Para Peter Molyneux, o Kinect foi um desastre

Peter Molyneux sempre será lembrando (com razão) como aquele game designer que prometia mais do que entregava, mas se tem uma coisa pela qual ele deveria ser elogiado, é por dar declarações… interessantes. Um exemplo foi aquela em que ele revelou ter deixado a Bullfrog Productions após uma bebedeira com Tim Rance e outro foi sua opinião sobre o Kinect.

Ao falar sobre o que achava do detector de movimentos criado pela Microsoft, o responsável pelas séries Populous e Black & White não teve medo de criticar o aparelho.

Você sabe, o Kinect… serei honesto com você. Foi um desastre. Começou como esse dispositivo que meio que poderia fazer tudo sozinho. Ele não usava nenhum poder de processamento, o campo de visão podia envolver toda a sala. O áudio nele, do qual ninguém fala sobre, originalmente deveria ser multitarefa, podendo captar onde você estava.

Então ele concluiu que o produto final ficou muito distante do que deveria ser, não tendo conseguido entregar nenhum desses recursos e afirmou que tudo isso o faz lembrar do estágio atual dos dispositivos de realidade virtual.

O curioso é que parte da culpa pela expectativa criada em torno do Kinect deve ser creditada ao próprio Molyneux, ou será que você não lembra do Milo, aquele garoto virtual que estava sendo criado pelo inglês e que deixou muita gente de queixo caído quando foi anunciado? Infelizmente o projeto não foi adiante, com a Lionhead Studios tendo criado apenas o mediano Fable: The Journey para o aparelho.

E por falar em Fable, Peter Molyneux ainda tentou explicar o maior erro que cometeu com a franquia, dizendo que o problema estava no salto no tempo que eles fizeram de um jogo para o outro. Como do primeiro para o segundo se passaram 500 anos e o terceiro já se passava numa espécie de era vitoriana, eles não teriam muito para ir num possível quarto jogo.

Quanto a isso, acho que o game designer não tem muita razão, já que não é difícil encontrarmos um bom número de pessoas que poderiam citar inúmeros outros problemas na série. Para ser sincero, eu gostei bastante tanto do primeiro quanto do segundo Fables, talvez por nunca ter criado expectativa em torno deles, mas entendo quem pensa o contrário e nunca vi ninguém reclamar o ponto citado pelo inglês.

Fonte: IGN (1 e 2).

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Carlos Cabral

    Quem ainda se importa com a opinião de Peter Molyneux, e quem é ele para falar mal de algo?

    • Eu que não me importo. Mas que o cara tem razão, tem.

      • tuneman

        poderia ser até um mendigo falando mal do Kinect e ele estaria certo.

    • Jorge Dondeo

      Pois é…

  • Esses links do meiobit poderiam abrir numa nova aba ou janela.. é um saco, toda hora que vou ver alguma notícia esqueço de mandar abrir em nova aba e tenho que voltar ¬¬’

    • Gertrudes, a Lhama

      Dica: clica com a rodinha do mouse sempre. Vai abrir em nova guia 😉

      • Até sei disso… o chato é lembrar disso… sendo que um checkbox lá no editar link do wordpress já resolve… kkk

      • Felipe Silva

        Meu mouse da Logitech discorda disso de clicar com a rodinha, não funciona.

        • Danilo

          Está com o software da Logitech instalado? Eu tenho dois G400s e um MX510 e todos funcionam

    • Eu também prefiro assim, mas outras pessoas do blog disseram para para de usar. Pode ver nos meus posts mais antigos que antes eu colocava target=”_blank”.

  • Othermind

    Lembrando que a MS não aprendeu a lição e quis enfiar o Kinect 2.0 no Xbox one guela abaixo da galera afirmando que era parte indispensável da “experiencia”… c ferrrou gostoso.. e teve que tirar a obrigatoriedade

    • Gedson Junior

      No lançamento parecia uma ótima ideia, aquele negócio de reconhecer rosto e voz. Foi tão inutilizado assim? Não tive a oportunidade de testar um.

      • Carlos Ferreira

        Quando chega um gordo gritando “Xbox turn off” na sua sala, ai você começa a não gostar tanto assim da ideia.

        • Gedson Junior

          Não acredito que isso aconteça com frequência, mas e a identificação de voz?

      • LeeGel

        Vamos por parte, o Kinect 2.0 nasceu morto. Hoje a única coisa que ele faz é atender a comandos de voz (eficazmente), aumentar o volume da TV, trocar de canais, navegar por entre as telas do Xbox, trocar de musica, Skype, segunda tela em transmissões online, porém um valor muito alto para o que ele oferece, há apenas 3 jogos feitos para ele que mereçam comentário.
        Já o Kinect para 360 foi um enorme sucesso, tendo entrado para o Guinness Book como aparelho que mais vendeu em menos tempo, em 10 dias 1 milhão, 60 dias 8 milhões, tendo vendido 24 milhões de unidades até 2013, neste caso não há como não afirmar o sucesso que foi a versão 1.0.

  • Jeferson

    Uma pena, kinect no xbox one é bom, mas ninguém mais lança jogos pra ele, tirando os Just Dance da vida, não saiu mais nada.

    • Julio da Gaita ✔

      é bom pra que? no meio de FIFA 17 e BF4, BF1 você está falando com um amigo e ele sai do jogo e abre uma janela nova tentando identificar o que você disse, isso no meio de um jogo on line…. os comandos de voz não funcionavam tão bem quanto deveriam.

      Comprei o xbox one no lançamento e em menos de 6 meses já tava guardado o kinect juntando poeira. a propósito a maioria de BR’s esquecia o microfone ligado e jogando jogos online, você ouvia cachorro latindo, criança chorando, mulher dando esporro em marido e mesmo você avisando nego não desligava a bagaça.

      Foi um desastre sim..,

      A menos que você goste de Just Dance, mesmo kinect sports rival era bem meia boca e enjoativo, o ryse bf4, tinha alguns comandos de voz mas eram poucos e era melhor deixar desativado.

      • Jeferson

        Bom justamente para jogos hahah
        Também concordo com esse negócio do microfone ativo atrapalha, tanto que o meu tá sempre desativado para jogos. Mas os comandos de voz eu uso bastante e acho prático, nada que me fizesse comprar o kinect só por isso, mas acho legal.
        Mas onde realmente pega são os jogos. Just dance é muito divertido para jogar em galera, por mais que eu curta jogar Fifa e outros, Just dance é disparado o que mais diverte quando com mais pessoas. O Kinect Sports Rivals concordo que não ficou bom, os Kinects sports do xbox 360 pareciam melhores. Mas e cadê os outros jogos? Isso que quero, outros jogos que usem o kinect, pra realmente valer a pena. Tanta criatividade na industria de games e nada de sair algum jogo foda pro Kinect, nem a Microsoft tá tentando mais.

        • Julio da Gaita ✔

          desde que a microsoft começou a vender o kinect separado do one, dificilmente alguma publisher vai fazer jogo utilizando primariamente o kinect, até porque toda produção envolve custos e investimentos e como você vai investir em um jogo baseado em um periférico que não é mais vendido com o console e que não tá vendendo bem, mesmo separado?
          Se você fizer um jogo baseado no kinect você diminui exponencialmente seu publico alvo e com certeza seus rendimentos.

          Triste de dizer, mas esquece amigo, nada de novos jogos baseados em kinect pra você.

    • Jorge Dondeo

      Eu uso meu kinect do xone diariamente, não para jogar, nunca entendi ele como um acessório para jogos.

  • Germano

    Ainda uso o Xbox 360, mas o Kinect que veio com ele já esta sem sair de onde guardei a um par de anos.

    • Jorge Dondeo

      Eu uso meu knect do xone diariamente, não para jogar, nunca entendi ele como um acessório para jogos.

      • LeeGel

        Eu uso diariamente também, vez ou outra aparece um bundle com Kinect e algum amigo diz se vale a pena pagar $XXX a mais por ele, eu fico sem saber o que dizer, eu estou satisfeito com o meu, mas certamente esta sendo subutilizado por mim, pois há tantos sensores e eu basicamente uso o comando de voz e videos em transmissões e edições.

  • Artur

    mas segundo o cardoso, o kitreco tem amplas aplicações cientificas… por isso a versão PC foi descontinuada.. pera uhauhauh

    • Rodrigo de Melo

      Mas ele tem. Aqui na minha universidade tem dois laboratórios, um especializado em realidade aumentada e outro em realidade virtual e multimídia (que trabalha muito com jogos), que já fizeram vários projetos que envolviam o Kinect.
      O Kinect uma caixinha com câmeras e vários sensores, tudo já montado e com uma sdk, bem mais prático do que montar todos os sensores e lidar com os dados de cada um individualmente. Poupa muito trabalho e tempo de pesquisa.

      • Danilo

        Deve ser legal! Pena que não souberam aproveitar direito em jogos.

        Deveriam ter lançado um jogo no estilo “Mario Party” pro Kinect do X1, pra 4 jogadores, e com mini game de dança, de luta, de corrida, de atletismo, etc etc… 3×1, 2×2, e assim vai… se fosse bem feito, seria motivo suficiente pra muita gente tirar o acessório da caixa.

      • Artur

        1 lab

    • geobaga

      Mas a versão do Kinect for Windows 2 e a versão do Kinect for Xbox One é a mesma coisa, a diferença é o adaptador. Acho que não faz mesmo sentido fabricar uma versão única pro PC.

  • Bruno Costa

    Não tem problema, os jogos dele também não são completos fracassos, mas estão longe de ser tão bons quanto ele acha que são

    • Se você estiver se referindo dos jogos após o primeiro Fable, posso concordar. Antes, de maneira alguma. O cara fez vários jogos MUITO bons.

  • Eu tentei jogar o primeiro Fable e achei muito chato. É um tutorial gigante.

  • Rodolfo Oliveira

    Engraçado que o kinect na época que saiu pro 360 foi um estouro e um dos motivos que fez que o Wii descesse ladeira abaixo nas vendas.

    • Mas foi um estouro pela novidade e pelos casuais, e não pelos motivos “certos”.

      Eu sou jogador hardcore e odeio o kinect, mas minha mulher e filho pequeno adoram. O problema foi querer pegar esse conceito casual e tentar usar em games hardcore.

  • Rodrigo Medeiros

    Para a Geração Z, Peter Molyneux foi um desastre

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis