Joe Belfiore usa iPhone (e Android), e isso faz sentido

joe-belfiore

Há uma máxima que diz que à mulher de César não basta ser honesta, é preciso parecer honesta. Em estratégia de marketing isso é essencial, não basta promover seus produtos, é importante não ser pego de calças curtas favorecendo o concorrente.

Joe Belfiore, líder da divisão Windows Phone sabe disso, mas não conseguiu evitar um pequeno deslize.

O caso aconteceu nesta terça-feira; o executivo da Microsoft está curtindo um ano sabático e resolveu postar uma foto do Twitter com o que anda fazendo. O problema foi o aparelho que utilizou para fazê-lo:

joe-belfiore-iphone

Que cabelinho é esse?!

O fato de ver o principal evangelista da plataforma Windows usando um iPhone provocou uma avalanche de críticas e piadinhas internet afora, mesmo ele não tendo nenhuma obrigação profissional neste ano. Ainda assim espera-se que Belfiore aja de forma a manter a preferência pelos produtos de sua empresa.

A fim de colocar panos quentes na situação Belfiore veio a público e deu seus motivos, explicando que como desenvolvedor ele precisa conhecer as plataformas rivais. Sim, ele também usa Android:

Meu trabalho nos últimos dois anos tem sido (1) fazer a curadoria da experiência do Windows em PCs (incluindo tablets) e (2) o mesmo na plataforma Windows Phone. Em ambos é muito importante para eu entender produtos como o iPhone e smartphones Android, que são largamente utilizados por usuários de PC em todo o mundo, e que são competidores dos dispositivos móveis Windows. Consumidores finais e empresas esperam que seus PCs e smartphones trabalhem em conjunto — e para satisfazê-los precisamos considerar que suas escolhas para dispositivos sejam aparelhos que nós também gostaríamos de usar.

Durante minha licença de 9 meses eu terei uma grande oportunidade de analisar esses produtos profundamente. Para entender os prós e contras de um ecossistema como Windows, Android e iOS você precisa usá-los. Você precisa perceber seus pontos fortes e fracos, ficar surpreso ou decepcionado. E para isso testar um produto por apenas alguns dias não basta. Você precisa estudar a interface, subir fotos, usar apps entre plataformas… É preciso testar tudo.

Quando estamos desenvolvendo um novo produto Windows é obrigatório usá-lo o tempo todo em todos os dispositivos possíveis a fim de encontrar bugs e fazer uma iteração no design. Não temos escolha, é isso ou não podemos construir uma plataforma Windows tão boa quanto desejamos. Durante minha licença temos vários desenvolvedores talentosos responsáveis por cuidar dessa parte, e eles o fazem todos os dias — o que me dá a oportunidade de passar mais tempo com outros dispositivos, e para usar o Windows como os membros do programa Insider fazem, sem conhecimento de tudo o que acontece nos bastidores.

Além disso há muito trabalho sendo feito na Microsoft para integrar PC, iOS e Android, como levar a Cortana para esses dispositivos para que sua assistente genial possa ajudá-lo onde quer que você esteja. Eu quero experimentar e entender todo esse trabalho profundo também.

Então eu acho que é certo quando Vlad (Savov, autor do Verge) diz que ‘está tudo bem’ (valeu, Vlad). Mas iria além e diria que ‘eu seria louco se não fizesse isso’! De fato, quando eu postei no Facebook que tiraria uma licença eu fui claro sobre o que eu iria fazer no período… E eu tenho passado bastante tempo usando Google Maps, Spotify, Periscope, um MacBook, um Nexus, etc. E na Microsoft de hoje essa atitude prática e focada no consumidor é muito bem-vinda (ainda assim eu adoro meu Surface Book!)

Do ponto de vista do desenvolvimento isso é normal, a Microsoft de Satya Nadella voltada para serviços não pode se blindar como nos tempos de Steve Ballmer, esse sim um apaixonado pela empresa. O Google obviamente faz a mesma coisa, a Apple também. O problema é quando tais procedimentos saem do ambiente interno e caem na boca do povo. É preciso vender a imagem de pessoa fiel (veja se Phil Schiller já foi visto usando Android em público; internamente? Com certeza) para manter a ideia de rivalidade e estimular sua própria plataforma. Mas do lado técnico isso não é nada demais.

No mais, o Belfiore precisa dar um jeito urgente nesse cabelo.

Fonte: The Verge.

Relacionados: , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Othermind

    Então… Obviamente utilizar os produtos da concorrência é quase que obrigatório para entender e aprender com o trabalho dos outros… Phil Spencer já falou em entrevista que tem um PS4 em casa… mas se ele colocasse uma foto no twiter/face/instagram se divertindo jogando God of War certamente iria causar a ira de alguns… hehehe Mesmo que neste caso do post não tenha sido intencional o “detalhe”…

    • Hugo Marinho

      Nego sempre tem essa mania de que só pode gostar de uma coisa e odiar o resto. Por isso que temos grupos extremistas por ai. Nego que tem rixa de DC vs. Marvel, XONE vs PS4 entre outros sempre tendem a fazer o possível para defender o seu e depreciar o que difere do dele.

  • Rodrigo Primon Savazzi

    “dos anos teen sido” “Não temia escola” “fui claro subrede o que”
    Usar o Google translator vá lá, mas pelo menos REVISA DEPOIS, POHA!

    • Othermind

      Teve outro post cheio de coisa assim ontem mesmo.. rs

      • bruno miranda

        Acho que o pc dele estragou e deve estar usando o smartphone para escrever.

      • Saulo Benigno

        Tem sido comum isso por aqui?

    • Mateus Azevedo

      Acho que é auto corretor.
      Achei várias outras palavras erradas, tive que parar a leitura pra vir aqui comentar.
      Não costumo fazer isso, mas nesse texto foi demais =/

      • MacTantan

        apenas para contribuir, Sr. MA: “… para VIR aqui comentar …”.

    • cara … cheguei a olhar se não estava no site errado.

      • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

        Principalmente depois de ver o “faz sentido” no título.

      • blacktea

        Ronaldo fazendo bico pro Gizmodo.

    • Digitando em trânsito via mobile é uma lástima, mas essa semana não tem muito jeito. Em todo caso, corrigido.

    • HomeroGamer-BanidodoMB

      Só é mais um texto, por hoje, do Gogoni digitado com o nariz na tela… Nada de preocupante.

  • Allan Lopes

    Eu acho que quem nao tem cabelo nao deveria julgar o do proximo

  • bruno miranda

    Nunca conheci nenhum brasileiro que já teve ano sabático, será que isso é normal nos EUA e Europa ou é só para os mais fodões?

    • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

      Aqui também tem, se chama seguro desemprego.

      • Nem precisa do seguro, só o desemprego em si já garante vários anos sabáticos, se sustentando com bicos.

      • Alexandre Souza

        Ou bolsa familia…

        • Mirai Densetsu

          Te desafio a viver um ano só com bolsa família. Será que consegue?

    • Paquiderme

      Ter até que têm, mas tem que ter culhões de aço na situação atual.
      Apesar que, se não me engano, algumas áreas dos funcionarismo público podem pedir um “tempo pessoal” de alguns meses (acho que sem salário).

      • Hugo Vinícius

        Licença para uso particular. Eu acho que pode ser de até dois anos, prorrogáveis por igual período por uma vez. Sem remuneração.

      • Mirai Densetsu

        Até 3 anos. Mas fica sem salário. E isso está na lei 8.112.

    • MacTantan

      A regalia, Sr. bm, também ocorre na nossa Pátria-Mãe Gentil (artistas usam bastante esse termo).
      Mas, como vc disse, é só para fodões.

    • Mirai Densetsu

      Só os fodões. Operário peixe pequeno só tem ano sabático se demorar um ano pra achar outro emprego.

      • bruno miranda

        Mas daí não conta o cara não vai receber.

  • Lissandro

    sem querer ser o chato do português, mas “O caso acontecer nesta terça-feira” seria “O caso ACONTECEU nesta terça-feira” (rigorosamente seria ‘nessa’, mas isso eu acho besteira)

  • Minatonami

    esse post tá tão bem escrito/traduzido que deu kansser. teve invasão gizmodiana?

  • [OFF] Fui ler a matéria da “Conectividade da Volkswagen” e só no final vi que era uma propaganda e por isso não podia comentar nada.

    sertinho! Se pudesse, eu já iria perguntar se a conectividade deles também detectava fraude nos níveis de emissão do carro.

    #BoicoteVolks!

    • Tem que perguntar se eles disponibilizam o app para passar no teste de emissão de poluentes para Android e Iphone.

    • Mirai Densetsu

      No meio trabalho já dizem que gol não é carro. É tão ruim que não merece ser considerado um carro.

  • Samuel

    Pois é. Concordo com ele se ele usar durante o dia-a-dia dentro da empresa. Da porta pra fora, ele deveria aprender com a mulher de Cesar. E, no final das contas, ao avaliar a interface do Windows Phone, essa estratégia não parece estar dando certo

  • Samuel

    “Meu trabalho nos últimos dos anos teen sido”. Tá certo. Com esse cabelo, é teen mesmo

  • Pegaram o Belfiore com o Belfiore descoberto. Na verdade ele esta esperando a atualização do WP para voltar a utilizar o celular.

  • Wilson Machado

    Licença de 9 meses? What?

    • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      Significa.png

  • Emílio Faria

    Galera, tem que tomar cuidado com esse corretor aí, cheio de palavras erradas!

  • Henrik Chaves

    “e isso faz sentido.”.

    Chegou a dar um arrepio, aqui…

  • Carlos José Da Costa

    Que sensação de dejavu estou ultimamente com esses títulos das matérias…

  • Anakin

    Tudo mentira, ele não quer perder os snaps dos seus youtubers preferidos rs

  • Lucas Macedo

    Acredito que foi um grande marketing negativo para a Microsoft…. e não vai ser de estranhar se ele ganhar um ano sabático definitivo (o famoso pé-na-bunda) do Satya Nadella.

    Naturalmente que ele pode, e usa, diversos aparelhos concorrentes, mas dar uma escapada pública (e com provas) dessas é de acender uma pequena luz vermelha na diretoria da empresa.

    • Saulo Benigno

      Mais um ano…

    • Ele já havia falado que ia usar iPhone no Twitter…

  • Julio Verner

    Aquela lenda de quem trampa na InBev DEVE tomar suco de milho… Tenho pena de quem consome isso.

    • Alexandre Souza

      Nao e lenda nao…

    • O Datilógrafo da AEB

      Eu trabalhei lá, e não é lenda.
      Funcionários são obrigados a consumir somente os produtos da casa.
      Já vi supervisor perder emprego por que fez churrasco com cerveja da concorrência.
      Mas pelo menos éramos bem servidos com cervejas premiums com aquele desconto bem camarada.

      • Julio Verner

        Nossa! Já ouvi isso algumas vezes, e sempre duvidei ser verdade! Que foda… 🙁

  • FFSB

    Computadores utilizados pelo/no Google: Apple e muitos e muitos PCs Windows da Dell. Punto e Basta.

  • Claudio Roberto Cussuol

    Um amigo meu tem uma pizzaria.
    Cheguei em OUTRA pizzaria numa noite e ele tava comendo lá.
    Óbvio que eu fui zoar o cara.
    A resposta foi:
    Tô fazendo benchmark!!!

  • Próxima matéria: Porque o Meiobit adotou a linha Gizmodo de ser, e isso não faz sentido.

    • Saulo Benigno

      Fico pensando nisso também. O que acham?

  • Vamos pela luz fria da razão. O dinheiro é dele, ele compra o que ele quiser. Ninguém pergunta se o CEO da Procter & Gamble usa fralda.

  • Jorge Dondeo

    Quanta frescura por causa de um celular. Mundo GAY!

  • mario neis

    o Joe Belfiore parece um zeca camargo de bollywood hahahaha

  • felipelsp

    Falam mal do WP.. Mas com ctz tem Win10 instalado no pc/notebook #eusei

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis