Netflix produzirá série baseada no The Witcher

the-witcher

Talvez nem os grandes fãs da série The Witcher saibam disso, mas em 2001 a obra de Andrzej Sapkowski foi adaptada como um filme e no ano seguinte uma série de TV foi produzida. Com ambos os trabalhos tendo sido dirigidos por Marek Brodzki, não dá para dizer que se trata de um trabalho de ponta, mas para a alegria daqueles que gostam das histórias de Geralt de Rívia, isso pode estar perto de mudar.

Conforme anunciou a Platige Image, o estúdio polonês de efeitos especiais fez uma parceria com a Netflix para que uma nova série em inglês seja produzida e para dar um pouco mais de credibilidade ao projeto, eles revelaram que a produção ficará a carga da dupla Sean Daniel e Jason Brown, mais conhecidos pela excelente série The Expanse.

Andrzej Sapkowski criou um mundo rico e memorável, ao mesmo tempo mágico e familiar,” declarou o vice-presidente de séries da Netflix, Erik Barmack. “Não poderíamos estar mais empolgados em trazê-lo para os membros do Netflix ao redor do mundo.

Quem também mostrou bastante empolgação com o projeto foi o próprio Sapkowski, que ao contrário do que afirmou em relação os jogos criados pela CD Projekt, deve estar pensando que uma série seria capaz de lhe ajudar a vender mais alguns livros. Porém, o mais provável mesmo é que dessa vez ele tenha assinado um bom contrato.

O fato é que o autor participará como consultor da série, o que dá o mínimo de esperança aos fãs de que o trabalho será fiel à obra original e resta saber qual parte da história criada pelo polonês será aproveitada neste adaptação.

A certeza por enquanto é que um dos diretores será Tomek Bagiński, que tem sua carreira marcada por curtas, entre eles os ótimos Sztuka Spadania e Katedra, que inclusive foi indicado ao Oscar.


postapopl — Katedra The Cathedral by Tomek Baginski HD 720p HQ High Quality

Para ser sincero, eu gostaria muito que a série estivesse nas mãos da HBO, devido a qualidade do que o canal costuma entregar. No entanto, é bom ver que vários poloneses estarão envolvidos nessa adaptação do The Witcher, já que talvez ninguém melhor do que eles saibam a importância que a franquia possui e por isso acho que farão de tudo para respeitá-la.

Espero não me enganar, mas estou achando que vem algo muito bom por aí.

Fonte: PCGamesN.

Relacionados: , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • O autor cuzão deve estar soltando foguetes.

    Agora vão fazer uma série, baseado numa série de jogos, baseado numa série de livros.

    Dessa vez é marketing free para todo mundo! E quem ganha é nós, se não vier uma bomba.

  • Pingback: Netflix produzirá série baseada no The Witcher | Notícias Legais()

  • Daniel

    Gostei bastante dos livros, o game ainda não joguei. Tomara que dessa vez ele não fique chorando que a Netflix está fazendo uma grana as custas dele… Se a série for fiel a estória vem coisa boa mesmo.

    • Fabio

      Você conseguiu achar o ultimo? li todos e não consegui achar o ebook dele, fiquei triste.

  • Monstro Medieval

    Estou engordando, gastando mais do que devia, destruí o presente de aniversário que minha mãe me deu e agora vejo que dispensaram Skyrim e Bernard Cornwell.
    Nada contra The Witcher mas hoje não tá sendo um bom dia…

    • Nathan

      Porque dispensaram o Cornwell?

      • Monstro Medieval

        Não sei, mas The Last Kingdon não vingou e fizeram esse filme aí do Arthur ao invés das crônicas dele.

        • Nathan

          Você está se confundindo, tanto que a segunda temporada será coproduzida pela Netflix

          • Monstro Medieval

            Tá vendo como quarta-feira é uma merda?
            Ainda terminou com o Flamengo perdendo daquele jeito.

          • Julio da Gaita ✔

            e o cheirinho?! ksoakoskaoskoa

  • Pode ser uma coisa legal. Pelo menos o Witcher 3 é um puta jogo que ficaria bem legal como série.

    Mudando um pouquinho de assunto, mas ainda Netflix. Tava vendo uma matéria na Folha hoje sobre o Festival de Cannes e o Netflix (o que a gente já tinha visto há dias por aqui), mas lá voltaram a falar na palhaçada da Ancine querer implementar um marco regulatório para serviços de streaming. Alguém aqui sabe com mais detalhes como anda isso? Joguei no Google e achei umas notícias antigas sobre imposição de material nacional, destaque na página principal, mais impostos e a típica mania de brasileiro de estragar uma coisa boa.
    O pessoal do MB bem que poderia fazer uma matéria com mais detalhes e atualizações sobre como anda essa bagaça…

    • Tom

      Tá na mão:
      meiobit.com/365613/ancine-proposta-regulacao-mercado-streaming-brasil-tributacao-condecine-progressiva-cotas-20-por-cento-material-nacional/

      • Acabei de ver na página inicial. Mas valeu pelo aviso!

  • Humberto Jorge

    Será que vão adaptar os preconceitos e o racismo que tem nos livros/jogos na série?

    • Matheus Lopes

      Acredito que por um ponto vital para a trama terá que ser adaptado.
      obs.: simplesmente minha opinião de bosta.

    • Espero que sim.

    • Arthur Santos

      Grandes chances de se manter, o preconceito que ele sofre por ser mutante, o preconceito que os elfos sofrem por serem elfos, são pontos significantes na história.

  • Arthur Santos

    A história de Geral é muito boa, joguei The Witcher 2 e achei impressionante o desenvolver da história.
    Ter uma série sobre isso tornaria mais agradável o entender da história.

    As vezes me lembrava da novela Kubanacan.

    • Kleber Leal

      A história do Witcher 2 é excelente, melhor até do que a do 3. A trama é muito mais adulta, envolvente e complexa.

      Edit: e você tá esperando o quê pra jogar o Wild Hunt? O jogo é uma obra-prima.

      • Arthur Santos

        Não tenho verba ainda pra participar da nova geração.

  • rtgato

    Mads Mikkelsen como Geralt of Rivia hein?

    • Wall_Kinho

      Tem minha bênção.

  • Nathan

    “no The witcher”

    Ficou bonito hein (Y)

  • https://uploads.disquscdn.com/images/75e75c898ef453e4cf7d4c6decc53bd991f2aaeeaba129ec2f3d4e18c88390f4.jpg

    A vantagem de não ser HBO é que tem a chance de não virar uma putaria desenfreada. Hype aumentando…

    • Putaria desenfreada é sinônimo de The Witcher.

      • Nos jogos, sim. Nos livros, que serão a referência, não era pra tanto.

        • Auridian

          Nada haver, nos livros há bem mais putarias. A diferença é que no jogo você as tem por/como opção.

          • Nada a ver digo eu. Tem sexo, mas não é fanservice como nos jogos.

          • Auridian

            São duas mídias diferentes, mas uma não tira ou apaga a outra. Nos livros tem muito esse tipo de fanservice também, mas contado no estilo do livro — jogo e filme é algo mais gráfico. Praticamente todo cena de lesbianismo da Ciri nos livros é somente sugerida, fica a cargo da imaginação de quem ler (não vejo isso muito diferente de algo gráfico como o que aconteceu nos jogos) — e sem falar da Yenefer quando vai discutir com seu banqueiro gnomo deformado (não me lembro se é no quarto ou o quinto livro) na qual a cena é totalmente sugestiva que ela o gnomo vão dar uma sapecada ao dizerem pra Ciri dar uma volta com o rapaz (que a Ciri prevê que ele vai se tornar um grande navegador).

            É difícil querer fidelidade absoluta de uma obra quando ela vai pra outra mídia, pois uma forma de contar uma estória pode ser boa em uma mas não totalmente aproveitável em outra.

          • Livro 3, acho. Não vi sugestão a sexo nessa cena do banqueiro. Na verdade, me pareceu bem explícito que havia, sim, negócios secretos entre eles, mas nada que sugerisse sacanagem.

            Existem “momentos de intimidade” entre diversos personagens, o tempo todo (Cirila, com 13 anos, em cena de lesbianismo? Não acho que tenha sido pra tanto.), mas nada escrachado como nos jogos. Não que ache algo ruim ou coisa parecida, mas acho interessante uma abordagem mais madura na série, como nos livros, do que o fanservice pra moleque punheteiro dos jogos.

      • Elton João Zierhut

        Foi bem o que pensei!!!!

        Agora pirei pensando em todas as aventuras que vivi com Gerald de Rivia. Eles tinha que colocar o mesmo dublador do game, nossa! Se fizessem baseados na campanha principal do jogo, ficaria muito bom!!!

        Para ficar perfeito, só se sair esse ano ainda (kkkkk)..

      • Julio da Gaita ✔

        opa, senti uma conotação negativa em sua afirmação, mas não gostei do joguim… a animação do post é relativa ao jogo? tem algum curta?

    • Julio da Gaita ✔

      ahhhhhhhhhhhhhhhhhh….

  • Inquisidor

    aposto que vão dar uma aliviada no roteiro, tirar estupros, mutilações, machismo etc, vai ficar ruim kkkk

    • Assim como a HBO fez no Games of Thro… Não, pera!

  • Será que o autor dessa vez vai “vender certo” ou vai querer uma dinheirama de cara e depois vai ficar de mimimi?

  • Takao do Stranger Things

    Vai ser melhor que BVS

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis