WhatsApp vai receber integração com o YouTube em breve

youtube-whatsapp

O Facebook não está disposto a deixar que o WhatsApp perca terreno para o Telegram, que conta com uma série de recursos a mais que seu concorrente. Um deles é a possiblidade de assistir vídeos do YouTube dentro do app, sem a necessidade de sair do aplicativo; o WhatsApp só fornece o compartilhamento de link, que força o usuário a navegar entre os apps.

Só que isso está para mudar. A nova versão beta do WhatsApp para iOS trouxe uma série de novas funcionalidades escondidas e uma delas é a possibilidade de apreciar os vídeos do YouTube dentro do app, mas por enquanto de um modo um pouco diferente do convencional: através do recurso PiP (Picture-in-Picture), que convenhamos não é uma unanimidade entre os usuários mas é algo que o app do Google já suporta dentro de suas próprias paredes na versão mobile. Ainda assim, é bom lembra de que como se trata de uma versão de testes as coisas podem mudar até o lançamento.

O que temos então? O recurso PiP, introduzido no iOS 9 funciona apenas nos iPads (onde o WhatsApp não roda nativamente), mas o update foi liberado para os iPhones 6, 6 Plus, 6s, 6s Plus, 7 e 7 Plus, graças a suas telas mais avantajadas de 4,7 e 5,5 polegadas (nada do recurso no iPhone SE, portanto). Logo não é possível executar os vídeos do YouTube dentro do WhatsApp diretamente em um smartphone, mas alguns curiosos conseguiram testar a novidade e comprovar que ela funciona.

Vale mencionar que o Android não possui recurso de PiP por enquanto, ele será introduzido na atualização para o O nos próximos meses.


MeioBit — Como os vídeos do YouTube vão rodar no WhatsApp

Num primeiro momento o usuário poderá executar o vídeo em uma janela adicional ainda dentro do WhatsApp, movê-la ou redimensioná-la para acondicioná-la numa posição mais conveniente e não bloquear mensagens, executá-lo em tela cheia ou ainda deslizá-lo para a direita, liberando a totalidade da tela. No Telegram o vídeo é executado em uma janela que não pode ser manipulada além de expandida em Full Screen, mas de qualquer forma a implementação do YouTube no mensageiro instantâneo ainda vai de encontro com como outros vídeos são executados dentro dele.

De qualquer forma, não há previsão de quando essa novidade será introduzida oficialmente no WhatsApp; o mais provável é que ela chegue aos dispositivos móveis junto com as atualizações de Apple e Google para o iOS 11 e Android O, respectivamente.

Fonte: WABetaInfo.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Inquisidor

    para virar um telegram, só falta os bots, a cor do icone e a leveza.

    • mr_rune

      E aumentar o limite de pessoas dos grupos, e implantar autodestruição de mensagens, e aumentar tamanho de arquivos pra envio, enviar gifs de forma decente, implantar stickers….

      Tem que comer MUITO feijão com arroz ainda.

      • Daniel Ribeiro

        Não se esqueça da reprodução automática das mensagens de voz (no Whatsapp você tem que dar play em cada mensagem individualmente).
        Não se esqueça também da reprodução de mensagens de voz em background (no whatsapp, se você muda de conversa, a mensagem para de tocar).
        E, é claro, não se esqueça que quando você coloca o celular no ouvido, o Telegram já começa a gravar a mensagem de voz automaticamente… no Whatsapp você tem que ficar apertando o botão do microfone para isso… E cuidar para não virar o celular durante a gravação, porque se a orientação da tela mudar, você perde a mensagem que estava gravando.

        • Claudio Roberto Cussuol

          A coisa que mais me irrita no Whatsapp é que quando você está recebendo uma ligação de voz, ele não bloqueia o telefone como “ocupado”
          Daí, se um cliente me liga via Whatsapp e outro cliente me liga usando a Vivo o telefone toca colado na minha orelha e quase me deixa surdo.
          É difícil explicar pro cara com quem eu estou falando que o telefone tá tocando por cima da ligação dele…..

        • Eu odeio esse negócio de reprodução automática de mensagem de voz. Meu celular sempre está com o volume no mudo.

          • Claudio Roberto Cussuol

            Eu odeio esse negócio de mensagem de voz. Ponto final.

            Não consigo entender qual a vantagem de:
            – Eu gravo uma frase.
            – Espero transmitir
            – Espero o cara ouvir.
            – Ele grava uma frase.
            – Espera transmitir
            – Espera eu ouvir.
            ……
            O assunto simplesmente não anda.

            Porra. Qual a dificuldade das pessoas CONVERSAREM? Não é bem mais fácil.

          • Quando eu estou andando na rua, eu não gosto de ficar digitando. Eu prefiro gravar uma mensagem de voz.
            Eu não gosto de ligar… porque custa dinheiro (e a mensagem de voz é grátis), e porque me obriga a responder rápido, e eu gosto de ter tempo para pensar nas respostas.
            E tem a vantagem de você poder ouvir e reouvir quantas vezes quiser.
            Ligações são para assuntos urgentes. Quando não é urgente, mensagem de voz é ótimo.

          • Claudio Roberto Cussuol

            Bom, não sei os assuntos que você trata.

            Mas eu dou suporte de software. Por mais que eu não goste de atender via WhatsApp os meus clientes insistem em usar, e eles estão pagando….. (eu gosto de dinheiro, fazer o que?)

            Aí eu preciso fazer meia duzia de perguntas pra diagnosticar o problema do cara e ele acha que pode me responder num esquema desses de “parar pra pensar”. Quando chega a resposta, não é o que eu perguntei, tenho que explicar de outro jeito…..

            Ai o tempo que leva pra resolver 1 problema daria pra 5.

          • Veja pelo lado bom: Você pode atender múltiplos usuários ao mesmo tempo.
            Se fosse por telefone, só atenderia um de cada vez.

          • Mas a diferença é que em 15 minutos você consegue atender 3 clientes, mesmo que um de cada vez, enquanto por WhatsApp você atende os mesmos 3 simultaneamente em 45 minutos, porque cada um demora uns 15 minutos entre receber a mensagem, pensar, responder e aguardar a sua resposta.

          • É bom para o cliente, que pode tocar a vida dele com outras tarefas em vez de ficar pendurado no telefone com o suporte. É bom para todo mundo ter uma conversa assíncrona.

          • Hoje em dia ligação já é “de graça” em todas as operadoras, mesmo para ligações pra outras operadoras. Todas elas tem pacote pré-pago e pós-pago com minutos livres pra qualquer operadora e qualquer DDD.

            Ligar é muito mais eficiente do que ficar picotando a conversa em mensagens de áudio ou até mesmo texto, porque você resolve tudo “num tiro só”.

          • Claudio Roberto Cussuol

            Se o problema fosse só custo da ligação…. Eu pago.
            Meu tempo é MUITO mais caro.
            Quando eu percebo que o interlocutor está reticente em ligar por causa do custo (é raro) eu ligo pra ele. Pronto, problema resolvido.

          • Idem. Eu odeio mensagem de voz. Com alguns contatos menos importantes, quando eu recebo mensagem de voz eu já respondo curto e grosso: “por favor transcreva o áudio, eu não escuto mensagens de voz”.

          • Ariel Souza Rossi

            A mensagem de voz é um complemento pra mensagem escrita, ou pra quando vc não tem condições de digitar no momento.
            Funciona como um walkie-talkie… cada um fala um pouco e espera a resposta do outro.

          • Isso ai é fácil resolver né chefe? Botões de volume são fáceis de acessar.
            E você só toca a mensagem de áudio se quiser… O legal do Telegram é que, uma vez que você tocou a primeira mensagem, as próximas vão começar a tocar automaticamente, até a última (ou até você parar). No Whatsapp você tem que dar o play em cada uma das 900 mensagens de voz da conversa.

          • Mas tudo isso com o telefone no ouvido? Ou ele toca a série de áudios em viva-voz? Eu acho uma imensa falta de educação escutar mensagem de voz em viva-voz.

          • Eu costumo usar fones de ouvido ou encosto o telefone no ouvido para ouvir mensagens de voz. Eu só ouço “no viva voz” quando estou sozinho e preciso das mãos livres… Mas é raro. Normalmente o fone de ouvido é a opção principal.

      • Felipe Braz

        E uma API de verdade, e um cliente desktop de verdade… a lista é longa.

        • Claudio Roberto Cussuol

          Meus clientes esperam ansiosamente por essa API, para que os meus softwares automáticos consigam mandar notificações pra eles via WhatsApp.
          Eu envio via e-mail, via sms, etc… num mundo onde todos andam com um smartphone no bolso isso não faz a menor diferença. Mas eles QUEREM WhatsApp.
          Tem hora que eu penso que essa preferencia pelo “zap zap” não é racional.

          • Felipe Braz

            Já cheguei a pensar em fazer gambiarra com whatsapp web em cima de um browser headless usando javascript/jquery pra manipular os elementos.
            O problema é que isso iria dar muito trabalho, e se eles mudarem uma div já para de funcionar.

            “Tem hora que eu penso que essa preferencia pelo “zap zap” não é racional.”
            Na real é o paradoxo de tostines né, é popular pq todo mundo usa mas todo mundo usa pq é popular. Meu telegram é uma ilha deserta em relação a circulo social, só uso pq tenho monitoramento com alertas nele, senão, muito a contragosto, só teria whatsapp.

          • Claudio Roberto Cussuol

            Também já pensei em alternativas, fazendo um software emular conversação com o client web, ou com o apilcativo android, etc… e também pensei nos riscos da coisa parar de funcionar por conta de uma mudancinha boba qualquer.

            Como meu serviço precisa ser profissional, a resposta para os meus clientes é:
            “Dá para fazer gambiarra, mas gambiarra não serve. Não posso mandar mensagem via WhatsApp porque o WhatsApp não deixa. O dia que eles deixarem a gente reconsidera.”

            No fundo, ainda bem que não deixa. Como apontou o Wagner, o SPAN atingiria níveis insuportáveis.

          • Felipe Braz

            Também sou dessa opinião, ou faço bem feito ou não faço. Sobre o spam acho que limitação de mensagens da api ajudaria bastante, eles também poderiam cobrar pra pacotes de x requisições a exemplo do que o google faz com o maps.
            O que mais me intriga é que se procurar na internet por “whatsapp marketing” aparecem serviços para envio de mala direta pelo mensageiro, imagina o inferno que é pra manter isso.

          • Rodolfo Oliveira

            A questão e que foi o que pegou primeiro e o povo ficou…

          • O maior entrave pro Facebook liberar a API é por causa de SPAM. Várias empresas iam ficar criando BOT pra enviar mensagem, gerar cobrança, golpes, etc.

          • Theuer

            Isso seria resolvido com uma opção de só receber “coisas” de seus contatos?

          • Até poderia, mas do ponto de vista de privacidade, isso seria considerado violação, porque o servidor deveria saber quem são seus contatos antes de autorizar um envio para você.

          • Mesmo o Telegram tendo uma API muito boa, ainda acho que ela não é ideal para este fim (envio de notificações automáticas de software). Acho que o Slack é muito mais apropriado para esse fim.

          • Claudio Roberto Cussuol

            Pra notificação, talvez a melhor opção ainda seja o sms. Chega em tudo quanto é telefone.
            Depois dele eu apostaria no e-mail.

          • Ariel Souza Rossi

            Manda eles migrarem pro telegram… e com o tempo vão acostumando.

          • Claudio Roberto Cussuol

            Acho que você não acompanhou a discussão desde o início.
            Não é que falte opção, temos opções até demais. Incluindo o bom e velho e-mail, ou até torpedo se alguém ainda insistir em usar dumbphone.

            O problema é que eles querem WhatsApp. Não dá pra você convencer um país inteiro pra trocar de mensageiro. Enquanto a maioria das pessoas utilizarem determinado canal de comunicação, é aquele canal que você precisará usar pra falar com eles.

            Mandar alguém usar outro aplicativo talvez funcionaria se a sua conversa se resumir a 2 ou 3 pessoas. Convence essas duas e o problema está resolvido.

      • Rodolfo Oliveira

        Telegrama é uma frustração, ganha do WhatsApp em tudo menos no mais importante, base de usuários, e isso não vai mudar…

        • Vai se o Telegram pensasse numa forma de monetizar a plataforma a favor do usuário, como o WOW fez. Me inscrevi no WOW e pra minha surpresa tenho mais contatos nele do que no Telegram. A diferença é que o WOW te paga pra usar ele.

        • Bom… a maioria dos meus contatos tem ambos, e eu costumo falar com eles usando o Telegram. É uma questão de organização. Você começa a falar com as pessoas pelo Telegram, e elas vão começar a falar com você por lá também.

          • Theuer

            Agreed.

    • Nathan

      E vocês pararem de encher o saco com essa miséria de Telegram.
      Todo post sobre o Whatsapp é isso.

      • Claudio Roberto Cussuol

        É porque esses caras devem falar só com a namorada e a mamãe e a vovó.
        Aí talvez seja viável convencer 3 pessoas a trocar de plataforma.

  • Feliz 2015 WhatsApp!

  • Macaquinho feio do bananal

    WhatsApp navegador, torradeira e tb maquina de fazer cafe!

  • SomeReader

    Eba, mais vídeos compartilhados pelo whatsapp! 🙁

  • Anayran Pinheiro

    Essa merda não faz nem os links funcionarem direito, vai fazer o YouTube rodar dentro do programa? Eu truco que isso saia antes do final do ano!

  • Rod O’Rod Haggis

    E eu achando que nunca teria uma conta no Facebook!
    Bela bosta está se tornando esse Ex-mensageiro.

  • Rod O’Rod Haggis

    Me contentava apenas com os links e envio de arquivos txt.

  • Fabio Silva

    Quanto ao PiP no Android: ainda não tem API mas dá pra fazer com uma gambiarra. O aplicativo do twitch fazia e eu usava bastante. Hoje ele trocou este recurso pelo modo de janela dividida. Mas eu gostava mais do PiP.

    • Tem sim. O Messenger do Facebook consegue colocar uma “janela flutuante” e assim como a Uber (pra motorista).

      • Fabio Silva

        Sim o PiP existe, meu comentário afirma isso. Porém não existe uma API para trabalhar com PiP. Ela virá no Android O. Por enquanto os desenvolvedores utilizam uma gambiarra, deixam uma notificação permanente que mantém o PiP ativo.

  • Rodrigo Justi

    E tem um problema maior nisso: Se o WhatsApp vai usar o PiP mode, então isso só vai estar disponível no Android O. E os milhões de outros? E os iOS mais antigos?

    No momento que o WhatsApp acha que vai ganhar um ponto, o Telegram ganha dois. É quase um Brasil x Alemanha

  • Só apareci pra ver o pessoal falar bem do Telegram….

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis