Fotografia
Fotografia
Digital Drops Blog de Brinquedo

Canon ME20F-SH — ISO 4 milhão — e dai?

Por em 31 de julho de 2015 - 17 Comentários

canon_me_20fsh

Ontem a Canon fez um anúncio que, segundo alguns sites e portais de notícias, é bombástico. A empresa vai colocar oficialmente no mercado a ME20-SH, câmera de vídeo que pode atingir a sensibilidade ISO de 4 milhões. A câmera está equipada com um sensor CMOS 35 mm full frame que pode gravar vídeos em Full HD.

Segundo a propaganda da empresa, o pequeno equipamento pode ver coisas que o olho humano não percebe e deve ser útil para um grande número de atividades, como filmagem de vida animal e, quem sabe, fotojornalismo. Na verdade, fica aqui a pergunta sobre a usabilidade deste equipamento. E já vou falar o motivo desta dúvida.
continue lendo

emEquipamentos Fotografia

Panasonic — filmagem em 4K para todos

Por em 20 de julho de 2015 - 6 Comentários

panasonic_gx_8

Na semana passada a Panasonic fez um upgrade em sua linha de câmeras e colocou no mercado dois novos equipamentos. Como vem acontecendo nos últimos lançamentos da empresa, o destaque absoluto é a filmagem em 4K que está chegando até nas câmeras mais simples. Infelizmente ainda temos as limitações do tamanho do sensor.

O principal destaque é a Lumix GX8 que se tornou a primeira micro-quatro-terços a superar a barreria de 20 megapixels de resolução máxima. O micro-quatro-terços foi uma grande revolução na época. Produzido em uma parceria entre Olympus e Panasonic, o pequeno sensor (com fator de corte de 2x) foi responsável pelo surgimento das primeiras câmeras mirrorless. Hoje a concorrência já fabrica câmeras mirrorles com sensores APS-C e até full frame. E todos sabemos que, em fotografia, quanto maior o sensor melhor a possibilidade de qualidade da imagem. Outra novidade do equipamento é que agora a GX possui um sistema de estabilização de imagem no sensor que vai trabalhar em conjunto com o sistema de estabilização da lente para maximizar o resultado. Isso pode ser muito interessante.
continue lendo

emEquipamentos Fotografia

Fotografia digital direto do Túnel do Tempo

Por em 18 de julho de 2015 - 20 Comentários

tunel do tempo

Tecnologia se desenvolve com o passar do tempo. Porém, sempre temos a impressão que estamos com a tecnologia mais moderna, mas dois dias depois ela está ultrapassada. Imaginem se olharmos 20 anos atrás para as câmeras fotográficas digitais. Elas eram a revolução naqueles tempos, mas hoje são equipamentos pré-históricos que, provavelmente, nem podem mais ser utilizados por conta das mídias de armazenamento da época ou compatibilidade com os atuais computadores.

A prova de que a coisa andou a passos largos é esse vídeo da CNET que foi lançado em 1995 e falava da revolução que as recém lançadas câmeras digitais estavam causando. Eram equipamentos grandes, com pouca resolução e outras milhares de limitações (comparadas com os equipamentos de hoje), mas que estavam fazendo a cabeça dos fotógrafos. Fazer uma imagem e não ter que esperar a revelação do filme era uma grande novidade.

E também existia a possibilidade de edições com o Photoshop (que a repórter tem que explicar que é um software de edição gráfica). Temos equipamentos simples e de uso doméstico como o Apple QuickTake e os profissionais como a Nikon Fujix, um tanque de guerra que custava US$ 20.000,00 e fazia fotos com 1,3 megapixel e utilizava como forma de armazenamento um disco rígido removível de 131 MB que podia armazenar 70 imagens. Parece pouco? Mas na época era o máximo.
continue lendo

emDestaques Equipamentos Fotografia

GoPro anuncia a pequena câmera cúbica Hero4 Session

Por em 6 de julho de 2015 - 21 Comentários
Laguna_GoPro_Hero4_Session

Nova câmera cúbica da GoPro, Hero4 Session (crédito: Engadget)

Essa é para você que pratica esportes radicais como andar pelas ruas do Brasil ostentando uma Hornet. A GoPro anuncia o quinto membro de sua linha de câmeras esportivas: trata-se da Hero4 Session.
continue lendo

emDestaques Equipamentos Fotografia Planeta Sem Fio

Nikon P900 — dando uma olhadinha na Lua

Por em 1 de julho de 2015 - 48 Comentários

nikon_P900_ultrazoom

Todo mundo que me conhece sabe que eu sou absolutamente contra as câmeras ultrazoom. Principalmente as que apareceram nos últimos anos. Os fabricantes entraram em uma disputa maluca sobre quem fazia a câmera com mais distância focal e acabamos esquecendo que a quantidade exagerada de elementos óticos acabam afetando consideravelmente a qualidade da imagem, ainda mais quando sabemos que essas câmeras se utilizam dos menores sensores fabricados. Para quem está chegando agora fica o alerta, quanto menor o sensor, pior a qualidade de imagem.

A brincadeira chegou a um nível absurdo agora que a Nikon lançou a Coolpix P900. A câmera é equipada com um sensor CMOS de 16 megapixels e uma lente com distância focal equivalente a uma 24-2000mm com abertura máxima de diafragma em f/2,8-6,5. Fora a parte da qualidade da imagem, também temos a questão da estabilização. Mesmo com a tecnologia VR da Nikon que garante (segundo a empresa) um ganho de 5 f/stops, é quase impossível um ser humano segurar uma câmera dessas em zoom máximo sem a necessidade de um tripé ou monopé. Mas, existe público para esse tipo de equipamento, pois todos os fabricantes possuem uma câmera desta categoria.

Para termos ideia da potência da coisa temos um exemplo do uso da P900 em vídeo que correu a internet nesta semana. O usuário do YouTube Naturbeobachtungen von Lothar Lenz publicou um vídeo feito com a Nikon P900 onde é mostrado um pouco do alcance da câmera ao filmar a Lua. O vídeo já teve mais de 2 milhões de visualizações e mostra bem o movimento da Lua no céu. Em algumas partes tenho quase certeza que o vídeo foi cropado, pois a câmera também possuí um zoom digital bem forçado, mas mesmo assim é interessante. Notem que a câmera deve estar em um tripé, e mesmo assim ela não está totalmente estabilizada. Em certo momento temos uma rajada de vento e a imagem treme toda. Ou seja, qualquer coisa em 2.000 mm, mesmo a respiração do fotógrafo, pode tremer a foto.

Vejam abaixo e tirem suas conclusões.
continue lendo

emAstronomia Destaques Equipamentos Fotografia

Canon G3X — mais uma compacta premium

Por em 19 de junho de 2015 - 10 Comentários

canon_powershot_g3x (1)

Sim, o mercado de câmeras compactas de entrada (nem sei se esse termo existe) foi enterrado pelos atuais smartphones, mas o mercado de compactas avançadas está indo muito bem. Estamos falando de câmeras pequenas com recursos avançados e qualidade de imagem comparável a uma DSLR (em alguns dos casos). Elas também não são prosumers (alguém lembra deste termo?), pois são planejadas para o uso doméstico e amador. Tudo bem, tem muito profissional comprando para não ter que levar quilos de equipamentos em momentos de descontração, mas esse é o objetivo: uma câmera pequena, leve e com boa qualidade de imagem. A Canon acaba de anunciar um novo membro desta categoria de câmeras. A G3X chega com alguns recursos bem interessantes e uma característica que me incomoda muito.

continue lendo

emEquipamentos Fotografia

Sony A7R II — Full Frame com 42 megapixels e filmagem em 4K

Por em 11 de junho de 2015 - 38 Comentários

Ontem tivemos o ótimo lançamento da Leica com sua nova linha Q de câmeras compactas com sensor full frame, e hoje temos aqui a notícia de novos lançamentos da Sony com novidades realmente interessantes. A Sony evoluiu muito no campo da fotografia. Se voltarmos 10 anos no tempo, a marca era considerada uma piada para os fotógrafos profissionais (assim como também era a Samsung). Câmeras com imagem horrível e ruido em ISO baixo. Depois disso compraram a Minolta, adquiriram conhecimento de fabricação de câmeras reflex e hoje são referência nesse campo. Ainda mais se pensarmos que 40% dos sensores fotográficos vendidos em 2014 foram produzidos pela empresa.

A Sony nos brinda agora com três novas câmeras. Claro que a mais impressionante é a A7R II. A câmera é uma mirrorless com sensor full frame e incríveis  42,4 megapixels de resolução máxima. Porém, isso não é o mais impressionante. Essa é a primeira câmera mirrorless (ou até mesmo reflex) a utilizar um sensor CMOS retroiluminado (BSI) em tamanho completo 35 mm. Para quem não lembra, o CMOS retroiluminado começou a substituir o CCD nas câmeras compactas e celulares alguns anos atrás. A promessa era de que o sensor teria a mesma qualidade de imagem de um sensor CCD, mas com as vantagens do sensor CMOS (baixo consumo de energia). Então é seguro dizer que esse é o sensor Full Frame mais avançado do mundo.

Sony A7R II

Essa tecnologia permite que o sensor cheque até o ISO 102.400 e tenha uma velocidade de foco automático 40% mais rápido do que sua antecessora graças aos 399 pontos de foco com detecção de fase e aos 25 pontos de contraste. Segundo a Sony, o sensor BSI permite que a câmera tenha alta resolução, grande sensibilidade e velocidade. E não é só isso, também temos a promessa de um processamento mais rápido, um obturador que gera menos vibração e com durabilidade de 500 mil fotos, sistema de estabilização de imagem com 5 eixos (na câmera) e ausência do filtro low pass gerando mais nitidez nas imagens. Fechando o pacote a câmera pode fazer vídeos em 4K em diferentes formatos e compressões. Claro que ela vai cair nas graças dos profissionais da área de vídeo.

continue lendo

emDestaque Equipamentos Fotografia