Para Peter Molyneux, o Kinect foi um desastre

Peter Molyneux sempre será lembrando (com razão) como aquele game designer que prometia mais do que entregava, mas se tem uma coisa pela qual ele deveria ser elogiado, é por dar declarações… interessantes. Um exemplo foi aquela em que ele revelou ter deixado a Bullfrog Productions após uma bebedeira com Tim Rance e outro foi sua opinião sobre o Kinect.

Ao falar sobre o que achava do detector de movimentos criado pela Microsoft, o responsável pelas séries Populous e Black & White não teve medo de criticar o aparelho.

Você sabe, o Kinect… serei honesto com você. Foi um desastre. Começou como esse dispositivo que meio que poderia fazer tudo sozinho. Ele não usava nenhum poder de processamento, o campo de visão podia envolver toda a sala. O áudio nele, do qual ninguém fala sobre, originalmente deveria ser multitarefa, podendo captar onde você estava.

Então ele concluiu que o produto final ficou muito distante do que deveria ser, não tendo conseguido entregar nenhum desses recursos e afirmou que tudo isso o faz lembrar do estágio atual dos dispositivos de realidade virtual.

O curioso é que parte da culpa pela expectativa criada em torno do Kinect deve ser creditada ao próprio Molyneux, ou será que você não lembra do Milo, aquele garoto virtual que estava sendo criado pelo inglês e que deixou muita gente de queixo caído quando foi anunciado? Infelizmente o projeto não foi adiante, com a Lionhead Studios tendo criado apenas o mediano Fable: The Journey para o aparelho.

E por falar em Fable, Peter Molyneux ainda tentou explicar o maior erro que cometeu com a franquia, dizendo que o problema estava no salto no tempo que eles fizeram de um jogo para o outro. Como do primeiro para o segundo se passaram 500 anos e o terceiro já se passava numa espécie de era vitoriana, eles não teriam muito para ir num possível quarto jogo.

Quanto a isso, acho que o game designer não tem muita razão, já que não é difícil encontrarmos um bom número de pessoas que poderiam citar inúmeros outros problemas na série. Para ser sincero, eu gostei bastante tanto do primeiro quanto do segundo Fables, talvez por nunca ter criado expectativa em torno deles, mas entendo quem pensa o contrário e nunca vi ninguém reclamar o ponto citado pelo inglês.

Fonte: IGN (1 e 2).

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis