Home » Games » Games para PC » Será que agora vai? Dell traz Alienware de volta ao Brasil

Será que agora vai? Dell traz Alienware de volta ao Brasil

Dell volta a apostar no cenário gamer brasileiro e traz novos notebooks da linha Alienware ao país, por preços nem um pouco modestos!

3 anos atrás

alienware-logo

Entre 2009 e 2012 a Dell tentou conquistar o público PC gamer que gosta de performance, estilo e que têm poder aquisitivo ao introduzir a conceituada linha Alienware no Brasil. Conhecida pelas máquinas de configurações potentes com acabamento estiloso, a linha oferecia alguns poucos modelos por aqui custando obviamente os olhos da cara, num tempo em que o dólar estava razoavelmente controlado.

A estratégia não deu muito certo, aos poucos a oferta foi minguando, minguando… até que a marca sumiu das prateleiras. Agora a Dell  vai tentar de novo e trouxe alguns novos dispositivos, como sempre com visuais arrojados e preços bem altos.

No evento realizado nesta quarta-feira em São Paulo, a Dell deu uma série de motivos que justificam a volta da linha Alienware ao Brasil mesmo em tempos de crise. Em primeiro lugar há de se convir que os dispositivos da marca nunca foram direcionados ao consumidor comum, nem ao intermediário e tampouco ao hard user. O alvo sempre foi a Glorious PC Master Race, cujo usuário padrão exige as melhores configurações possíveis em seus computadores e tem dinheiro de sobra para cumprir tal objetivo.

rosandra-silveira-dell

Rosandra Silveira, Diretora-Executiva para o Consumidor Final e Pequenas Empresas da Dell Brasil conduziu o evento

A Dell explicou alguns dos pontos que levaram ao retorno da Alienware ao país. Em primeiro lugar a empresa diz que o momento é propício ao considerar a comunidade brasileira de aproximadamente 33 milhões de jogadores (entretanto esse número inclui quem só joga em consoles e/ou dispositivos móveis, não é apenas a galera PC gamer) e da presença massiva de brasileiros na comunidade global da marca, com 125 mil inscritos. Para concluir, a marca ainda é muito procurada no Google Brasil.

O fato é que a Dell está se arriscando de forma comedida. Ela trouxe alguns itens da Alienware ao Brasil mas preferiu se concentrar em notebooks (nada de desktops ou da Steam Machine por enquanto), tentando atrair o gamer que deseja mobilidade e poder de fogo (é um perfil raro, mas existe), colocando-a para bater de frente com os modelos de ponta da Avell e da própria Dell, no caso o poderoso XPS 13; este que hoje é vendido também como um notebook gamer muito provavelmente terá sua estratégia de marketing redirecionada para não bater de frente com a Alienware.

alienware-15

Pois bem, vamos às máquinas. O mais “modesto” a desembarcar no Brasil é o Alienware 15, um notebook que em sua configuração básica conta com display IPS de 15,6″ e resolução Full HD, processador Intel Core i5 de 6ª geração 6300HQ com clock de 3,2 GHz; GPU nVidia GeForce GTX 965M com 2 GB de RAM GDDR5, 8 GB de RAM DDR4, teclado e case retroiluminados com LEDs personalizáveis (você pode configurar a cor de acordo com acontecimentos em seus games), HD de 7.200 RPM com 1 TB de armazenamento, bateria de oito células e 92 Wh e Windows 10 Home, com preço inicial é de R$ 9.999,00.

Agora, se você quiser o crème de la crème o modelo top de linha com Intel Core i7 i7-6820HK com clock de 2,7 GHz; GPU GeForce GTX 980M com 8 GB GDDR5, display IPS 4K, 32 GB de RAM, HD + SSD de 1 TB cada e Windows 10 Pro sairá por módicos R$ 20.851,00. Uma pechincha.

alienware-17

O Alienware 17 não é muito diferente do 15, exceto nas partes óbvias: o display Full HD de 17,3″ permite a adição de um teclado numérico, para todos aqueles que preferem ter os números facilmente ao alcance da mão direita. Ele começa com um i7-6700HQ de 2,5 GHz, 8 GB de RAM DDR4, GPU nVidia GTX 970M de 3 GB GDDR5, HD de 1 TB com 7.200 RPM, teclado e case retroiluminados, Windows 10 Home e bateria de oito células e 92 Wh. O preço? R$ 13.299,00.

Para os abastados, a configuração máxima conta com processador i7-6820HK de 2,7 GHz; GPU GeForce GTX 980M com 8 GB GDDR5, display 4K, 32 GB de RAM, HD + SDD de 1 TB cada e Windows 10 Pro sai por R$ 21.948,00. Baratinho, baratinho.

alienware-graphics-amplifier

Não para por aí: para quem acha que as GPU presentes nos notebooks não são suficientes ela trouxe também o amplificador gráfico, que nada mais é que um case para utilizar placas de vídeo de desktop como um acessório. Como era de esperar o gadget é proprietário e só funciona com a linha atual da Alienware.

Precos? A partir de R$ 1.500,00.

alienware-graphics-amplifier-nvidia-titan-x

Nada não, só uma Titan X…

A Alienware também trouxe uma série de acessórios gamers como mouses, headsets, monitores e até uma mochila estilosa, confira no site oficial.

A pergunta que não quer calar: alguém que se presta a montar seu próprio desktop gamer vai querer investir em um notebook da Alienware? A portabilidade é um fator interessante a ponto de alguém investir R$ 10 mil ou mais em um dispositivo do tipo? O que você acha? Deixe sua opinião nos comentários.

relacionados


Comentários