iPhone X custará a partir de R$ 6.999 no Brasil [UPDATE]

iphone-x

UPDATE 17/11/2017: a Apple Brasil confirmou a data de lançamento do iPhone X para o dia 8 de dezembro em território nacional, no entanto a companhia não forneceu informações de quando a pré-venda terá início. O texto foi atualizado.


A Apple enfim revelou os preços de seu smartphone ultra premium no mercado brasileiro: indo além de qualquer previsão, o iPhone X chega ao Brasil com preços sugeridos de R$ 6.999,00 na versão com 64 GB de armazenamento interno e R$ 7.799,00 para a com 256 GB.

Os preços oficiais apareceram primeiro no app da App Store para o iOS mas pouco depois a Apple atualizou o site oficial, disponibilizando as duas opções de cores (Prateado ou Cinza-espacial) e na sequência exibindo os valores, mas por enquanto não há informações sobre quando a pré-venda terá início no Brasil. O lançamento oficial no mercado varejista se dará no dia 8 de dezembro, e nada mais se sabe até o momento.

iphone-x-price-br

No fim das contas, os preços oficiais dos novos iPhones no Brasil ficaram assim:

  • iPhone 8 de 64 GB: R$ 3.999,00
  • iPhone 8 de 256 GB: R$ 4.799,00
  • iPhone 8 Plus de 64 GB: R$ 4.599,00
  • iPhone 8 Plus de 256 GB: R$ 5.399,00
  • iPhone X de 64 GB: R$ 6.999,00
  • iPhone X de 256 GB: R$ 7.799,00

A Apple vai oferecer 10% de desconto para quem comprar a vista pelo site, o que derrubará os preços do iPhone X para R$ 6.299,10 e R$ 7.019,10 respectivamente; da mesma forma quem preferir adquirir um iPhone 8 ou 8 Plus e puder pagar de uma vez terá direito ao abatimento, que derruba os valores dos dispositivos para R$ 3.599,10 (iPhone 8 de 64 GB), R$ 4.319,10 (iPhone 8 de 256 GB), R$ 4.139,10 (iPhone 8 Plus de 64 GB) e R$ 4.859,10 (iPhone 8 Plus de 256 GB). Há como de praxe a opção de parcelar cada um dos modelos em até 12 vezes sem juros.

De qualquer forma, a atual geração de iPhones chega com os preços mais caros já praticados no Brasil, mas devemos lembrar que os concorrentes não ficam atrás (vide LG G6 por R$ 3.999,00 e Galaxy Note8 por R$ 4.399,00); a percepção atual é de que ao menos por aqui smartphone premium se tornou artigo de luxo, confirmado pelo valor praticado pela maçã no iPhone X; tudo bem que ele é caro mesmo lá fora (US$ 1 mil não é nem um pouco acessível) mas R$ 7 mil está além de qualquer previsão ou escala aceitável.

Mas que vai vender é certeza: lá fora ele esgotou em menos de dez minutos (apesar da prática do marketing de escassez, este é um resultado impressionante) e mesmo custando os olhos da cara, não deve ser diferente por aqui.

Relacionados: , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Rick

    A Apple está correta. É a lei da oferta e procura.
    Se há pessoas que concordam em pagar isso num smartphone, por que praticar preços menores?
    No Brasil, ao contrário do restante do mundo, pagar mais do que vale as coisas não é burrice, é status!!!

    • Gato Rabugento

      Exatamente. Quanto mais caro, melhor, pq vamos poder nos diferenciar da gentalha (pessoas que usam iPhone 6- com a tela trincada, ou usarios de Android)

    • Ed. Blake

      Esta técnica sempre colou pra vender carro no BRejo: ‘Taca o preço lá em cima que o bobo faz fila pra comprar’.

      E olha que tem carro que sai modelo novo com MUITO menos novidade do que o modelo anterior, muda um troço aqui e li no visutal (famoso Facelift) e aumenta o preço em R$20.000.

      • Gigio

        Vou até printar e colar na página da Honda em alguma foto do Fit. Foi bem sacanagem o que fizeram no modelo 15

      • tuneman

        ou enche de plástico e coloca um adesivo de ‘trail’, ‘rallye’ ou ‘adventure’.
        (pelo menos as Fiat Adventure são muito boas)

        • Felipe Rafael

          My lync.
          Sai por 7 paus a mais sendo que uma central multimidia da hora custa 3.

    • Kirk

      É a tal da ostentação que a molecada gosta…
      Não sei mais se a minha implicância é só com o Brasil ou com a humanidade em geral, rs.

    • E que status, dizem as más línguas que até na hora da cantada, o cara de iPhone agrega pontos com a mulherada. Aonde vamos parar.

      • Lui Spin

        Tem gente que pega o iPhone emprestado do amigo, para tirar foto em frente ao espelho, de maneira que apareça a maçãzinha, para ganhar status no Facebook e Tinder.

        • Ou simplesmente aluga o gadget pelos mesmos motivos. Haha, e pensar que antigamente isso funcionava com carros.

          • Lui Spin

            Mas com carro pelo menos faz algum sentido.

            No caso do cara querer conquistar uma mulher, ela pelo menos ia usar o carro pra passear com ele, enquanto durasse o aluguel.

            Já o iPhone não é tão útil.

    • É burrice AND status.

      • Felipe Braz

        status com certeza (infelizmente), mas particularmente não acho legal ficar taxando de forma pejorativa como e com que as pessoas gastam o próprio dinheiro.

        • Eu acho, especialmente em casos assim.

          • Felipe Braz

            Casos assim como?

          • Como os iPhones, que custam absurdamente mais do que deveriam, tanto pela supervalorização por parte da Apple, quanto pelo “Custo Brasil”.

            Só escapa dessa regra gente rica: quem tem dinheiro sobrando, tem que ter com o que gastar então pode pagar R$600 num perfume sem merecer (<= a palavra chave) ser chamado de burro.

          • Felipe Braz

            Hum entendi. A definição de burrice é gastar o próprio dinheiro, ao qual se trabalha todo o mês para obter, sem o uso de um centavo do dinheiro de outros, para comprar o que se bem entende. ok ta explicado.

          • A definição de burrice é cuspir contra o vento. Entenda como quiser.

          • Felipe Braz

            Kra, tem gente que gosta de vela derretida nas costas! Se alguém gostar de “cuspir contra o vento” sendo que unicamente ele seria o “prejudicado”, qual problema?
            A não ser que role uma ponta de inveja por aí, dai explicaria bastante coisa.

          • Como disse antes, “entenda como quiser”.

          • Leandro Medeiros

            O nome disso é liberdade. Mas sempre é possível ser um burro livre, essa é a beleza da vida

    • Rick
      • Hahahahahahahahahaha

      • Jack Silsan

        Dizem que reconhece trouxa também.

    • No Brasil, tem gente alugando iPhone bloqueado só pro cara se mostrar nas baladas. Mas não, iPhone não vende por causa da ostentação. É porque ele é mágico e funciona melhor

      Aham

  • Gato Rabugento

    R$ 8000 num iPhone?

    Tá barato, me vê dois.

  • cmr

    É a mesma coisa de quem tem coragem de comprar veículos com esses valores surreais no Brasil. A diferença é que você não pode subir em cima do seu iPhone X e sair dirigindo.

    • Bruno Ciro do Nascimento

      O complicado é que pra veículos não há uma alternativa 🙁 Para celulares temos sim alternativas: Veja a samsung com o S8 por exemplo. Dependendo do mês você ainda ganha um carregador sem fio.
      O que a Apple faz? Não inclui na caixa do iPhone X nem um carregador Fast Charge! Nem uma porcaria de um carregador sem fio! Nada!

    • SignaPoenae

      Estou construindo um barraco pra mim morar (estou saindo do aluguel, UFA!) e precisei fazer a planta da casa. R$50 reais o metro construido na planta da casa e olha que o cara nem vai assentar tijolo e virar massa, vai só colocar a assinatura dele no projeto que eu já fiz.

      • O maU elementaU

        Mim nao mora em barraco
        Mim e indio
        Mim mora em oca

        • SignaPoenae

          Hahahahahha!

  • Gilson Lorenti Fotografia

    Crise? Que crise?

    • Zaaboo

      Existe uma pesquisa, da qual não me recordo a origem, que diz que a recessão acabou em janeiro deste ano. Acho que isso corrobora.

      • Gilson Lorenti Fotografia

        as pessoas usam a palavra crise para tudo. mas, eu continuo vendo as pessoas fazendo festas que custam 50 mil reais. O mercado da fotografia continua faturando. Classe média e alta continua gastando. As vezes eu acho que o povo usa a desculpa da crise para não pagar as dívidas e continuar ostentando 🙂

        • Zaaboo

          Até onde entendo, quem sofreu mesmo foram as pessoas sem especialização, os trabalhadores de base.

          A galera mais confortável, aqueles que de fato tem dinheiro, apenas tiveram que retrabalhar os gastos. O que para alguns é gastar 70 mil ao invés de 100 mil.

          • Maom

            Existiu a crise e ainda existe, mas foi de fato uma crise que se instaurou no medo. A pessoa que gastava 100 mil por mês, diante de tanta especulação negativa, por conta do mercado instável e tudo mais passou a gastar 70 e segurar os 30 mil. E assim suscetivamente nas parcelas de quem gastava 5 mil e passou a gastar 3 mil. O consumismo que é o motor que faz girar o capitalismo, ficou estagnado no Brasil. O medo fez a pessoa que comprava quinquilharia no mercado livre ou em promoções no shopping segurar o dinheiro na mão. O medo fez o cara que trocava de carro a cada 3 anos, levar o carro no mecânico pra dar um tapa. O medo fez o cara que ia trocar o apto por um maior e financiar, ficar no mesmo apto. O medo fez o geek ficar com o mesmo celular por 2 anos e arriscar marcas do chinesas pelo gearbest que bombou nesses últimos anos.
            O comércio vendeu menos e demitiu alguns empregados, o medo do desemprego agravou ainda mais a crise. A Dilma saiu o Temer deu algum otimismo ao mercado que afastou o fantasma de uma Nova Venezuela das Bananias. O Temer se mostrou um bandidão e quase caiu e o mercado já percebeu que não iria mudar nada, tanto faz quem está lá sugando. O pessimismo foi se dissipando, mas agora até recuperar aquele padrão de consumismo que fazia as engrenagens girar em 2010 até 2014 pré copa, vai demorar muito tempo.

          • André De Souza Ribeiro

            Comprei um iPhone 7 Plus, nao fiquei 3 meses com ele. Vendi e comprei um OnePlus 5 na Gearbest. Nao poderia estar mais satisfeito com a aquisição, e com o preço pago também.

          • Daniel Plainview

            Bastante perspicaz a sua visão, é isso mesmo!

          • Felipe Braz

            “toma meu like aí, fera” =P

        • Victor

          na empresa q trabalho, do setor de energia, o quadro de funcionários foi reduzido em 20%. empresas concorrentes também tiveram reduções.
          o nivel de investimento no setor foi drasticamente reduzido (tanto privado quanto estatal).

          • Lui Spin

            Sim. Todo mundo reduziu investimentos. No setor da minha empresa também.

            O motivo disso, se é por causa da política ou do medo não é tão relevante. O que é relevante é que a crise existe, mesmo que pelo medo, e afeta a vida das pessoas no dia a dia. Das empresas também.

        • Mirai Densetsu

          Pior que eu via isso e quando falava que não há crise faltavam me bater.

    • Lui Spin

      14 milhões de desempregados, inflação baixa, PIB negativo ou pequeno. Essa é a crise.
      Pq meia dúzia faz festa de fds, não significa que não estamos na crise.

      E passa aqui na empresa, que eu te mostro o faturamento de 2014, 2015, 2016 e 2017 (parcial).
      No começo da crise tínhamos 14 funcionários registrados. Agora nenhum.

      Ligamos pros nossos antigos clientes, e eles dizem que estão esperando passar a crise para poder investir, e só aí voltar a contar com os nossos serviços.

      • O maU elementaU

        Ta igualzinho aqui. Esse mes faz UM ANO sem projeto novo.

  • Bruno Ciro do Nascimento

    O interessante é que em outros sites ainda consegui ver gente falando ‘a culpa é dos impostos!’. Me diz quais impostos são esses?
    Peguemos como base o preço do iPhone 8 Plus 256 GB aqui no BR (5399) e lá fora (949) e comparemos com o preço do iPhone X 64 GB aqui (6999) e lá (999). Só no mundo mágico dos loucos 50 dólares vira 1600 reais, e a causa são impostos!

    • Ed. Blake

      É culpa do ‘status’. Nos países onde o consumidor entende de dinheiro e o iPhone é apenas um telefone como qualquer outro flagship, se coloca um preço desses não sai da prateleira.

      • Maom

        Desconfio que aqui tb não vai sair da prateleira… Mesmo na mágica do parcelamento que brasileiro adora se enforcar… 10x de 780 não é pra qualquer um. O público alvo desse celular faz no mínimo 1 viagem ao exterior por ano. No mínimo.

        • Ed. Blake

          Em breve surge financiamento de 20x de 389,90 ou 30x de 259,90.

          • Gilson Lorenti Fotografia

            já existe financiamento de longo prazo (8 anos) para festa de casamento. Logo aparece para iPhone 🙂

          • Maom

            Massssss, teoricamente vc casa 1 vez na vida. E iphone com um ano de idade pra “esse” pessoal é pior que casar e fazer a festa no habbibs.

          • Gilson Lorenti Fotografia

            concordo

          • Mirai Densetsu

            Na prática, o casamento dura até a primeira galha.

          • Maom

            Correção… Dura até descobrirem a primeira galha.

          • Alexandre

            Duro deve ser quando dá divórcio e ter que continuar pagando as parcelas…

          • Lui Spin

            8 anos, pra um casamento hoje em dia, é uma meta muito otimista.

          • O maU elementaU

            Conheco uns otarios assim

          • Lui Spin

            Aí ficam casados seis meses e se separam. kkkk

          • O maU elementaU

            Em breve a grande novidade do mercado: aluguel de locacao (all inclusive – ate os convidados) pra fotos de um casamento alucinante e inesquecivel. Por 1000 reais voce chega com a noiva em uma fazenda, casa numa festa de 200 convidados e vai embora com as fotos ja no pendrive (traga seu pendrive, nao o fornecemos). Ligue dja!

          • Maom

            O cara vai estar comprando o iphone XII pagando ainda parcelas do iphone X.

        • Vin Diesel

          sem citar o muambeirão apple (sim voce sabe quem é) e os muambeirinhos eventuais…

        • O maU elementaU

          So otario compra um tel desses por valor cheio. Vai comprar com desconto de operadora e vai pagar 2000 reais…

          • Paulo de Tarso

            Mas ter conta mensal, para ter desconto de operadora, tb é coisa de otário, haja visto os preços dos planos controle e pré-pagos (pacotes) serem muito mais competitivos.

    • Mirai Densetsu

      Todos sabem que existe o lucro Brasil, mas aqui não vão admitir jamais, pois são liberais.

      • Lui Spin

        Liberais?

        Se pudesse importar sem impostos, sem limites, de acordo com o que o liberalismo prega, seria mais barato. Te garanto.

        • Bruno

          Duvido que ia ser simples assim.

          • Lui Spin

            A vida não é tão simples, nem o mercado.
            Mas usar o preço do iPhone no Brasil, para criticar o liberalismo tá de brincadeira né.

        • Mirai Densetsu

          Como você pode garantir que a isenção fiscal não viraria margem de lucro?

          • Bruno

            Essa eu sei: é porque se aqui fosse mais caro, nós simplesmente importariamos.

          • Mirai Densetsu

            Faz sentido.

          • Lui Spin

            O que consequentemente, faria o preço daqui cair.

          • Lui Spin

            Parte poderia virar margem de lucro, parte poderia ser desconto.

            Mas com zero taxa de importação, totalmente livre, podendo comprar de qualquer lugar do mundo, com certeza seria mais barato.

          • Paulo de Tarso

            Não justifica. Há um cartel no preço do iphone. É tabelado. Afinal cada lojista tem sua estrutura de custos e escala, mas os preços são rigorosamente iguais. É que nem em postos de gasolina. Por mais que os preços nas distribuidoras sejam iguais, cada posto tem seus custos e suas vendas e compram em quantidades diferentes, que geram preços e prazos diferentes, mas todos aumentam os preços juntos e mantém variações mínimas. Cartel. Ou seja, mesmo que a importação seja cara, o preço não se justifica (no caso dos iphones). O liberalismo não está funcionando na porção de preço nacional. Estão cartelizando onde podem.

          • Lui Spin

            “O liberalismo não está funcionando na porção de preço nacional.”

            Vamos lá. Liberalismo seria eu poder importar de qualquer lugar do mundo, não pagando nenhuma taxa.

            Sobre o petróleo, é monopólio estatal. Um péssimo exemplo para falar de liberalismo.

          • Paulo de Tarso

            Falei dos Cartéis dos postos. ilustrativamente. E fui bem claro. Ainda que todos comprem pelo mesmo preço (eu discordo que seja, pois preço depende de prazos negociados e volume comprado, bem como de que distribuidora vc compra) ainda assim cada posto de uma configuração de custo própria, volumes de vendas diferentes, clientes diferentes etc. Mesmo assim ela tabelam os preços (praticamente).

            E foi só um exemplo.

            Cara, vc não leu, só achou que leu. Vc acabou de dar um péssimo exemplo de interpretação.

          • Felipe Rafael

            Viraria com certeza.
            Uma vez comprei um ford ká com redução de ipi.
            O ipi voltou e continuou p mesmo preço.
            Só tonto pra cair nessa.

          • Paulo de Tarso

            Na última grande desoneração (feita por Dilma), o empresariado (informo sem juízo de valor) embolsou 80 bilhões em lucros, pois que nem baixaram preços nem contrataram mais.

        • O maU elementaU

          Du
          Vi
          Do.

          • Lui Spin

            Só há um jeito de saber. Então, talvez, nunca saibamos.

      • Marcio Oliveira

        Bom, darei o meu exemplo aqui, presto serviço para algumas empresas de diferentes ramos de mercado e olha , as margens de lucro beiram 100%, isso em loja de móveis, artigos Pet, roupas calçados, indústria trabalha com menor valor porque vendem para outras industrias, mas comercio de maneira geral ar margens são bem altas para coisas bem básicas.

  • Maom

    Pior de tudo é que diferente de android esse celular não vai estar o preço real daqui a 3 meses… Daqui a 1 ano quase chegando o novo ele ainda vai estar custando quase 8 mil! kkkkkk

  • Todo ano é a mesma coisa
    O preço do iPhone no TemerZil é tão óbvio quanto dizer que a culpa é da crise, que mais uma vez, não existe para todos. E de quebra ainda sobre a velha máxima: “Imposto é roubo, sonegação é legitima defesa.

    • Bruno Ciro do Nascimento

      Esse preço não é por conta dos IMPOSTOS!!!!

      • Isso não importa pros revolucionários do sofá. E outra, acabei de ler um comentário que mostrou o contrário, os impostos contam sim.
        É a velha lei da oferta e da procura mostrando serviço

      • @brunocirodonascimento:disqus Veja meu comentário acima e repense essa frase.

        • Bruno Ciro do Nascimento

          Cara, posso ver a conta que for de impostos e etc e tal. Simplesmente não é justificável. O iPhone 8 256 GB custa 5400 aqui no Brasil e lá fora 950. o iPhone X de 64 Gb custa 7000 aqui no Brasil e lá fora 1000. Me diga qual conta de impostos que fazem 50 dólares virarem 1600? Ou as contas são diferentes para o iPhone 8 256 GB?

          • Discuti em uma postagem da Folha sobre isso, e há quem deboche (ou simplesmente não entenda matemática o suficiente para enxergar a diferença abusiva)

          • Paulo de Tarso

            Perfeito.

  • Wallacy

    Porra! Agora sim eu vou comprar um! Tava muito barato antes, nesse preço deu vontade!

    • Vin Diesel

      eu sei que os programadores de app “coisinhas” compram… nao resistem apenas no emulador…

  • Vi um comentário do @regisso que era tão bom, que vou postar pra vocês:

    A maioria não entende isso, e o mesmo quando o ocorreu com o lançamento do PS4 no Brasil e o executivo tentou explicar que o preço era gigantesco por conta dos custos de importação. Não disponho do NCM agora, mas o calculo base de todo imposto e feito sobre o valor aduaneiro = produto + frete, depois disso começa o combo, II + IPI + PIS + COFINS + ICMS (primeira incidência). Alem disso o IPI e calculado após o imposto de importação. Vou fazer um calculo rápido pra ver quanto sairia:

    iPhone X 64 GB (importação comercial) – essa alíquota e sugerida pois não disponho do NCM (código do produto pra efeito tributário) agora:

    Valor aduaneiro (frete + seguro + valor item) = $1015 = R$ 3315,78 *

    Imposto de importação = 25% = R$ 828,95

    Imposto sobre produto industrializado = 15% = R$ 621,71

    PIS = 1,65% = R$ 79,31

    COFINS = 7,6% = R$ 365,31

    ICMS = 18% = R$1143,89

    Total parcial = R$ 6354,94

    Isso porque não inclui logística interna (estocagem, transporte, seguro e segurança), custo de operacionais do Siscomex e importadora (sistema de comercio interior) e custo de operações financeiras (envio de remessa pro exterior, alem de um possível hedge cambial pra manter o iPhone no mesmo preço o ano todo), funcionários locais, margem de lucro da loja e etc…

    • Corrigindo meu comentário abaixo, os impostos, frete, lucro, direitos trabalhistas de todos os funcionários e etc. Conta!
      Mas tem algo estranho nessa conta, isso é o preço cobrado pela Apple, ou pelas lojas comuns? Esse preço não funciona igual para todos.

      • Zalla

        é o Dolar Apple

    • Rick

      É sério que vc fez a conta tendo como base de cálculo o valor final do produto nos EUA, com a margem de lucro da Apple e do revendedor?

      • O @rodrigo gomes da silva respondeu:

        Isso eh o imposto para ela importar.. Detalhe q não eh valor declarado da apple e sim q a apple brasil compra da apple americana aonde eles já vendem a preço com a margem de lucro para já remeter o lucro pro exterior (as empresas internacionais fazem isso constantemente)… Depois q a Apple Brasil vende aqui ainda tem q pagar outros impostos na venda ao consumidor como ICMS, imposto de renda, etc

        • Zalla

          ah…vc está confundindo com essa manobra ilegal de remeter dinheiro para o exterior, usada muito por montadores, onde vc paga 50 dolares por parafusos que custam 5….etc…pq assim não incide imposto como remessa de lucros para o exterior…

          “Fruto da árvore podre”

          • Os comentários e cálculos não são meus.

          • Rick

            Mas vc concorda com ele?

          • A galera tava discutindo nos comentários, comparando o valor do Note 8 e do iPhone X. impossível comparar quando o primeiro é fabricado na Zona Franca de Manaus e o segundo é importado. Os impostos mudam completamente o jogo dos cálculos. Concordo em parte, mas é óbvio que existe um sobrepreço pra que o mercado brasileiro não consuma mais do que o que realmente é o foco deles: países de primeiro mundo.

        • Felipe Rafael

          Credo cara.
          Para de repetir o rodrigo gomes.
          Eu vi essa conversa original dele e ele é desses fan boys que quer provar que a épou é caridosa e o brasil que é o mauzão.
          Ele é desses uns que acredita no folder que fala que a empresa se importa com os usuários e blá-blá-blá.

    • Wallacy

      É….. Não 😉

      Explique a diferença de preço do 8 Plus de 256 GB ($849) para o X de 64… Seu calculo não funciona.

      Sim aconteceu exatamente a mesma coisa com o PS4, onde todos os comerciantes legais conseguiam praticar preços mais baixos só a sony que não. E curiosamente ela baixou o preço depois.

      Lembre-se de uma coisa: A Apple não compra de si mesma o equipamento, o iPhone não custa $1000 dólares para ela! Inclusive existe FABRICA NO BRASIL!.

      • O autor do cálculo explicou:
        Na real, acho que eles tao subsidiando o 8, pra ser mais acessível, e o colocando uma gordura a mais no X pra compensar. Eu não estou levantando hipóteses sobre esses cálculos aqui, isso e como funciona o sistema de comercio exterior/tributário no Brasil, e so voce buscar no google, calculo de importação comercial e confirmar. Eu era socio de uma importadora, senti na pele.

        Quanto ao PS4, ele baixou quando começou a ser fabricado no Brasil, terminando com o Imposto de Importação. E pare de falar dessa fábrica no Brasil. Aqui só se monta iPhone antigo, nunca o de última geração.

        • Wallacy

          O “autor do cálculo” está errado em assumir o valor o custo de $1000 dólares para importação. Simples assim.

          Minha empresa tem filial nos EUA, só se fossemos otários que iriamos importar nossos produtos fabricados lá por preço de venda e não por preço de custo.

          Porém vendemos sim, por um preço semelhante ao que se outra pessoa comprasse lá e trouxesse, isso se chama oportunidade de negocio.

          Um iPhone 7 custava para a Apple $256, mesmo que esse custe $300, é sobre esse valor que a Apple paga os impostos, não sobre os $1000 que é o valor de venda onde o logista também tem seu lucro.

          Você está equivocado, e o autor do calculo também.

          • Ia comentar isto agora, o cálculo exposto está considerando o mesmo valor que a Apple americana vende para o consumidor final, e não deveria ser critério do cálculo para venda aqui, já que assim, estaria revendendo à Apple do Brasil pelo preço de consumo…

            Além disso, o IPI deveria ser considerado em produtos industrializados, e o iPhone é importado vem já “montado”, ou seja, tirando os manuais em português, não tem porque haver incidência desse imposto se o aparelho vem de fora.

          • Uriel Dos Santos Souza

            Os aparelhos vem da China. O preço deve ser menos que que 400 dolares, pior que pode vir de outro país com preço ainda menor. Filipinas por exemplo.

        • Uriel Dos Santos Souza

          Quem é o “autor” que nem sabe fazer contas ?

      • Uriel Dos Santos Souza

        Esqueceu de dizer que os aparelhos vem da China, não dos EUA. O preço base não é 999 dólares(impostos de importação + custos e lucro do logista).

        O preço base não chega nos 400 dólares. Já que a Maçã gosta de ganhar 50% de lucro 😉

        E a remessa de lucros ao exterior do Brasil tem um dos menores impostos do mundo.
        Logo essa não cola. Eles querem o maior lucro possível, pois vai ser bom.

    • Zalla

      faz a mesma coisa comparando o iphone 8 com 256 que custa 50 dolares a menos e custa 1600 reais a menos…
      na boa….trabalhei com importação também…tem preço, fob, etc..mas não justifica…

      • O próprio @regisso respondeu:

        Na real, acho que eles tao subsidiando o 8, pra ser mais acessível, e o colocando uma gordura a mais no X pra compensar. Eu não estou levantando hipóteses sobre esses cálculos aqui, isso e como funciona o sistema de comercio exterior/tributário no Brasil, e so voce buscar no google, calculo de importação comercial e confirmar. Eu era socio de uma importadora, senti na pele.

        • Bruno Ciro do Nascimento

          AHHHH voces só podem estar brincando, justificando um celular por 7 mil reais como IMPOSTOS. Não é possível.

          • O cálculo é meu? Eu disse que não é. Mas você não sabe ler.

          • Bruno Ciro do Nascimento

            Você tá ventilando ele por ai… acho que você defende os cálculos

          • DanielBastos

            Não é esse o caso meu caro. Acho queele demonstra:
            1 – Imposto mata o preço de qualquer coisa pra vender pro Brasil.
            2 – Além do imposto, a Apple ta jogando o preço mais pra cima ainda.
            3 – Demonstra que a Apple PODE estar importando dela mesma com o preço de varejo para evitar remessas externas. O que parece ter sido feito pela Sony no PS4 também.

        • Zalla

          cara, o preço realmente triplica..mas vc não pode pegar o preço de venda do varejo, e com certeza a apple iria colocar o preço de custo no aparelho..que deve ser uns 300/400…daí já cai o preço em 60/70%..daí vc faz a conta burra do triplo..vc chegaria em um prelço com impostos de 1200 dolares vai…dando uns 4 mil de preço final…coloca aí uma boa margem..vende por 5.000 não 7000, antes quando a samsung era mais sensata tinhamos um iphone e um S qualquer coisa sendo vendido pelos mesmos 650 dolares, a samsung vendia o seu aparelho por 2500 e a Apple por 4.000…

          Acredite, não são impostos, e a conta burra do ps4 não enganou ninguem na época, eles simplesmente não tinham aparelhos pra atender a demanda e venderam o que tinham a preço de ouro….

          • O @rodrigo gomes da silva respondeu:

            Isso eh o imposto para ela importar.. Detalhe q não eh valor declarado da apple e sim q a apple brasil compra da apple americana aonde eles já vendem a preço com a margem de lucro para já remeter o lucro pro exterior (as empresas internacionais fazem isso constantemente)… Depois q a Apple Brasil vende aqui ainda tem q pagar outros impostos na venda ao consumidor como ICMS, imposto de renda, etc

    • Gustavo Bandoni

      Você colocou pelo menos 1/3 a mais no valor por considerar o preço de varejo americano. Tente de novo sem suposições

      • O cálculo não é meu.

        O @rodrigo gomes da silva respondeu:

        Isso eh o imposto para ela importar.. Detalhe q não eh valor declarado da apple e sim q a apple brasil compra da apple americana aonde eles já vendem a preço com a margem de lucro para já remeter o lucro pro exterior (as empresas internacionais fazem isso constantemente)… Depois q a Apple Brasil vende aqui ainda tem q pagar outros impostos na venda ao consumidor como ICMS, imposto de renda, etc

        • Gustavo Bandoni

          Não sei quanto você entende realmente do assunto , mas Não funciona bem assim assim no mundo real de empresas maiores. Se você importa com preço de impostos de outro pais embutidos no preço final obviamente você vai pagar os impostos de importação nesse preço. Ou seja , tu vai pagar impostos sobre impostos de outros países.

    • Luiz Henrique

      E como o Galaxy Note 8 64GB que custa $949 chegou aqui custando R$ 4.399?

      • Bruno Ciro do Nascimento

        É que a samsung não recebe lucros e está SUBSIDIANDO o valor do aparelho. AGUARDE QUE ELES VÃO RESPONDER ESTE ABSURDO

        • De acordo com o site da Samsung, o Note 8 é fabricado na zona franca de Manaus. Isso muda tudo.

    • Rick

      E esses impostos sobre impostos (efeito cascata), estão corretos?

      • Gustavo Bandoni

        Tem tanto coisa errada nessa conta …

      • Wallacy

        Dependendo do seu contador sim 😉

        O principal erro e achar que a importação e feita direto para os estados de venda e já incidir o ICMS nessa etapa, fora o PIS e COFINS. 99,9999% das empresas instauram fabricas no Brasil como a Apple (mesmo não fabricando nada relevante, algumas possuem apenas distribuidoras) importam direto para a Zona Franca de Manaus, e fazem a finalização do empacotamento lá (Coloca na caixa e sela o simbolo da Anatel). Só ai você consegue uma queda enorme em tributos pois a importação passa a ser feita usando a tabela de transferência de recursos.

        Claro que esses impostos vão ser pagos em parte do processo, mas não com essa cascata simples como ele fez. Estamos falando de uma multinacional, não a loja do joão!

        • Rick

          Se considerarmos que os cálculos estejam corretos e se, ao invés de utilizarmos como base de cálculo o valor final no varejo americano, utilizarmos o valor de U$800,00 (o que ainda é muito, creio eu), chegaremos ao valor em reais, com todos esses impostos, em R$4.848,52.
          Se será vendido a R$6.999,00, temos ai uma diferença de R$2.150,48, ou seja, 30,73% de lucro.

          • Gustavo Bandoni

            Eu colocaria na casa dos 600 dólares, mas o que Wallacy falou é como a maioria das empresas grandes fazem. E ainda tem algumas coisas como o frete e seguro. Existe uma diferença gritante no valor de frete de um conteiner de telefone com o valor de um celular que venha da china. Numa certa escala o valor do frete tem pouca relevância para o preco final (embora obviamente ainda conste no custo)

  • A galera tava discutindo nos comentários, comparando o valor do Note 8 e do iPhone X. impossível comparar quando o primeiro é fabricado na Zona Franca de Manaus e o segundo é importado. Os impostos mudam completamente o jogo dos cálculos.

    • Bruno Ciro do Nascimento

      Não precisa ir tão longe, só comparar o valor do iPhone 8 256 GB com o valor do iPhone X 64 GB. Vai ver que não é imposto em lugar algum. E quem fica ventilando essa ideia por ai, e acredita nisso é muito ingênuo.

      • Óbvio que querem tornar o valor proibitivo pra mercados insignificantes como o Brasil. Quem tem dinheiro pra comprar esse aparelho já o faz em viagens internacionais. É um lançamento virtual para o Brasil.

        • Bruno Ciro do Nascimento

          Finalmente!!! Finalmente algo sensato!

        • Danilo

          Concordo! Eles estão com pouca produção do ipx. Não querem vender pra brasileiro, a menos que dê o dobro de lucro.

  • Hora de penhorar o Kinder Ovo!

  • João Luiz Gomes Silveira

    Ostentação agora vai ser iPhone X com selo da Anatel atrás.

  • Daniel Plainview

    Mas o frete é grátis?

  • Darth Vader Gordo

    Hahaha pelo menos aqui o pessoal pode reclamar da Apple. Tem um blog que tem iPhone no nome que é proibido falar mal da Apple ou reclamar que o blog não é imparcial! Impossível esse preço em um celular…

  • Bruno Costa

    O S8 chegou caro? Sim, caríssimo, absurdo e ninguém deveria ser otário (como eu fui) e comprar um. Mas dizer que os concorrentes não ficaram atrás é até hilário… São 7800 reais, é quase o dobro do valor. Ou é sugestão que o concorrente do S8 é o iPhone 8 e não o X?

    • O maU elementaU

      Puxa…voce e milionario, heim?!

      • Bruno Costa

        Burro seria uma definição melhor

        • Cristiano Borges Milhomem

          Amigo, e a bateria do S8, como tá sendo a experiência? Tenho um iphone SE e a bateria dele é bem razoável pros padrões apple de autonomia (dura quase um dia todo), estou considerando pegar um S8, mas tenho dúvidas quanto a bateria, vejo em fóruns uns falando muito mal outros falando bem.

          • Bruno Costa

            Depende muito do uso, eu acho. Pra mim ela está bem de boa, hoje por exemplo sai de casa cedo com ela em 70% e cheguei com ela em 20%, usando GPS no carro e tudo. Acho que foi uma evolução considerável comparando com o S6 e o S7.

  • Maximus_Gambiarra

    Acho que esses preços têm a vírgula no lugar errado…

  • Uzumaki Jiraya

    “a minha félicidádí é um crediáru nas casas baêa”.

  • Felipe Braz

    Não cheguei a pesquisar preços de viagem, hotel etc. Mas vi um artigo que dizia que com esse valor dava pra passar 5 dias nos EUA e ainda sobrava grana pra comprar o iphone x por lá.

  • gfg2

    O mercado emergente de aluguel de Iphones pra baladas vai LUCRAR horrores.

  • Raul Joaquim de Santana

    É uma pechincha!

  • Vin Diesel

    Saudade do momento que eu tirei o plástico de um 3GS de 32GB, que época do país, que época que eu tinha um chip da Oi e o 3g era ilimitado, passei a ouvir rádios online na rua com ele. A gente usava Cydia, era iOS 6 e eu mesmo desbloqueava uns 5 iPhones por dia. A capa então, era uma película de borracha tão fina mas tão fina. Eu até era mais magro nessa época… Eu ia lá no blog do telefone… Que saudade da época do 3GS… As coisas evoluíram, mas o melhor aparelho que tive foi esse. Meu 3GS preto de 32GB… Não rola um “backtothefuture”?

    • Vin Diesel

      https://i.imgur.com/9bFkEns.png

  • Bleno Augusto

    Percepção atual???
    Kkkkkkkkkkkk

    Poxa tio Gogoni, em que planeta tu vive??

    Já vai fazer década que smatphone premium é artigo de luxo, puro status.

  • Thiago

    “10% de desconto… o que derrubará os preços do iPhone”
    Realmente… Será uma queda meteórica!

    Só consigo pensar naquele emoticon ‘Haha’

  • Paulo de Tarso

    O maior problema dos celulares da Apple, pela vies do compradores, é que qualquer “pobre” poderia comprar um usado, bastando sacrificar bastante seu orçamento. Agora esse problema foi resolvido. Não é qualquer besta que pode conseguir.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis