Digital Drops Blog de Brinquedo

Primeiro Smartphone desenvolvido no Brasil? Acho que não…

Por em 31 de julho de 2008
emComputação móvel
Mais textos de:

Site | Twitter
  • MartinezSSA

    1700 reais, voce achou caro? imagine se voce soubesse o preço dele quando foi lançado a 1 ano atras, tava por 2500 reais em sites como submarino,americanas.com e magazine luiza, esse aparelho nao tem nada de mais nem pra custar os 1000 reais que voce citou,olhe o Moto Q e ele e vai ver que sao a mesma coisa, e olha que eu ainda prefiro o Moto Q viu, esse smartphone e um fracasso comercial
    ______________________________________________________________________
    Noticias sobre Celulares,Smartphones e Lançamentos visitem.
    http://ALLGSM.blogspot.com

    • http://keaton.wordpress.com/ Keaton

      É… você acharia ainda mais caro se soubesse o preço de compra dos aparelhos, sem os quase 300% de lucro na época do lançamento. (ei, estou falando sério.)

    • ANOGUEIRA

      Fala Plus… ;)
      Esse BuracoNegro é novo, não é?
      O pelo qual tu se referiu é o CheckMate, não é verdade?
      Mas mesmo assim.
      Sacanagem.

      “Hay unas palabras clave
      Que significan, quién sabe
      Churin churin fun flays
      Churin churin fun flays”

  • aliengrey

    Pode parecer besteira, mas conheço gente que compraria o Elef só porque ele é nacional…

    E verdade. Em meio ao universo de gente que ia achar uma porcaria só pelo fato de ser nacional…

    ——————————-
    Antes de tentar contato com vida inteligente fora da Terra, podemos começar procurando aqui mesmo…

    • http://twitter.com/max_laguna Max_Laguna

      Isso me lembrou os celulares da Gradiente, “clones” de alguns modelos da Samsung e da Nokia…

      :?

      • nili1

        Engraçado que eu me lembrei da mesma coisa lendo esse artigo!

        A Gradiente tinha cópias tão fieis à Nokia, que parecia que compravam celulares Nokia, tiravam a marca e punham a deles no lugar! 8)

        Não é à-toa que estão quase falidos…

        • aliengrey

          Mas os telefones da Gradiente ERAM todos cópias fiéis de modelos da Nokia. Só não sei que estratégia era essa de licenciar a tecnologia e concorrer com ela mesma no mercado nacional. Entre um Nokia original e outro com etiqueta da Gradiente por cima, a escolha fica óbvia…

          ——————————-
          Antes de tentar contato com vida inteligente fora da Terra, podemos começar procurando aqui mesmo…

          • http://felipecn.com/wp/ FelipeCN

            Pra muita gente a Nokia era desconhecida e a Gradiente aparentava mais credibilidade. [Isso em 1997/1998, hoje em dia é o contrário]

            FelipeCN.com

        • http://felipecn.com/wp/ FelipeCN

          Era exatamente isso que a Gradiente fazia. Tinha uma fábrica em conjunto com a Nokia e a Nokia fabricava os aparelhos com o logo da Gradiente.
          Em 2002, eu acho, a Nokia comprou a parte da Gradiente na fábrica e a Gradiente ficou sem celulares por um tempo…

          FelipeCN.com

  • Conqueror

    Se eu tivesse 1699 livres para gastar em um celular, escolheria um N95 sem pensar duas vezes.

    ——————————

    Campanha Play Ogg

  • http://www.misterwp.com henrique.wint

    Esse preço é um tiro na testa.

    21horas
    barbaridade

  • http://alexpopst.blogspot.com/ Alex_popst

    Blackhole?

    O nome diz tudo sobre o futuro do aparelho…

    Poemas open source em Memórias fictícias de Alex Popst

  • http://www.contraditorium.com Carlos Cardoso

    //troll mode on

    Só faltava rodar Linux…

    //troll mode off

    • MaRKauM

      “nacional” e rodando linux?

      Seria próximo projeto do governo: Smartphone para todos!

      ___________________________________________________________
      “Uma pessoa inteligente resolve um problema, um sábio o previne.” – Albert Einstein

      • http://serathiuk.com serathiuk

        Seria próximo projeto do governo: Smartphone para todos!
        Pensei mesma coisa quando li o post do Cardoso.

        ———-
        Ricardo Serathiuk

  • ANOGUEIRA

    Acho que eles esqueceram que ja tinham usado essa carta com o Check Mate. (Só faltou o nome do aparelho ser Straight Flush pra piadinha ficar legal).

    http://www.palmbr.com.br/2007/08/02/check-mate-o-primeiro-smartphone-%E2%80%9Cbrasileiro%E2%80%9D/
    Que empresa sem noção da mulésta.

    “Hay unas palabras clave
    Que significan, quién sabe
    Churin churin fun flays
    Churin churin fun flays”

  • http://papodeesquina.wordpress.com †Player Of Dark†

    E pra completar o fiasco, usa Windows Mobile….

    hehe
    ———————————————————–
    “É certamente prejudicial para as almas tornar uma heresia acreditar no que é provado.”(Galileu Galilei)

    http://papodeesquina.wordpress.com

  • EDU_PINTO

    A Techfaith é apenas uma designhouse chinesa, ou seja, ela usa uma plataforma de algum fabricante (NXP, Texas, Mediatech…) faz um projeto em cima dela, faz uma capa legal e vende o projeto para outras empresas fabricarem localmente. Mas antes disso ele é testado, tanto lá quanto aqui, além de sofrer alterações para se enquadrar nas normas da ANATEL. É… Apesar do GSM ser um padrão, com certeza dá problemas trazer um telefone da China e fazer ele funcionar aqui.

    Quanto ao projeto ser desenvolvido no Brasil pode ter algo de verdade nisso. Quando o projeto é vendido ele é meio que uma sugestão. Então a empresa , no caso a ELEF, pode ter trabalhado em conjunto para a customização do produto e adaptação ao Brasil e a seus próprios requisitos.

    Como outro exemplo de Smartfone “brasileiro” pode-se citar o Luxicom N3: http://www.luxicom.com.br/index.php (Que por sinal é muito bom. Já tive oportunidade de usar).

    ___________________________________________________________
    Quem sabe faz, quem não sabe ensina…

    • http://felipecn.com/wp/ FelipeCN

      Até onde eu saiba, nenhum aparelho foi modificado pra atender as normas da Anatel, acho que ela nem tem normas muito diferentes das do FCC. A única coisa que precisam fazer é homologar mesmo, pra ter certeza que não está nada errado. Mas um aparelho que foi aceito pelo FCC vai ser aceito pela Anatel, com certeza.

      E eu até acreditaria que a Elef mudou alguma coisa no telefone se as specs dele não fossem tão parecidas com as do i-mate JAQ3. Em relação ao software, parece que é só o Windows Mobile puro…

      FelipeCN.com

  • Rhob

    Por 1700 dá pra comprar um N95 desbloqueado na loja da Tim/Claro/Vivo/Oi….

    __________________________________________________________
    >> http://www.nvmania.com.br < <

    “No paraíso muçulmano, um orgasmo dura seiscentos anos.”
    E vc pensando no porco e suas 6 horas de orgasmo… :P

  • Hibari Tchan

    N95? Ele não faz nem metade das coisas que qualquer aparelho Windos Monbile faz!! Eu já tive um… e honestemente.. vcs já pegaram qq aparelho WM6.1? Ele tem tudo.. abre e cria documentos até em extensão .docx!, dá pra colocar GPS external, outlook.. Qual outro sistema operacional é tão compatível com quase tudo??
    Tem Media Player, slot de expansão, acrobat, skype, msn…
    e ainda pelo o que eu fiquei sabendo…da até pra fazer soluções unificadas com PBAX para quem tem empresa…
    E cai entre nós.. tudo bem que o primeiro aparelho (Check Mate) foi supersalgado!! mas sem os subsídios que as operadoras dão, como o CM não tinha na época… ficava difícil sair por menos que isso e de qualquer maneira nós saímos perdendo.. =P …
    Na hora de ver preço tem que ver tudo… cada aparelho serve pra coisas distintas… quem acha que só vale o design
    e preço.. bom sei lah neh?!… agora quem ve funcionalidade.. bom daí são outros quinhentos…

    O importante da empresa é se o capital é nacional.. é isso o que conta! afinal… o que nesse mundo globalizado é 100% nacional?

    • http://felipecn.com/wp/ FelipeCN

      Hibari, as únicas coisas que o Symbian (o sistema que o N95 roda) não faz é abrir documentos .docx (se é que já não existe um software compatível) e rodar o Skype, que não tem versão pra Symbian.

      E eu não comparei o preço do Blackhole com aparelhos subsidiados, foi com aparelhos QWERTY rodando Windows Mobile e desbloqueados, que são similares ao Blackhole. Em funcionalidade são exatamente iguais, só o i617 da Samsung que tem 3G, coisa que nem o HTC S621 nem o Blackhole tem.

      FelipeCN.com

      • ANOGUEIRA

        [quote=FelipeCN]Hibari, as únicas coisas que o Symbian (o sistema que o N95 roda) não faz é abrir documentos .docx (se é que já não existe um software compatível) e rodar o Skype, que não tem versão pra Symbian.

        E eu não comparei o preço do Blackhole com aparelhos subsidiados, foi com aparelhos QWERTY rodando Windows Mobile e desbloqueados, que são similares ao Blackhole. Em funcionalidade são exatamente iguais, só o i617 da Samsung que tem 3G, coisa que nem o HTC S621 nem o Blackhole tem.

        FelipeCN.com
        [/quote]

        Tem skype em Java ou outros aplicativos com suporte, como o Fring.

        _______________
        “Hay unas palabras clave
        Que significan, quién sabe
        Churin churin fun flays
        Churin churin fun flays”

        • http://felipecn.com/wp/ FelipeCN

          Mas ele não usa a rede de dados (ou WiFI) pra falar, como a versão WinMob… O que ele faz é fazer a chamada e transferir pro seu número de celular, sai um pouco mais caro que a ligação normal.

          FelipeCN.com

          • ANOGUEIRA

            [quote=FelipeCN]Mas ele não usa a rede de dados (ou WiFI) pra falar, como a versão WinMob… O que ele faz é fazer a chamada e transferir pro seu número de celular, sai um pouco mais caro que a ligação normal.

            FelipeCN.com
            [/quote]

            Bom o skype Java eu não posso afirmar, mas o fring usa a rede de dados ou wifi sim, tanto para skype quanto para gtalk.

            “Hay unas palabras clave
            Que significan, quién sabe
            Churin churin fun flays
            Churin churin fun flays”

  • Hibari Tchan

    Os aparelhos Pocket PC como o Blackhole WM6.1 da empresa Elef, cria, envia, visualiza e edita arquivos em .docx (etc), coisa que os smarthphones (que eu saiba todos) só possibilitam a visualização. Com o WM, você pode por exemplo plugar um teclado bluetooh, abrir e escrever normalmente como se vc estivesse usando seu PC.
    Quanto a usar o Wifi, se vc estiver em um hotspot e vc tiver o skype, ele utilizará a conexão. Ele não transfere para o celular.. é como se vc estivesse falando pela net com o skype do seu pc. falo com muitos colegas do Japão pelo celular^^v e isso é bastante legal!!

    Bom, sobre o preço, não querendo puxar sardinha pra essa tal Elef.. só acho que na época, por ser nova no mercado, o primeiro lote de aparelhos não deve ter sido alto para se conseguir um preço final daqueles… como das gigantes empresas que estão no mercado por ai, e mesmo assim, elas tem a possibilidade de proteger seus produtos com o capital de produtos que tem mais giro, ou seja, elas podem correm mais riscos caso o produto não dê certo. Agora para os estreantes, vai na cara e na coragem não é? A empresa deve ter fabricado lá os seus 2000 aparelhos e vamo que vamo! Sem parceria com nenhuma operadora então!!?? O preço vai lá pra cima até mesmo pela quantidade baixíssima comparada as 100000 unidades de Moto Q ou Blackberry… HTC… Mas bom…

    Consegui pesquisar algumas coisisnhas sobre os concorrentes desse aparelho… são o Treo 750 3G, HP6945 e HTC3451 (me corrijam se eu estiver errada!!) e ainda o htc, o mais comparável a esse aparelho BH perdeu pra durabilidade da bateria !! (agora fiquei surpresa)!!

    Mas.. bom… vamos ver que fim dá oa aparelhos dessa empresa….. ontem recebi uma cartinha com uma promoção da creicard com a propaganda desse tal Blackhole… darei uma ligadinha para a empresa .. quem sabe agente consegue um para teste!!

    Bye

    ~^-^~*