Spotify vai enfim restringir o plano gratuito, para a alegria das gravadoras

O Spotify bem que tentou, mas não conseguiu resistir à insistente pressão da indústria da música. Assim, a modalidade gratuita do serviço sofrerá restrições e lançamentos devem demorar bastante para serem liberados (isso se o forem um dia). Àqueles que desejarem consumir as novidade só terão uma opção: abrir a carteira.

A verdade nua e crua é que tanto as gravadoras quanto os artistas odeiam o formato de streaming. É preferível por eles ter o controle completo sobre seus conteúdos e vender músicas e shows no atacado, diretamente ao consumidor e por causa disso não são poucos os músicos que não aderiram ao novo formato de distribuição, do Radiohead à Taylor Swift, passando por Prince (cujas músicas só voltaram parcialmente depois que ele faleceu) e Adele, entre outros.

O Spotify, assim como o YouTube incomoda principalmente por permitir que os usuários possam curtir todo o catálogo gratuitamente, ainda que tenham algumas restrições e tenham que lidar com os ads e há anos as principais gravadoras (Sony, Warner e Universalpressionam para que a plataforma implante medidas para tornar a modalidade menos interessante do que o plano premium, isso se não o inviabiliza-lo de vez. A Apple, que possui seu próprio serviço que não conta com modalidade gratuita também estaria jogando sujo contra o Spotify, fazendo a cabeça dos detentores dos copyrights a renegociarem seus contratos com a rival. E como ambas já se estranharam em público tal estratégia não chega a surpreender.

Vale dizer que por causa da Apple Music retornar mais dinheiro às gravadoras, o Spotify perdeu o privilégio de manter contratos de longa duração.

O grande problema do Spotify é que as contas não fecham. 90% de sua receita vem das assinaturas mas apenas 25% de seus usuários pagam para utilizar o serviço. A empresa paga em torno de US$ 0,007 por execução de música e as gravadoras há tempos batem na tecla que tal valor é uma ninharia, sem falar que a empresa fundada por Daniel Ek nunca deu lucro: em 2015 ela fechou com déficit de US$ 200 milhões, mesmo com uma receita de mais de US$ 2 bilhões.

Por essas e outras, além do desejo de ir à IPO (algo que também renderá dinheiro às três gravadoras, que são acionistas minoritárias) que o Spotify enfim cedeu às pressões. De acordo com fontes próximas usuários gratuitos não terão acesso aos mais recentes lançamentos dos artistas mais valiosos e ouvidos, que podem sofrer delay de semanas ou meses (ou não ser liberados de nenhuma forma). Além disso o repasse para as gravadoras será maior, baseado na receita gerada por usuário. Assim cada execução poderá render bem mais do que hoje; em troca o serviço pagará menos royalties à Sony, Warner e Universal.

Embora o Spotify tenha crescido muito nos últimos anos, ha grandes chances de que tal medida tenha o efeito contrário e acabe por fazer com que os usuários gratuitos abram mão da plataforma e voltem para a Locadora do Paulo Coelho, ao invés de assinar o serviço premium. É um risco que terão que correr, mas de outra forma o serviço não poderia se manter vivo por muito tempo; ele precisa fazer dinheiro antes de abrir ações na Bolsa de Valores e mostrar a que veio, ou vai desaparecer.

Fonte: Financial Times (paywall).

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Othermind

    Assinava o plano família.. mas subiu pra 26 conto… pulei fora… fiquei só com a netflix por 22 reais por mes que pago com gosto…

    • Chicken Little

      Também achei caro, mas continuo pagando porque meu pensamento é: “ta caro, mas é o preço de 3 cervejas num posto que consumo na hora; e spotify eu escuto quase todo dia”
      e eu não paro de comprar cerveja em posto…

      • Anderson Freitas

        Não acho caro 26$ por um plano que pode ter 6 pessoas! Ja que o dono da conta não é contabilizado.

        Namorada usa, pai, mãe, irmã… valor bem irrisório perto da abrangencia.

        • Chicken Little

          Sim, então.. quando penso num todo, realmente não é caro.
          O que me parece caro é porque antes custava X e passou a custar Y.
          Por isso falei da comparação que faço com o preço de cerveja em posto (que isso sim é caro)

          • Anderson Freitas

            Preços sempre tem reajuste em algum determinado tempo. Normal, até netflix teve e terá.

            Agora 6 pessoas por 26$ para acesso irrestrito a musicas, acho MUITO barato. Meu pai, um idoso de mais de 60 anos, adorou ouvir as musicas do Roberto Carlos…

          • Fernando Ferreira

            Li isso e lembrei do meu pai. Fui lá todo pimpão mostrar que ele poderia ouvir músicas regionais de portugal. Ele perguntou se teria o Rancho da terra dele, que uns familiares participam. Procurei e nada. Achei um similar muito parecido. Ele cagou. Me respondeu que bom mesmo é o Rancho deles. Nunca mais toquei no assunto. kkkkk

          • Anderson Freitas

            HAHAHAHAHA Mas eu ia ate falar que isso era uma questão de gente de idade. Mas não é!

            Eu mesmo me nego a ouvir rock atual por exemplo, cada um tem sua referencia de musica.

          • Eu tenho plano familiar. Compartilho com meu pai, meu irmão e minha noiva. Cada um escutando uma coisa diferente (meu pai ficou fascinado de poder ouvir Paulinho da Viola enquanto pedala) ao mesmo tempo, sem um atrapalhar o outro, por 26 reais. É proporcionalmente tão barato que nem cobro deles, pra ser sincero.

          • Magnosama

            Jambeiro,
            me responda uma coisa,
            no plano familiar vc precisa mesmo morar na mesma casa que os outros usuários do plano????
            Gostaria de mudar meu plano, pra que minha mãe possa usar, mas não moramos juntos.

          • Olha, pela minha experiência eu diria que não. Calha de meu irmão e minha cunhada morarem na mesma casa que eu, mas a minha noiva não mora comigo, e ao configurar a conta dela, simplesmente coloquei o meu CEP é funcionou normal.

          • Magnosama

            É só cadastrar todo mundo no mesmo endereço então, na hora de enviar os links autorizando a usar a conta?

          • Exato, foi o que eu fiz.

          • Magnosama

            Muito obrigado, Jamb

            vou migrar meu plano,

            abraço…

    • Goemon

      Depois de dois anos com o spotify eu mudei para o google play music por causa do preço, o ruim é que não tem app para smartv, ps3, usa flash nos navegadores e não consigo usar. Só pelo bluetooth do meu soundbar e no celular msm.

      • P3dRo

        Também mudei para o Play Music (mas por causa de um bug do aplicativo do Spotify no Galaxy S7) e senti um pouco de falta dos aplicativos para smartv e para o PC.

        Mas só uma coisa, o Play Music, que eu saiba, não está usando o flash já tem algum tempo (e até o ano passado tinha como desativar o player flash e usar um que roda no HTML5).

        • Super Suporte

          no safari ele pede flash, achei bem tosco e resolvi não usar. Se souber como desativar da para reconsiderar

          • P3dRo

            Eu sempre usei no Chrome, mas acabei de testar no Firefox (desativando o plugin flash na marra) e funcionou normalmente (sem pedir o flash)

          • Super Suporte

            vou testar qdo estiver em casa

        • Goemon

          Nos navegadores da minha TV, do PS3 e no Vivaldi ( o browser que estou acostumado de usar) pediram a instalação do Flash. Vou pesquisar se tem como desabilitar.

    • Cézar Felício

      É sério que você acha caro pagar menos de 4 reais por pessoa no plano família?

      • Othermind

        Se a conta fosse dividida acho que seria uma boa mesmo.. rs

        • Goemon

          kkk penso o mesmo. Eu pagava e os outros usavam, aí fica caro

          • PugOfWar

            em familia é sempre assim, todo mundo usa meu login netflix, esses dias tava caindo pq o pessoal tava logando na minha conta.

  • Chicken Little

    A verdade nua e crua é que tanto as gravadoras quanto os artistas odeiam o formato de streaming.

    Gravadoras OK, mas vários artistas gostam (e precisam) do streaming para alcançar o público.. Especialmente os menores.

    • Fernando Ferreira

      Parcialmente certo. Artistas de grande destaque podem esnobar o streaming. O valor que recebem é pouco se comparado a outras receitas. Eu não sinto falta dos que se recusam a participar. Pra falar a verdade nem ligo pra maioria. Adoro Radioheart, mas tem tanto tempo que não ouço nada deles . Quando sinto falto pego um CD velho ou procuro na locadora.

  • Nah, Vai no youtube que tem tudo que é clipe dos lançamentos. Ou grave de graça da rádio.

    • Finn o humano✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      Acredito que o maior uso seja no carro, ou seja, vai ouvir pelo youtube no carro? Haja 4g…

  • Jack Silsan

    Nunca acreditei nesse modelo de negócios freemium, e o Rdio junto com o MixRadio me servem de evidência. Só os serviços que cobram ou que tem donos muito poderoso aguentam o tranco da competição. E acho justa a mudança do Spotify, mas é fato que pra quem houve sempre as mesmas músicas sai muito mais barato comprar os álbuns favoritos na loja do sistema do seu smartphone/tablet/computador

  • Vin Diesel

    Eu uso deezer que vem no plano da Tim. Por enquanto a satisfação é total.

    • Thyago Lopes

      Eles só poderiam melhorar o acervo, pois tem alguns artistas que tem um “perfil” na busca
      mas não tem cds.

    • Dotô Manrratan

      Igualmente.

    • Alberto Prado

      Idem. Mas ultimamente tá tendo um problema chato. Ele meio que perde a “assinatura” que os cliente Tim tem e volta para o Gratuito. Vc loga novamente, mas ele não volta. As vezes só outro dia.

    • Anônimo, seu amigo no XXX

      Migrei do Spot para o Deezer por causa dessa oferta, até agora tem me atendido muito bem.
      Acredito que a Spotfy poderia tentar acordos semelhantes ao deezer com outras operadoras.

      • Vin Diesel

        Tem semana que eu não coloco carga no tim e o whats e o deezer funcionam no 4g de boas em qual operadora vc sai para rua ouvindo musica sem pagar nem o 4g?

        • Anônimo, seu amigo no XXX

          Além da TIm, na Claro. Isso a nível Brasil

    • Eu também.

    • Felipe Braz

      Eu tentei usar o deezer, musica fica parando aleatoriamente, e isso tava acontecendo no celular e no pc, tinha que clicar em avançar pra próxima musica umas 2 ou 3 vezes pra voltar a tocar. Fiz downgrade no plano da tim e voltei pro play music mesmo.

    • Gaius Baltar

      Usei o Deezer incluído no pacote TimPré 500 quando estive de férias no Brasil no inicio do ano e acabei ficando fã da plataforma. Mantive o serviço mesmo após voltar pra Zooropa. Tem uma interface muito melhor que o Spotify (o Apple Music tem uma interface horrível, nem conta) e o catálogo é suficiente para mim.

      • Vin Diesel

        SOMOS 2

    • Deezer é um lixo! Ativei o plano da Tim. Agora essa bosta só toca pelo 4G da Tim. No WiFi não funciona, no PC não funciona. Abre a interface mas não toca as músicas, só fica carregando ou pulando pra próxima até desistir. Muitas pessoas com o mesmo problema. Se não arrumarem essa merda até o fim da semana grátis eu desinstalo e nunca mais volto.

      • Vin Diesel

        Quanta revolta nesse coração… Simples, desisnstale e não volte. Procure algo melhor… Depis conte para nós…

        • Nem preciso procurar. O Spotify ou qualquer coisa que toque ao menos uma música é melhor que o Deezer, que não toca bosta nenhuma.

          • Vin Diesel

            Mas se aqui funciona bem…onde está o problema?

          • Para um software ser bom não basta que ele funcione só para você, ele precisa funcionar para todos os assinantes.

            O problema é claramente deles. Basta pesquisar:
            http://caiutudo.com/fora-do-ar/deezer

          • Vin Diesel

            Rapaz voce me trouxe azar (KKKKKKK) agora o meu ta com problema tb… fooodeu…

          • Bem-vindo ao clube.

  • Thyago Lopes

    Atualmente uso o deezer, que dentro do plano pós da tim fica “gratuito”.

  • Tô com o Deezer (não tenho paciência pra ficar procurando playlist e prefiro o Flow do Deezer que o Rádio do Spotify), mas o que me incomoda no streaming é a questão do licenciamento: é uma penca de músicas/álbuns que somem de uma hora pra outra.

    • Thyago Lopes

      Verdade, essas questões burocráticas tbm fazem alguns filmes sumirem do acervo da netflix.
      O corporativismo interferindo na arte prejudica demais.

    • Christian Oliveira

      Gosto do dizer também, coisas que gosto nele é como ficam organizadas as descobertas e também o acesso a letras das músicas. Não sei se são meus aparelhos, mas parece que o Deezer trava menos que o Spotify quando a biblioteca está bem cheia com uns 5 giga de musica.

  • Anderson Freitas

    Normal e correto.

    Eu tenho plano pago e acho muito vantajoso e bom. Compensa.

  • Christian Oliveira

    Para quem ainda curte a locadora do Paulo Coelho, é possível fazer o seguinte: abra uma conta no onedrive da Microsoft, faça uma mapeamento de seu onedrive no windows, aponte seu programa torrent favorito para este mapeamento, baixe o groove da Microsoft (ios e android), ouça sua biblioteca de músicas direto no dispositivo mobile, por streaming ou disponibilizando offline. Enjoy!

    • Groove é vida….

      Estou prestes a abandonar o WP – :(….. – e o que sentirei falta é do Groove…. ouvi dizer que pras outras plataformas ele não é o mesmo….

      • Christian Oliveira

        Recebeu uma boa repaginada recentemente, mas ainda da aquelas travadas, principalmente se a conexão de internet não colabora.

    • Opa, não sabia disso, uso a conta premium da Deezer mas tenho quase 60gb de MP3s das antigas, eu faço o mapeamento do One Drive, baixo o Groove no celular e escuto tudo? Isso vai ocupar o espaço da minha conta do One Drive?

      • Christian Oliveira

        Isso, baixe o groove no cleular, ele irá apresentar o que encontrar, salve os albuns em pastas, dentro da pasta música do onedrive, o mapeamento é caso vc queira apontar seu torrent client para um local de downloads.

      • mr_rune

        Sim, vai ocupar espaço. A não ser que você assine algum plano premium, não vai ter 60gb pra você. Eu separaria somente algumas playlists top e sincronizaria.

  • SacoCheio

    O Deezer fez uma parceria diretamente com a Tim muito boa! Mas vamos acompanhar o aumento do preço do plano pra ver se esse “gratuito” continua ou é só enrolação.

    Lembrando que isso é um ataque frontal à neutralidade da internet, mas quem vai reclamar de um serviço de streaming incluído no plano e que não desconta da sua franquia de dados? VEM NI MIM DEEZER!

  • Tiago Siqueira

    A verdade nua e crua é que as pessoas querem ter as coisas de graça. Afinal é EXTREMAMENTE caro pagar 20 reais por mês pra ter acesso ilimitado a uma pancada de músicas…. ou então 26 reais por um plano familiar para dividir em até 5 pessoas…. SUPER caro.

    • Alvaro Carneiro

      É verdade. Eu tenho o plano familia, que custa menos de R$ 5,00 por mês para cada pessoa.

      SUPER caro, com esse dinheiro (R$5,00 !! caralho!!) eu prefiro comprar duas paçocas na promoção.

      Outro dia fiz as contas, se eu economizar estes R$5,00 por mes, mano, em poco mais de 1.600 anos eu consigo juntar 100 mil reais.

  • paulokdvc

    Retirei do meu celular ao acaso esse app e pra minha surpresa a bateria está durando 2x mais. Isso porque eu mal usava ele (1 ou 2x por semana).

    Não me faz falta, mas confesso que a quantidade de informação que pede na instalação, já justifique liberar todas as músicas possíveis.

  • Alvaro Carneiro

    Imagine que um dia as gravadoras e artistas consigam um meio de vender música e filmes de forma 100% controlada, com todos pagando, sem pirataria, tudo certinho. “Um sonho”.

    Imaginou?

    Então, no dia seguinte as mesmas gravadoras e artistas iriam reclamar de que as pessoas que compraram a música “original” de forma 100% controlada, estão ouvindo demais a música sem pagar por isso. “Fulano” comprou o disco da Banda XYZ mas já ouviu 200 vezes, isso é injusto. Terá de pagar por cada vez que ouvir.

    E se começar a pagar cada vez que ouvir, vão reclamar que Fulano está tocando a musica para um gupo de pessoas, e que estas pessoas também estao consumindo sem pagar.

    Enfim, sabe quando as gravadoras vão ficar satisfeitas?

    No dia 30 de fevereiro, de tardinha.

    • Paulo Ricardo Schwind

      Não, não acotneceria. por uma razão simpels: o modelo de negócio era esse antes da Internet – você comprava um disco para ouvir quantas vezes quisesse.

  • Giuliano

    “É preferível por eles ter o controle completo sobre seus conteúdos….”
    Que controle? Vendeu um CD/DVD, já não existe mais controle uma vez que esta sendo semeado em um pc no cambodja !!!

  • 26 pilas para até 5 pessoas ouvirem música ilimitada tá de bom tamanho. A raça reclama a toa.

    • Willian Alberto da Cruz

      Somente para pessoas da mesma família. Eu assinava com outros amigos mas alguma mudança recente parou de autorizar eles de se vincularem no meu plano, mesmo com o endereço igual.

      • Deve ser por mineração de dados. O Spotify deve analisar o lugar onde o titular mora e cruzar com o dos demais para validar. Legal, não esperava por isso.

      • Anakin

        eu tenho Google Play Music e ta de boa o plano familia, assim, são meus primos, moram em outras casas, só se eles olham o sobrenome e deixa de boa

      • Eu divido esse plano com amigos e de estados diferentes, já tem um pouco mais de ano e até agora tudo normal.

  • Spotify se Spotifando cada vez mais…

    Foda-se o streaming… Locadora tá logo ali.

  • Rafael Rodrigues

    O cara precisa ser muito filha da puta para miguelar os 26 reais do plano FAMILIA e ir piratear na Locadora…

    É o mesmo naipe de quem arruma APK de app de 0,99 centavos.

  • Gaius Baltar

    O problema do Spotify não são as gravadoras, os artistas ou a Apple (ok, a Apple faz parte do problema sim, mas de outra maneira) e sim como manter uma empresa que as contas não fecham. Enquanto os investidores colocarem grana lá ela vai se manter, mas quando esses encherem o saco? 90% da renda vem da publicidade
    Somente 25% dos clientes pagam
    200 milhões de dólares de prejuízo
    Já dizia o Capitão Nascimento: https://uploads.disquscdn.com/images/dadca65627b10d0a4db8ea5f7c8bcde89b0e80c37cf4fa2d0a15d6606b3df9e6.jpg

  • Cássio Amaral

    Uso o Google Play Music, aproveitando os 4 meses gratuitos de uma promoção em dezembro. Por enquanto está excelente, catálogo enorme, bem mais fácil de mexer do que Spotify que achei muito confuso, mas pena que não existe modalidade gratuita com exibição de anúncios.

  • Joao Lacerda

    deixaremos de usar!!!! simples assim.

  • Pingback: Precisamos falar sobre streaming (parte 1) – Midsummer Madness()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis