Home » Meio Bit » Microsoft e National Geographic criam fundo para pesquisas ambientais com AI

Microsoft e National Geographic criam fundo para pesquisas ambientais com AI

A Microsoft e a National Geographic criaram fundo de US$ 1 milhão para pesquisas com ferramentas AI para oferecer soluções para problemas ambientais.

18 semanas atrás

Acordo entre Microsoft e National Geographic. Foto de Devlin Gandy (National Geographic).
Um acordo firmado entre Microsoft e National Geographic vai incentivar a pesquisa de ameaças ao meio ambiente usando AI, através do programa Earth Innovation Grant. O uso da inteligência artificial e aprendizado de máquinas permite que se analise dados de forma muito mais precisa e rápida, acelerando não só a detecção de possíveis problemas ambientais, mas também as suas soluções.

O programa vai dar prêmios em dinheiro, além de acesso a nuvem e ferramentas de inteligência artificial da Microsoft, inclusão na comunidade da National Geographic Explorer e filiação ao National Geographic Labs. O objetivo das bolsas é criar modelos e algoritmos de código aberto que podem ser usados por outros pesquisadores, ampliando assim o seu potencial de forma exponencial.

Nas palavras de Jonathan Baillie, que é cientista-chefe e vice-presidente executivo da National Geographic Society: “a National Geographic é sinônimo de ciência e exploração, e encontramos na Microsoft um sócio bem posicionado para acelerar o ritmo da pesquisa científica e novas soluções para proteger nosso mundo natural.”

“Com o anúncio de hoje, vamos poder habilitar exploradores buscando soluções para um futuro sustentável com a nuvem e tecnologias AI que podem rapidamente acelerar, focar e redimensionar seu trabalho, além de dar apoio as atividades de tecnologia e inovação do National Geographic Labs.”

Lucas Joppa, cientista-chefe de meio ambiente na Microsoft diz: “acreditamos que humanos e computadores, trabalhando juntos através de AI, podem mudar a forma como a sociedade monitora, modela e administra os sistemas naturais da Terra. Acreditamos nisto pois nós vimos acontecer — estamos constantemente admirados pelos avanços que nossa inteligência artificial para colaboradores da Terra avançou nos últimos meses.”

“Colocar isto à disposição da rede mundial da National Geographic vai criar toda uma nova geração de exploradores que usam AI para criar um futuro mais sustentável para o planeta e todos os seus habitantes.”

O fundo de US$ 1 milhão da Microsoft e National Geographic vai agraciar de cinco a quinze projetos que usem inteligência artificial para pesquisa para um meio ambiente sustentável em cinco diferentes categorias: agricultura, preservação da biodiversidade, mudanças climáticas e água. Serão aceitas inscrições até o dia 8 de outubro, com os vencedores anunciados em dezembro deste ano.

Saiba mais sobre o Earth Innovation Grant no site da Microsoft.

Os interessados no financiamento já podem se inscrever no site da National Geographic.

Leia também aqui no MB:
Cientistas descobrem aldeias perdidas na Amazônia
Revista National Geographic admite que foi racista em suas coberturas


Leia mais sobre: , , , , .


relacionados


Comentários