Home » Meio Bit » Celular » Seu telefone já lê QR Code?

Seu telefone já lê QR Code?

Código de barras como vemos nos supermercados é algo tão, tão primitivo... sabe-se lá porquê, versões mais modernas nunca pegaram no ocidente, que dirá no Brasil. Já no Japão, aquele país que existe uns 250 anos no futuro o código de barras padrão QR existe desde 1994. Ao contrário do

10 anos e meio atrás

Código de barras como vemos nos supermercados é algo tão, tão primitivo… sabe-se lá porquê, versões mais modernas nunca pegaram no ocidente, que dirá no Brasil. Já no Japão, aquele país que existe uns 250 anos no futuro o código de barras padrão QR existe desde 1994.

Ao contrário do código normal, que guarda poucos números e não tem nenhum mecanismo de correção a não ser um dígito verificador, o código QR tem vários níveis de correção e pode guardar 7089 valores numéricos, 4296 caracteres alfanuméricos ou 2953 dígitos binários. Nada mal para uma etiqueta.

barcode.aspx

 

Houve um revival do padrão QR, com a popularização dos celulares com câmera, afinal, digitar longas URLs em celular é um saaaaaco. Apontando a câmera, deixando que um software detecte, decodifique e abra o browser, resolvemos o problema.

Os códigos QR podem ser capturados em papel, telas de vídeo, e se procurar (me recuso) provavelmente até em tatuagens.

Existem leitores para quase todos os telefones decentes. No Windows Mobile o i-Nigma tem um visual meio over, mas é bem eficiente:

i-nigma-barcodei-nigma-barcode-reader

 

No Symbian S60 temos o Kaywa, outro leitor bem interessante. Se você quer uma solução free, open source, em linguagem aberta, fapfapfap, vinda do Tio Bonzinho Google, excelente notícia: O Android, aquela plataforma inspirada na vida e obra de James Watt virá -dizem- com o Crossing Zebra, ou Xing, e os fãs do QR acreditam que poderá ser a grande chance de popularizar o formato nos EUA. Se você não quer esperar, há uma versão preliminar aqui.

O exemplo usado neste artigo, claro, é exagerado, mas demonstra o quanto é funcional o formato. A imagem QR neste texto traz a URL:

http://maps.google.com/maps?f=d&hl=en&geocode=&saddr=1+microsoft+way,

+redmond,+wa&daddr=1+Infinite+Loop,+Cupertino,+Santa+Clara,+California+

95014,+United+States&mra=pe&mrcr=0&sll=42.4882,-122.080832&sspn=

16.092614,48.164063&layer=t&ie=UTF8&ll=42.488302,-122.651367

&spn=16.092614,48.164063&z=5

Imagine digitar isso no celular.

Ah sim, existem geradores gratuitos de códigos QR, componentes para linguagens, módulos Python, etc, etc.

relacionados


Comentários