Home » Jogos » Sony admite que celulares estão prejudicando as vendas dos portáteis

Sony admite que celulares estão prejudicando as vendas dos portáteis

Chefe da Sony Worldwide Studios surpreende ao admitir que celulares e tablets estão prejudicando as vendas dos videogames portáteis.

6 anos atrás

ps-vita

Muitas pessoas defendem a ideia de que os videogames portáteis e os celulares/tablets estão em mercados diferentes, algo que em partes concordo, mas segundo Shuhei Yoshida, chefe da Sony Worldwide Studios, não há como negar que esses novos concorrentes roubaram uma fatia de seus consumidores.

Fui questionado durante a Tokyo Game Show sobre o quão forte os dispositivos móveis prejudicaram as vendas dos portáteis e a minha resposta foi – bastante, prejudicaram bastante. Não há dúvidas.

O executivo disse então que um dos problemas dos portáteis está no seu preço, já que as pessoas já possuem um smatphones e que boa parte delas precisam pagar um valor consideravelmente alto por seus planos de assinatura, o que consequentemente faz com que elas se dediquem a jogos que podem adquirir gratuitamente ou por preços irrisórios.

O curioso é que esta é uma das poucas vezes em que alguém que ocupe um alto cargo de uma grande empresa admitiu essa influencia, sendo que até o seu companheiro Jack Tretton havia declarado que o valor de produção dos jogos para portáteis serviriam como uma espécie de escudo contra as investidas das produções de baixo custo dos celulares.

Seja por culpa dos smarthpones ou pela pura falta de jogos mais relevantes (hipóteses na qual acredito mais), a verdade é que o PlayStation Vita tem vendido muito menos do que a Sony deseja, com apenas algo em torno de 5,7 milhões de unidades estando nas mãos dos jogadores e embora Shuhei Yoshida tenha afirmado que o aparelho não precise necessariamente se sair melhor que o 3DS, ele reconheceu que em se tratando da base instalada, o videogame da Nintendo tem se saído muito melhor.

Fonte: GamesIndustry.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários