Resenha — Juacas, a nova série nacional da Disney

juacas-001

A Casa do Mickey está enfim variando nas produções nacionais. Juacas, nova série que estreia em julho no Disney Channel é um produto voltado para os pré-adolescentes e jovens em geral ao apresentar uma trama leve e descompromissada sobre o mundo do surfe mas acerta ao ser a primeira produção nacional do canal com cenas externas, algo em que eles nunca investiram por aqui. E se der certo abrirá as portas para mais obras com tal cuidado.

O MeioBit assistiu aos três primeiros episódios da série a convite da Disney, e essas são as nossas impressões.

“Caubói surfista… não falta mais nada”

A trama de Juacas é Disney-like ao extremo, o que pode afugentar quem espera algo mais elaborado e profundo numa série de TV. É preciso entender de antemão que o público do canal são as crianças e adolescentes, e por isso mesmo a linguagem da obra da roteirista e showrunner Carina Schulze, produzida pelas produtoras Cinefilm e Chatrone em parceria com a gigante do entretenimento é direcionada aos jovens entrando na adolescência. Não há grandes reviravoltas e conspirações, nem temas mais pesados e sombrios. Apenas um campeonato envolvendo jovens de todos os tipos com aquela receita de bolo típica de mocinhos vs. malvados, com pitadas de romance e comédia.

Juacas é uma série para seus filhos, mas que não fará mal algum quando você quiser apenas desligar o cérebro e curtir algo descompromissado.

juacas-002

Rafa Smor (André Lamoglia, no centro) é o protagonista e líder do time Juacas

A história gira em torno do CAOSS, um campeonato de surfe que acontece em Itacaré, na Bahia e serve como porta de entrada para os aspirantes a surfistas profissionais. Ele reúne centenas de turistas que querem ver os novatos tentarem a sorte em busca de uma vaga no grande circuito, e diversas lendas foram criadas em torno de competidores do passado. Uma delas gira em torno do time Juacas, que participou várias vezes da competição mas após o chá de sumiço do professor Juaca (Nuno Leal Maia), seu líder e mentor a equipe acabou se desfazendo.

Rafa Smor (André Lamoglia), chega ao CAOSS determinado a vencer o torneio, mas ele tem que primeiro arrumar um time e um patrocinador, representado posteriormente na figura do locutor da rádio local e do torneio e ex-membro do time original Cezinha (o veterano Teco Padaratz, bi-campeão do World Men’s Qualifying Series). Completam o elenco os times adversários, como os vilões típicos Red Sharks e a equipe das Sirenas, a única 100% feminina do campeonato.

juacas-004

O time das Sirenas, da capitã Leilane (Larissa Murai, centro) é o único composto só por mulheres

Em termos de produção a Disney e suas parceiras investiram consideravelmente. Juacas foi rodada totalmente nas praias de Itacaré e locações próximas, para dar à série a autenticidade necessária para uma produção voltada ao surfe. Não há tomadas de estúdio pré-montadas, algo que o canal não está acostumado a fazer no Brasil e isso pode vir a se tornar um hábito no futuro, caso a aposta seja bem-sucedida. O enredo por sua vez não é nada mirabolante: há um time de protagonistas que demoram a se entender, um grupo de vilões com um membro “em cima do muro”, as rivais e potenciais interesses românticos, piadas envolvendo a dupla de garotos que ficam orbitando os personagens principais e por aí vai.

Nada muito longe da fórmula Disney para produções televisivas, só que com mais dinheiro para produção e elenco.

Isso porque Padaratz não é o único surfista profissional na série. O treinador dos Red Sharks, por exemplo é interpretado por Filipe Toledo, que chegou a dividir o ranking mundial de surfe de 2015 junto com Adriano de Souza, o Mineirinho, que também faz uma ponta em Juacas. Marina Werneck, 81ª do ranking em 2011 completa a lista como a líder tribal Luara (because Disney), sem contar os dublês profissionais dos atores nas cenas de surfe.

Conclusão

Juacas não é para o nosso bico, mas é ideal para o publico jovem. Trata-se uma típica produção juvenil da casa do rato com mocinhos, vilões, romance, comédia, drama e mistério seguindo a fórmula já bastante batida; é uma obra por isso mesmo bem ingênua e leve, mas vale ser mencionada por aqui por se tratar da primeira aposta da Disney Brasil em uma produção liberta de um estúdio fechado, tendo abusado das belas locações em Itacaré.

Caso a receptividade seja boa (e há grandes chances disso) a Disney pode se sentir estimulada a produzir mais séries e programas com tomadas externas, propiciando novos projetos para a TV que a gigante não está acostumada a realizar no por aqui, e em última análise pode ser benéfico para o público geral, de todas as idades com mais opções de conteúdo disponível. Basta a iniciativa não levar um caldo.

Cotação:

4/5 Peterson Focas.

4-of-5-peterson-foca

Juacas tem estreia programada para o dia 03 de julho às 19 horas, no Disney Channel.


Juacas | Trailer da nova série Disney Channel

O MeioBit assistiu à cabine de imprensa de Juacas a convite da Disney.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    Bons tempos de Peterson Foca, Tuca Zazaueira e Espertoman

  • Flávio Pedroza

    Na Bahia? Pelas fotos pensei que fosse na Suécia…

  • Cássio Amaral

    Já está em vigor a exigência de cota de conteúdo nacional da Ancine?

  • Anayran Pinheiro

    Pow, podiam ao menos ter fugido do estereótipo físico do americano em uma série brasileira, a coisa que mais pagam pau para nós é o fato de sermos um povo “bonito” (entre aspas porque é subjetivo, mas pros estrangeiros somos lindos)…

  • chiappa

    Concordo em gênero, número e grau com as suas palavras, Gogoni : não é pro nosso bico, não é palatável pro maioria absoluta do público aqui do meiobit, mas tenho também Muuita esperança que faça sucesso com seu público, assim animando Disney e outros produtores a investir em outras coisas aqui no patropi com um padrão de qualidade técnica e artística ao menos acima do abismal padrão Globo, Record e outros…. Tomara mesmo…

  • Pingback: Resenha — Juacas, a nova série nacional da Disney | Notícias Legais()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis