Netshoes lança app que reconhece modelos de tênis por fotos

gogoni-tenis

Nesta quinta-feira a Netshoes, a maior e-commerce de artigos esportivos da América Latina  anunciou o lançamento do Netshoes Click, um aplicativo disponível para iOS e Android que pode facilitar e muito a vida de quem sempre quis comprar aquele tênis que viu no pé de alguém mas nunca encontrou um similar numa loja: ele identifica modelos de tênis através de fotos e permite a compra do mesmo online, sem esforço.

gogoni-netshoes

O app funciona com algoritmos avançados que utilizam técnicas como OCR, OR, Griding e vetorização, que permitem a identificação a partir de critérios como critérios cor, marca, linha e modelo do tênis. Basta fotografar o modelo que deseja comprar (ou utilizar uma foto já salva em seu aparelho móvel) e o app realiza a busca em seu banco de dados de mais de 5.000 modelos. dando sugestões e opção de compra online. Como o app ainda está em sua versão inicial, ele ainda apresenta alguns erros quando o modelo não é devidamente “encaixado” na máscara. Entretanto, graçasà variedade de algoritmos utilizados o grau de acertos do app é alto, e segundo o CTO da Netshoes Rodrigo Nasser, a expectativa é continuar evoluindo.

“Quanto mais pessoas usarem, mais preciso ficará o app. Pois, diante do comportamento dos usuários, o Netshoes Click aprenderá automaticamente se acertou ou não a indicação do produto e nossa equipe de Business Intelligence monitorará constantemente essa questão, para garantir a evolução do aplicativo”, explica o executivo.

Nasser diz que sua aplicação é a única do tipo e foi desenvolvida em conjunto om a startup VTX, criadora dos apps MyEyes e VêPreço. O app será lançado oficialmente hoje o Festival Youpix, mas ele já pode ser baixado gratuitamente no iTunes e na Play Store.

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Editor do MeioBit, membro da equipe #SciCast, técnico freelancer, programador frustrado, Mighty No. 34.185 e em busca do Cubo Cósmico.

Compartilhar
  • ronaldoMG

    Se a Penny, em The Big Bang Theory, tiver patenteado a ideia, a netshoes vai ter um problemão 😛

  • José Luis Junior Segatto

    olha que legal, agora você não precisa se matar no submundo da Internet procurando o tenis que aquela sua rival tem e vc não.
    Em qualquer loja de sapato tem o modelo do tenis escrito na plaquinha com preço embaixo. Simplesmente não tem utilidade.

    • felipeantunes

      claro claro, estou em um clube, vejo um chuteira interessante, vou ao shopping ver o preço, mesmo que na hora eu não lembre a marca, modelo ou nome…. realmente não tem utilidade, bom mesmo é criticar via internet

    • Rodolfo Bendinelli

      Favor então nos diga qual é essa “qualquer loja de sapato” que tu frequenta que tem o nome do modelo embaixo, porque 99,99% da população do Brasil não conhece. pfv.

    • Leandro

      Sempre tem alguém pra tentar derrubar um post falando bobagem.

      Vamos lá:

      “Agora você não precisa se matar no submundo da Internet”

      Sério? sério mesmo?

      “Em qualquer loja de sapato tem o modelo do tenis escrito na plaquinha com preço embaixo”

      Eu ACHO (só uma pequena ideia) que a utilidade do app é demonstrável em ambientes EXTERNOS a lojas. Ruas, bares, shoppings… Ng vai baixar pra usar DENTRO da loja

      • José Luis Junior Segatto

        bom, eu não falei nada do post. falei do aplicação.
        Me diga quantas vezes vc olhou a imagem de um tenis e ficou na cruel dúvida “qual modelo será esse?”
        Prova de conceito de tecnicas de visão computacional? OK. mas não mais além disso.

        • cquintela

          Eu nunca olhei também, mas não quer dizer que ninguém olha.

          • José Luis Junior Segatto

            sim, citei um exemplo de esteriótipo no meu primeiro comentário.

        • ronaldoMG

          Faz uns meses eu vi um anúncio de uma marca ae com um modelo de sapato que me agradou, mas não tinha o nome em lugar nenhum. O app poderia facilitar a busca pelo modelo.

          • José Luis Junior Segatto

            belo anuncio hein…

        • Leandro

          Eu nunca. Mas eu sou um em milhões. Não sirvo para exemplificar.
          Não represento a massa.

          Exemplo de esteriótipo? Baseado em que? em “achismo”?

          É a mesma coisa dizer: “Não criem software controlador de vôo porque eu não viajo de avião. Ou: esqueçam a construção de um software X porque o esteriótipo Y não o utiliza.

  • Vinícius Fontes

    Como disse uma resenha no iOS, é realmente impressionante uma empresa brasileira disponibilizar um app de tamanha complexidade.

  • http://www.shimatai.com.br Wagner Shimatai

    O mais engraçado é que a mulher que propôs a busca por imagens há uns anos atrás foi completamente ignorada e disseram que “ninguém usaria busca por imagens”.