Home » Hardware e periféricos » HP está outra vez vendendo dispositivos da Apple, desta vez da maneira correta

HP está outra vez vendendo dispositivos da Apple, desta vez da maneira correta

HP fecha nova parceria com a Apple, desta vez para oferecer dispositivos iOS e macOS em seu programa de Device as a Service (DaaS) a empresas.

1 ano e meio atrás

Em uma das parcerias mais estranhas já vistas no mercado corporativo, a HP conseguiu sabe-se lá como vender iPods entre 2004 e 2005. Eles sequer eram modelos montados ou desenvolvidos pela Hewlett-Packard, e sim uma série de produtos produzidos e manufaturados pela Apple (na China, mas você entendeu), que recebiam o selo da HP e eram vendidos pela mesma, que também dava assistência técnica (os Genius eram proibidos de colocar as mãos em um desses nas Apple Stores).

O acordo é visto como uma das maiores maluquices da gestão Carly Fiorina, ainda que não explique no que diabos Steve Jobs estava pensando na época. E por isso mesmo o anúncio de que a HP vai voltar a vender produtos de Cupertino de deu uma sensação de déjà vu, mas ao menos desta vez ambas as partes estão fazendo as coisas da maneira correta.

A HP possui um programa voltado a escritórios e corporações de oferecer seus próprios dispositivos em um regime de Dispositivos como um Serviço (Device as a Service ou encurtando, DaaS), em que os clientes não adquirem o hardware e sim uma licença de uso, que prevê uma certa quantidade de aparelhos e serviços conforme suas necessidades. Do ponto de vista da empresa contratante o modelo de DaaS representa uma grande economia no que tange à aquisição de computadores e/ou dispositivos móveis, bem como por não ter que arcar com assistência técnica dos mesmos.

O problema é que a HP não estava conseguindo oferecer seus próprios produtos para seus clientes, que preferiam ou apelar para o modelo BYOD (Bring Your Own Device) ou adquirir produtos de outros fabricantes, principalmente da Apple. Dessa forma, a companhia e a maçã fecharam um novo acordo de modo a permitir a inclusão de iPhones, iPads e Macs ao catálogo que já oferece dispositivos Android e Windows, além de seus próprios desktops e notebooks. A diferença é que desta vez não haverá nenhuma forma de rebranding, como aconteceu com os iPods no passado.

As empresas que fazem uso do modelo de DaaS da HP terão direito a trocar um dispositivo iOS em um dia e um macOS em dois dias em caso de defeito, e outros produtos poderão ser incluídos nos contratos de acordo com as demandas particulares. A HP informa que no momento o programa é restrito aos Estados Unidos, mas pretende expandi-lo em breve para outras partes do mundo.

Ainda que o repeteco de uma parceria que no passado foi muito estranha, é possível que a HP se dê muito bem oferecendo produtos Apple no modelo de DaaS e que ambas façam muito dinheiro com isso, enquanto companhias poderão fazer uma significativa economia em hardware e manutenção e ainda continuar utilizando iGadgets.

Fonte: HP.

Leia mais sobre: , , , , , , , , .

relacionados


Comentários