Do preço do Oculus Rift e outros mimimis de mal-acostumados

3749aaa8ee129d7e919bddcc7e09cd36_M

Eu sei que é puro papo de velho essas histórias de no meu tempo, mas é inevitável. Algumas coisas a gente fala por implicância: há quem diga no meu tempo os jogos eram melhores. Outras coisas, por ser verdade incontestável: toda música lançada depois de 1979 é lixo. Só que em alguns casos, zoeiras à parte, é possível perceber mudanças reais, e uma tem me incomodado bastante.

A geração atual vai ao cinema esperando o máximo em efeitos visuais, roteiro, interpretação. Todo filme precisa ser merecedor de 10 Oscars. GOSTAR de algo que não seja incrivelmente perfeito é demérito. Não importa que o Star Wars TFA seja o filme que a gente esperou 30 anos para assistir. Quem tem menos de 30 anos não quer saber: quer o Star Wars perfeito e como esse não é, é lixo.

Quem já sobreviveu alguns carnavais percebe que produtos (não-Apple) tendem a ficar mais baratos com o tempo. Amortização de custos, produção em massa, concorrência, essas coisas. Ser Early Adopter sempre teve um custo, mas a geração atual não entende isso.

Quando o Google Glass foi lançado era uma incrível e ousada peça de realidade aumentada, pioneira, enfiaram boa parte de um sistema de computação em um troço minúsculo. Falaram o custo do kit, US$ 1.500,00; um monte de gente chiou. O MicroSoft HoloLens, uma tecnologia revolucionária que vai levar uns 5 anos pra chegar nas ruas? US$ 3 mil o SDK. Pronto, um monte de gente decretou a morte do produto.

maxresdefault

Essa geração que diz amar tecnologia a está matando, ao não entender que tecnologia de ponta, tecnologia revolucionária custa caro. Querem que Teslas sejam vendidos a preço de Fusca, sendo que o Fusca custava 8 meses de salário de um trabalhador alemão e foi um grande esquema de estelionato, quase nenhum foi entregue. Eu sabia que não dava pra confiar em Hitler.

O Oculus Rift é um trambolho. Eu sou mal-acostumado pela FC, imagino meus dispositivos de Realidade Virtual como algo bem mais compacto, mas nem por isso deixo de reconhecer a tecnologia envolvida. Há toda uma ciência de processamento de imagens, giroscópios, acelerômetros, áudio 3D, estereoscopia. É algo que vem sendo estudado faz muito tempo e finalmente alguém conseguiu miniaturizar em um equipamento viável.

Aí, claro, chilicam por causa do preço, US$ 600,00 e já decretaram a morte do brinquedo. Pior, comparam — a sério — com aquele lixo do Google, uma caixa de papelão com um celular pregado. Desprezam toda a tecnologia envolvida, baseando-se em algo que tem uma aparência semelhante.

Eu vou repetir: tecnologia nova custa caro. Sempre foi assim. Um módulo de memória de 16 GB custa muito mais caro do que 2 de 8 GB, que hoje são bem mais baratos do que quando eram o top disponível. Eu sei, eu estava lá: paguei alegremente US$ 60/MB equipando um 386 DX-40 com incríveis 4 MB de RAM.

Eu uso a estratégia de ficar umas duas ou três gerações atrás, em placas de vídeo. Com isso consigo preços razoáveis, elas já estão amortizadas, há muitos fabricantes produzindo, o preço cai. Faz mais sentido do que assistir ao lançamento da nVidia Fuderosa9000 correr pra loja e bater pé por ela não custar o equivalente a três balas 7-Belo.

A geração mimada precisa entender isso. Todas as outras entenderam. Ser Early Adopter, ter e aproveitar da mais avançada tecnologia assim que ela é lançada é pra quem pode, não pra quem quer.

Duvida? Vamos a alguns exemplos.

1 — iPod

238761-apple_ipod_2001_606_original

5 GB de armazenamento, 10 h de autonomia, conector Firewire, compatível só com Macs.

Lançamento: 2001

Preço na época: US$ 399,00

Preço corrigido: US$ 534,29

Fonte.

2 — IBM-PC

IBM_PC_5150

Lançamento: 1981

Preço na época: US$ 1.565,00

Preço corrigido: US$ 4.080,66

Fonte.

3 — Atari 2600

Atari2600a

Lançamento: 1981

Preço na época: US$ 199,00

Preço corrigido: US$ 778,32

Fonte.

4 — CD Player Sony CDP-101

CDP101a

O primeiro CD Player comercial doméstico.

Lançamento: 1982

Preço na época: US$ 730,00

Preço corrigido: US$ 1.792,98

Fonte.

5 — Dulmont Magnum

Dulmont_Magnum_ReadMore_s1

O primeiro laptop em formato clamshell compatível com IBM-PC. Australiano, vá entender.

Lançamento: 1981

Preço na época: US$ 8.150,00

Preço corrigido: US$ 21.250,70

Fonte.

6 — Dycam 1 — a 1ª câmera digital comercial

_DSC1315

Lançamento: 1990

Preço na época: US$ 995,00

Preço corrigido: US$ 1.804,38

Fonte.

7 — Nikon D1 — a 1ª DSLR

d1

Lançamento: 1999

Preço na época: US$ 5.500,00

Preço corrigido: US$ 7.824,69

Fonte.

8 — Ligação DDI Londres-New York

p2128539758-3

Em 1966 foram disponibilizadas as primeiras ligações telefônicas diretas entre Londres e New York

Preço na época: R$ 5,72 por minuto

Preço corrigido: R$ 99,01 por minuto

9 — TV RCA TRK-12

1939-RCA-BrochSmall

Lançamento: 1939

Um dos primeiros modelos comerciais de TV, tela de 12 polegadas, quase com certeza não era Full HD.

Preço na época: US$ 600,00

Preço corrigido: US$ 10.230,95

Fonte.

10 — Vôo Londres-Helsinki pela SAS

245095c2c81984dc1948f0186702f430

Ok, eram aeromoças suecas, isso conta. A distância, 2.600 km, mais ou menos Rio-Belém. Em 1967 a Era do Jato ainda estava começando, viagens aéreas eram caras, muito caras. Quanto? O trecho acima sairia por:

Preço na época: R$ 652,83

Preço corrigido: R$ 10.863,34

Fonte.

Conclusão

Todas essas coisas, menos o vôo Rio-Belém hoje em dia estão bem mais baratas. Algumas como ligações DDI nem podem ser mensuradas, em tempos de Skype (se você ainda faz DDI via telefone você vive no passado anyway). Sem exceção, tudo que você tem em casa é muito mais avançado confiável e barato do que esses produtos: seu celular tem mais resolução que a Nikon D1, e faz tudo que o iPod original fazia.

A grande questão não é que a tecnologia é inacessível. Ela começa inacessível. Ela se torna mais barata quando as empresas conseguem baratear seus custos de produção, e amortizam o investimento de Pesquisa e Desenvolvimento. Você acha mesmo que a RCA não gostaria de cobrar o equivalente a US$ 10 mil por uma TV até o fim dos tempos? Só que ela prefere vender mais TVs baratas e lucrar mais do que vendendo TVs muito caras pra meia-dúzia de endinheirados.

Você pode escolher: espera o custo da tecnologia abaixar ou paga o preço de ser Early Adopter. O que não dá é ficar chorando pitangas porque alguém gastou 1 bilhão de dólares desenvolvendo um equipamento revolucionário de tecnologia futurista e não quer vender por um valor que caiba na sua mesada.

Relacionados: , , , , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Martins Fontes Paulista, Cupom de desconto Empório da Cerveja