Meio Bit » Arquivo » Indústria » Presidente da Acer ameaça Microsoft por causa do Surface

Presidente da Acer ameaça Microsoft por causa do Surface

10 anos atrás

De todas as atitudes da Microsoft ingressar no mercado de hardware para tablets foi a mais controversa E justificada. A experiência com smartphones e com o Windows Vista mostrou que não dá para confiar nos "parceiros". Eles vão lançar o que for mais barato, de qualquer jeito, e se não vender, a culpa é da Microsoft. A própria Google vive isso, ao ver o Android sistematicamente sabotado. É complicado comprar celulares topo de linha só para descobrir que já nasceram obsoletos e não serão atualizados.

Ao anunciar a linha Surface a Microsoft deixou bem claro: O padrão de qualidade é esse. Se fizer pior, azar o seu, não vai vender. Se fizer melhor, parabéns.

A decisão incomodou. Tanto que até Tim Cook apareceu para falar mal do Surface –sem nem ter usado-. Uma atitude pouco digna, diga-se de passagem.

A bola da vez é a Acer. No caso, Linxian Lang, Presidente para a Grande China (existe uma pequena?). Disse ele que se a Microsoft insistir em entrar no mercado de hardware, vai "comer arroz duro". A empresa inclusive adiou o lançamento de vários tablets com Windows RT. Dizem estar observando o mercado, mas cá pra nós, vender pouco ainda é melhor do que vender nada e deixar o equipamento obsoletando em um armazém. Não colou, Acer.

A ciumeira está maior entre os fabricantes de segunda linha, mas é provável que até a Nokia entre no bonde, quando e se a Microsoft lançar outro celular próprio. Há boatos de que já estão em testes na China, outros dizem que ela jamais faria algo assim.

Só pra lembrar, já fizeram, com o Microsoft Kin. E tradicionalmente a Microsoft acerta na segunda versão dos hardwares que lançam.

Fonte: EG

relacionados


Comentários