Hasselblad A6D-100c — uma médio formato para seu drone

hasselblad-a6d-100c

A notícia é sobre uma câmera médio formato para foto aérea, mas me permitam divagar um pouco. Quando comecei na fotografia de casamento, não existia todo o glamour dos dias de hoje. Para falar a verdade, o fotógrafo de casamento era considerado um pária para os outros fotógrafos. O bacana era ser fotógrafo de publicidade ou fotojornalista. O fotógrafo de casamento era o primo pobre da profissão. E, mesmo sendo uma atividade meio marginal, dentro da fotografia de casamento quem fotografava com 35 mm era considerado um amadorzão aventureiro. Se não tivesse uma médio formato você era encarado com desprezo. Ou seja, o mimimi é uma coisa muito antiga e infelizmente é uma constante na profissão. O digital transformou a fotografia de casamento na atividade top que temos hoje, mas se você não tiver uma full frame vai continuar sendo olhado com desprezo. Tudo evolui no mundo, menos a cabeça do fotógrafo.

Bem, voltando à notícia, a Hasselblad acaba de mostrar um vídeo e imagens oficiais produzidas com a nova A6D-100c, uma câmera industrial de médio formato com 100 megapixels de resolução máxima e cuja finalidade é a produção de fotos áreas. É nesse momento que muitos perguntam qual a necessidade de câmeras para fotos aéreas com a existência de imagens de satélite bem detalhadas? Por mais que a tecnologia tenha evoluído, ainda é comum a utilização da aerofotogrametria para fazer mapas, assim como imagens aéreas para os mais diversos fins comerciais (empreendimentos imobiliários, empreendimentos agrícolas e até em fotografia social).

A câmera é praticamente uma cópia da H6D-100c com as adaptações necessárias para fotografia aérea. Ela pode fotografar no formato RAW proprietário da Hasselblad (o 3FR) ou pode fazer aquivos TIFF com 16 bits de profundidade de cor e alcance dinâmico de 15 f/stops. Cada arquivo TIFF gerado pelo equipamento possuí 280 MB (em média) de tamanho. A câmera apresenta velocidade ISO máxima de 12.800, pode capturar 60 fotos por minuto (1 foto por segundo) e pode trabalhar diretamente ligada a um computador ou armazenar as fotos em cartões Cfast ou SD. A velocidade máxima de obturador fica em 1/4000 e a câmera é capaz de gravar vídeos em full HD. Infelizmente, as lentes da série H precisam de uma adaptação para serem utilizadas no equipamento, pois é necessário uma trava que impede a vibração da lente durante os vôos.

hasselblad-a6d-100c-2

Uma obervação interessante. Em 2015 a DJI comprou uma participação minoritária da Hasselblad. Alguns rumores deram conta que no começo deste ano a DJI passou a ser acionista majoritária da empresa. Nenhuma das duas empresas negou esse boato e logo depois colocaram no mercado o MATRICE 600 (M600), um drone monstruoso que leva acoplado uma Hasselblad de médio formato. E essa nova câmera também é compatível com o MATRICE 600.

dji-hasselblad-drone

Ainda não há um valor definido para a A6D-100c, mas levando em conta as últimas câmeras da empresa, o preço deve ficar em torno de US$ 33.000,00. Quer dar uma olhada nas fotos feitas com o novo equipamento? No site da Hasselblad existem 5 imagens feitas pela nova câmera em resolução máxima para download (menu direito na parte de baixo). As 5 imagens possuem 2 GB de tamanho.

fonte: Petapixel.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar
  • Cocainum

    Se fosse Hasselhoff, aí sim seria uma super máquina…

  • Theuer

    Lendo essa matéria eu só conseguia pensar na minha história…
    Em 2009 comecei montar meu Drone que viria a ser um dos primeiros, se não o primeiro drone multirotor civil de imagens aéreas do Brasil.
    Investi um dinheiro fabuloso nele, tudo teve que ser comprado em Euro, Investi muito tempo também. Do início à conclusão do projeto, foram dois anos.
    Minha área é cinema, logo, o bichão deveria levantar Canon 5D e afins.
    Resultado de tudo isso?
    Muitas locações de lentes 8mm e 10mm para ter a bosta da imagem merda olho de peixe da GoPro que o cliente queria!
    E não adiantava perder tempo tentando explicar que olho de peixe era para o surfista, para o biker e não para o institucional de um hospital de câncer.

    Só quis dizer que talvez NUNCA uma Hassel desta paire pelos céus da barbárie.

    • Cãopetente em obras

      Se pairar tentarão roubar com pipa e cerol.

    • Gilson Lorenti Fotografia

      e tenho visto o uso de drones em projetos imobiliários e agropecuários por aqui. é mais fácil pagar o vôo de um drone do que comprar uma imagem de satélite. Para ter ideia da coisa, a prefeitura aqui da cidade, quando vamos cadastrar uma empresa, pede uma foto aérea do local para ver em volta do estabelecimento, e isso fica no processo da empresa. Sem falar do ponto de vista meramente decorativo. Tem uma empresa aqui ganhando grana vendendo quadros com fotos aéreas de outras empresas. A escola técnica de Presidente Prudente (Centro Paula Souza) é toda decorada com quadros de fotos aéreas dos prédios 🙂

  • O maU elementaU

    So de falar “hasselblad” minha carteira saiu correndo. Quando falei “hasselblad medio formato” minha conta foi pro limite do negativo. Puxa…

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis