Home » Indústria » Passaralho no Yahoo!: mais de mil funcionários podem ir para a rua

Passaralho no Yahoo!: mais de mil funcionários podem ir para a rua

Fontes apontam que o Yahoo! pretende cortar 10% de sua força de trabalho, o que pode significar mais de mil demissões em todos os setores da companhia

4 anos atrás

yahoo

O Yahoo! já viveu dias melhores, isso é fato. Ao ter se sentado sobre seu próprio sucesso de outrora a companhia permitiu que concorrentes como Google e Microsoft superassem seu motor de buscas. Decisões executivas erradas e gastos estapafúrdios com festas também não estão ajudando, e obviamente que para acalmar os ânimos dos investidores sacrifícios precisam ser feitos.

Já sabe onde isso vai dar, né?

Não é de hoje que o Yahoo! anda cortando gordura em diversos setores. Se você comemorou o fato de que a companhia da Mayer tenha salvo a sexta temporada de Community para depois dar uma de executivo de TV dos anos 1950 e bloquear o streaming por região, saiba que semana passada o serviço Yahoo! Stream foi descontinuado e ninguém percebeu.

Basicamente o Yahoo! está podando tudo o que pode para continuar dando lucro e manter os acionistas contentes, e quando falamos de reestruturação e coisas do tipo significa que lá vem mais uma onda de demissões em massa. Entre fevereiro e abril de 2015 centenas de funcionários receberam o bilhete azul em todo mundo, e na época a estimativa era de eliminar 1.400 postos de trabalho. Porém, como as coisas não andam muito boas o passaralho vai dar outro rasante.

marissa-mayer

A CEO Marissa Mayer deixou os acionistas fulos da vida ao torrar US$ 7 milhões numa festa de fim de ano inspirada em O Grande Gatsby

Segundo fontes internas o Yahoo! pretende cortar 10% ou mais de sua força de trabalho em todo o mundo, e os cortes irão afetar todos os setores da companhia. Basicamente mais de 1.000 funcionários irão para a rua, e ninguém está seguro. As operações de mídia (como o fim do Screen já deu a entender), suas plataformas de tecnologia e operações na Europa seriam os setores com os maiores números de demissões.

A medida seria para acalmar os ânimos principalmente do fundo de acionistas Starboard, que em carta recente direcionada aos executivos do Yahoo! diz que eles não estão fazendo sua parte de manter a empresa nos trilhos, leia-se agradando os investidores. Basicamente pediram a cabeça de Mayer numa bandeja de prata.

Não que resolva alguma coisa, só vai servir para abaixar a bola dos acionistas e recuperar as ações do Yahoo!, mas dificilmente conseguirão reverter o quadro atual principalmente se a cúpula continuar metendo os pés pelas mãos.

Fonte: Business Insider.

relacionados


Comentários