Rádio britânica terá programa sobre trilhas de games

videogame-orchestra

Ainda hoje muitas pessoas consideram os jogos eletrônicos como meros brinquedos ou então como um passatempo para adultos bitolados. Porém, a influência dos games na cultura pop cresceu muito nas últimas décadas e mesmo quem não se interessa muito pela mídia acaba tendo contato com ela, direta ou indiretamente.

Pois as trilhas sonoras dos jogos é algo que poderia ajudar muito nessa popularização e foi pensando nisso que a Classic FM decidiu criar um programa semanal totalmente dedicado a músicas orquestradas de games. Apresentado por Jessica Curry, co-fundadora da The Chinese Room e compositora do Everybody’s Gone to the Rapture, ele será transmitido nos sábados, sempre às 19 h do horário de Brasília.

Por enquanto, apenas seis programas estão garantidos, com o primeiro indo ao ar no dia 22 de abril e embora o site da emissora tenha uma restrição a quem estiver fora do Reino Unido, com um pouco de paciência será possível contornar essa barreira e assim espero, podermos ouvir a transmissão pela internet.

Embora falar sobre videogames no rádio não seja algo novo, um programa focado na trilha sonora de jogos está longe de ser algo comum e por isso a iniciativa da Classic FM merece todos os elogios, principalmente devido ao potencial de incentivar outros programas, quem sabe até um no Brasil.

E já que estamos falando de trilhas de games, saiba que a SEGA adicionou uma enorme quantidade de músicas no seu canal no Spotify, sendo portanto uma excelente oportunidade para ouvirmos vários clássicos da empresa e fazermos uma viagem no tempo. Por lá agora encontramos trilhas de jogos como Out Run, Golden Axe, Jet Set Radio, Alex Kidd, Fantasy Zone, Skies of Arcadia, NiGHTS, Out Run, Virtua Fighter e claro, Sonic The Hedgehog.

Aliás, o Spotify é um lugar sensacional para encontrarmos trilhas de games, inclusive com o serviço possuindo um portal dedicado ao tema, mas acho que o ideal mesmo é vascular o catálogo do serviço e montarmos nossa própria setlist. Faz tempo que estou querendo fazer isso, mas ainda não criei coragem.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • A trilha de Skyrim até hoje escuto, tem um tema quase tão grudento quanto a abertura de GoT (e odeio a série/livros).
    Borderlands também entrou no meu rol de trilhas “pra toda hora”, tendo descoberto inclusive uma banda fantástica: The Heavy.

    • Julio da Gaita ✔

      opa conhecia a banda antes, quando fui jogar que tive a surpresa de ouvir Ain’t no Rest for the Wicked no começo do jogo… ^^

    • 👽 Gliesiano

      Valeu pela dica do The Heavy, não conhecia.
      Mais uma discografia a caminho.

  • jairo

    É um nicho interessante , acredito que terão sucesso.

  • Julio da Gaita ✔

    no Spofify tem o soundtrack do Bastion, Transistor que eu lembro de cabeça, e cara que jogaços… o bastion comprei original no pc, e o transistor baixei da locadora do paulo coelho, e no meio do jogo fui la no steam e comprei em uma promoção, só pra agradecer pelo jogo…

    • kenji

      Recebi um link do transistor com 80% de desconto e já tinha ele na minha wishlist, depois de um comentário desses estou quase comprando…

      • Julio da Gaita ✔

        7,83 na promoção de hoje, vale a pena sim, gameplay bacana com elementos de rpg e ação por turnos nos ataques, roteiro e trilha sonora sem comentários… e assim, não sou fã de rpg e nem de jogos de estratégia por turnos e cara, adoro esse jogo…

  • ricms

    Sou fissurado por trilha de games desde o SNES, quando ligava o RCA no aux do meu som e gravava fitas para ouvir no colégio (pouco bulem sofria kkkk). A cada fita alugada tinha o momento antes de jogar que era apreciar a trilha sonora. Nunca esqueço da abertura do earthworm jim 2 com aquelas vozes, ou a qualidade dos instrumentos do Jurassic Park 2.A OCEAN sabia trabalhar muito com áudio no SNES, e as conversões dos jogos de Neo Geo ficavam com a música melhor que o original (menos no Neo CD, que aí eram tocadas de verdade) e as versões das músicas do DOOM que ficaram fantásticas.. Tenho um aplicativo que toca os arquivos .SPC no cel e sempre escuto as principais trilhas.
    Com a evolução da mídia foi se perdendo um pouco dessa eng. de audio de espremer cada bit para ter uma música de qualidade, sendo substituida por audioCD e após trilhas compactadas. Mas também tenho alguns albuns aqui, sendo do mario galaxy um dos melhores que já ouvi. bayonetta tb tem um lugar no meu coração, junto com The last of us.

  • Eric

    Claro que guardando as devidas proporções, mas considero caras como Nobuo Uematsu e John Williams como os Mozarts ou os Beethovens da nossa era. São gênios com capacidade ímpar de transmitir emoções através de suas composições, e até fomentar interesse por música orquestrada ou clássica. A última vez que fui a um Vídeo Games Live, ingressos esgotados e a maioria do público era de jovens, jovens que de outra forma jamais se interessariam por música orquestrada. Ainda mais no Brasil.

  • Rodrigo M

    Essas noticias em lembram sempre da banda Megadriver: www.megadriver.com.br

  • 👽 Gliesiano

    Falando nisso, a filarmônica de Londres gravou o The Greatest Video Game Music em 2 volumes, com um best of do mundo dos games que ficou bem legal.
    Volume 1:
    https://play.spotify.com/album/3bBCofH4VxHokZ6fRCgbGx

    Volume 2:
    https://play.spotify.com/album/0EN1gAz91UMiqqBYj1NqC6

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis