Home » Engenharia » Volvo quer lançar carros sem chave em 2017 — péssima idéia

Volvo quer lançar carros sem chave em 2017 — péssima idéia

A Volvo avisou que vai trocar a chave de seus carros por apps de celular. Tem um monte de gente achando ótimo, menos uma coisa pra carregar, mas pense bem: é mesmo uma boa idéia? Quem falou sim e está com menos de 10% de carga levanta a mão…

3 anos e meio atrás

1-131110235201

A Volvo tem uma preocupação com segurança que atinge e ultrapassa o nível de neurose. Em 1959 não só foram os primeiros a usar cinto de segurança de 3 pontos, como abriram mão das patentes, permitindo que todo mundo os usasse em seus carros.

Airbags, gaiola de rolagem, reforço de proteção lateral, tudo pioneirismo deles. Os caras se garantem tanto que afirmaram que em 2020 ninguém vai morrer em um Volvo.

Essa busca por inovação tem uns engasgos, claro. A Volvo pisou na bola algumas vezes, e está pisando de novo com o recurso que estão prometendo para o ano que vem: abandonar as chaves e transferir sua função para um app de celular.

É uma péssima idéia. Não pelos apps, não tenho nada contra eles, até sou amigo de alguns, e carros conectados não são mais novidade: faz tempo que dá pra fazer um monte de coisas em um Tesla só com o celular, por exemplo.

model-s-app

Apesar de não usarem chaves no sentido convencional, esses veículos mais modernos ainda têm o equivalente: controles eletrônicos de acesso e autenticação. A “chave” do Tesla é um controle remoto muito do lindinho que parece uma miniatura do carro.

In a photo from Tuesday, April 7, 2015 in Detroit, the key fob of the new Tesla Model S 70D, which resembles a toy car, is seen during a test drive. Electric car maker Tesla Motors is seeking mainstream luxury buyers by adding all-wheel-drive and more range and power to the base version of its only model. Starting Wednesday, Tesla will stop selling the old base Model S called the 60 and replace it with the 70-D. The new car can go 240 miles per charge and from zero to 60 in 5.2 seconds. (AP Photo/Carlos Osorio)

O BMW i8 tem uma chave que é um trambolho, mas vem até com uma tela de toque pra você configurar e acessar dezenas de recursos de seu carro, e é grande o bastante pra todo mundo que passar perto de sua mesa no bar olhar e saber que você tem um BMW i8.

BMW-7er-2

“Ah mas o celular é melhor, menos uma coisa pra carregar”

Não, filho, não. O controle do Tesla não consome quase nada, usa aquela bateria de Lítio de 3 V, a CR2032 que se acha em qualquer camelô e faz um escândalo semanas antes de esgotar a carga. Já o da BMW encaixa no painel e é recarregado cada vez que você usa o carro.

Seu celular por sua vez adora ficar ser carga no final do dia. Se você cismar de ficar no Netflix, ou passar a noite fazendo Periscope da festa da empresa, quando perceber estará nos temíveis 3%. Aí decide: desiste de dar idéia na japinha da contabilidade, que está quase percebendo que não vai achar coisa melhor, ou fica até o fim, e leva a japinha pro Vip's de táxi, porque nem celular pra chamar o Uber você tem?

E não, andar com carregador não adianta, você vai guardar no porta-luvas.

A Volvo tem um histórico incrível, mas eu não quero viver em um futuro onde ficar sem bateria no celular signifique ter que ir a pé pra casa.

Nota: acho que nem a Volvo quer, avisaram que os carros continuarão tendo chaves convencionais, caso os clientes optem por elas.

relacionados


Comentários