Nintendo aumenta produção do Switch para 2 milhões/mês

switch

Durante um bom tempo muitas pessoas duvidaram da capacidade do Switch em conseguir conquistar um bom público, mas algo em que muitos apostavam era que, independentemente da demanda, a Nintendo não conseguiria (ou não gostaria de?) supri-la. Já se tornou padrão a empresa colocar nas lojas uma quantidade de videogames menor do que os consumidores desejam e dessa vez não foi diferente.

E como as festas de fim de ano deverão fazer com que encontrar o híbrido nas prateleiras se torne uma tarefa ainda mais difícil, muitos interessados passaram a temer que o Switch se tornasse uma mosca branca, mas para a alegria dessas pessoas, isso não deverá acontecer.

De acordo com o site DigiTimes, a Nintendo teria aumentado a produção do videogame para dois milhões de unidades por mês, fazendo assim com que o aparelho possa ser encontrado mais facilmente nas lojas asiáticas, principalmente as japonesas.

Além disso, o foco da BigN passou a ser atingir a impressionante marca de 20 milhões de unidades vendidas até o fim de 2017. Caso não saiba, até junho deste ano “apenas” 4,7 milhões de Switches haviam chegado às mãos dos consumidores, tornando-o o console de vendagem mais rápida da história da companhia.

O que torna tais números ainda mais incríveis é o fato de que em 2018 o Switch deverá começar a ser vendido na China e se tudo correr conforme o esperado, a produção mensal deverá se tornar ainda maior. No entanto, especula-se que a escassez de aparelhos não seja exatamente culpa da Nintendo, mas da sua rede de fornecedores que não tem conseguido entregar componentes chave, como memória DRAM.

A expectativa portanto é para que nas próximas semanas se torne mais fácil encontrar um Switch, mas e quanto a você, pretende investir em breve na compra do console? Neste final de semana eu resisti bravamente à tentação de adquirir um e admito que se ele já tivesse mais jogos que me interessam, acho que não teria conseguido.

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Sorte sua Dori que oque faz você resistir a tentação é a falta de jogos. No meu caso é a falta de dinheiro mesmo.

    • gbitte

      Eu vi uma comparação e parece que o switch, no mesmo tempo de lançamento tem mais jogos que ps4 e o Xbox, não sei se isso é um ponto forte para switch ou essa geração que começou fraca mesmo. Também tem que muito desses jogos são pra japonês, e na terra brasiles esquecida tem uma escassez própria.

      • Dos jogos de grande porte, apenas dois chamam minha atenção: Zelda e Mario Kart, mas como tenho ambos no Wii U…

        • gbitte

          Tem muito porte de ds (jogo para plataforma portátil) e jogo pra japonês vê, se você não está no filão sofre mesmo.

        • Tens razão, só tem que ver agora o Mario Odissey, mas é nesse caminho que o negócio vai ficando cada vez melhor, de resto, no meu caso bem particular, gosto de conciliar com o PC nos jogos mais pauladas.

          O que te escantearia o WiiU é o esquema da mobilidade no Switch, putz, é sensacional tirar Zelda da TV e seguir jogando alucinado no tablet quando chega a hora da novela e a mulher reclama… e aquele apelo todo de levar pra um lugar e as pessoas jogarem com ele em cima de uma mesa… meu guri que faz isso acontecer, pior que dá certo, não é só forçação de barra de marketing, fica uma gurizada na mesa do restaurante jogando, enquanto a gente come e conversa em paz 🙂

          • Eu não sou muito dos portáteis, não adianta. Acho que quando pegar um Switch o jogarei muito mais na TV .

    • Não que eu tenha dinheiro, mas ia entrar naqueles parcelamentos a perder de vistas XD

      • Se eu não estivesse pagando reforma de apartamento, prestação de apartamento, moveis pra casa eu estaria comprando de 10 vezes.

      • Felipe Braz

        Ja estou juntando os trocos pro muambeiro no final do ano. 1k5 já incluindo a comissão da mula.

        • Guarda aquela minha dica ! 😀

          Já encomendei dois com o escadinha 😀

          • Felipe Braz

            Ja está guardada no lado esquerdo do peito, junto do coração 😛

            O pessoal aqui do trampo tem comprado com outro kra que mora na fronteira, e envia pelos correios, parcela no mercadopago inclusive. Esses tempos tava chegando um macbook atras do outro aqui pelos correios UHauHAua

          • ochateador

            Eita.
            Mas esse vendedor ficou rico hein. Sabe se ele tem SSD samsung 850 evo/pro ?

      • Tiago Alves

        Cara, e vou falar.
        Não sou fã de mídia digital, sempre preferi a física.
        Switch me fez olhar com nostalgia a mídia física, mas ainda assim… Só tenho o Zelda de Físico. Todo o resto é em mídia digital, porque a Eshop do switch pra mim é a melhor loja que tem ultimamente nos jogos (Wiiu/3DS era uma merda, PS store eu não gosto, e não estou familiarizado com a da MS).
        Já possuo jogos como Splatoon 2, Fast RMX, Mario Kart 8 Deluxe, uns arcades de NeoGeo, Snake Pass, e ontem eu cai na tentação de comprar o Fifa18 e o Dragon Ball Z Xenoverse 2.
        A troca de um jogo digital pro outro no switch é tão rápida, e comprar os jogos é tão fácil nele, que eu acabo comprando no impulso hahahha. Em menos de 4 segundos tu sai de um jogo para a tela de “Play” de outro jogo.

        • Anayran Pinheiro

          Quero ver você sustentar essa opinião quando a e-shop do Switch fechar dentro de uns 15 anos… XD

          • Tiago Alves

            Desbloqueio, todo console tem desbloqueio uma hora ou outra. Largo o piratão mesmo (assim como fiz no Wiiu).
            Eu já paguei pelos jogos, meu direito ter eles. ahhahaa

          • Daqui 15 anos o Switch não terá mais espaço pra estar ligado, o HDMI já estará ultrapassado, os jogos já serão passados… talvez ele ainda tenha o Videogame só por lembrança, mas jogado no porão.

            Compreendo o teu raciocínio, tendo a pensar assim também, mas o histórico das coisas que tenho nessas últimas décadas, me faz não ter dúvida que na prática, nunca mais vamos usar. O negócio é aproveitar agora, daqui 15 anos vai ter outras coisas muito melhor. É certo que se quisermos matar a saudade, vai ser num emulador que existir no futuro….

            É por aí…

          • Carlos Frederico

            É exatamente isso! Oras bolas, alguém aqui guarda o SNES (a não ser para colecionar) para jogar? Porra, vamos ser sinceros: um emulador com um joystick tipo XBOX One acaba sendo muito mais proveitoso.

            Mas isso é pessoal também… eu sou uma pessoa que não se importa com nostalgia e sim sempre com coisas cada vez mais práticas e de fácil acesso. Nem morto troco a época de hoje pelo passado, onde era “nostálgico” alugar fita em locadora, etc.

          • Nilton Pedrett Neto

            Eu jogo o mega drive sempre. Quando penso em um jogo rápido, procuro um online de dr. Mário. Se tivesse um Nintendo disponivel certamente iria jogar ninja gaiden , contra e Castlevania.

          • DESMATERIALIZAÇÃO

            É o que o povo todo que palestra sobre tendências está falando.
            E é real, agência de banco, dinheiro, carro, casa, móveis, as pessoas cada vez menos querem se prender com tudo isso… cada vez faz menos sentido, pelo contrário, é um transtorno ter que gerenciar. Passamos cada dia num lugar, num trabalho, numa vida pessoal, é real o dinamismo de hoje em dia pra grande parte desse povo.

            Imagina guardar, transportar, gerenciar um legado todo de caixas de jogos, dvds, cartuchos, pelo amor de Deus… eu também tô fora…

            Pagou, usou, aproveitou, curtiu intensamente, enjoou, passou… se quiser de novo e ainda existir o STEAM, ótimo, mas a chance é mínima de querer anos depois querer resgatar aquele jogo comprado. Quanto jogo, mas quanto jogo de PC comprei, um monte de CDROM perdido por aí, um monte de caixa linda, gigante, pulando de lugar em lugar pegando pó até se desfazer… mil vezes ter tudo isso na nuvem do STEAM.

          • Tiago Alves

            tenho o meu 64 instalado até hoje na tv da sala, mas só tenho 3 jogos nele. Pensei em comprar um flashcard pra ele e jogar todos os jogos possíveis.
            Mas na boa, é algo que eu não joguei nos últimos 8 anos.
            Não voltando muito, lembrando o caso do Wii, nem tenho vontade de jogar novamente Mario Galaxy ou qualquer outro jogo dele.
            Acho que o único console que eu ainda jogaria seria o Nintendo DS classic, e mesmo assim, acho difícil (último jogo foi em 2015, o Yugioh de DS)

          • Louis

            É por isso que ele usa ubc tipo C… Já é o futuro.

          • gbitte

            Daqui a quinze anos, por 300 ele compra uma coleção inteira de jogos. E os sds são resistente ao tempo, o problema é o tamanho que facilita a perda.

        • Meu maior problema com o Switch é o preço dos jogos. A menos que a Nintendo mude, demorará muito até os jogos ficarem mais baratos.

          • Tiago Alves

            então, meu maior problema mesmo está sendo o espaço do switch.
            Um micro SD de 128Gb ta na faixa dos 200 reais.
            E isso dá pra o que? 10/20 jogos? Jogos da Nintendo costumam ser leves, mas os das thirds passam da casa dos 10 GB. Mas a Eshop está compensando, jogo novo tu paga 180 reais na média (tem até uns sites dizendo qual eshop é mais barata, agora que você pode trocar de região facilmente).

            Comparado a versão física, onde os jogos estão custando 300 reais no ML, e 180 um jogo já “Antigo” e de baixo orçamento (tipo street fighter e 1 2 switch), acho que o digital está valendo a penas. No Ps4 eu também acho jogos por 250 no lançamento (inclusive na PS Store).
            Então acho que o switch no digital ta valendo a pena (poderia ter as promoções que o wiiu tinha, mas duvido que venha a ter promoções tão baratas assim)

          • Verdade, no digital compensa mesmo. Quanto a jogos de PS4 por 250 no lançamento, também é verdade, a diferença é que dois meses depois você acha por 150 e até menos. No Switch não vejo isso (em relação a físico).

            Mesmo jogos de Wii U ainda custam caro.

          • Tiago Alves

            Então, isso procede, mas tirando pelo que eu via no WiiU, pelo menos nas thirds os preços eram bons. Jogos como Assassin’s creed, Watchdogs, Batman, tudo na faixa dos 50 reais nas Americanas.
            Caro são os jogos da Nintendo, que só baixam de preço quando entram no “Nintendo Select”, aí dava pra comprar jogo zero por 80 reais.

            O que eu não entendo é a Playstation Store, que coloca jogos digitais até mesmo mais caros que os físicos no lançamento. Ou suas “promoções festivas” onde tu consegue por exemplo, comprar GTA V pelo incrível valor de 100 Reais.
            Sério, acho as promoções deles muito ruins ahahah

          • Minha conta na PSN é americana, por lá os preços são muito melhores. Quanto a Nintendo, como meu interesse é justamente pelos títulos criados por eles, aí está o problema.

        • Louis

          O que você tem jogado ultimamente nele? Vc participa de algum grupo/torneio para partidas/torneios em MK8 Deluxe ou Splatoon 2?

          • Tiago Alves

            Na verdade eu tenho jogado mais o Mario Kart 8 e o King of Fight, geralmente no trabalho ou com amigos.
            Trabalho ta me dando condição de comprar bastante jogo, mas tirando toda minha vida social (ou no caso, antissocial aahahah).
            Preciso jogar mais online, tenho jogado muito pouco.

  • André Lima

    Aqui na civilização o preço é convidativo, mas eu estou esperando Bayonetta 2, ou no switch for me =/

    • Louis

      Eu tbm… E e possível o 1 e o 3.

  • Carlos Frederico

    Garanti o meu e vai chegar essa quarta através da minha irmã *_* !
    Doidinho para comprar as versões digitais de Bomberman, Mario & Rabbit e o Super Mario Odysseia..

    • EmuManíaco

      Bomberman sem Hudson não é bomberman. Prefiro jogar as versoes classicas.

      • Carlos Frederico

        Logo vai dar pra comprar via VirtualConsole… =D
        Mas estou curioso para jogar essa versão, vai que também é divertido.

        Até agora para mim as melhores versões foram do SNES. Do NIntendo 64… que merda af!

      • Mega Drive……

  • EmuManíaco

    Comprei no lançamento e só vendi pois o achei um hardware porco em questão de qualidade de produção e não de hardware em si. Comprarei quando sair alguma revisão com melhorias na qualidade e principalmente um joycon com dpad classico.

    • Carlos Frederico

      Saíram várias “bombas” (como tela riscada, esquentar demais, etc) no começo… mas depois disso nunca vi mais nada. Só elogios. Minha irmã comprou em Londres semana retrasada… será que já veio uma revisão mais atualizada?

      PS: você frequenta(va) a hangarnet? kkkkk…

      • Tem aquele lance da “espuminha magnética” dos joypad…

        • Carlos Frederico

          Poderia me explicar isso melhor? Tentei procurar aqui rapidamente e não achei nada… pelo menos não em PT-BR… ou acho que sou burro para usar o Google ;-/

          • No lançamento, muitos tinham problemas com a conexão dos joypads… acabou que inserindo um tipo de espuma próximo aos transmissores (ou receptores) que talvez atenuasse algum tipo de interferência…

            …”espuminha magnética” foi um termo que li em algum lugar e ficou na minha cabeça…

          • SLCopetti

            Eu precisei utilizar essa espuma, que na verdade é uma esponjinha. E funcionou, fiz o teste na própria área de calibragem do console antes e depois de colocá-la.

          • Carlos Frederico

            Eita, e o seu NS foi comprado quando?

          • SLCopetti

            Comprei em julho mas já usado. Deve ser um dos primeiros mesmo.

      • EmuManíaco

        nop

    • Apesar de toda a inovação, jogamos apenas pelos games, e um controle convencional com um console convencional ligado na TV seria mais que o suficiente para muita gente. O que me afasta dos novos consoles da Nintendo é justamente o excesso de firula, que aumenta o preço e piora a experiência.

      • EmuManíaco

        Eu gostei de varias novidades no switch, mas pra mim ele sempre sera um portatil com hardware decente e apenas isso. Não ter um PAD digital de qualidade me impossibilita jogar games de precisão como lutas ou supermeat boy.

        • Cara, ter um pad digital preciso é pré-requisito básico desde o Nes e fico p*to em ver que muitos consoles de ponta não conseguem nem isso. O d-pad do xbox por exemplo é péssimo. O controle não serve pra jogar games de luta.

          Agora até a Nintendo está de sacanagem e não incluiu um d-pad no switch.

          • EmuManíaco

            O DPad do 36O padrão realmente não presta, já os da versão especial e xone são bons. O pior pra mim nem é ter Dpad ruim… é ter uns demonios que jogam games de luta no analogico.

          • Goemon

            Jogar luta no analógico é osso mesmo

    • Tiago Alves

      nem fala, tive de deixar a sala “limpa”, porque o console na dock sofria lag no bluetooth e os joycons acabavam se mexendo sozinho no analógico.
      Daí a Nintendo falou que era pra evitar deixar o console perto de aquários, aparelhos bluetooth, usb3.0, fios, perto de metais… Bizarro.

      • EmuManíaco

        não respire

    • Metalmacumba

      não espere por um dpad clássico por que a nintendo fez os joycons com dpad de “botão” justamente pra poder usar ele como segundo controle. imagina a falta de precisão ao apertar dois botões ao mesmo tempo. Ou vai me dizer que tu nunca apertou pra trás ao mesmo tempo que pra baixo?? xD

      • EmuManíaco

        Só se alternativo. Retira um analogico e coloca o dpad no local dele. resolvido.

    • Metalmacumba

      Aliás, se o direcional for muito importante pra ti (pra mim é) dá pra comprar um 8bitdo nes classic controller e usar ele como pro controller. Eu fiz isso e posso recomendar.

      • EmuManíaco

        mas meu foco é o modo portatil.

    • Tá maluco, achei impecável… To jogando Zelda na TV, chega a hora da novela, sigo no tablet (to até preferindo jogar nele) e a mulher não reclama. Meu guri leva pro restaurante, ele um amigo pegam o Joycon e ficam jogando Mario Kart um contra o outro… genial essa quebrada de paradigma da Nintendo pro console de mesa da TV, a tela do Tablet é perfeita, os joys são muito legais, já encomendei capas e tudo que é acessório da China pra transporte em viagem e na rua.

  • Luiz Augusto Volpi Nascimento

    Não resisti este fds e comprei o meu com o zelda. Os gráficos me agradaram bastante pois esperava bem menos.

  • Fernando Silva

    Os indies que saíram essa semana e semana passada dão de dez a zero em muita first party. Eu mesmo peguei Oxenfree e Stardew Valley, que virou meu novo vício (isso porque ainda não zerei nem Zelda nem I am Setsuna, Arms comprei numa promoção por impulso [10€ a menos no preço não deu pra deixar passar] e Mario Kart não consigo pegar ouro em todas as pistas 150cc, então dei uma parada).

    • Louis

      150cc é easy gg.

      ps: Vc usa os joy cons ou pegou o pro controller?

      • Fernando Silva

        Pro-Controller, mas eu não consigo dominar o drift dear jeito nenhum…

  • Metalmacumba

    recomendo que todos que tenham um switch comprem fast RMX. é pela eshop, pequeno e barato, mas é animal demais

  • Bruno Renostro

    ue nintendo nao tava falindo??

  • OverlordBR

    Acho que só o Super Mario Odyssey e o The Legend Of Zelda: Breath Of The Wild já valem a pena a compra do Switch.

    • Também acho. O que vier depois, é lucro.

  • Christian Oliveira

    Sim.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis