Série Call of Duty poderá voltar à 2ª Guerra

call-of-duty

Embora a série Call of Duty não tenha sido a primeira a me fazer sentir como se realmente estivesse lutando na Segunda Guerra, posto este que credito à Medal of Honor, foi com ela que a coisa ganhou uma proporção muito maior, com a imersão atingindo um nível absurdo.

Eu até entendo quando algumas pessoas defendiam que o tema já havia sido explorado exaustivamente, mas a verdade é que nunca cansei de jogar games que tentavam recriar aquele período e por isso fiquei muito feliz ao saber que o próximo CoD deverá abandonar os conflitos modernos/futurista para voltar a nos colocar nos campos de batalha das décadas de 30 e 40.

Tal possibilidade foi levantada pelo canal TheFamilyVideoGamers, que alega ter recebido de uma fonte anônima as artes de um pôster e que deverão ilustrar a capa de um jogo chamado Call of Duty: WWII. Nelas podemos ver soldados com roupas e armas que foram usadas na Segunda Guerra, além de uma cena que aparentemente mostra o desembarque na Normandia.

De acordo com a fonte que passou o material para o canal, o título estaria sendo criado pela Sledgehammer Games, mesmo estúdio que nos deu o Call of Duty: Advanced Warfare e co-desenvolveu o Modern Warfare 3. Porém, por enquanto toda a história deve ser considerada apenas como um rumor, já que como de costume, a Activision preferiu não comentar o assunto.

Vale citar no entanto que os novos capítulos da franquia normalmente são anunciados entre os meses de abril e maio, sendo que no ano passado, quando vazou a existência do Call of Duty: Infinite Warfare a do Call of Duty: Modern Warfare Remastered, isso aconteceu por volta desta data.

Outro detalhe que ajuda a tornar o rumor um pouco mais plausível foi uma declaração do COO do estúdio dada há alguns meses, quando Thomas Tippl disse que o título deste ano contaria com “combates tradicionais” e funcionaria como “uma volta às raízes.” Já o fundador da Sledgehammer, Michael Condrey foi além, quando em lá em 2014 disse que gostaria de desenvolver um CoD ambientado na Segunda Guerra.

Portanto, parece ser apenas uma questão de tempo até que a informação seja confirmada e se isso acontecer, tenho que dizer que pela primeira vez em muitos anos terei que comprar um Call of Duty.


TheFamilyVideoGamers — CALL OF DUTY 2017 LEAKED PICTURES AND INFORMATION – WWII

Fonte: Trusted Reviews.

Relacionados: , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Anderson Oliveira

    Seria ótimo voltar ao tema da WWII, só não pode é ter um DLC que adiciona umas nanosuits com armas a laser e jetpack!!!

    • Ivan

      Dlc “Go to future” enfrente nazistas na lua

      • Gui

        DLC “Freeze Under Zero”: os nazistas fugiram para a sua base secreta na Antártida e desta vez lançam uma nova ofensiva utilizando discos voadores e outras tecnologias alienígenas. Descubra a entrada para o interior da Terra Oca, desmascare e impeça o plano deles de penetrarem na cidade de Agartha e roubarem a tecnologia do povo subterrâneo para dominar o mundo. MWAHAHAHAHAHAHAHAHA!

        • Ivan

          em seguida “Reptilian Force” foi descoberto que Hitler era na verdade uma marionete dos verdadeiros inimigos, enfrente aliens com forma de repteis com armas a laser que querem dominar a terra.

          • Gui

            “Operation Patagonia”: Hitler forjou o próprio suicídio, fugindo em seguida para a Argentina onde controla o governo nos bastidores. Capture e traga-o à Justiça para responder pelos seus crimes.

      • Rômulo Catão

        Nazi zombies from the dark side of the moon.

    • Rodrigo M

      Teve uma expansão para Battlefield que brincou um pouco com isso. Colocando alguns dos projetos mais futuristas, como caça a jato e protótipos de helicópteros.

      O mod Forgotten Hope fez uma brincadeira colocando um disco voador escondido em um dos mapas do final da guerra.

  • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    Sou mais a série BF… CoD virou contagem de frags

    • só falta os caras implementarem todos os recursos do Battlelog no próprio jogo para eu não precisar abrir o navegador apenas pra personalizar meus soldados, e um sistema de denúncia e ant-cheat já que eles são que praticamente inexistentes, vc tem que acessar a EA pra poder faze-lo da maneira mais rudimentar possível (ainda estou tentando), cansei de levar tiros que atravessam por dentro de montanhas (no BF4)

      • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        Nunca tive problema com cheaters no BF, estranho isso, era servidor oficial com anti-cheat e tudo?

        • só busquei um server e joguei, não conferi isso

      • gfg

        Tenho quase 2k de horas no bf4, e sério, ainda não presenciei mais de 10 cheaters(tirando o pessoal que usa macro). E todos foram banidos instantaneamente dos serves que jogava.

        • Deni Carson de Souza

          Guerra Civil 1918 – 1922) e revolução Russa de 1917
          Guerra Russo-Japonesa (1904 – 1905)
          Guerra dos Bálcãs (1912 – 1913)
          Guerra do Contestado (1912 – 1916)
          Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918)
          Guerra Civil Russa (1918 – 1922)
          Guerra do Chaco (1932 – 1935)
          Guerra Civil Espanhola (1936 – 1939)
          Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
          Guerra de 41 (1941)
          Primeira Guerra da Indochina (1946 – 1954)
          Guerra fria (1948 – 1989)
          Primeira Guerra Caxemira (1948 – 1949)
          Guerra da Coréia (1950 – 1953)
          Guerra da Argélia (1954 – 1962)
          Guerra Colonial Portuguesa (1961 – 1975)
          Guerra de Independência de Angola (1961 – 1975)
          Guerra de Independência da Eritréia (1961 – 1991)
          Guerra da Independência de Moçambique (1964 – 1975)
          Guerra do Vietnã (1964 – 1973)
          Guerra Civil na Colômbia (1964 – presente)
          Segunda Guerra Caxemira (1965)
          Guerra da Independência da Namíbia (1966 – 1988)
          Guerra dos Seis Dias (1967)
          (Guerra das 100 horas) (1969)
          Guerra de Bangladesh (1971)
          Guerra do Yom Kipur (1973 – 1973)
          Ocupação soviética do Afeganistão (1979 – 1989)
          Guerra Irã-Iraque (1980 – 1988)
          Guerra das Malvinas (1982 – 1982)
          Primeira Guerra do Líbano (1982)
          Guerra de Nagorno-Karabakh (1988 – 1994)
          Guerra do Golfo (1990 – 1991)
          Primeira Guerra da Chechênia (1994 – 1997)
          Guerra do Cenepa (1995)
          Guerra do Kosovo (1996) – (1999)
          Guerra Etíope-Eritrea (1998 – 2000)
          Guerra de Kargil (1999)
          Guerra do Kosovo (1999)
          Segunda Guerra da Chechênia (1999 – atualidade)

          Só algumas ambientações possíveis….

    • tuneman

      depois do Battlefield nao voltei pro CoD.
      BF teve seus altos e baixos, mas BF1942, BF2, BF Bad Company 2 e BF1 são incríveis.

    • Julio da Gaita ✔

      também, mas o BF1 tá bem fraco heim amigo @manowars:disqus , o jogo parece imcompleto, as DLC’s são caras e as armas são poucas;

      Sempre comprei o PREMIUM do beéfão da massa, mas esse BF1 tá com pouco conteúdo, armas destravadas com “dinheiro do jogo”, perdi a vontade de jogar já… ./

      • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        Eu to jogando pouco, qdo sobra tempo, o BF4 aproveitei mais, e o BF2 fiz valer muito o investimento, joguei por anos…. agora só pego eles com promoção muito boa, peguei o BF1 com 50%

  • leoncral

    Quem fez o que CoD é hj foi a Infinit Ward, sem aquela equipe ele jamais será como antes. Ainda tem o fator geração “graficos” e dlc.

    • Paulo Andador

      Concordo com você, depois que CoD saiu das mãos da equipe original da Infinity Ward, nunca mais foi CoD novamente.

    • Lembrando que a Infinity Ward foi criada a partir do time que produziu o MoH:AA.

      • Cássio Amaral

        Era a 2015, Inc. Os caras eram fodas, pra mim MoH: AA foi o melhor FPS ambientado na 2ª Guerra.

    • Cássio Amaral

      Idem. O último CoD que eu achei bom mesmo foi o Modern Warfare 2 de 2009. Justamente o último que contou com a participação de Jason West e Vince Zampella, fundadores da Infinity Ward.

      • Paulo Andador

        Bem lembrado! CoD sem Jason West e Vince Zampella caiu em decadência. Assim como você, CoD MW2 é meu preferido, é o único game que tenho que sempre lacrimejo os olhos quando pego a caixinha e fico olhando pra ele. Ja avisei minha família que quando eu morrer pela segunda vez, quero que meu MW2 esteja comigo no caixão, nunca quero me separar dele.

        • Cássio Amaral

          Se bobear gosto mais dele do que o CoD 4: Modern Warfare de 2007. Só pela ousadia de fazerem uma missão como a “No Russian”, que gerou um mimimi desgraçado dos SJWs, já merece meu respeito. Saudades de quando CoD tinha um enredo e gameplay interessantes.

          • Paulo Andador

            Bem lembrado, ‘No Russian’ foi muito “módafóca”…

  • Deni Carson de Souza

    Praticamente sai dos games de tiro depois que “perderam” suas origens, talvez agora eu volte a jogar. Guerras classicas são muito mais interessantes, se colocarem missões “reais”.
    Alem disso ha uma porrada de guerras do seculo passado que não foram retratadas em nenhum game, e que poderiam render bons enredos.

    • gfg

      Não só são muito mais interessantes, como também servem pra algo muito mais fundamental(muitas vezes subaproveitado), ensinar história.
      Cod 2 foi o jogo mais influente de WW2 pra min, me levando a pesquisar desde Vasily a Rommel.

      • Theuer

        Ahahahaha, mesma coisa aqui!

  • 🦊 RaposaDoida 🦊

    Espero que tenha missões com o nazis, ou mesmo contra os japoneses.
    Podiam colocar umas missões de espionagem também.

  • Cássio Amaral

    Ué, faz um CoD ambientado na 1ª Guerra Mundia. Battlefield 1, que é excelente, está aí pra provar que pode ser viável um jogo sobre essa guerra. Ou então, melhor ainda: um jogo sobre a Guerra da Coreia, que foi uma guerra de “transição” entre a 2ª e a do Vietnã. Foi também a 1ª com presença de caças a jato e helicópteros, ou seja, daria para fazer um FPS com batalhas épicas.

  • gfg

    Acho engraçado esse papo de “explorado exaustivamente”, como se jogos futuristas fossem inéditos. Como se todos as batalhas, palcos e historias de guerra já tivessem sido recriadas.

    Poxa jogos de época são os meios mais eficientes de contar história. É só contar uma história descente, já que o pow pow vai ficar igual.

    E sinceramente, gostaria muito que fizessem um CoD Vietnam tão bom e imersivo quanto o CoD 2

    • Manoel Jorge Ribeiro Neto

      Apesar de ser muito interessante, acho meio difícil um Call of Duty Vietnam, pois isso mecheria com os brios dos americanos. Além de ter sido uma guerra totalmente controversa, reflexo da Guerra Fria, eles foram humilhados, tanto militarmente quanto moralmente. No entanto, fazer um CoD na linha “Black Ops” poderia vingar lá.

      Ah, os únicos CoD que me dispus a jogar foram o 2 e o 4.

      • Rodrigo M

        Acho que estes foram os melhores!

      • Flávio Pedroza

        Militarmente, os EUA foram muito superiores e venceram a guerra. Já no campo político, não houve vitória, pois o assim que os EUA se retiram, o Vietnam do Norte rasgou o acordo de paz assinado e invadiu de vez o Sul. Dessa vez, os americanos nada fizeram.

        • Manoel Jorge Ribeiro Neto

          Não vejo como êxito militar uma guerra que se estendeu por quase 20 anos, consumiu inúmeros recursos e ainda deixou milhares de americanos incapacitados, sejam deficientes físicos ou vítimas de stress pós-traumático (pelo que sei, o índice de suicídios entre veteranos da Guerra do Vietnam é bem alto). Eles poderiam ter armas mais modernas e estreado ou melhorado novas formas de combate, mas a minha visão é de que os EUA perderam feio essa guerra.

          • Manoel Jorge Ribeiro Neto

            Ah, os americanos só lutaram “de fato” de 1965 até 73, mas a guerra já tinha iniciado bem antes, com os americanos já dando “pitacos” nela.

          • Flávio Pedroza

            Já eu sou mais pragmático: o Vietnam do Norte perdeu em combate 1 milhão de soldados (isso sem contar os civis), EUA: 58 mil .
            Sem condições de continuar lutando, rendeu-se e assinou o acordo de paz. Então, entendo que, no campo de batalha, os EUA venceu sim.
            No entanto, sendo ainda mais prático, fora do campo de batalha a guerra foi perdida, pois como disse antes o Vietnam foi unificado sob um único regime comunista, justamente o que os EUA queriam evitar.

      • gfg

        Olha, essa semana mesmo vi uma discussão sobre quem ganhou a guerra do Vietnam, só que em um fórum internacional, e foi muito parecida com a de vocês dois.
        Com os americanos argumentando quase o mesmo que o Fávio e o resto do mundo argumentando parecido com você.
        E como o ego deles é gigantesco, já devem estar ensinando que ganharam a guerra de alguma forma.

        • Cássio Amaral

          E ganharam mesmo, pois os Vietnã do Norte teve muito mais baixas, se rendeu e assinou acordo de paz. Os EUA só não atingiram o seu objetivo principal, que era impedir a influência comunista sobre a região, pois o Vietnã do Sul acabou se unificando com o do Norte e adotando esse regime.

      • O primeiro Black Ops tem algumas fases no Vietnã, inclusive com uma delas tocando Rolling Stones enquanto descemos um rio de barco.

    • Theuer

      Uia! Boa essa hein…
      Essa é uma história relativamente recente mas difícil de entender exatamente. (não que o jogo explicaria…)
      https://uploads.disquscdn.com/images/463083eab5da33337175757fca45f14cf02fb7bb784b2841e87e1bdab75f15b6.jpg

  • CtbaBr©

    Jogos ambientados em guerras antigas são mais fáceis de serem assimilados, o jogador entende melhor e liga os fatos do jogo a historia! Eu prefiro esse tipo de cenário!

  • Theuer

    “tenho que dizer que pela primeira vez em muitos anos terei que comprar um Call of Duty.”
    Faço minha as suas palavras Dori.
    Na época de produtora começamos jogar em rede Halo e depois fomos para o CoD2. Eram os dois bons FPS para OSX da época.
    Recentemente o pessoal daquela época comprou na Steam o CoD MW2 para voltarmos a jogar pela internet. Até estamos fazendo isso, mas é meio Méh… A simplicidade do CoD2 era campeã para usuários casuais.
    Tenho me aventurado no America’s Army, excelente game! O problema é que de todos amigos de jogo, só mais um também tem uma máquina Windows.
    Que venha esse CoD WW2 e que seja para OSX também.

  • Bruno Costa

    Nunca desrespeitem a regra de ouro: NUNCA, JAMAIS, EM HIPÓTESE ALGUMA, APOSTEM SUAS FICHAS NA EA OU NA ACTIVISION. Melhor ir sem expectativa nenhuma e ser surpreendido do que esperar algo grandioso e bem… Ver o que elas estão acostumadas a lançar.

    • Cássio Amaral

      kkkkkkk

  • Se fosse Battlefield WWII, a gente teria protótipos de armas laser, já que na WWI tinha tanta arma automática…

    Mas acho a ideia genial. Foi a melhor (única?) época boa do CoD. Até joguei uns 2 ou 3 títulos moderninhos, mas não empolgam.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis