Home » Meio Bit » Miscelâneas » Passeio no Av. Central - Genéricos Apple, Eees e invasão Pinnacle

Passeio no Av. Central - Genéricos Apple, Eees e invasão Pinnacle

11 anos atrás

O Edifício Avenida Central, na Avenida Rio Branco, 156 é o coração da informática "de raiz" no Rio de Janeiro. Para surpresa dos paulistas (e mesmo dos cariocas) ele é maior que o famigerado Standcenter, além de ser muito mais espaçoso.

Com vendedores e donos predominantemente brasileiros, o Edifício Central não nos deixa com aquela sensação de estar no meio da rua em Blade Runner, mas talvez por isso passe a impressão de não ser tão "ativo".

Em algumas áreas, como câmeras digitais, o Standcenter é bem melhor, mas no campo da informática do dia-a-dia, depois de várias visitas a ambos, posso dizer que o Edifício Central é tão bom quanto.

O que não pode acontecer, de forma alguma, é alguém mandar um leigo fazer compras lá. O Natal de muita gente foi estragado, com os pais "espertos" que viram "iPods" a preços super-promocionais e levaram, somente para descobrir que comprou um xing-ling. Vejam as pérolas que achei lá:

Vai um novo Nano, alguém? Notem que os calas-de-pau copiaram até os fones. Não vi detalhes, mas a R$130,00 não deveria ter mais de 256MB. Mas a falsificação era perfeita, eu nem reparei até ver o preço (e a caixa), estava passando achando que era um Nano.

Outro Nano na mesma loja. O pai vai comprar e ainda vai ligar pro amigo chamando de otário por ter pago US$200,00 nos EUA...

Essa aqui vai fazer o Stallman se virar no caixão (alguém duvida que ele durma em um caixão?): A Loja que não tem corretor ortográfico está vendendo o Asus Eee, a um preço até razoável para um ultraportátil, R$1200,00, ou US$675,00. Só que eu me recuso a comprar de uma loja que lista "Memória 512"  sem dizer 512 o quê, em seguida coloca "Memory FLAH 4GB" e ainda escreve "webcam IMbutida".

Aliás a Memory Flah nem assentou em meu cérebro, quando vi o pior: Licença Linux.

UAU, eles dão uma licença do Linux di grátis com o Eee, quanta generosidade.

De resto, uma promoção da Kingston em várias lojas vendia pendrives de 4GB por R$70,00. Se lembrar que em meu primeiro 386 eu paguei US$50,00 por MB...

Em todas as vitrines, equipamentos de captura de vídeo da Pinnacle, via USB, PCI, vários modelos e preços, todos prometendo edição de vídeos com qualidade profissional, e os melhores batizados, casamentos, aniversários e bar-mitzvas que a tecnologia pode prover.

Também estão na moda "placas de TV", que exibem e capturam imagens de vídeo ou TV (sintonizada ou via cabo) em seu micro. Essas eram quase todas PCI, GoTec e ficavam na casa dos R$75,00.

Misteriosamente saí de mão abanando, preferi passar na Banca do Osni e comprar uns gibis.

relacionados


Comentários