Anúncios do Chrome na TV: Se cuida, Firefox

O Firefox é inegavelmente um excelente navegador, mas seus muitos recursos não são atraentes para o usuário comum, o orkuteiro-padrão não dá a mínima para o greasemonkey. Quem já tentou convencer usuários comuns a migrar para o Firefox sabe que não há nada de especialmente mágico que os estimule.

Agora a tão sofrida fatia de mercado que o Firefox alcançou pode sofrer uma mordida feia, e da mão que o alimenta, o Google. O pessoal da Fundação Mozilla deve ter ficado um tanto em pânico afinal a maior fonte de renda do Firefox, de longe é o acordo de publicidade com o Google. Se o Chrome tomar o mercado, o Firefox não será mais necessário para os planos de Sergey e Cia.

Por isso não devem ver com bons olhos o comercial abaixo, feito pelo Google Japão e que passará a ser veiculado nos EUA e talvez em outros países.

Vai tirar público do Firefox? Provavelmente não, os usuários da Raposa que tinham que migrar já migraram. O que fará, se a campanha tiver continuidade, será redirecionar os usuários do Internet Explorer que migrariam para o Firefox.

De resto, fica a dica para o pessoal que fez aqueles vídeos patéticos do Linux: APRENDAM como se promove uma marca.

Fonte: GoogleBlog

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e para seu blog pessoal, o Contraditorium,

Compartilhar