Japão cria outro carro robô futurista que ninguém vai usar

robosta

Até os anos 80, com exceção de MadMax todo filme futurista mostrava os carros mais emasculados (pra usar um termo da moda) do Universo. Depois de décadas de Mustangs, Ferraris, Dodges, Opalas, Mavericks, o mundo do amanhã aparentemente se rendeu a coisinhas frágeis que pareciam um carrinho de golfe coberto por um monte de pranchas de PRÁSTICO coladas por uma equipe mal-paga de estagiários de efeitos especiais.

Curiosamente toda uma geração de designers se apaixonou por esses conceitos afeminados alternativos, e com justificativas ecológicas, se divertiam criando carros-conceito mostrando para os donos de Hummers o que eles dirigiriam no futuro.

Esse ROPITS (Robot for Personal Intelligent Transport System) da Hitachi é bem isso. É autônomo, com lasers, sensores de distância, GPS, a tralha toda. Você entra, ajeita o pino de segurança, senta, escolhe seu destino num tablet com uma interface horrorosa (como tudo que o Japão faz na área) e se segura apavorado, igual ao sujeito no vídeo, singrando a incríveis 6 km/h.

Esse tipo de idéia só faz sucesso entre pessoas que já abriram mão da própria dignidade, como as que consomem aquele negócio chamado “ração humana”. É um desperdício de tempo e talento. Enquanto isso a Tesla vem comendo pelas beiradas e criando carros 100% elétricos que causam inveja, não pena.

De resto, esse troço me lembrou muito menos um carro do que a cadeira de rodas do Capitão Pike:

pike

 

Fonte: EG.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Well Dias

    “e se segura apavorado, igual ao sujeito no vídeo”. Hahahaha… era exatamente isso que eu estava pensando quando vi o vídeo (sim, vi o vídeo antes de ler o texto). Parece que o cidadão está em pânico lá dentro.

  • OverlordBR

    Não é à toa que o carrinho se parece com a cadeira do Pike, Cardoso.
    Ele foi desenvolvido exatamente para isto: cadeirantes. E também para idosos.
    Foi projetado para andar nas calçadas e até com um dos pares de rodas sobre elas.

    E até para entrar em elevadores. Bem legal.

    Agora, sabe quando uma tecnologia de acessibilidade destas chegará ao nosso maravilhoso país? 😉
    Aqui, os babuínos não conseguem fazer nem uma simples rampinha em cada esquina!

    • e onde o cadeirante guarda a cadeira?

      • OverlordBR

        O cadeirante deixa a cadeira de lado. 😉

        O veículo é projetado para entrar até dentro de edifícios, Cardoso.

        Tem 70 cm de largura. Exatamente a largura de 99,9% das cadeiras de rodas comuns. 😉
        Os múltiplos sensores dele permitem que ele entre em elevadores, tem suspensão ativa, absorção de impacto… enfim, o negócio é show.

        É difícil de enxergar a utilidade porque aqui no Brasil, nada é projetado para pessoas com deficiências. Como falei ali em cima: nem uma simples rampinha de cimento com uma demão de tinta amarela conseguem fazer nas esquinas.

        Mas imagina um país onde acessibilidade é tanta que tu podes entrar com um veículo destes dentro de um edifício.

        Tem uma foto legal dele com um dos pares de roda sobre a calçada:
        http://cdn2.ubergizmo.com/wp-content/uploads/2013/03/ropits2.jpg

        • GalegO86

          Legal 🙂 Mas só se essa calçada for padrão japonês, pois aqui deve ser o dobro da altura e nos EUA também…

          • Eduardo Tenório

            Mas claro que tem que ser padrão japones. Japão é o país do futuro e eles esperam que os demais tenham o mesmo bom senso (quando se trata de tecnologia) apresentado por seus cidadaos.

            O problema eh q nos, subdesenvolvidos, n temos esse bom senso.

  • Tem um “cow bell” na frente do “carro”?

  • Furanus Alheius

    Medo, é preferivel os trambolhos acima dos carros autônomos tipo o da google que esse troço com bingulin balançando na frente …

    parece até que vai estender tentáculos quando estacionar atrás de outro desse de cores questionaveis…

  • carlitus

    “Pino de segurança”. Lembrei do revolucionário veículo criado pelo Mr. Garrison: http://www.southparkstudios.com/clips/153051/flexi-grips

  • Hollander

    Pela altura x largura, corre o risco do paraplégico cair com o robô e ficar tetraplégico.

  • Não acho totalmente inutil, se você fizer as adaptações corretas, mudar um pouco o designer, vai ser um excelente cadeira de rodas high tech. Mas quanto a carros ecologicamente corretos eu acho que no brasil já deveriam ser fabricados carros de dois lugares pois usar a metade do espaço pra estacionar e consumir menos combustivel, mas com designe bonito por favor. A maioria dos carros que vejo so transportam uma pessoa mesmo, e no dia que for sair com a namorada não tem como dar carona pro cunhado folgado. Mas infelizmente ter um carro de 2 lugares significa que você vai ter um carro pra trabalhar e outro pra passear e carregar a familia.

  • Tejobr

    Não é um AAT, Assistente de Aus… quer dizer Aspirador Autônomo Tripulado?

  • Tejobr

    Não é um AAT, Assistente de Aus… quer dizer Aspirador Autônomo Tripulado?

  • 6km/h???? DAFUQ?? Prefiro ir andando. Levo o mesmo tempo e ainda faço um exercício 😀

  • riviery

    Eu confesso que ri na parte do “pino de segurança” jogada disfarçadamente no meio do texto.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Martins Fontes Paulista, Cupom de desconto Empório da Cerveja