Sony RX1 – compacta com sensor full frame

E aconteceu uma coisa que todo mundo esperava desde que a fotografia digital dominou o mundo. O problema é que hoje o fato se torna uma grande maravilha, visto que com o tempo notamos que isso não seria uma coisa tão fácil assim. Mas, o dia chegou. Estão se filtrando informações quase confirmadas de que a Sony vai colocar no mercado o modelo RX1, cujas informações disponíveis são bem poucas, mas o principal já deixa todo mundo com água na boca.

A Sony deve ser o primeiro fabricante do mundo a colocar no mercado uma câmera compacta com lente fixa e um sensor full frame. Isso mesmo meus amigos, uma câmera pequena com um sensor do tamanho do velho fotograma de 35mm. O que sabemos até agora é que a câmera terá uma lente fixa da Carl Zeiss com abertura máxima de diafragma em f/2.0 e com distância focal de 35mm. Também temos uma visão geral do design da câmera e podemos afirmar que ela vai agradar quem gosta do visual retro das câmeras da Leica e da Fuji e que teremos um flash incorporado e uma sapata para flash externo. Dentro da câmera teremos um sensor CMOS de 24 megapixels (poderiam ter deixado com 16 megapixels que já seria ótimo) e a velocidade ISO ficará entre 100 e 25600.

Agora vem a parte que realmente vai doer. Toda tecnologia de alto rendimento tem o seu custo, e a câmera da Sony tem um bem salgado. A RX1, segundo informações publicadas na internet, vai custar US$ 2.700,00. Um preço muito alto por um equipamento que vai concorrer em um segmento que já é dominado por ótimas opções de alta qualidade, porém nenhuma é full frame. A Sony está apostando que o consumidor vai por a mão no bolso para comprar algo que é novidade e que deve, pelo menos em teoria, bater a qualidade da concorrência. Bem, eu estou extremamente cético em relação a isso. A data provável de lançamento é o dia 13 de setembro. Agora resta aguardar a ficha técnica completa e ver se o preço anunciado vai ser confirmado pela empresa.

 

Fonte: Fhotoprice

Relacionados: , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar
  • A grande questão é:

    Precisa mesmo?
    A vantagem de uma compacta é ser… compacta.
    Estamos “presos” no “velho” 135 por ser o limite das lentes, salvo as de médio e grande formato.

    Um bom APS-C hoje, ocupa menos espaço e não fica devendo.

    Sim, precisamos ter câmeras assim, só a M9 nesse mercado de compacta full-frame acho até injusto.

    Não se ganha da física. Ela não vai ter o tamanho de uma S100, que cabe no bolso. Ao contrário das x10/x100/G12 e as Micro4/3 e NEX com qualquer lente que não seja uma pancake.

  • Impressionante como o mercado dessas câmeras pequenas de alto desempenho está concorrido…

  • Felipe Daidouji

    É verdade que estão dizendo que a RX1 ainda não tem estabilização nenhuma, nem no sensor e nem nas lentes?

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Martins Fontes Paulista, Cupom de desconto Empório da Cerveja