Homologação da Anatel denuncia: Xbox One será montado no Brasil

xbox-one

Ainda que não tenha dado nenhum indício até o presente momento, era de se esperar que em algum momento a Microsoft passasse a fabricar o Xbox One na Zona Franca de Manaus (ainda não consigo utilizar o termo “Pólo Industrial”), e muitas dúvidas foram levantadas acerca da origem do console depois que a Sony cometeu a insanidade de cobrar R$ 3.999,00 pelo PS4. Agora novamente a Anatel deixa escapar informações por entre seus dedos: o novo console da Microsoft foi homologado no Brasil em 8 de outubro último e pelas imagens, será montado em nossas paragens.

No site da Anatel há os documentos disponíveis como de praxe, basta clicar aqui e digitar o número 3090131569 no campo “Número de Homologação”. O certificado de conformidade atesta que a Microsoft do Brasil deu entrada no pedido e que a MASA da Amazônia Ltda. será a empresa responsável pela montagem do console no Brasil. Muito provavelmente as peças serão importadas, mas é o suficiente para o Xbox One receber o selo “Fabricado no Brasil” e receber algumas isenções.

Agora a imagem que todos querem ver:

xbox-one-made-in-brazil

Para mais detalhes, clique aqui e obtenha o manual em português.

Como é de praxe a Microsoft se recusa a comentar o assunto, se limitando a dizer que maiores informações sobre o console serão dadas na coletiva de imprensa que será realizada na sexta-feira na abertura da BGS 2013, às 11 horas (e este que vos escreve estará presente).

Como o Xbox One será fabricado aqui e o PS4 não (pelo menos não agora), isso explica a gritante diferença de preço mas revela um outro ponto: tanto Sony quanto Microsoft estão cobrando preços premium em seus consoles. Apesar de ser um valor mais em conta R$ 2.199,00 ainda é um valor alto pra chuchu e mesmo que os primeiros consoles ainda sejam importados, a Microsoft provavelmente tem um plano de fabricação mais adiantado do que a Sony (e depois do PS4K, não é difícil que ela o tenha apressado). Entretanto o valor cobrado é alto, ainda mais se compararmos com o 360 que é vendido atualmente a R$ 799 em sua versão mais simples. Mas até aí não é nada muito diferente de todas as outras fabricantes de tecnologia que cobram os olhos da cara em seus produtos por aqui.

Fonte: Anatel via G1.

Relacionados: , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar