Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

16 milhões de iOS desbloqueados pelo evasi0n

Por em 5 de março de 2013
emApple e Mac Celular Software relacionados        
Mais textos de:

Site
  • Eduardo Tenório

    Esse “perca” doeu.

    • Guest

      “Perca” ou “perda” estão corretos, Mr. Pasquale.

      • http://ceticismo.net/ Pryderi

        Não, não está. “perca” só está certo quando estamos falando de um peixe ou de uma flexão verbal, o que não é o caso supra. O “perda” acima (perda da garantia) não está relacionado à flexão verbal e sim ao substantivo.

        • http://twitter.com/rinaldodem Rinaldo

          A grande pergunta é: entendeu o que está escrito ou não, se entendeu o recado do autor do texto foi dado.

          • http://ceticismo.net/ Pryderi

            Desculpa do analfabeto para escrever errado. Esta mesma desculpa imbecil é usada por aborrecentes para justificar o miguxês.

          • http://www.shimatai.com.br Wagner Shimatai

            Se for pensar assim, então para que aulas de português nas escolas, não?! Se “dá pra entender”, então está tranquilo! Cada uma….

          • http://twitter.com/rinaldodem Rinaldo

            ok, dizer o que? Não posso discutir com especialistas na língua portuguesa, desculpem estou aprendendo só de eler os comentários.

          • http://www.facebook.com/yeltsin.lima Yeltsin Lima

            midisculpa

            Na verdade, concordo com o @pryderi:disqus. O erro foi corrigido e o texto foi escrito em um ambiente BEM estressante (o que não justifica o pouco desenvolvimento da história), diferentemente dos dois últimos que foram elogiados.

            Esse comentário está sendo escrito em um ambiente estressante (já disse que eu tenho medo de chuva? Então…).

      • Eduardo Tenório

        Inclusão digital dá essas pérolas no comentários.

        • Tejobr

          Concordo em sempre discutirmos correções ortográficas e instruirmos as pessoas.

          O que me enche o saco e me dá vontade de mandar para aquele lugar é esse tipo de frase.

          “A safra de arroz quebrou esse ano, culpa da inclusão social que dá direito aos pobres de comer”.

          Conheço médicos ricos que matam pessoas por ignorância, por exemplo, porque fizeram medicina pensando em dinheiro, o pai mandou etc.

          Então escreva direito: “Inclusão digital permite essas pérolas noS comentários”. A “inclusão Digital” não é uma ostra.

          • Eduardo Tenório

            Comer uma letra na hora de digitar é bastante comum. Querer colocar no mesmo nível de alguém que defende o uso de “perca” é falta de noção.

          • Tejobr

            Eu não escrevi somente um parágrafo. Leia todo o contexto.

            Provavelmente você ouviu essa da Inclusão digital de alguém que se julga o fodão e, agora, fica repetindo como um mantra. Mas, tudo bem, não é somente aqui. Em um fórum de aeromodelismo, os “Incluídos sociais” são os que compram peças da china porque não tem a grana dos ricos para comprar nos EUA as marcas conhecidas. E por aí vai.

            Os “incluídos digitais” são os novos negros, nordestinos, judeus, otomanos etc. Explicando, porque tem gente que não interpreta direito: são os novos odiados pela “elite” de hoje, no lugar daqueles do passado.

  • Adriano Leal

    Queda zero de performance. E só ter os acessos imediatos para ligar e desligar Airplane, Wifi, 3G, Location, etc a uma passada na tela, vale muito.

  • http://miudostrocados.wordpress.com Rodrigo Santiago

    O Yeltsin é a maneira pela qual o Meiobit trolla os seus leitores, só pode. Hehehe. Uma coisa é ser um grammar nazi e corrigir erros honestos, outra é se incomodar com a atrocidade cometida no terceiro e quarto parágrafos. Estão de doer.

    Se tivesse um iPhone, dificilmente faria o jailbreak. Não tenho muita sorte com mods alternativos. Instalei o dd-wrt no meu Linksys e o roteador ficou pior do que já é, mesmo mexendo em várias configurações. Fui obrigado a reverter para o fw original.

    • Luiz Felipe

      Dificilmente o ddrt eh melhor que o vxworks que vem em alguns linksys. Agora se o hardware de radio for ruim, nao adianta nada.
      Quanto a suposta atrocidade, nao percebi nada errado, supostamente o desempenho pode diminuir, talves informacao leviana, que nao eh verdade. Quanto ao ultimo paragrafo, faz sentido, a facilidade em fazer. o break torna mais difundido, pelo menos logicamete nao esta errado, mas pode estar gramaticalmente errado, mas meu cerebro nao compila portugues, porque a BNF dele eh imcoerente e ilogica, prefiro cometer harakiri.

      • Tejobr

        Seu ultimo parágrafo esta bem pior do que muitos últimos parágrafos do Yeltsin. Seu compilador está na versão alpha.

        • Alexandre Oliveira

          Tá explicado porque ele não viu nada errado…

  • http://www.facebook.com/diogo.doreto Diogo Doreto

    No meu caso, fiz o jailbreak para poder usar o Whatsapp (original) no iPod touch. Notei ganho de performance do iOS 5 para o 6, mas não sei dizer sobre o jailbreak pois ja fiz logo que atualizei.

  • http://www.facebook.com/escrutinador Demian Bianchi Bertozzi

    “Perca” de garantia? Num artigo completamente desnecessário? Esse colunista abaixa legal a média do meio bit…

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=1238464923 André Gabriotti

    “Apesar de não gostar muito do desbloqueio, por uma leve queda na performance do aparelho por conta dos aplicativos extras que ficam rodando em background e na quantidade de aplicativos extras que muitos instalam.”

    WTF?
    Falando sobre o jailbreak, na minha opinião os benefícios agregados compensam este consumo a mais de processamento. Só o SBSettings já é um excelente motivo para o jailbreak!
    Convenhamos: é lógico que, se você instalar um app no seu iGadget, o app vai consumir processamento, né não???

    • Luiz Felipe

      Presume-se que isso eh um mal terrivel que so afeta Windowses da vida.

  • http://www.facebook.com/people/Thiago-Exterkotter/1258621627 Thiago Exterkotter

    quanto o meio bit paga por post mesmo?

    • http://www.facebook.com/yeltsin.lima Yeltsin Lima

      Depende, fala com o Nick.

  • http://www.facebook.com/chr.oliveira Christian Oliveira

    o, 20 seconds lockscreen, accelerate, 5dock, activator, adblocker, auxo, blurriedNCBackground, Bulletin, Copic, CyDelete, NCSettings (só esse já vale o jailbreak), Quick reply for WhatsApp, unfold, weekillBackground Pro, WinterBoard, Zephyr.

    Sim, com queda de performance, congeladas e crashs, principalmente quando tento fechar programas deslizando para baixo pelo novo multitask, isso se o 5dock também estiver ativo, senão fica tranquilo, mas utilizo mais o “kill all apps” pelo Novo NC, que agora fica disponivel também na tela bloqueada.

    Já baixar apps piratas, tem muita laternativa barata e grátis, possuo alguns apps pagos e a grande maioria é free, se gastei 100 doletas, foi muito.

    Meu celular bloqueia automático por causa do email corporativo do exchange, que exige código de bloqueio, mas preferiria usar sem bloqueio, ainda não encontrei um app legal para burlar isso.

    Gosto muito de vários apps e do ecossistema do iOS, mas o visual está meio batido, por isso fico sempre procurando dar uma mudada na cara dele.

  • http://twitter.com/gatodescabelado Gato Descabelado

    Fiz jailbreak no meu velho 3gs. Com o iOS6 e o hardware antigo fica evidente a queda de performance. Talvez ela também seja percebida no iPhone 4, mas imagino que seja imperceptível em qualquer aparelho mais recente.

    • http://www.facebook.com/yeltsin.lima Yeltsin Lima

      O iPod touch 5G tem as mesmas configurações do iPhone 4S.

  • RedVivo

    “Diferentemente da Microsoft (que pela primeira vez fez algo interessante em prol dos desenvolvedores”)

    A Microsoft produziu Basic em 1900 e lá vai poeira… produziu todo um ecossistema com o Windows, tem SQL SERVER, Visual Studio – que inclusive é o compilador da maioria dos projetos Open Source para Windows -, etc, etc… e tu fala uma burrice dessas? Tua cabeça tá aonde? Meiobit faz favor, manda esse cara pastar.

    • http://www.facebook.com/people/Jacques-Marques/100000722508430 Jacques Marques

      Na verdade todos estes produtos que você citou a Microsoft não produziu, ela comprou de outras empresas e colocou sua marca neles… Mas quem se importa com isso né.

      • http://www.facebook.com/yeltsin.lima Yeltsin Lima

        E na verdade, você está certo.

        Basic foi criado por dois professores. SQL Server foi criado em parceria com a Sybase. O único criado MESMO pela MS foi o Visual Studio.

        • RedVivo

          Eu não escrevi que eles criaram o Basic, falei que a “Microsoft produziu Basic”, ou seja interpretadores Basic. No caso do SQL Server nem houve parceria, o código original foi comprado. Mas isso tira algum mérito por acaso? Quanto de código original da Sybase deve ter lá com tudo que a tecnologia já evoluiu? 10%?? Só o VS né? Só?!!!

          • http://www.facebook.com/yeltsin.lima Yeltsin Lima

            Eu não escrevi “só”. :)

      • RedVivo

        Aqui uma lista pra você dos produtos da empresa que nunca fez nada pelos desenvolvedores:

        http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Microsoft_software_applications

        Dá pra contar dezenas aí que tem relacionamento com desenvolvimento. Acorda Alice.

    • http://www.facebook.com/yeltsin.lima Yeltsin Lima

      Acho que você não entendeu o contexto da história. Na verdade, você e mais treze, o que me leva a crer exatamente no que eu falei no comentário anterior (que o meu texto foi uma MERDA).

      Sim, eu sei do Basic, SQL, Visual, etc. O que eu quis dizer, no entanto, foram os casos relacionados ao “desbloqueio” como ocorria no Xbox, Windows, entre outros produtos da empresa.

      Ultimamente, no entanto, ela vem adotando uma política bem menos conservadora, aplaudindo o primeiro hacker que tentou desbloquear o Windows RT, oferecendo o Kinect para hacks no Windows e no Xbox e assim por diante.

      Tanto o Android quanto o Windows Phone são passíveis de desbloqueio e de alguma forma incentivado pelos próprios fabricantes. Diferentemente do que ocorre na Apple. :)

      • RedVivo

        Sabia que você diria isso, mas você não contextualizou ao âmbito do desbloqueio, escreveu generalizando. Grato por reconhecer que seu texto é uma m****. De fato.

  • http://ceticismo.net/ Pryderi

    Vamos ser honestos: larga maioria faz jailbreak para instalar programas piratas e não pagar caríssimos 99 centavos de dólar. Agora, se vc quer um iPhone, mas precisa fazer jailbreak porque o aparelho não lhe dá o que vc precisa, então compre outro aparelho, pois este se mostrou com um sistema operacional que não lhe atende e, portanto, é inferior.

    • r0t3ch

      Uso jailbreak por causa de diversos tweaks que nem o android tem, não uso piratas, continuo no sistema por causa de apps exclusivos do IOS, além da estabilidade que me proporciona. E se você não sabe , acabou a festa de apps piratas no Cydia.

      • http://ceticismo.net/ Pryderi

        Acho tão legal esses depoimentos no melhor estilo “vejam como sou um cara honesto. Me amem!”

    • http://www.facebook.com/yeltsin.lima Yeltsin Lima

      Na verdade, eu uso os famosos apps piratas (o comentário do r0t3ch é inválido, o Instalous desapareceu, surgiram três concorrentes) para aplicativos que custam mais de 10 dólares ou para testar algo.

      Por exemplo, eu morro de medo de avião. E sempre antes de viajar eu baixo um jogo, o da vez foi a versão pirata de X-Plane. Me apaixonei e comprei (https://itunes.apple.com/us/app/x-plane-airliner/id299922708?mt=8&ign-mpt=uo%3D4). No meu caso (e eu quero colocar ênfase nisso) eu uso apps piratas para testar a utilidade e muitas vezes o aplicativo grátis não possui 100% das funcionalidades (A Apple poderia permitir que pessoas baixassem o app de graça e testassem por, sei lá, 7 dias).

      O Jailbreak no entanto, serve para realizar alguns tweaks. Como o do meu irmão (Bluetooth Mono) que permite a “ligação” entre iPhone e bluetooths mono (algo que não funciona nos iPhones) e só funciona via Jailbreak.

      Mas 90% dos meus aplicativos foram baixados piratas e depois comprados. O mesmo para o meu Windows 7, que eu dei para o meu ex… (DEI O CD…).

  • http://twitter.com/rinaldodem Rinaldo

    Tá ficando chato ler os comentários aqui no meiobit por conta dos professores de português, por conta dos que não se aventuram a escrever um artigo mas são os primeiros a criticar quando alguém escreve. Se não gostam não leiam e não encham o saco.

    • http://ceticismo.net/ Pryderi

      Se a princesa não gosta dos comentários, não leia nem encha o saco também, ora.

      • http://twitter.com/rinaldodem Rinaldo

        Serviu o chapéu.

    • Eduardo Tenório

      Agora se a pessoa não gosta do comentário, ela fala “vai escrever então!”, como se o post fosse algo super importante para a humanidade e você (o crítico) fosse o chato-super-negativo da vez.

      • http://twitter.com/rinaldodem Rinaldo

        Discordo companheiro, participo de muitas discussões onde o nível é muito importante, pode-se discordar do autor mantendo uma postura educada e não arrogante. Aqui no meiobit estão tentando demitir o yeltsin há horas. Qualquer motivo é crítica para detonar o cara. Se o cara quer fingir que não entendeu é outra coisa. Errata: onde lê-se perca leia-se perda. Resolvido?

        • Eduardo Tenório

          Not. Se você (sujeito hipotético, para ficar BEM claro) se propõe a escrever algo e divulgar em algum meio de comunicação, deve estar preparado para as críticas, sejam elas sobre o tema em si ou sobre a maneira como escreve.

          E deixa o cara vir se defender. Aposto que ele não ficou ofendido quando apontei este erro de português. Acho que você que precisa de uma flame para chacoalhar a vida, né?

          • http://twitter.com/rinaldodem Rinaldo

            Note que no lugar de estarmos discutindo o tópico do artigo estamos falando sobre o erro de português, pra mim basta, já perdeu o sentido. Você venceu.

          • http://www.facebook.com/yeltsin.lima Yeltsin Lima

            @eduardotenrio:disqus não fiquei. Nem com você, nem com o @pryderi:disqus. Mas confesso que alguns comentários dão vontade de chorar HAHAHA..

            Sério. :/ Tem vida atrás da internet. Eu leio os comentários, de todos. Eu sei quando me xingam, quando me mandam pastar (oi, gente lá de cima). Se eu não respondo, é por que eu não curti o TOM do comentário.

            Existe uma diferença entre crítica e xingamento. Quem consegue manter a conversa num tom respeitável, eu leio e respondo. Quem não conseguir… eu ignoro). Na verdade, essa é a graça de escrever num blog com comentários abertos e com tantos comentários (e principalmente, com os leitores que esse blog tem).

            Mas muitos comentaristas daqui estão fazendo os autores “fugirem” dos comentários. E eu não acho isso válido. Eu tento fazer, mas não consigo. Por que, vocês leram o texto. E o mínimo que eu tenho que fazer é ler e tentar responder as opiniões sobre ele.

    • http://www.facebook.com/yeltsin.lima Yeltsin Lima

      @twitter-123694377:disqus, cara, eu concordo com o @pryderi:disqus. Para mim, é o leitor que importa. Não adianta escrever artigos para um público inexistente (ex.: meu blog AHHAHAHA).

      Prefiro receber 100 comentários do André, me xingando (ou não). Do que não receber comentários nenhum e escrever merdas. Eu vou melhorando meus textos de forma contínua (e demorada, desculpem).

  • José Alberio Alberio

    Os caras odeiam o Yeltsin, todo post dele tem briga nos comentários, hahaha.

  • http://www.shimatai.com.br Wagner Shimatai

    Fazer jailbreak no Brasil não é ilegal, inclusive acho que a própria justiça se manifestou com relação a isso, dizendo que se o aparelho foi comprado, portanto é da pessoa e ela faz o que bem entende, mesmo que isso incorra em perda da garantia.

  • http://www.facebook.com/adilson.gomes.77 Adilson Gomes

    … e eu querendo saber se cai ou não a performance do Iphone, mas o papo virou outro!! Puft