As marmotagens que os canais fazem para te empurrar mais comerciais

3265248

Sabe quando o apresentador do programa diz pro convidado infelizmente estamos sem tempo, queria ter mais tempo pra gente conversar e outras amenidades? Ele está sendo hipócrita. Tempo em TV é algo a ser preenchido, se você consegue usar todos os minutos entre os comerciais, fez seu trabalho.

Sim, crianças, TV comercial existe para vender comercial. Programas existem para manter os espectadores no canal, e evitar que eles mudem e vão assistir os comerciais da concorrência.

Por isso os canais fazem tudo para enfiar mais e mais comerciais. Antigamente os filmes tinham 4 breaks. Hoje as emissoras enfiam 6 blocos de comerciais, qual o segredo? Bem, primeiro há os tradicionais cortes. Todo filme sofre um monte de cortes, é divertido ver filmes na TV aberta e perceber como tesouram descaradamente cenas inteiras, mas muita coisa é mais sutil, frações de segundo removidas no começo e fim de cenas, isso acumulado gera economia de tempo, onde entram mais comerciais.

Também há os splashes, chamadas às vezes com áudio entrando no rodapé, aquele truque de dividir a tela pela metade e passar os créditos (acelerados) enquanto faz chamada pra programação a seguir, mas há uma sacanagem em especial que é muito, muito maquiavélica.

Algumas emissoras aceleram a velocidade de exibição dos filmes e séries. Se você acelerar em 5% um filme de 120 minutos ganha 6 min a mais para enfiar comerciais.

Se a velocidade é exagerada, as pessoas percebem as vozes agudas demais, mas se você não é ambicioso e mantém uma velocidade moderada, ninguém percebe, até comparar com o original. Veja como o canal TBS acelera episódios de Seinfeld, comparado ao original. É interessante perceber o áudio aos poucos se distanciando…


ltclassics — TBS Speeds up Seinfeld 9.0 Percent – 2015 UPDATE

Conclusão: cada dia que passa os canais, pagos ou abertos fazem de tudo para empurrar a gente para a Netflix e similares. Todo o respeito e atenção é dado ao anunciante, não ao espectador. Assim como no Facebook, você não é o consumidor, você é o produto.

Fonte: Wall Street Journal.

Relacionados: , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Juliano Teichmann

    Aí você paga pra assistir TV a cabo, um valor absurdo nos combos HDs com incríveis 40 canais e ainda é cobrado novamente para assistir comerciais. Na estréia do Fear The Walinkg Dead, um episódio de 45 minutos teve a duração estendida para incríveis 90 minutos. A reclamação na página do facebook da AMC foi geral e a desculpa é que “nos EUA é assim”.

    Aí depois o torrentleech se torna uma opção e ninguém sabe o motivo da pirataria, absurdo, direitos, mimimimi. Sejam mais coerentes com o comercial que a gente até assiste, mas 50% do tempo vendo comercial não né moço, pfvr.

    • Ai tu vai no cinema, paga aquele valor absurdo (pra ver até em 3D), e além dos trailers você ainda é obrigado a assistir propaganda

      É … estamos na merda…

      • Manoel Guedes

        Ou filme Brasileiro de meia merda que coloca até no roteiro um merchan!

        • E que fica 3 meses ou mais em cartaz no cinema enquanto o lançamento estrangeiro que você tá tentando arrumar tempo pra ver (além de vir em mais de uma sala “dublado” >=( … ) some de cartaz rápido.

          • Manoel Guedes

            Cara falando nisso… O filme Os Dez Mandamentos, a Record espalhou aos sete cantos que ele estava aproximando do Tropa de Elite em número de telespectadores, mas Tropa de Elite não fazia sessão grátis para pessoas carentes e nem propaganda em todos os programas da rede…

          • Também pudera, os otá… digo, “fiéis” E os pastores estavam comprando dúzias pra ir em caravanas ver o filme levando vizinho cachorro e papagaio.

            Tem até um vídeo do “Porta dos Fundos” zoando isso.. =D

          • Islan Oliveira

            Pior que do que o filme dos Dez Mandamentos foi o do Porta dos Fundos, que fazendo jus ao excremento que são, foi um fracasso.

          • Não sei sobre os Dez mandamentos, mas o fracasso do Porta dos Fundos foi, em parte, bancado pela Viúva.
            Sabe, é muito injusto quando, em nome da “cultura”, essa galera consegue arrecadar uma pequena fortuna para fazer essas porcarias, sendo que não precisam se preocupar com a bilheteria. É como a minha tia produzindo conservas de pepino para vender. meu tio bancava os pepinos, o vinagre, o sal, o alho, a cebolinha… Minha tia colocava tudo em vidros, vendia e ficava com todo o lucro. mesmo que não vendesse todos os vidros, para ela era só lucro.

          • Lui Spin

            Verdade. Eles não precisam se preocupar com a bilheteria mesmo.

          • DanielBastos

            Segundo o Gregório, na treta com o Feliciano no pânico no rádio, não teve Rouanet. Se é verdade eu não sei, mas ele falou .

          • Gregório e Feliciano num ringue: que a Terra se abra e engula os dois!
            Olha, depois da entrevista desse Gregório em Portugal, eu parto do princípio que ele está mentindo sempre ou, no mínimo, tudo que ele afirma precisa de comprovação, invertendo o ônus da prova.
            (Sério, assista a entrevista. Uma coisa é o cara ter ideologia política e defender suas ideias, outra bem diferente é, pura e simplesmente, mentir na maior cara de pau).

          • DanielBastos

            Pow, já assumo a mesma postura que vc. Os textos dele sempre me parecem de má fé. Por isso a parte ” se é verdade eu não sei”.
            É … eu vi a entrevista. É deprimente.

          • Eu tenho um colega de trabalho que é da Universal (pois é). Normalmente ele não fica enchendo o saco com religião, mas outro dia tocaram nesse assunto do filme d’Os Dez Mandamentos, e ele estava explicando que o objetivo de terem feito o filme era “fazer com que as pessoas fossem tocadas pela história” (leia-se, “tentar arregimentar mais otários”) e por isso os fiéis eram incentivados a comprar ingressos e doá-los (sim, DAR DADO DE GRAÇA SEM CUSTO ADICIONAL) a amigos e parentes, para que esses fossem ao cinemas “serem tocados pela história”. Aí, nessa onda, uma fiel de lá resolveu comprar DUAS SALAS INTEIRAS de ingressos.

            Isso ajuda a explicar a venda enorme de ingressos e as salas vazias. Imagino a gloriosa fiel em questão dando ingressos a rodo pros conhecidos, e eles falando “poxa, valeu” e jogando o ingresso fora depois. =D

          • Eu poderia dizer que foi uma imensa lavagem de dinheiro o que uma “certa igreja que não citarei o nome” fez ao fazer novela e filme, mas como “certa igreja” adquiriu um canal de televisão (que também não vou nomear) na base do dízimo dos OTÁRIOS, digo, fiéis, que continuaram fiéis mesmo após os vídeos de pastores desta mesma “certa igreja” nadando em dinheiro no corredor de hotel, e do outro em que o líder religioso dessa “certa igreja” ensinando em frente a um iate como enganar os fiéis pra pedir dinheiro e mais dinheiro, bem, usando tal canal como uma imensa lavanderia de dinheiro do dízimo dos fiéis, não tem muito o que fazer.

            Enquanto não houver mudança na legislação para tornar igreja pagadora de impostos sem isenção como qualquer empresa E criar algo de uso obrigatório similar e com mesmo peso de nota fiscal para servir de registro e recibo para que o nobre otá… digo, fiel e a Receita possam comprovar aquele valor e poder impedir a lavagem de dinheiro atual e descarada, não tem jeito.

            Mas como agora temos a bancada evangélica, né…

      • Ratão do Banhado

        A merda da propaganda, a merda do “canal não sei o que super coolzão para você ficar antenado com coisas completamente sem importância” antes da propaganda, a merda da animação cada uma mais babaca que a outra para avisar “desligue o celular, proibido filmar, proibido fotografar, saídas de emergência aqui e ali”, a merda do “tcham” da seguradora logo após a animação e a merda dos trailers de filmes nacionais ou comédias americanas babacas.
        E, por último, o filme em si (que tem grandes chances de ser uma merda também).

        • Diego Marco Trindade

          Até gosto de trailers antes dos filmes. Mas não comerciais.

        • radiobrasil

          Se for o novo Caça Fantasmas aumenta as chances do filme ser uma M

      • Onemaster

        E ainda corre o risco de o filme não ser bom, e o estúdio mandar uma versão estendida em blu-ray.

      • E. Bicalho

        Tem propaganda agora no cinema? :v

    • Eu sou contra a pirataria, mas essa parte tem que ser levada em conta. Um amigo meu me mostrou a AZbox e eu fiquei me sentindo o maior otário: pago 500 pilas por mês para a NET e meu amigo Jack, o Sparrow, tem muito mais conveniências no aparelho AZBox do que eu. Eu tenho “16 canais exclusivos das Olimpíadas”, só para ver “verifique seu sinal” em oito deles.
      realmente, não sei lá fora, mas aqui no Brasil te empurram para soluções piratas.

      • Alberto Prado

        Minha mãe tem na casa dela. A véia até aprendeu a grava os programas e pula o comercial quando vai assisti. O melhor de tudo é que ela mal consegue paga conta no cel no app do Itaú.

      • radiobrasil

        Pra quem não quer gastar muito com tv, dá pra se virar com uma smartv + internet rapida… Globoplay pra assistir o que interessar da Globo, Netflix vai uns 20,00… e tambem tem os canais IPTV que vc consegue de GRAÇA.. e tem coisa muito boa da Europa… Dias atrás achei até os MTV’s da Russia… bons demais e estavam em hd!

  • Coffinator

    Globo parece o Ayrton Senna, acelerar filme lá é praxe. No mais, ainda bem que eu baixo meus filmes na locadora do Paulo Coelho.

  • Didi Moco Sonrisal Colesterol

    Lembro de quando surgiram os canais pagos, diziam que eram pagos para evitar comerciais… Hoje é o contrário, você paga pra ver comercial!!! Lembro quando estava assistindo um programa no canal de cabo e tinha 1 minuto de programa e 5 de comercial, mudei de canal e desisti de assistir ao programa.
    Eles usam a história do sapo que quando é colocado na água fervente ele pula fora da panela, agora se você vai fervendo a água aos poucos ele morre cozido!!! É mais ou menos isso.

    • Aí os canais a cabo vendem horários inteiros pra infomerciais. Você paga por um canal que passa uma hora de TopTerm ou outro lixo qualquer. COM comerciais.

      • Sophos Nsm

        tenho um amigo que fala a maior vantagem do netflix é que a programação feita pra o consumidor e não pro anunciante.

        • Thiago

          por enquanto…

          • a depender da sacanagem dos “concorrentes” em terra brasilis junto de “tão ética, honesta e responsável entidade pública reguladora”…

        • DiMais

          com produções próprias o Netflix pode empurrar merchandising sutil pra dentro da programação e evita os famigerados ‘reclames do plim plim’ ou o flash da Jequiti..

      • Diego Berlezi Ramos

        É por isso que a ClaroTV dançou depois que contratei o NetFlix. Sem falar que a geração do meu filho (3 anos) não tem nem conhecimento e sequer suporta o corte dos comerciais.

    • Maom

      O pior de todos eram os filmes da TNT. Faz tempo que não assisto esses canais recheados de propagandas da tv a cabo, não sei se tem pior hj ou se a própria TNT se mancou, uns anos atrás eles passavam um filme que na própria programação já vinha com uma duração de umas 3 horas e meia para um Matrix da vida. E no começo o filme corre que é uma maravilha, chegando no final é um absurdo. Até pequenas vinhetas de entrevistas eles enfiavam para preencher o tempo da propaganda que não foi vendida e o filme corria nessa proporção, 5 min de ação e uns 15 de propaganda.

    • Sophos Nsm

      sim mas ha de se lembrar que os comerciais foram (junto com o aumento da concorrencia e da base de consumidores) os responsaveis pela expansão da tv fechada no país. a primeira vez que assinamos sky foi em 1995. na epoca o pacote simples custava 59,90 (pra ter uma comparação na epoca o salário minimo eram exatos R$ 100,00). minha sogra assina hoje um pacote muito melhor do que o daquela epoca pelos mesmos 59,90. o pacote basico custa 49,90 e dependendo da operadora 39,90. isso so foi possivel pq os canais ficaram mais baratos nas negociações pq agora incluem comerciais.
      pra quem podia pagar os mais de meio salario minimo isso é pessimo. pra quem so agora pode pgar os 39,90 isso é otimo.

      • Islan Oliveira

        Sendo assim prefiro pagar 30 reais pela Netflix e não ter propagandas.

        • HomeroGamer-BanidodoMB

          Só uma pena que Netflix não é apenas 30 reais, não se esqueça do custo intemerd brasil.

          • rafael

            sim mas quem tem tv a cabo muito provavelmente tem internet também,afinal eles enfiam os famosos combos(NET FDP) que você é obrigado a pegar telefone,internet e tv.

          • HomeroGamer-BanidodoMB

            Só que não existe apenas TV a cabo, uma grande parte usa aquelas via satélite ou sky gato mesmo.

  • A Lhama Fantasma

    A última vez que assisti o History (foi a vez que perdi inteiramente a fé no canal), foi quando estava passando um documentário sobre “Os Gigantes da Indústria”, contando a história de Rockefeller e cia.
    Basicamente eram:
    – 5 minutos de propaganda
    – 10 minutos do documentário, onde
    – – Os 2 minutos iniciais eram uma recapitulação do último corte
    – – Os 2 minutos finais uma espécie de “no próximo capítulo…”

    Eu que sou ansioso não sei como não morri assistindo a série.

    • O pior é que a série é muito interessante, mas os diabos dos comerciais matam

      • Claudio Roberto Cussuol

        Uma coisa que eu não entendo é o canal fazer tanta propaganda sobre o próprio canal.
        É impossível assistir 3 programas seguidos no Discovery, se cada programa tiver 6 blocos, você vai ver o mesmo determinado anuncio 18 vezes.
        Se fosse um horário que o canal vendeu para algum anunciante até dava para entender.

        • Pior… é terça de aventura, quarta de motores, quinta de não sei o que.. e a cada intervalo é a mesma ladainha.

    • Flávio Pedroza

      kkkk, é assim mesmo!

    • Claudio Roberto Cussuol

      Alem disso, a cada bloco eles repetiam metade do bloco anterior. Deu nojo assistir isso no History, a impressão que eu fiquei é que pegaram uma produção de x minutos e multiplicaram por 4.

  • OverlordBR

    O SyFy tem uma estratégia interessante para propagandas: em sua programação, existe as clássicas horas de INFOCOMERCIAL (geralmente dos “maravilhosos” e “baratos” produtos da Polishop) que ficam no período da manhã, bem cedo… perturbando só o pessoal que acorda cedo (ou não dorme).

    No resto da programação, só ficam as chamadas dos programas do canal.

    • Maom

      E quem não trabalha e pode ver tv durante horário comercial e ao mesmo tempo acorda cedo? Idosos.
      E quem acredita nesses pequenos milagres da polishop e pegam o telefone para comprar? Idosos.

      • OverlordBR

        Sim… é mágico: colocam os produtos para quem geralmente compra eles e não apurrinham os outros.

        • Maom

          Acho interessante quando vejo uma propaganda para adultos no meio dos desenhos idiotas para bebes do discovery kids. Propagandas de matriculas abertas para escolas endereçadas aos pais, planos de seguro de vida etc… Dá raiva saberem que por trás daquela criancinha vendo o desenho peppa pig sentada no tapete da sala, existe um pai ou uma mãe entediados consumindo essas propagandas e ao mesmo tempo dando graças a deus por existir tais desenhos e manter os filhos calmos por meia hora. kkkkk

          • Manoel Guedes

            Comigo é o Pocoyo no Youtube, meu filho de 11 meses já disse que vai abrir uma conta no Bradesco bebendo Coca-cola, infelizmente na Smart TV não existe bloqueador de propagandas, resolvi baixa todos os episódios e coloca em um HD externo…

          • Sophos Nsm

            essa é a grande desvantagem do chromecast tb. :/
            infelizmente o youtube ainda não oferece um serviço que elimina os comerciais apesar do youtube red

          • PH Silva

            Esperando que venha o YouTube Red para o Brasil.
            Por enquanto só RedTube.

          • HomeroGamer-BanidodoMB

            Será que não dava pra usar um Blackberry ou Arduíno como proxy transparente e bloquear esses ads diretamente na fonte? De repente era uma solução para o CC.

          • Sophos Nsm

            Eu não ligo muito mas gostaria de criar meus filhos o mais longe que der sobre propagandas então se rolasse eu ia usar.

          • “Compre batom, compre batom…” xD

          • Sophos Nsm

            hahaha mais ou menos isso.

          • Procure torrent ou tente achar nas americanas o DVD “Toquinho no mundo da criança”…

          • Manoel Guedes

            Gostei da dica, vou procura..

          • Tinha um outro DVD, de uma dupla de palhaços “tipo patati patata” mas em forma de desenho (estilo galinha pintadinha), se eu lembrar respondo aqui novamente.

  • Desde que saí da casa dos meus pais, em 2006, eu estava sem TV por assinatura em casa. Meu lazer em vídeo era obtido através de torrents, no passado, e depois foi passando por YouTube, NetFlix e twitch.

    Mês passado assinei a Sky. Eu estava com expectativas baixíssimas. Só queria assistir programas com decoração e gastronomia (aka GNT). Eu não queria nada além disso, pois o GNT é o tipo de conteúdo complicado de achar por fora. Filmes e seriados são triviais de encontrar por aí.

    Mesmo não esperando nada, consegui me decepcionar. São muitas reprises e muitos comerciais. Não sei se já era assim há 10 anos e eu tinha uma lembrança romantizada do serviço, ou se consumir conteúdo sob demanda me deixou mal acostumado.

    O exemplo do Seinfeld do post pode ser trazido para o Brasil de maneira similar. Eu tenho os DVDs do Seinfeld. Já assisti todos os episódios, de cabo a rabo, mais de uma vez. Já fui em dois shows dele. Gosto demais do cara. Mas peguei uma reprise dele na Sony e fiquei triste. Imagem fora de proporção e granulada mesmo no canal em HD. Foi um terror, um desrespeito com a obra.

    • Vinicius Silva

      Por isso que eu não tenho TV há alguns anos. Sinto falta só muito raramente, como na abertura das olimpíadas. E quando (se) comprar uma vai ser só pra ver Netflix e similares em uma tela maior.

      • O que acabo de fazer esse mês… =D

        • Eu fiz isso três meses atrás e ainda não consegui me acostumar com a imagem. É tão nítida que todo seriado fica… Falso. Não sei explicar, eu simplesmente, vendo aquelas imagens, SEI e NÃO ESQUEÇO que são atores em cena.
          Não sei se isso acontece com mais alguém…

          • Estamos acostumados com aqueles borrões … Pior que entendo a sensação.

            Quando nos acostumarmos ao full-hd e 4k, ai sim vai ficar difícil pegar as coisas mais antigas pra ver borrado. =P

          • “É mesmo, ó!”
            (Não tinha pensado nisso)
            Essa “adaptação” do nosso cérebro acaba de me lembrar do Dr. Oliver Sacks que escrevia sobre casos de medicina curiosos.
            Também fiz a pouco tempo uma cirurgia corretiva para me livrar das lentes e um dos efeitos colaterais foi, à noite, passar a ver um halo de arco-íris ao redor da luz dos postes. Antes que eu começasse a ver também os unicórnios coloridos, meu oftalmo disse que era comum e que meu CÉREBRO iria se adaptar. E foi assim: tenho certeza de que continua havendo essa distorção nas minhas lentes oculares, mas deixei de ver o arco-íris, ou seja, meu photoshop cerebral criou uma função parecida com a que apaga o meu nariz da imagem.
            Eu não consigo deixar de me encantar com essas coisas.

          • Rodrigo Neves

            Acontece quando eu vejo algum filme na TV da minha irmã, uma Samsung smart 40″. Ainda mais se a série já for meio ruim, tudo parece fake.

      • Mas, mas, mas… E os games?
        Aí, parei um pouco, pensei, e me toquei: “PC Master Race”. hehehe

    • Lui Spin

      Até 2006 eu não tinha TV a cabo em casa. Só via em casa de parentes e amigos. Parecia que era bem melhor.

    • Alberto Prado

      As vezes é culpa da própria operadora. Em determinados canais ela diminui o bitrate para sobra mais banda para outros que é de seu interesse. Os da Globo e dos de esportes aumentaram exponencialmente para transmitir as olimpíadas em todo seu esplendor.

      • radiobrasil

        A Globosat pode dominar a tv paga no Brasil, mas numa coisa ela leva um pau , mas uma surra mesmo do Netflix: QUalidade do serviço de streaming… Tente assistir algo no Telecine Play e torça pra que funcione… servidor hiper sobrecarregado.
        Netflix? 4k LISO direto.
        Minha conexão? 50mb full Fibra da Copel…

    • Rodrigo M

      Antigamente os canais de filme passavam o filme sem comerciais (com exceção da TNT).

      • Anakin

        telecine ja tem comercial? lembro que tinha 30seg pra “ir ao banheiro” antigamente

        • Rodrigo M

          Eu não tenho certeza, mas pelo pessoal reclamando da TV a cabo achei que sim. Depois que a telecine lançou uma sessão com linguagem internetês tipo ‘naum’, ‘k’

          Na minha época nem tinha esses 30 segundos, mas tinha essa sessão maldita estuprando o português.

          • Jaffy

            Essa internetês foi em 2004~2005. Primeiro filme que me lembro de ser assim é o Eu Robô.

        • radiobrasil

          2 minutos no meio do filme , acho q só não tem no Premium e Cult…

  • Lembro de uns anos atrás, estava assistindo legendário e deu meia noite começou a encheção (?) de saco, 2 minutos de programa, 5 de comercial, assisti pq queria ver o final (nem lembro o que era), e depois que acabou nunca mais voltei a assistir o programa.

  • Adriano Mendonça

    Torrent é vida… E quem ama, semeia!!!

  • caio.

    Irônico várias matérias aqui falando sobre propagandas abusivas enquanto o cursor é fagocitado pelo banner ali embaixo… =p

    • Daniel Belini

      Que banner??

      • Daniel Peixoto

        que materia??

    • Passei dias sendo perturbado por uma propaganda FLUTUANTE da SHELL. Agora mudou pra uma da Volkswagen

      Enquanto as propagandas em flash não crasharem meu browser, eu vou deixando.

      • Lucas Timm

        Essas ainda estão ok, nada foi tão terrível quanto a propaganda da CEF.

  • O pior que por aqui, a Record recorreu a isso… só que de maneira inversa! Eles pegavam reprises do Pica Pau e Todo Mundo Odeia o Chris e DIMINUÍAM a velocidade de exibição, só para tapar buraco da grade de programação sem ter que gastar muitos episódios e correr o risco de repeti-los demais e espantar o telespectador.
    Ver a voz do Pica Pau mais grossa (ui!) era algo medonho…

  • Vinicius Silva

    Ué, repost?

    • Aha! Mais alguém notou!

      • joao_lima

        Eu tbm notei, já teve essa mesma matéria do cardoso, mudou só a data.

  • juliop

    Alguns canais daqui não fazem mais isso. Só colocam os programas no horário mais quebrado possível.

  • Caiu os butiá do bolso, agora! Vai ver que é por isso que todo mundo fala fino na TV Comercial: imagem acelerada.

  • Islan Oliveira

    Lembro de uma vez, em que ainda era inocente no que tange aos cortes e assisti Transformers 2 na TV. Eu não lembrava de todas as partes, mas sabia a história e tinhas umas partes que eu queria rever. Qual não foi minha surpresa ao ver que diversas partes não apareceram? Desde então reduzi o número de filmes que assistia na TV e nem me lembro quando foi a última vez que assisti um que não fosse no computador.

    • pablolupercio

      Na reprise dos Vingadores na globo. Cara cortaram na melhor parte. Foi naquela cena do Hulk

  • Lui Spin

    Eu não assisto mais filme em TV aberta por causa disso. TV fechada então, está pior ainda, muito comercial.

    Só Netflix salva.

    • Rodrigo M

      Isso é muito absurdo. Lembro da época que muitos canais de TV fechada só exibiam comerciais para programas do próprio canal. E as series e filmes eram exibidos na integra, os comerciais eram entre um filme e outro.

  • Lucas Macedo

    Se pudesse, qualquer TV aberta exibiria 24h de comerciais pra faturar mais. Como não pode, coloca programas nos intervalos das propagandas para manter o telespectador até a próxima propaganda… E já vem de tempos a pachorra de colocar propagandas dentro dos programas, os famosos merchants.

    Felizmente netflix está ai para nossa alegria.

    • Rodrigo M

      Não lembra dos programas da Polishop? 😀

  • Torço pro Amazon Prime vir pra cá… por que Doctor Who sai do Netflix e foi pra lá… T^T

    • Rodrigo M

      Exterminate! Exterminate! Exterminate!

    • Islan Oliveira

      No caso de DW, só vejo versão Capitão Jack Sparrow

  • pablolupercio

    A Globo é especialista nisso. Na reprise do Vingadores cortaram na melhor parte: naquela cena do Hulk e Loki

    • Rafael Rodrigues

      Tb percebi isso, na verdade cortaram todas as cenas “violentas”… De um filme como Vingadores…

  • António Rodrigues

    Assista a uma qualquer novela em um canal português e rapidamente vai perceber a novíssima moda: usar os actores em cenas pensadas ao pormenor para serem anúncios meio-dissimulados!!! Ou seja, a continuar assim não tarda que metade dos episódios sejam preenchidos com cenas forçadas, só para mostrar mais aquele creme-de-mãos novidade absoluta 😛

    • Daniel Peixoto

      aqui no Brasil era assim também a poucos anos.
      Ainda é, mas muito menos do que antes.

      É vergonhoso ver o ator fazendo uma propaganda dentro da novela.

  • Leonardo Carneiro

    Dividir a tela na metade??? Tem canal na TV por assinatura dividindo a tela em 4 já: uma parte vai passando, acelerado, os créditos do fim do filme. Outra vai passando aquelas aberturas do próximo filme, onde são apresentadas as produtoras e os principais atores. Em uma terceira parte vai passando um spot de programação do próprio canal e na última parte aparece um anúncio de algum produto.

  • Xultz

    “Se a velocidade é exagerada, as pessoas percebem as vozes agudas demais”
    Isso é verdade, mas para nosso desespero, há efeitos de áudio (hoje em dia é até simples de implementar) que deixa o tom original mesmo se for acelerado. Os toca CDs de DJ fazem isso, o DJ consegue acelerar ou diminuir a velocidade da música para casar com aquela que está tocando, sem mudar o tom da música.

    • Master Chief

      Eu fiquei pensando, se a gente fizer isso durante uma maratona (pega uma série, baixa e aumenta um pouco a velocidade), podemos salvar tempo e/ou ver mais episódios! o/ Vou testar, se der certo, vou ganhar mais 6 minutos!

  • E é por isso que não assisto TV.

  • Manoel Jorge Ribeiro Neto

    Esses tipos de marmotagens são esperadas na TV aberta, pois os comerciais são as principais fontes de renda delas. Mas os canais pagos fazem pior, pois pagamos (muito caro, por sinal) para ter acesso aos canais! Pelo que pagamos, os canais pagos eram para ter o mínimo de propagandas (algo entre um ou dois blocos de propagandas por programa, no máximo), e sem nenhuma marmotagem. Desse jeito está difícil assistir TV. Embora ela ainda sirva para eventos ao vivo (esportes, principalmente), para filmes, seriados, documentários etc, existem o Netflix e a Locadora.

  • Acho que tive um dejavú: o Cardoso já não tinha falado disso há uns anos atrás, não??

    • Thomaz de Oliveira dos Reis

      Sim… eu também lembro dessa mesma matéria…

      • Fosse um simples repost seria ótimo, é apenas uma atualização pra nos dizer que continua a mesma merda, mesmo com a evolução de lá pra cá… =(

  • Mirai Densetsu

    É como diz o ditado: quando o serviço é gratuito, você é o produto.

  • Uma pena que não exista adblock para TV.

  • A Globo faz isso há anos. Além de cortar cenas inteiras. Lembra quando ela tentou passar Angel? Eram dois episódios em menos de uma hora continua… COM COMERCIAIS! Dá para imaginar o quanto foi preciso cortar para chegar nisso 😠

  • Zaaboo

    Bom, me acho menos maluco agora. Sempre tive essa sensação de que alguns filmes passavam mais rápido na TV. Não estou errado enfim.

  • Leonardo Carneiro

    só temos TV a cabo em casa por que minha mãe não consegue manusear computador. acho um desperdício de dinheiro. quase 300 reais um pacote de TV completo, pra ter HBO, telecines. mais da metade dos canais nunca passa nada q presta.. e mesmo os melhores canais passam tele vendas de madrugada. por mim passariam fome. viveria de netflix e baixar conteudo da rede. tá passando da hora de acabar com PACOTES (que é proibido pelo codigo de consumidor, venda casada) e podermos contratar somente os canais q nos interessa

  • Othermind

    Hoje só OnDemand… pago netflix e spotify com gosto… Tv aberta vejo só telejornal..

  • Feruccio Bilich

    Eu já li esse post, escrito pelo cardozo e com esse vídeo de seinfeld um ano e meio atrás, aqui mesmo no meiobit.
    Mas como o assunto é legal… não tem problema. =)

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis