Google e AdBlock Plus — Pagando Proteção ou Assassino de Aluguel?

The-Googlefather

O GRANDE player no mundo dos plugins de navegadores é o AdBlock Plus. Diariamente 50 mil downloads são feitos no Chrome, e 100 mil no Firefox. Mais e mais usuários navegam sem os incômodos banners, que de qualquer jeito, como diz o Luli Radfaher, foram clicados pela última vez em 1973.

O problema é que publicidade é a grande fonte de renda de todo mundo na Internet. Sites são como TV aberta. Fornecemos conteúdo em troca de segundos de sua atenção. Claro que você pode levantar e ir ao banheiro durante o comercial, mas se todo mundo fizer isso, a Globo fecha OU passará a incluir a publicidade no meio do conteúdo, coisa que ninguém gosta.

No caso do Google o prejuízo causado por bloqueadores de publicidade em 2012 foi estimado em US$ 887 milhões. O do Meio Bit foi uma fração disso.

O Google chegou a remover do Google Play o AdBlock Plus para Android, mas ele continua na Chrome Store. A explicação? O software passou a tratar o Google como anunciante benigno, não-intrusivo, colocando-o inclusive em sua whitelist. Bondade no coração dos desenvolvedores?

Não, Business. Segundo reportado pelo TechCrunch, Google e outros grandes players pagam ao AdBlock Plus para manter seus anúncios na whitelist do serviço.

Recapitulando: o maior site de publicidade da Internet PAGA ao site que bloqueia anúncios para não bloquear seus banners, enquanto a concorrência… que se rale.

Algo está cheirando muito mal aqui. Me parece MUITO com a boa e velha tática da máfia de vender proteção, mas com faturamento de US$ 50 bilhões dificilmente a merreca que o Google está jogando no AdBlock Plus dói no bolso, e de bônus os concorrentes que não pagam são sumariamente bloqueados.

MUITO provavelmente os órgãos competentes serão acionados, e a corda como sempre arrebentará do lado mais fraco. Bem, o Google não ficará triste se o ABP for atomizado no processo.

Fonte: BI.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples