Home » Mobile » Acessórios » Hackeando um iPhone com um carregador

Hackeando um iPhone com um carregador

Pesquisadores criam carregador alternativo e conseguem infectar dispositivos iOS com a última versão do sistema operacional

6 anos atrás

gogoni-iphone-charger

A gente sabe que os dispositivos iOS são bem mais seguros do que os Androids, mas é aquela velha história: o que deve imperar é o bom senso. Em todos esses anos nessa indústria vital, nunca peguei um malware sequer no sistema do robozinho verde. Donos de iPhones não costumam ter esse tipo de preocupação, mas agora apareceu um tipo de ameaça até então não considerada - infectar um dispositivo através de um carregador malicioso.

Sabendo que os usuários de iOS são em sua maioria descuidados por causa dessa falsa sensação de segurança, pesquisadores do Georgia Institiute of Technology desenvolveram um carregador protótipo chamado de Mactans (derivado de Latrodectus mactans, nome científico da viúva-negra) equipado com uma placa BeagleBoard da Texas Instruments, encarregada de executar o hack. O carregador pirata mede 3 polegadas quadradas - pouca coisa maior que um oficial e pode passar despercebido.

Em 100% dos testes com dispositivos rodando a última versão do iOS e sem jailbreak o malware foi instalado sem problemas.

Obviamente que os pesquisadores não ensinaram o caminho das pedras, mas é uma preocupação saber que alguém foi capaz usando uma placa open-source de US$ 45, e que obviamente alguém nos porões de sua casa está neste momento tentando fazer o mesmo, se já não rodam por aí há tempos.

Por isso digo e repito: bom senso nunca é demais. Usuários tanto iOS quanto Android, andem sempre com seu carregador - oficial, de preferência.

Fonte: Black Hat via Gizmodo.

relacionados


Comentários