Como não fotografar um casamento (como convidado)

Pausa para uma elucubração. Pergunte para qualquer fotógrafo profissional sobre o que ele acha de smartphones e tablets na mão dos convidados do evento que está fotografando. Todos vão espumar de ódio. Não é para menos. Vários momentos incríveis e acontecimentos importantes acabam não sendo registrados pelo fotógrafo contratado pelo fato de ter algum convidado na frente fotografando o acontecimento com o seu celular. A coisa já chegou a um ponto tão crítico que eu já chego a avisar para os clientes sobre esse problema e, não raramente, a entrada da noiva em um casamento está quase sempre poluída por braços esticados para fotografar e até pessoas que entram no corredor para fotografar.

Eu até que entendo. A tecnologia deu poder para essas pessoas serem testemunhas de tudo o que acontece no mundo. Só que é necessário ter um pouco de discernimento da situação. A noiva pagou muito caro para ter o seu dia mais importante registrado por uma equipe competente, e o convidado (que não pagou nada) está estragando esses momentos. Infelizmente, faz parte do jogo. Eu sei que é mais um obstáculo para a realização do meu trabalho e, na pior das hipóteses, eu costumo aproveitar essas intromissões. Querendo ou não, as pessoas que estão lá se conhecem e vão fazer uma pose muito mais espontânea para um amigo com celular do que para mim. São esses momentos que também tento roubar. Olho por olho.

Entretanto, em alguns momentos a coisa passa do aceitável e caminha para a desgraça total.

O vídeo abaixo foi compartilhado na página Amor pela Fotografia e já conta com mais de 500 mil visualizações. Nele podemos ver uma convidada estragando a entrada da noiva ao tentar tirar uma foto. Se você é homem, ou nunca casou, não tem como entender como isso é importante para aquela mulher de branco que está entrando com seu pai na igreja. Um momento único, que foi sonhado incontáveis vezes e que, espera-se, seja inesquecível. Bem, esse vai ser inesquecível mesmo.


Convidada tenta fotografar a entrada da noiva e acaba caindo.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams “Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio”.

Compartilhar
  • Smith

    Quase dei um pescotapa num moleque que na entrada da noiva simplesmente ficou no meio do tapete vermelho com um celular na mão, nesse momento tento ser educado porém firme, afinal é o MEU trabalho ali

    • Lucas Ambrosio

      E se vc não consegue tirar boas fotos porque o muleque atrapalhou, quem se fode é você ainda!

      • Smith

        EXATAMENTE, a responsabilidade é MINHA

    • Maom

      A parte mais engraçada é que vc como noivo, fica muito agradecido quando recebe essas fotos do “moleque” no dia seguinte via whatsapp pra curtir com sua mulher e lembrar de detalhes que vc mal lembra por tanta informação/emoção do momento.
      Não tem jeito. Vcs vão ter que aprender a driblar esses caras pro resto da vida. Eu como ex noivo e como convidado/padrinho, sei muito bem que essas fotos amadoras tb são muito bem vidas.
      Mas é claro sem fuder tudo entrando no meio do caminho da equipe profissional contratada para fazer isso nem fazer feio ficando com o celular na mão o tempo todo no altar poluindo o momento. Mas a empolgação e falta de noção do ser humano vão tirar vcs do sério pra sempre. kkk

      • Smith

        EXATAMENTE! É por isso que criei uma técnica. Ao chegar em casa seleciono algumas fotos e já mando para os noivos, minha esposa chama de “Administração de ansiedade”

        • Maom

          kkkkk faz bem! Se quer saber… Hj em dia os noivos preferem muito mais receber logo as fotos digitais do que esperar aquele velho livro de fotografias que será devidamente colocado num canto do armário pra ser tirado anos depois para apreciação e fazer a contagem dos sobreviventes da familia. Falo por causa própria. Os dias que se seguem ao casamento é o que vc mais aprecia as fotos. Depois a empolgação já passou e vc tá mais preocupado em programar a segunda lua de mel e as contas pra pagar.

  • Maom

    Cara a culpa não foi do smartphone. Me desculpe mas foi apenas uma idiota fazendo gordice. Achou que era um parapeito e se debruçou pra aparecer no Domingão do Faustão. Não fosse o smartphone ela teria feito o mesmo pra ver a noiva apenas.

    • Gustavo Sarmento

      Limpou a barra do smartphone sendo preconceituoso. Try harder next time. 😉

      • Diogo

        É o mesmo que dizem da Internet. Pessoas idiotas já existem, o smartphone apenas possibilitou elas serem escrotas em qualquer lugar a qualquer momento.

        • Luiz

          O que não deixa de ser verdade mas não é o foco da discussão.

          • Diogo

            Ah sim, acabei desviando um pouco do assunto. Concordo que a pessoa (independente de ser gorda ou não) achou que fosse um parapeito e acabou caindo por conta disso. Porém, se ela tivesse sem o celular, talvez tivesse prestado atenção nisso.

        • Julio da Gaita ✔

          verdade, que nem pessoas fazendo piada bosta ou trocadalhos do carilho em qualquer lugar ou hora né @diogoan:disqus ..rs

        • Bingo… o/

      • Maom

        kkkkk sim. Fiz o advogado do diabo pra salvar nosso querido smartphone. Já a idiota em questão deveria processar o florista por não colocar uma placa bem chic ali na flor dizendo não se debruçar . Afinal fui preconceituoso em afirmar que ela é uma idiota por ter feito oq fez.

        • Se armas não matam pessoas, não são os smartphones e tablets os culpados pela retardice de atrapalhar a celebração, a vida e trabalho alheios…

  • Luis

    Atrapalhar o fotografo é consequência da falta de noção hoje em dia, veja a quantidade de pessoas apreciando um momento único por uma telinha.

    “Estamos perdendo a capacidade de desfrutar de momentos importantes”

    https://uploads.disquscdn.com/images/0864b58a064dacc78ed6e6b02c775137bd35fb4b8970ac29ff7815de10a2ae5a.jpg

    • Gilson Lorenti Fotografia

      teve aquela pesquisa que disse que quando você fica fotografando um evento (seja o que for) você tem menor capacidade de lembrar dele, pois não estava prestando atenção e absorvendo o conteúdo. Comecei a prestar atenção nisso e digo que tem um fundo de verdade sim.

      • Diogo

        Tem o link pra essa pesquisa? Gostaria de deixar guardado aqui, pra usar quando necessário. Grato.

        • Gilson Lorenti Fotografia

          http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/09/150910_vert_fut_fotos_exagero_ml

          o argumento é aceitável. quando eu guardo um número na agenda do celular não dou importância para lembrar dele. Mesmo motivo que nunca decorei meu CPF, pois ele está sempre na carteira.

          • Diogo

            Realmente, faz bastante sentido. Imagino que ninguém (ou quase ninguém) sabe o número do seu cartão de crédito de cabeça, já que o mesmo só é usado inserido na maquininha, praticamente.

          • Artur Ferreira

            eu sei por causa das compras na internet. mas aí o paypal atrapalhou

      • Luis

        Sobre não apreciar o momento, tirar foto da Monalisa. Qual o sentido de tirar foto do quadro mais reproduzido do mundo?

        https://uploads.disquscdn.com/images/cadfade1276b3c6c050edfe1bd2fa12a1b4191757d75d8e88fb6ab2cbe662925.jpg

        • tuneman

          se fosse uma foto da pessoa junto ao quadro tudo bem, mas do quadro em si é ridiculo.
          tipo gente que tira foto de paisagem ou monumento. se é pra ver fotos eu poderia pelo menos ter buscado no google imagens. hahaha

        • Vagner Da Silva

          acho que nos dias atuais a experiência não vale mais nada se não estiver numa rede social, ou pior no WhatsApp que nem é rede social mas o povo usa como se fosse… Dia desses eu estava reparando que uma vlogueira fitness que acompanho por motivos meramente “educativos” se casou, mas na lua de mel passa um tempo considerável tirando foto superproduzidas, como se não fosse verdade se não tiver likes.

        • Fui no Louvre e tirei foto da Monalisa e com a Monalisa ao fundo (não ao lado porque tem uma cordinha ali). Não é pra imprimir e usar como quadro na minha casa, visto que há reproduções muito melhores e de qualquer forma eu prefiro uma obra original de algum artista desconhecido. Também não é para postar no Facebook ou no Instagram, não postei em lugar algum. É apenas para lembrar do momento em que EU estive ali, o que provavelmente não ocorrerá de novo. Também não deixei de apreciar o momento, afinal eu guardei a câmera depois da foto. É diferente de atrapalhar o fotógrafo oficial num casamento.

        • De fato, grande parte das pessoas que estão aí concentradas, são uns desastres, não fazem nem ideia da história do quadro, não tem a mínima noção do que prestar atenção, só querem bater a foto, tudo errado, com flash ligado, tudo torto, tudo, tudo errado !!

          Mas não dá pra generalizar que todos com a máquina fotográfica na mão são assim ! Eu e vários, quando estão na frente desse quadro, não vamos deixar de fazer uma foto, é legal pra lembrança, mas nem por isso vou deixar de reservar todo tempo do mundo pra apreciar o quadro, para prestar atenção nos detalhes que tem que ser prestados.

          No dia que estive nessa sala aí, bati foto bem de longe, pra registrar essa aglomeração mesmo, depois bati foto mais de perto, bati foto do quadro, do ângulo e zoom que ficasse o mais perfeito possível, sem reflexo, sem nada atrapalhando, mesmo sabendo que tem um monte de reprodução desse quadro, eu queria a MINHA foto. E óbvio, fui até a frente, estiquei o braço na cara de todo mundo e com a câmera de trás fiz o selfie (fazer selfie com a câmera da frente é para amadores), como só eu já tenho habilidade de fazer, é um desafio ! É uma brincadeira !! Se deparar com esse cenário e conseguir fazer o SELFIE PERFEITO. Todos meus amigos que viram a foto não acreditam, pensam que eu invadi o museu a noite e fiz a foto sozinho, ficou muito bem enquadrado, ainda fiz zoom ao limite, pra pegar meu rosto e o quadro ao fundo. Pareceu que eu invadi a corda de segurança….

          E depois dessa palhaçada e diversão toda, fiquei o tempo suficiente pra apreciar a obra desse cara que dava 20.

          Nem todo mundo fazendo foto é medíocre e superficial. Eu engano ! 😀

        • Salles Magalhaes

          Sempre penso isso. Para que tirar foto de uma paisagem durante uma viagem (exceto, claro, quando a pessoa quer tirar uma foto diferente) sendo que voce pode conseguir varias fotos parecidas na internet?

          • Favaros

            tiro para lembrar q estive naquele lugar ‘-‘
            a memoria eh falha na minha idade sabe

        • Da cópia do quadro… seguindo regras pra não usar flash e tudo mais, pois está fodendo a mona… digo, a tela da mona… ah ces entenderam…

      • Anderson Pagani

        Com certeza tem uma verdade nisso. Eu já fotografei centenas de eventos e não lembro de quase nenhum deles, nem sequer da decoração. É o que tenho nas fotos e deu. Lembro, claro, dos momentos marcantes, de tombos, vomitadas e outras coisas do gênero, mas se tu me perguntar o que eu ouvi naquele congresso dos pesquisadores acadêmicos de administração de empresas, não faço a mínima idéia.

    • Mario Neis

      lembro-me de uma frase “a festa estava tão boa que nem lembramos de tirar fotos”

    • Diego Marco Trindade

      No nascimento do meu filho eu nem queria pegar o celular, pois queria absorver o máximo possível e me distrair o menos possível. No final a equipe começou a falar para pegar o celular e acabei pegando rapidamente e tirando algumas fotos. Como eu estava muito focado lembro de tudo, e felizmente também tenho as fotos para mostrar principalmente para minha esposa, que estava vendo apenas um pano azul e um teto branco nesse momento tão importante…

  • Corvo

    Bom esses sem noção são convidados dos próprios noivos, basta informar a todos convidados que foi contratada equipe de fotografia e por este motivo não é permitido fotografar.

    • Diogo

      Quero ver você dizer isso pra todo mundo e tentar impedir isso. Ninguém vai dar bola (no máximo, vai ficar todo mundo de cara emburrada, se forem impedidas de fato).

    • Zalla

      proibir é impossível, mas um aviso para evitar ficar no caminho da equipe já é um bom principio, e como fotógrafo tem que ficar pedindo licença…”normalmente” atende…vira e mexe aparece algum idiota que se sente “O” fotografo com seu iphone

      • Corvo

        Pois é, placas de aviso e também informar aos convidados no ato do convite para evitar o uso do aparelho, casamento não é um evento aberto, todos que estão foram convidados.

  • mr_rune

    Sou homem, já casei e divorciei e continuo achando casamento uma demonstração de egoísmo (junto com filhos) e superficialidade. Não serve pra absolutamente nada além de torrar dinheiro.

    • Belkar

      up só pela foto do perfil
      PS4 rules!!!

    • Maom

      Todas as festas servem (ou não) para o mesmo. Reveillon, aniversário, formatura, etc. Tecnicamente não servem pra nada e torram trilhões de dólares pelo mundo todo que poderiam ser destinados ao programa de combate às cáries em crianças do Zimbábue.

      • mr_rune

        Concordo plenamente. A hipocrisia reina.

        • Maom

          Não é hipocrisia. É humano. Não somos robôs ou animais para apenas juntar riquezas para a sobrevivência pura. Festas geram prazer. Pega um casal de noivos qualquer e seus pais e pergunta no final da festa se valeu. A resposta vai ser de que valeu muito, o êxtase está no ar. Agora, se vc pergunta pra um cara divorciado se valeu a pena o dinheiro gasto no casamento, a reposta é óbvia.
          Já com relação ao compromisso legal de um casamento, a lei já prevê direitos iguais e ainda piores numa relação estável. Então o casamento propriamente dito é de fato uma mera confraternização.

          • Anderson Pagani

            Exato. É uma confraternização, um ritual que marca um momento de passagem na vida das pessoas. Agora não é mais o João solteiro punheteiro, agora é o João casado pai de família.

            Muita gente critica quem gasta seu dinheiro em festas assim, mas esses críticos são minorias. A maior parte das pessoas quer festejar os momentos marcantes de suas vidas junto aos amigos e familiares. Criticar quem faz isso é infantilidade. Cada um gasta seu dinheiro e tempo como deseja.

            Uma leitura interessante sobre esse assunto é O Poder do Mito, de Joseph Campbell, onde ele estuda à fundo como pequenos rituais como esses de casamento, formaturas, aniversários, etc, estão intimanente ligados à nossa identidade enquanto sociedade.

          • mr_rune

            Veja bem, eu não critiquei quem faz isso. Eu disse que não serve pra nada além de gastar. No fim da festa o cara está 20000 reais mais pobre e com um anel no dedo e pronto. Não há propósito a ponto da mulher chegar e falar que o sonho da vida dela é casar, como já vi muitas falando.

            É igual reveillon, como o outro cara disse. Você vai, enche a cara, dá risada, solta fogos, aquela coisa toda, feliz ano novo…e dia 1º acorda e tá tudo igual, não mudou nada, só você que torrou um rio, tá de ressaca e….só. Meh.

          • Rodrigo

            Cara, se você pensar assim, nada vale a pena. A cerveja não vale a pena, só pra gastar. Aquele restaurante delicioso não vale a pena, só pra gastar. Balada não vale a pena, só pra gastar. Prazer é algo que não se mensura em termos materiais. Assim você só dá valor às coisas que proporcionam utilidade. Mais hedonismo menos niilismo 😉

          • mr_rune

            Isso já depende do propósito. Pelos exemplos que você disse sim, cerveja não vale a pena (ainda mais o mijo brasileiro), a não ser que seu propósito seja estritamente ficar bêbado existem opções melhores. Restaurante = comida, que é essencial. Balada também não vale a pena, mas não sou baladeiro então sou suspeito de falar, principalmente porque nunca tive nenhum retorno disso.

            Eu não entendo muito dessas filosofias que você disse, mas realmente dou muito mais valor às coisas que me dão algum retorno ou que tenham utilidade palpável de alguma forma.

          • Rodrigo

            Tá, comida é essencial, mas qual a diferença prática entre uma pizza e feijão com arroz? O saboa, que está ligado ao prazer. Quando você diz “que me dão algum retorno”, está falando em prazer, não? Satisfação pessoal etc.

            Sendo o foco a utilidade, você só faria coisas que tivessem impacto direto em suas necessidades fisiológicas.

          • mr_rune

            Tem várias diferenças, a maioria irrelevante pra nós agora. Sabor é só o mais perceptível. Quando eu digo retorno não me refiro só a prazer, existem outras variáveis, como economia, poder de revenda, utilidade a longo prazo, entre outras.

            As perguntas que eu me faria, pra nos manter no tópico, seriam: “ok, casar: de que isso vai me servir ? Isso é obrigatório pra algo que me interessa ? De que forma minha vida vai melhorar, objetivamente, se eu casar ? Quais riscos estou assumindo ao casar?”.

          • Rodrigo

            Tudo bem que é uma preferência sua e opinião, não a critico, só procurava entender. Enfim, a festa em si não tem nada de prático, eu fiz uma cerimônia e festa não religiosa para comemorar com amigos e familiares próximos. Não me arrependo e fomos bem econômicos, fizemos uma festa com nossa cara, digamos assim.

            Sobre o casamento em si, a vida de casado, embora eu tenha muitas críticas à monogamia exclusiva em si (tanto que vivo em uma relação não exclusiva), um dos motivos é essencialmente prático e logístico: junção de receitas e divisão de despesas.

          • mr_rune

            Não desejo isso pra você, mas se você separar algum dia, vai ver que a lei não será “direitos iguais”.

          • Maom

            Sim, mas ninguém casa já pensando em separar né. É o mesmo que uma mãe de um filho morto falar pra vc não ter filhos pq quando eles morrem a dor é insuportável. Claro que qualquer coisa que não dá certo, seja um negócio, casamento, amizade, sonho, lazer ,etc o que ficá é o trauma.

          • mr_rune

            Mais um indício de como casamento (instituição) é supérfluo. Sim, ninguém casa porque quer separar, mas ninguém também faz acordo pré-nupcial à toa. Você tá apostando metade da sua vida que outra pessoa não vai te sacanear, simplesmente. Não há qualquer garantia disso.

            A mãe de um filho morto não tem controle sobre o filho. Não há como definir caráter nem personalidade, por melhor que seja a educação que você dê, é um tiro no escuro, tanto pela própria pessoa quanto pelas variáveis do ambiente.

          • Maom

            Vc ta falando só em dinheiro. O problema no casamento então se resume ao dinheiro? Então o problema é a falta de dinheiro e não o casamento. O divórcio potencializa apenas o problema já existente que é o problema da falta de recursos.

          • mr_rune

            Não, eu disse que é supérfluo, desnecessário, inócuo. Não muda nada pra melhor, não é obrigatório pra nada, não tem função e não torna nada melhor que não pudesse ser melhorado com um simples acordo verbal, nesse sentido.

          • Maom

            Acordo verbal? kkk Cara isso não existe. União estável acarreta muito mais dor de cabeça que um casamento com separação de bens.
            Já com relação aos gastos da festa, bem é uma comemoração. Investe nela quem tem. Eu tive condições dei um festão, me diverti pra cacete não me arrependo. Assim como não me arrependo de fazer uma festona de aniversário e me divertir todo ano com meus amigos e familiares. E é sim um investimento, nem todo investimento te trás de volta um retorno financeiro, pode te trazer um retorno cultural, social ou psicológico.
            Agora quanto aos custos legais do compromisso. Se pudesse ser simplesmente substituído por um mero acordo verbal, os cartórios brasileiros poderiam fechar as portas. Pra que abrir uma empresa? Pra que tirar passaporte, cnh, rg, certidão de qualquer coisa? Pra que abrir conta em banco? Em teoria é tudo burocracia inútil e mesmo assim o brasileiro se supera e sempre acha um jeito de passar alguém pra trás.

      • Mas as crianças com cáries no Zimbábue estão lá justamente porque casais egoístas colocaram elas no mundo sem as mínimas condições de dar uma vida digna à elas.

        • Maom

          Mentira pq se não existe comida nem doces as crianças no Zimbábue não desenvolvem cáries.

      • não esqueça das crianças da somalia e vitimas dos Troianos

        • Maom

          As crianças da Somália a Angelina Jolie já adotou todas. São mais ricas que qualquer um de nós aqui hj. Mas vão viver eternamente com complexo de Édipo querendo comer a mãe. Triste.

          • mr_rune

            Quando elas chegarem nessa idade duvido muito que vão querer comer a mãe.

          • Maom

            Ah aquele japinha lá que ela adotou já deve descabelar o palhaço faz tempo. Quantas vezes fez isso vendo o filme Gia??? kkkk

      • phso

        Mas um evento desses, bem planejado, pode até possibilitar uma arrecadação maior q o gasto. No caso do casamento é só dinheiro jogado fora mesmo.

        • Maom

          Jogado fora pra vc. Nem tudo deve ser feito pra ganhar mais dinheiro. O dinheiro compra luxo e prazer tb. Se for só pra gastar dinheiro pra gerar novos negócios então não faz sentido ganhar dinheiro pq vira um looping infinito sem propósito.

      • Vin Diesel

        Eu tive uma colega que foi casar e fez o seguinte: Emprestou um sitio. Arrumou uma mega mesa de madeira com bancos… Chamou todo mundo e disse que queria a presença (quase que obrigatória) e que cada um levasse algo de comer (preparado pela mulher) e bebidas a escolher (comprado pelos homens). Juntou esse povo no sitio, um amigo fez a cerimonia, um outro uma duzia de fotos e a coisa aconteceu sem custo algum. Não passou 5 anos pagando uma festa, pelo sonho e ego. Ela me disse que pega o album (que ela mesma mandou fazer com as fotos do amigo fotografo que nesse caso nem aceitou o pagamento, afinal foram uma duzia de fotos mesmo, até ele aproveitou) e se sente muito feliz quando o folheia. Mas a mulherada nao quer saber e gasta 40 mil ou mais na porcaria do casamento….

        • Maom

          40 mil??? kkkk Cara multiplica isso por 10 no mínimo. 40 mil gastei de docinhos no meu.
          Mas cada mulher tem um sonho e cada um tem um bolso. Quem tem dinheiro tem mais é que fazer a economia girar. Se todo rico levar uma vida simples e deixar o dinheiro no banco rendendo juros o mundo quebra.

    • Rodrigo

      Boa tarde! Recebemos a sua opinião e encaminharemos para o setor apropriado. Entraremos em contato em breve.

    • Márcio Chaves

      Velho, porque isso não entra na cabeça das mulheres né? Seria tão mais fácil !!

      • Rodrigo

        Porque existe uma cultura que impõe à mulher esse papel, que desde cedo diz que o certo é procurar o príncipe encantado. Desenhos animados, brinquedos, as pessoas em volta. É a princesa esperando o príncipe encantado para fazer aquela cerimônia linda.

    • Pancho, solo Pancho

      o “casamento” da sua frase quer dizer a festa de casamento ou a vida de casado?
      Porque tenho contra-ponto para as duas.
      Primeiro a festa de casamento, cara você é homem, nasceu e vai morrer como um ser prático. Festa é longe de ser prática, fim de história. Porém para a mulher é o dia mais feliz da vida dela e sem falar que será o único dia sua vida que você vai conseguir juntar todas as pessoas que você realmente gosta!
      Isso só vai acontecer novamente no seu velório.
      Sejamos francos e sinceros, isso é verdade.

      • mr_rune

        O casamento da minha frase se refere à festa como cerimônia (completamente sem sentido) e à vida de casado (a qual não vi nada demais). E “dia mais feliz da vida dela” por que ? Por que esse é um dia feliz ? Não é sequer um rito de passagem( como festa de 15 anos, ou formatura, sei lá). Logo depois que separei eu pensei muito tempo nisso e cheguei à conclusão “cara que loucura que eu fiz!”

    • Diego

      Cara, concordo com isso. Sempre achei a maior besteira esse tipo de coisa, chega a me irritar algumas coisas que eu vejo nessas festas. Ah, detalhe, eu trabalho exatamente com isso. =)

  • Dan718

    Já cansei de ver pais levantando smartphones para filmar algum evento dos filhos e estes ficarem tristes por acharem que, em vez de os pais estarem vendo a apresentação, estão assistindo algo no celular. Eu, sempre que possível, deixo o celular numa posição confortável para o braço e que não atrapalhe os demais pais de assistirem seus filhos e fico vendo as crianças. Nem preciso gritar para sorrirem pois, ao notarem que estou prestando atenção, já se sentem mais confiantes e sorriem naturalmente

  • Maximus_Gambiarra

    Eu já levei minha câmera pra um casamento como convidado, mas evitando ao máximo empatar a vida do fotógrafo oficial. Aliás, tirei as (provavelmente) únicas fotos em que o fotógrafo aparece. Ficou mais parecido com um making off. É uma visão até interessante para os noivos, que, de outro jeito, não teriam noção de como o casamento pareceu para os convidados.

  • Enquanto convidado já fico puto do monte de smatphone e tablet levantado pra tirar foto, atrapalhando toda visão da celebração, imagina o fotógrafo…

    Não que eu goste de casamentos, o lindo prenúncio da desgraça alheia (geralmente), vou pela comida mesmo… =P

    • 99% vão pela comida, até os pais dos noivos tb acabam indo pela comida LOL

      • Ah aqueles bombos e doces que só vemos em casamentos… ahhhhhhhh babei no teclad%¨!#$&*(@*(()…

        • macarrons? quando ouvi disso pela primeira vez pensei que iam servir macarronada na saida do casamente achei bizarro, e quando vi o doce pensei que era feito de macarrão lol

          retardado pra cacete devo ser XD

  • Só vou discordar de que o convidado não pagou nada. Gasta-se com presente de casamento, com presente de chá de cozinha, com roupa, com sapato, com cabelo e maquiagem (no caso das mulheres), com a gravata do noivo, com “guardador” de carro, e por aí vai. Ser convidado de casamento não sai barato não. Mas é claro que tudo isso não dá o direito de atrapalhar o fotógrafo. É melhor deixar as fotos pessoais para a festa, sem atrapalhar ninguém.

    Aliás, tem um cara que considero um excelente fotógrafo, e me arrependo de não ter contratado pro meu próprio casamento (o meu fotógrafo foi um desastre). Percebi em outros casamentos que ele tem uma estratégia interessante. Nas festa ele fica observando os convidados se reunirem para tirar fotos com suas próprias câmeras e celulares. Ele espera, e em seguida, antes do grupo se dispersar, ele se aproxima e pede para tirar uma foto também. Assim ele já pega um momento em que as mulheres já se reuniram e se arrumaram para a foto, em vez daquelas fotos forçadas do pessoal na mesa, metade olhando pra câmera, metade conversando ou mastigando um salgadinho.

    • Luis

      hahaha, sempre tem foto de nego enfiando salgadinho na boca.

  • doorspaulo

    Fim do ano passado, fui padrinho em um casamento. Cara, eu fiquei PUTAÇO com o nível de escrotidão das pessoas.

    Assiste a disgrama da celebração, já tem alguém documentando tudo! Olhando lá de cima, só via aquele mar de smartphones, assistindo o evento todo por uma telinha de 5″, e na VERTICAL!

  • Christian Oliveira

    Já faz parte da “humanidade”, o que é a pessoa sem seu celular hoje em dia?
    Imagina lá quando nas cerimônias somente a noiva usada havaianas, logo depois virou febre na turma da pedrita, pensa nos primeiros casamentos com todos usando havaianas como eram os comentários e as brincadeiras de havaianas de pau!

    • Vin Diesel

      O BR é muito macaco vê macaco faz…

      • Christian Oliveira

        O terráqueo vc quiz dizer 😉

        • Vin Diesel

          Imagino que em outros praças aconteça igual…

          • Christian Oliveira

            Acontece em todo o reino animal.

  • Rennan Lemos da Vinci

    Se eu fosse a noiva, na hora largava o buquê e já saía bicuda na cabeça dessa infeliz do vídeo!

  • MundialFCPwefaFCPcampeõesFCP

    Então…. Terei acabado com o casamento💍??? Imagino eles a explodir de Ódio… 😬 HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

  • Toni Filho

    Que bom, link do facebosta. Ainda bem que encontrei o vídeo no YouTube.

  • Don Ramón

    E ainda filmam com o celular no modo retrato…

  • Daniel Viegas

    Sou fotografo, já trabalhei com eventos e casamentos, já vi muita merda acontecer por burrice de convidado ou por falta de atenção com os mesmo na hora de atrapalhar com uma máquina fotográfica ou com smartphone. Na minha opinião isso aí não foi culpa de nenhum dos dois. Foi culpa de quem projetou e “instalou” aquela coisa horrorosa e solta daquele jeito. E afirmo isso não como fotografo, mas como designer de produto, que foi a minha formação universitária (aonde estudei também fotografia). Aquilo ali com um sopro cai! Matéria foi boa, só o exemplo que nao achei que se encaixa).

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis