Unity e Light: as novidades do Ubuntu para hardware pequeno

Algumas semanas após o lançamento do Ubuntu 10.04 LTS, codinome “Lucid Lynx”, os trabalhos para a próxima, 10.10, “Maverick Meerkat”, já estão a todo vapor. Já vimos a criação do menu global para a Netbook Edition do sistema, e agora, novamente trazidas por Mark Shuttleworth, temos novidades sobre Unity e Light.

Unity é, nas palavras de Shuttleworth, uma “nova experiência de desktop”. Criado a partir de detalhados estudos de interface, faz uso mais inteligente do padrão de telas atual, widescreen, e provê soluções inteligentes para melhor uso do espaço disponível, especialmente em netbooks, onde as telas são bem reduzidas, com no máximo 10″.

No Unity, a barra inferior presente hoje no Ubuntu foi movida para a esquerda, ganhou botões maiores próprios para uso com os dedos, e contendo programas mais usados no dia-a-dia. Combinado com o menu global, o ganho de área visual vertical é, segundo a Canonical, grande.

Mockup do Unity.

Mockup do Unity.

Uma versão de desenvolvimento do Unity já está disponível.

A grande novidade da versão 10.10, porém, promete ser o Ubuntu Light. Criado com base no Unity, e tendo no tempo de boot seu principal destaque, trata-se de uma versão peso-pena do sistema com foco em navegação, e para ser instalado em dual boot com “sistemas maiores”. Essa versão assemelha-se àquelas que alguns fabricantes, como a Asus, inserem em seus produtos.

No caso do Ubuntu Light, conseguiram subir o sistema e abrir o navegador, já funcional, em 7 (sete) segundos num Dell Mini 10v com SSD. É uma versão bem limitada, com gerenciamento de arquivos incompleto, e destinada quase que exclusivamente a navegação, ótima para quando esquecemos de mandar/ver um e-mail, e temos que ligar a máquina só para isso. O mais legal é que, além de útil e funcional, o Ubuntu Light está ficando bonitão:

Ubuntu Light.

Ubuntu Light.

Inicialmente, o Ubuntu Light será destinado a fabricantes, no regime OEM, sem versão pública para download no site do Ubuntu. Isso será feito para assegurar velocidade máxima de boot em hardware homologado/padronizado. Futuramente, espera-se versões para desktop do Light.

A Canonical pretende levar o ambiente Unity para a Netbook Edition também, com alguns incrementos como suporte maior à adição/remoção de aplicativos, e também a gerenciamento de arquivos. Para aproveitar melhor as capacidades dos netbooks enquanto o Ubuntu é seu sistema principal, desenvolveram uma nova interface, batizada de Dash:

Unity Dash.

Unity Dash.

Shuttleworth ainda comenta, no post, sobre a integração dessas novidades ao ambiente Gnome, inclusive o Gnome 3, bem como FreeDesktop e KDE. Novos desafios, que parecem estar sendo bem resolvidos.

Não seria nada mal ter um Linux ultra rápido em dual boot em nossas máquinas, não?

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Rodrigo Ghedin

Blogger, bacharel em Direito e acadêmico de Sistemas de Informação.

Compartilhar
  • Como eu disse aqui: http://bit.ly/aufIhp O Ubuntu cada dia me surpreende mais.

  • Isso não é Linux! Isso se chama “Trabalho bem Feito”! Linux é aquele sistema feio e difícil de usar. Ubuntu é um sistema bonito e agradável. Parabéns ao Mark pelo excelente trabalho.

    • rafilsk.metal

      @livio, essa eu tinha que comentar….

      “sistema feio e dificil de usar”…

      qual sistema VC já usou ?

    • Ubuntu, é um S.O kernel linux feito para usuários comuns. Porém, toda vantagem trás sua desvantagem. Não é um S.O muito estável.. Vira e meche se acha um bug, e até trava.. Não tanto quanto se acha no windows, claro.. Mas comparado a outros sabores linux, o ubuntu é bem instável. Quem já é expert, e sabe fazer um slackware ou um arch rodar nos trinques, fica bem agradável e muito mais estável.. Só que você ganha desempenho, estabilidade mas perde em facilidade. O linux é lindo, independente de interface.. Não dependo de backup pra trocar de S.O. Existem 37189739871237 temas legais pra modificar o sistema. É seguro, independente de distribuição, é mais estável se comparado a windows. Até a internet nele fica mais rápido. É um sistema novo e inteligente…

  • Ioca100

    Estou estando aqui o gnome-shell que dará origem ao gnome 3, gostei, mas uso o Docky para facilitar.
    Veja: http://yfrog.com/4zcapturadetelazp

  • kakaroto_BR

    Moveram a barra para o lado e retiraram os programas, meh.

  • sampaoz

    quanto mais facil, melhor.

    o tempo dos terminais deixa para o pessoal das faculdades de TI.

  • Pessoalmente não gostei do unity, e nem gosto de KDE. Sou gnome_fã.