Digital Drops Blog de Brinquedo

Opinião: A mídia de tecnologia e suas fontes

Por em 31 de dezembro de 2007
emMiscelâneas
Mais textos de:

  • Wallacy

    Bom, vejo que alguém aprendeu uma lição valiosa, mito por mito, já basta os do J. R. R. Tolkien.

    —–
    Para aquele que controla o próprio pensamento, todo o resto se torna simples jogo de crianças…
    Gandhi.

    • http://pietra@hotmail.com Anônimo

      Eu odeio “conceitos”. Pra mim é vapor. Fácil montar uma imagem falsa flutuando no meio do nada, dizer “tela hologáfica – conceito” e ver um monte de gente dizendo “ohhh.. ahhh…” Pombas, vão ver Star Trek, lá tem um monte de “conceitos”.

      //trekker

  • RodrigoACK

    É. MeioBit tá querendo virar um site sério mesmo…

  • http://melinka.net Rocky

    Mas o que seria da internet se não fossem os boatos?

    • Wallacy

      Um lugar melhor, onde poderíamos trocar informações e aprender mais….

      —–
      Para aquele que controla o próprio pensamento, todo o resto se torna simples jogo de crianças…
      Gandhi.

  • Bigode

    Não é só a “mídia especializada” em tecnologia que fica espalhando boatos. O que acontece é que os boatos se espalham mais rápido pela “mídia especializada” em tecnologia…

    • http://melinka.net Rocky

      Esse é um ponto de vista interessante.

  • http://culturanerd.blogspot.com/ bonfarj

    Concordo plenamente com a preocupação do Cardoso. Ao mesmo tempo, uma coisa que eu tenho reparado é a agilidade que os blogs têm em relação a mídia tradicional. Por diversas vezes encontrei notícias aqui no Meio Bit que só chegaram na INFO Online quase uma semana depois. É um grande desafio conciliar agilidade e credibilidade e vejo que o Meio Bit está se saindo muito bem! :- )

    Abraços a todos e Feliz 2008!

    IGOR BRITO ALVES
    (Cultura Nerd)

  • http://larissaherbst.com/blog larissaherbst

    Concordo! É o risco de estar em um meio onde qualquer um pode produzir…

    Mas não vejo isso como sendo só de tecnologia… Nem só na Internet. Boatos aparecem por todo lugar, desde conversa de buteco, até em grandes jornais, revistas e também na Internet… Sobre o vizinho, sobre celebridades e sobre tecnologia…

    Mas aí também vai do leitor se deslumbrar por uma notícia cheia de “supostamente’s” ou já saber identificar os achismos alheios…

    E é bom que os blogs “construam” sua credibilidade através da consciência disso! ;)


    nerd nas horas vagas.

  • Paulim

    clap clap clap!

    se não fossem esses boatos, e coisas do gênero, o conteudo da internet não precisaria ser sempre colocado à prova.