um jogo.

          O cara pode ‘catar byte’ pra deixar os binários de execução e DLLs pequenos. Pra textura não tem milagre!

          • Proporções, cara. Proporções. Uma calculadora hoje pode ser mais potente que qualquer videogame de 30 anos atrás. Você realmente não acha que existe algum demérito para a geração passada?

            Se Switch não roda em 4K, então não tem desculpa de textura e vídeo nessa resolução. Se duvidar, nem full HD. Agora, se os caras da 2K são preguiçosos e colocam o mesmo material para rodar em todas as plataformas, eles estão no direito deles. Mas isso é certo? O ideal? Acho que não.

          • Rodrigo M

            Não eu não acho que existe demérito, os jogos eram muito bons, mas não tem como comprar a qualidade de imagem, bem como não dá pra comparar o tamanho dos sprites deles com os das texturas de um jogo tipo GTA V.

            Não sei qual foi a decisão deles, mas com certeza foi o mais barato.

            Eu não estou dizendo que concordo com um jogo de esportes com este tamanho, acho muito tosco mas tem jogos que não tem como fugir do tamanho tipo um GTA V ou World of Warcraft

          • É perfeitamente possível comparar as gerações, e o que elas foram capazes de alcançar, quando você passa a considerar que a geração atual possui milhares de vezes a capacidade de processamento da 4a, por exemplo, e vê o quão risível é a qualidade da maior parte dos jogos de hoje em dia.
            Não estou dizendo que uma imagem de 256×224 é capaz de ser tão rica quanto uma de 1920×1080, apenas que os caras foram capazes de alcançar muito mais com o que tinham disponível na época do que se consegue hoje em dia.

            Ainda hoje me impressiono com fato do jogo mais impressionante da 7a geração – The Last of Us – só ter chegado no fim do ciclo. Mesmo The Witcher 3 – o mais jaw dropping até agora – ainda parece muito longe do que poderia ser, mesmo rodando em um PS4.

          • Rodrigo M

            A necessidade é a mãe da invenção. Os caras tinham de fazer aquilo, pois não tinham escolha e com certeza fizeram ótimos trabalhos.

            Eu sou saudosista, meu ultimo videogame foi um SNES. Tenho saudades de muitos jogos e do estilo de jogos de plataforma, mas a evolução é natural.

          • Menino do Computador

            Sobre GTA V posso falar um pouco. Gosto de jogar com mods, mas meu PC não é dos melhores e falta VRAM, algumas texturas desnecessárias de alta qualidade eu diminui o tamanho, algumas mudei formato e diminuiu um pouco o tamanho final, realmente teve melhora em alguns cenários que me davam problemas. Essas que apenas formatei não perderam qualidade. Outra é que algumas coisas tem duplicatas que vieram com novas dlcs, atualizando possíveis bugs. Mas essa duplicata acontecem pra não fazer o usuário ter que baixar todo o arquivo final novamente. De 2GB vira uma atualização geralmente de 700MB ou 30MB, dependendo do diretório. O problema é que cria uma fragmentação dos arquivos fora ocupar mais espaço em disco.
            Acredito que a R* poderia fazer um trabalho melhor, se eu noob posso destrinchar os arquivos do jogo, por que não eles fazerem uma atualização otimizada?

          • Ivan

            Memoria vc diz espaço interno? pelo que li não ocupa tanto assim já que o 4k é processado e não é o frame que é guardado.

          • Rodrigo M

            Eu falei sobre o frame para um efeito de comparação. Tudo depende da qualidade das texturas. Você pode pegar um jogo antigo e rodar em 4k, mas se o monitor for grande a imagem vai ficar muito ruins porque a resolução das texturas são pequenas.

            Porque saiu um Age of Empires HD? Porque as texturas originais tinham resolução muito baixa e assim vai.

            Agora imagina em um jogo hiper detalhado como GTA V, quantas texturas de alta resolução são necessárias para representar toda aquela cidade?

          • Ivan

            saquei

          • Nilton Pedrett Neto

            Mas não é só isso. Me diga , objetivamente, o que o office 360 tem para ocupar tanto espaço em disco que o office 2007 não tinha? que o ofice 6 não tinha? a galera ficou preguiçosa mesmo, tendo como certo abundancia de recursos… só que consoles são são abundantes. Eu não duvido que o cara faça até dumping de memória para gravar seu “save”.

          • George Schildth

            sim, mas o engraçado é ver que muitos jogos daquela época batem feio em alguns dos atuais, mesmo com todos estes recursos.

      • Se você comprar com alguns jogos recentes da nintendo, com imagens belíssimas, mesmo cartunescas, que tem tamanho muito inferior, da pra comparar sim. Textura da pra otimizar, usar vetores sempre que possível também ajuda muito, nos arquivos de áudio você consegue otimizar as vozes, nas musicas você pode usar sintetizador e diminuir as vezes para 10% o tamanho do áudio.

        • Ser ou não cartoon não tem nada haver com tamanho do jogo. É uma decisão de direção de arte, que diga-se é o forte da Big N.

          A Nintendo em geral usa texturas de relativamente baixa qualidade comparado à concorrência, compensando na direção de arte e efeitos. Usar sintetizador, usar MIDI é algo que deve ser pensado para aquele jogo em especifico. Porque geralmente você vai perder um áudio de maior qualidade e que possa ser aproveitado em sua plenitude para além do estéreo. E vozes por óbvio você não vai deixar em 22 kHz em 32 kbps. Há um limite.

          • MIDI não é sinal de baixa qualidade, se o sintetizador for bom, o áudio pode ser excelente, ainda tem um tipo de audio sampleado conhecido como mod que gera audio em alta qualidade em arquivos pequenos. Claro que pra algumas cenas em especifico você vai sair menor pegar uma musica inteira, mas a maior parte das musicas de um jogo são apenas acompanhamento. Em um jogo cartunesco você pode usar vetor no lugar de textura em muitos objetos, de forma a não perder qualidade em maiores resoluções, o mesmo não pode ser feito em personagens fotorealistas.

    • George Schildth

      Guardadas as devidas proporções de época e ferramentas disponíveis, acho que os devs de hoje nem saberiam como fazer isto, kkkkkk

  • Ivan

    Save de 5 gb? Alguem me explica pra que tudo isso?

    • Cocainum

      Jogadores de basquete são grandes. Dãããã…

    • Reservar espaço para salvar replays de partidas, fotos, customizações, etc… Chute meu.
      OU o tamanho máximo deve ser 5GB. Então ele começa com 100mb e vai subindo…até o máximo de 5GB.

    • Nilton Pedrett Neto

      dump de memória.

  • Já viram o preço deste jogo no SWITCH ?!?!?!?!!?!?
    Vai devorar o cartão de crédito também…..

    • Fernando Silva

      Infelizmente é tudo mais caro no Switch. Jogos que no Steam são 9,99€ no Switch são absurdos 39,99€. É tenso ser early adopter. Estou comprando só os big hits e os que tenho certeza que vou jogar, pois eles demoram mais de ano para baixar o preço. Já os indies, se não vender eles baixam o preço rapidinho.

      • Jogos em qualquer console geralmente são mais caros.

    • É o preço de um lançamento, até aí normal.

    • rbruno

      US$ 60 como em qualquer outra plataforma, R$ 249 na PS store Br, R$ 119 na Steam.

      • Ontem numa passada na eShop, vi NBA 2K18 Legend Edition Gold pela bagatela de:

        $149.99

        • Vinícius Jorge

          Procure direito, o jogo custa $60, na e-shop tem 3 versões uma destas é essa gold aí, leia a descrição, em um caminhão de coisas opcionais, o jogo suporta micro transações então essa versão já vem com um monte de coisa comprada in game

          • Eu vi tudo isso. Só me chamou atenção 150 dólares pelo jogo, me surpreendeu. Não sabia que chegava a esse patamar.

      • SignaPoenae

        Comprei ontem o Destiny 2 Pica das galáxias edition por 300 conto no ps4. Só fiz isso porque um colega dividiu a conta comigo, senão iria esperar 2 anos ele abaixar de preço pra comprar.

  • walisson&fernanda namorados

    meu povo aceitem…. se querem um switch e querem que jogos grandes rodem nele é natural pensar que haverá sim consumo de memoria, invistam eu um cartão de 128 ou ate de 256 gb e tão cedo nao terão problemas com falta de memoria. Sei que não é barato,mas penso ser uma opção melhor, com maior custo beneficio ao decorrer do tempo. Grandes jogos estão a vir por ai e vai ser sempre essa choradeira de ocupar muito espaço. Cartuchos em mudia física continuam a ser uma boa ideia pois ja aliviam um pouco de espaço, mas sinceramente para mim , prefiro midia digital e um cartao de memoria grande (consegui um de 128 recentemente)

    • Fernando Silva

      O problema é que saves não podem ser armazenados no cartão SD, só na memória interna do console (que é de 32GB).

      • walisson&fernanda namorados

        hmmm eu nao sabia disso! hehe . pensando nessa informação acho que uma solução entao eh deixar a memoria do switch livre ( ou uma parte boa dela) e os jogos para os cartoes ou nas midias fisicas.

        • Julio da Gaita ✔

          verdade, mano só pra entender não é da minha conta nem nada mas…, você e sua namorada usam conta compartilhada no DIsqus?!

          .O

          • walisson&fernanda namorados

            hahaha na verdade só eu uso (walisson) kkkkkk é pq fiz uma conta nova para um email e esqueci de tirar e mudar para minha antiga kkkkkk

      • Beeros Sama

        É mas 5 fuckin GB para save é de cair os braços.

        • walisson&fernanda namorados

          é sim , espero que eles arrumem isso com alguma atualização ( se é que isso é possivel de se arrumar hehe)

          • Beeros Sama

            O maior problema é a preguiça das Dev’s sem contar a sabotagem (teoria da conspiração), mas elas muitas vezes sabotam e depois ficam xoramingando na vara.

  • Denyse

    Isso lembra o Duke Nuken do PS1 que ocupava vários dos preciosos blocos do Memory Card.

    • Meganegão

      Diablo ocupava se não me engano 10 blocos, o memory card padrão tinha 15, eu só tinha 3 um praticamente só pro Diablo. Um memory card alternativo custava 15 reais no fim da década de 90 e início de 2000, uma fortuna pra mim na época.

  • 640k is enough

    Falta de otimização de código dá nisso.

    Agora, colocarem uma memória flash nos cartuchos para suportar atualizações sem precisar recorrer à memória interna, aí eles não querem.

    • bruno miranda

      Aí ninguém vai querer pagar mais caro na mídia física.

      • 640k is enough

        Como se o software em si já não fosse caro… Podem muito bem abater 3 doletas de custo para essa funcionalidade no cartucho.

  • Otimização é para os fracos.

    Bethesda.

    • Flávio Pedroza

      Ao contrário…

  • Vayne Solidor

    meh, minha namorada tem um Switch e ela ganhou esse jogo de aniversário (a bichinha têm pais ricos!)… o save não chega perto dos 100mb’s! (5gb’s seria o limite de tamanho para o save data de qualquer jogo no switch, tamanho que inclusive é estuprante!)

  • Ivan H.

    off topic, essa versão light da fonte que vocês estão usando ultimamente anda um pouco desagradável pra ler. (ok, passei dos 40, mas realmente me força a vista tornando a leitura difícil.)

  • Otimizar as coisas que é bom nada. O cara programa o jogo em um PC i7 com 16GB de RAM, 2TB de HD e depois que esta tudo pronto não sabe como otimizar o jogo pra rodar em um hardware mais modesto. Esse povo tinha que ter umas aulinhas da galera que programava jogo pra super nintendo/mega drive, tiravam água de pedra . Nem vou falar do tamanho minusculo dos jogos de nes e master system que eles são menores que um gif dos sites atuais, isso daria pesadelo nesses programadores gourmet.

  • Adriano Martins

    Eu acho que essa matéria está um tanto incompleta, e isso a torna tendenciosa. Ela passa a impressão de que o NBA 2k18 é um bom jogo, cuja experiência é prejudicada pelo hardware do Switch. Mas não é bem essa a verdade.
    NBA 2k18 é um jogo extremamente mercenário, e os developers não tiveram o mínimo de respeito pelos consumidores, seja no PS4, seja no PC, ou no Switch. É um jogo feito para arrancar dinheiro à força via microtransações, e diversão fica em último lugar. Esse jogo chega ao cúmulo de tornar tão difícil avançar para forçar o jogador a comprar upgrades com dinheiro vivo. É ridículo. Se o jogo fosse gratuito não seria tão feio, mas o jogo custa 60 dólares. Como se não bastasse, eles te cobram mais 100 dólares para comprar upgrades. É o fundo do poço.

    A versão de Switch foi prejudicada? Sim, foi. Mas isso é algo que podíamos esperar de um projeto preguiçoso e mercenário que com certeza quis cortar custos ao colocar só uma parte do jogo num cartão vagabundo e pedir pra baixarem o resto. Saudades do tempo em que colocavam Resident Evil 2 num cartucho de Nintendo 64.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis