Home » Games » Miscelâneas » CD Projekt: Cyberpunk 2077 será mais ambicioso que The Witcher 3

CD Projekt: Cyberpunk 2077 será mais ambicioso que The Witcher 3

CEO da CD Projekt Red diz que o Cyberpunk 2077 será ainda mais ambicioso que o The Witcher 3 e quem jogou a última aventura de Geralt provavelmente já deve estar tentando imaginar o que o estúdio nos entregará.

2 anos atrás

Muitas pessoas só vieram tomar conhecimento da CD Projekt Red após o lançamento do The Witcher 3: Wild Hunt. Fundada em 1994, isso poderia ser considerado um demérito para a desenvolvedora, já eu prefiro acreditar que essa recente popularidade só reforça a grandiosidade do jogo.

Tendo custado US$ 81 milhões para ser produzido, o título contou com mais de 1.500 pessoas envolvidas na sua produção, sendo que só atores foram mais de 500. Mas se mesmo assim você acha que o estúdio polonês havia chegado no ápice da sua ambição com a terceira aventura de Geralt, é bom se preparar para o Cyberpunk 2077.

Anunciado em 2012, o título será uma espécie de continuação para os jogos Cyberpunk 2013 e Cyberpunk 2020, de Mike Pondsmith e assim como a CD Projekt fez com a obra de Andrzej Sapkowski, a ideia é transformar esse universo futurista numa nova poderosa franquia, conforme explicou Adam Kiciński, CEO da desenvolvedora.

O Cyberpunk é o nosso novo Witcher 3, mas ainda mais ambicioso. O nosso objetivo é estabelecer uma nova franquia arrasa-quarteirões desde o início. Trabalhamos em um novo universo, um futurístico universo. Acreditamos que ele será bastante atraente para os jogadores, não apenas a aqueles que gostam de RPG — mas ele será um RPG verdadeiro, como o Witcher, como o Witcher 3, para um público maduro. Será um mundo aberto detalhado e feito a mão, com uma jogabilidade aberta. Um ótimo jogo, mais ambicioso que o Witcher 3 e acreditamos que possamos mirar em objetivos de negócios mais ambiciosos também — mas é claro, tendo ainda os jogadores como foco central e o foco na qualidade como prioridade.

A opinião de Kiciński reforça aquilo que um artista de efeitos visuais envolvido com a produção disse em 2015 e como eu disse na época, com o The Witcher 3 a CD Projekt estabeleceu um nível de qualidade e entrega de conteúdo que certamente seria usado na comparação com seus próximos jogos.

O que pode prejudicar um pouco o Cyberpunk 2077 é o seu longo período de desenvolvimento, algo que fatalmente acaba sendo usado como motivo de críticas para títulos que ficam muitos anos sendo criados. O fato é que por enquanto ainda não existe uma previsão mais concreta para o jogo ser lançado e eu não teria muita esperança de que isso acontecerá tão cedo.

Fonte: Videogamer.

relacionados


Comentários