Home » Fotografia » Destaque » Disputa de direitos autorais e uma gigantesca coincidência

Disputa de direitos autorais e uma gigantesca coincidência

Uma disputa de direitos autorais no Reino Unido chega a uma conclusão surpreendente com a prova de que coincidências acontecem.

4 anos atrás

Direito Autoral é um assunto importante em tempos de internet. Ficou muito fácil qualquer um pegar uma foto de alguém e utilizar das mais diversas maneiras. Seja colocando em um post de blog (um uso mais inocente, mas ainda assim errado), publicando em sites de notícias, utilizando em propaganda ou, simplesmente, publicando em seu site e dizendo que foi ele quem fez. Esse último uso, que pode parecer ridículo, é uma das coisas que mais acontece na internet. Muito fotógrafo vendendo o peixe com fotografias de outras pessoas. Porém, a mesma internet que facilitou o ato de copiar uma foto indiscriminadamente, também facilitou descobrir esse crime. Era por esse caminho que uma disputa de direitos autorias estava caminhando, até que o resultado deixou todo mundo surpreso.

O jornal The Telegraph no Reino Unido possui, em seu caderno de Viagens, um concurso de fotos semanal chamado The Big Picture. Em 2009 a fotógrafa Sarah Scurr, moradora de Harpenden, enviou a foto de um iceberg feita em 2006 na costa do Chile durante um cruzeiro turístico. A foto foi escolhida como vencedora daquela rodada do concurso. A imagem pode ser vista abaixo.

direito autoral

Porém, 6 anos depois, a foto foi vista pela fotojornalista chilena Marisol Ortiz Elfeldt que foi até a página do Facebook do Telegraph acusando Sarah de ter feito plágio de uma de suas fotografias. A autora da reclamação alegava que Sarah havia feito cópia de sua foto na internet e se utilizado de edições para modificar algumas cores e contraste e enviado a foto para o concurso. Estava iniciada a confusão. Por mais que possamos pensar que a justiça é lenta, quebra de direitos autorais é crime grave em qualquer lugar e a justiça tende a ser severa. Isso acontece, inclusive, no Brasil. Marisol postou a sua foto para provar o roubo. Vejam abaixo.

direito autoral2

Como o post no Facebook já estava virando baixaria com pessoas acusando Sarah de plagiadora, o The Telegraph entrou em cena e pediu os arquivos originais das duas fotógrafas para fazer uma análise. Nesse momento é que veio a grande surpresa. Ambas as fotos foram feitas no mesmo dia, 06 de novembro, e com uma minúscula diferença de horário. Também se notou em uma comparação mais detalhada que existiam pequenas diferenças de perspectiva nas duas imagens. Depois de mais alguma investigação se chegou a uma conclusão. Por mais incrível que pareça, as duas mulheres estavam no mesmo cruzeiro e fizeram a foto quase no mesmo momento e, provavelmente, uma bem perto da outra.

Ao final da treta, Marisol admitiu que Sarah não roubou sua foto e a maioria das pessoas que postaram agressões contra Sarah nem pediram desculpas. É o mundo da internet.

Fonte: The Telegraph.

relacionados


Comentários