TV 3D? MOR-REU!

98ca0280a1a6ef7579594fc990978885

Existem quatro tipos de modas:

  • a moda que só acontece uma vez — perucas masculinas Luis XIV;
  • a moda que é cíclica — ioiô, garrafinhas da coca-cola, barba;
  • a moda de viola;
  • a moda que insistem em tentar emplacar, não conseguem, esquecem por uns anos, aí tentam de novo.

O 3D se encaixa perfeitamente nesse último caso.

O cinema estereoscópico é algo bem antigo, nunca caiu no gosto dos cineastas e sempre foi visto como um truque barato para impressionar platéias. Ele só resiste em sua última iteração por ter exigido muito investimento dos exibidores, e consequentemente justificar ingressos mais caros.

Já a TV 3D foi uma tentativa dos fabricantes em encontrar uma novidade, já que a indústria estava estagnada e o público não invadiu em hordas as lojas atrás de incríveis SmartTVs com apps.

As tais hordas não apareceram com a TV 3D também, e quem não conhece História a fundo investiu pesado, montando infraestrutura em emissoras para transmissão 3D. Sim, alguém achou racional o racional de que pessoas iriam querer assistir Superpop e Pânico em 3D.

tombstone

Não é brincadeira, a primeira transmissão de TV 3D foi em 10 de agosto de 1928.

O conteúdo em 3D tem diminuído, a própria ESPN cancelou seu canal 3D faz tempo, e esportes eram a grande força de venda da tecnologia. Agora veio a pá de cal: a Sony e a LG anunciaram que não vão integrar suporte a 3D em suas televisões lançadas em 2017.

O jeito agora é pegar os óculos 3D da gaveta que você nunca abre e jogar naquela caixa de sapatos em cima do guarda-roupa. Pelo menos até 2027 quando a modinha voltar.

Fonte: Fierce Cable.

Relacionados: , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Luis Cesar

    Espero que aproveitem e matem as telas curvas também.

    • Já morreu.

      Fonte: Aquele site que não deve ser citado.

    • Theuer

      Melhor coisa para jogar!

      • Luis Cesar

        E só. Mas o consumidor em massa não compra uma TV só pra jogar, que só pode ser vista por um único indivíduo que está no centro.

        • Theuer

          O problema é sempre esse pensamento sobre o “consumidor em massa”, o dia que as “empresas em massa” só fizerem coisas para o “consumidor em massa”, só teremos celulares que rodam Facebook e Whatsapp.
          Assim que der eu comprarei uma 4K curva apenas para finalmente trocar a configuração “Dual Screen” que uso desde os caríssimos CRT de 17″.
          https://uploads.disquscdn.com/images/7061348f476773090409de0901059c171b0ee3faf0d8d1089c317d3f84caa79a.png
          Só farei isso porque enquanto uma 4K Curva de 42″ ainda é considerada uma TV para a massa custando uns R$2Mil, um monitor UltraWide de míseras 34″ curvo não sai por menos de R$5Mil. Tudo isso por não ser um produto de massa.

          NUNCA deixarei de torcer para existir variedade entre os produtos.

  • E pensar que por muito tempo o único filme que vi no cinema com “3D” (maior engodo, foi só na cena final, e mal feitíssimo) foi Tubarão 3.
    Hoje, o 3D no cinema até dá pra aturar, mas tava na cara que na TV era só presepada.
    Mesma coisa a onda das SmarTVs. Me pegou otariamente em 2011. Nunca mais.

    • Artur Ferreira

      de ~smart~ na minha tv eu só uso o netflix mesmo. funciona direitinho. mas tem uma cacetada de app que nunca nem me preocupei de ver o que é.

    • Vi em 1992 Pesadelo em Elm Street em 3D, chegava uma hora do filme, que tu colocava os óculos e a partir dali era tudo 3D. Com aqueles óculos azul e vermelho.

      Primeira experiência que tive em 3D, e era ótimo 😀

    • Theuer

      Aqui e nos meus pais foi o contrário, depois que se tem os botões Youtube, Vimeo e Netflix direto no controle da TV, não se quer outra coisa!

      • B4klaudio

        O problema é que em 2018 vcs não vão mais conseguir usar porque os apps nunca receberam alguma atualização. A solução que deu certo mo meu caso foi usar um player externo. Estou agora com o Xiaomi mi Box 3 muito satisfeito.

        • jacob

          Tô com uma Smart TV da Samsung desde 2012~2013 e até hoje o Netflix e YouTube funcionam muito bem, obrigado. Além disso, o DLNA que é o que eu mais uso funciona que é uma beleza também. Até agora nenhum arrependimento.

          • Theuer

            Exato como aqui!
            Na verdade eu até já tinha um Android Stick porque não gostava de Smarts… até ter a minha.
            Nenhum arrependimento e a próxima será Smart também.

      • Espera dois ou três anos. Quando o HT parar de funcionar na sua TV, e os outros aplicativos, vc vai me dar razão.

        • Theuer

          Como todo o respeito para com o Sr. RJ…
          Olha só, a TV é de 2013, se “durar” mais três sem qualquer problema/incompatibilidade/Lag como SmartTV, estarei bem satisfeito. Depois disso restará a opção do Android Stick como eu tinha antes.
          Devendo visita ainda no Meditabundamente, abraço.

    • Marks William

      Eu resolvi partir diretamente para o Chromecast, economizei uma grana ao não precisar comprar uma televisão nova.

  • DiMais

    vem NHK e vem 8K, sim eu acredito que o 4K vá ser uma ponte assim como foi o 720 para 1080.

    • Leonardo

      Não acho, mesmo o 4k só faz sentido pra quem tem uma tv razoavelmente grande e senta bem perto.

      • DiMais

        ninguém achava necessária uma resolução maior que o 480 das televisões de tubo 29″ tela plana, até que surgiram as ~exageradas~ TV’s de 42″ FHD..
        o que os japoneses estão investindo nisso não é brincadeira, querem retomar a vanguarda dos dispositivos eletrônicos perdida para os coreanos e os avanços são notáveis, principalmente na compressão do formato de vídeo.

        • Leonardo

          Mas 1080 numa TV de 40 polegadas a 2,5 metros de distância é perceptivelmente melhor que 480, já a diferença de 1080 para 4K é muito difícil, pra não dizer impossível de notar, sei pois fiz esse teste na casa de um amigo que tem uma Samsung dessas mais simples.
          Existem alguns gráficos e tabelas relacionando distância, tamanho da tela e resolução na internet, de uma olhada depois, e na prática quase ninguém tem TVs grandes o bastante para tirar proveito de tanta resolução, vejo isso como algo que vai ficar mais restrito a entusiastas de home theater e etc.
          A tecnologia que eu queria ver pegar é o OLED e o HDR, na minha opinião fazem bem mais diferença.

          • DiMais

            entre 720 e 1080 também não foi uma mudança drástica (assim como 3G e 4G que tem mais diferenças no papel do que na prática e mesmo assim lá vem o 5G), porém uma tecnologia foi ponte para a outra e a evolução seguiu.
            enquanto os coreanos ficam empurrando distrações como telas ultrafinas sem bordas ou cabos, 3D e smartTV sem suporte que vem e vão todo ano, os japoneses investem na qualidade de áudio e vídeo, disponibilidade de conteúdo pelos canais de televisão e formato de compressão de vídeo (já testaram 8K com metade da banda do 4K, por exemplo), não é uma simples questão técnica de ser perceptível a olho nu de distância X tamanho mas sim um padrão acessível tanto para os consumidores quanto os difusores de conteúdo.

    • Othermind

      Ja viu o tamanho de um filme em 4k?

      • DiMais

        sim e os japoneses também, é nisso que me refiro..
        eles não estão apenas desenvolvendo telas com mais pixels ou mais finas e os produtores/consumidores que se virem, a NHK está trabalhando ativamente no desenvolvimento de um codec para reduzir a compressão dos vídeos além da distribuição em taxas muito mais baixas que as aplicadas no 4K (mas estão utilizando o 4K como uma tecnologia transitória, assim como foi o 720 antes do 1080, para aprimorar o 8K).

      • OverlordBR

        Pior é que tem gente que acha que vai filmar em 4K e guardar na nuvem! 🙂

        E dê-lhe banda e franquia para isto!

  • Daniel

    Queria muito que o cinema seguisse essa linha também, salas em 2D e legendado uma e outra dublada (lotada)… De gente que tem preguiça ou não sabe ler, quiçá ambos…

    • Yago Oliveira

      E os que gostam?

      • Daniel

        Eu gosto de desenhos dublados, não me imagino assistindo a era do gelo legendado ou toy story, agora assistir qualquer coisa no cinema por aqui, ja desisti faz um tempo….é tanta conversa, tela de celular, gente explicando filme, andando pela sala… Junta tudo isso e a dublagem sofrível não da, infelizmente tudo que mencionei acima costuma acontecer mais em salas onde você não precisa se preocupar com legendas…

        • Paulo Sigma

          *animação

          • Daniel

            Eu pensei em escrever isso e provavelmente você esteja certo, mas queria diferenciar monstros SA de resident evil por ex animações que não são para crianças ou comédia, é melhor no audio original.

        • Celio_Jr

          Vamos ser honestos: Filme legendado demanda mais concentração e não há tempo para dispersão, o que já diminui MUITO o fuzuê na sala. Sem contar que exige do espectador esforço para leitura, rápida e constante, por pelo menos duas horas. São coisas abominadas pelas hordas, geralmente preguiçosas e com dificuldades na leitura e interpretação de texto. Não por acaso, esses grupos não costumam praticar conceitos básicos para uma boa vivência em sociedade.

        • Yago Oliveira

          Saquei seu ponto de vista e até concordo. Mas como hoje em dia ver filme no lançamento é meio impossível, pq só tem 3d e eu acho uma bosta, quase sempre que eu vou ver um filme a sala está vazia. Sobre a dublagem eu concordo que tem umas que são um soco no rim, mas tem muito filme dublado e muito bem dublado.

          • Daniel

            Também penso isso do 3D, é horrível em 99% dos casos e ainda mais para quem já usa óculos.

    • Bruno Costa

      Com todo o respeito, a indústria de dublagem brasileira é uma das melhores do mundo. Os atores e atrizes extremamente habilidosos e nos filmes mais recentes o trabalho é primoroso. E sim, muitas pessoas preferem ver dublado porque acham que dublado é melhor e não porque é mais fácil. Eu, por exemplo, olho seu comentário e só consigo pensar “lá vai o paga pau de gringo que não sabe falar uma palavra em inglês mas vai lá ler letrinhas pra fingir que é melhor”.

      • Daniel

        Diz isso para quem dublou escorpião Rei, Principe da Pérsia…. Algumas ficam boas como dr house… Eu não falo inglês fluente, e ainda que falasse não é por conta disso, os animes em japonês ficam ruins dublados, assim como filmes franceses ou em qualquer outra lingua, e gente idiota e educada há em todos os lugares e países, não acho que seja pagar pau admirar qualidades que outros povos geralmente tem mais que brasileiros, assim como não é complexo de vira latas sentir vergonha de alguns costumes daqui. O dia que parar de enxergar países nas pessoas e entender que pessoas não necessáriamente representam seus países, sua vida melhora…até lá boa sorte.

      • Theuer

        Baléla! Isso é já foi verdade no passado.
        Trabalho nessa indústria e ví a qualidade desabar junto com os cachês e prazos graças a era DVD!
        Teríamos uma experiência MUITO melhor na dublagem se agora ainda fossemos TÃO dedicados como já fomos no passado e estivéssemos aliando isso às novas tecnologias de áudio.
        Dublamos com microfones de formato diferente aos da captação original e com pouca atuação física dos dubladores, como resultado temos um áudio “Flat” que ainda por cima não é nem cuidado na pós e mixagem.
        Acabo concordando com o @danielwaos sobre o desânimo em ir ao cinema.

        • Julio da Gaita ✔

          mas acho que o povo tá “emburrecendo” mesmo, por isso os cinemas tão diminuindo e jogando sessões legendadas em horarios ruins…

        • Daniel

          As pessoas acreditam que quem gosta de legendado sente algum tipo de soberba ao conseguir ler o filme todo, mas pra mim assistir assim é um “mal necessário”… Na real essa questão do som, fora expressões da voz original acabam com o filme e é algo muito prático de ser sentido basta mudar o áudio no meio do filme, explosões, entonação perde-se tudo e claro, não se resume a fimes em inglês, eu já estranhei mesmo em filmes estrangeiros a dublagem ex filme chinês com áudio em inglês. Mas dublagem quando bem feita, e dependendo do contexto fica bom também, só não serve para todos.

          • Leonardo

            Concordo plenamente, e quando falo que prefiro legendado me chamam de esnobe.

          • Daniel

            já me olharam torto por isso também.

          • Arnaldo Marques

            Complexo de ignorante: se sentem inferiores – sei lá o porquê – e precisam arranjar uma desculpa: seu esnobe e chupador dos EUA. Realidade Brasil para absolutamente tudo.

        • radiobrasil

          Sim, a diferença de som é bem notável do original e da versao brasileira… mas o padrao para vozes é o neumann u87… a maioria das vozes ORIGINAIS sao gravadas com esse mic. Aqui ja vi muitas produtoras usar mics bem mais simples…

          • Theuer

            Amigo, você está confundindo completamente as coisas… É praticamente IMPOSSÍVEL gravar as vozes ORIGINAIS no cinema com microfones de grande diafragma.
            Usamos como padrão de captura de áudio geralmente Schoeps CMC641G e Sennheiser MKH 50 em internas com pouca reverberação e Sennheiser MKH-416 para externas. Todos super cardiods.
            A dublagem em estúdio com os excelentes microfones DE estúdio, é justamente o que ajuda a descaracterizar a ação dos atores.
            Abraço, bom final de semana.

          • radiobrasil

            Quando é audio DIRETO é uma coisa, mas a gigantesca maioria dos filmes em Hollywood as vozes são gravadas em estudio, depois das cenas rodadas no video… e sim, o mais usado entao é o u87.

          • Theuer

            Sim, mas isso irá mudar ano que vem em 1948.

            Os atores de Hollywood fazem voice-over em estúdio… Meu pai do céu…

      • OverlordBR

        e só consigo pensar “lá vai o paga pau de gringo que não sabe falar uma
        palavra em inglês mas vai lá ler letrinhas pra fingir que é melhor”.

        Cara, que mongolice a tua.

        Quer dizer que você não gosta de ouvir a voz real do ator e perceber a interpretação dele?
        Prefere ouvir a voz de um dublador retardado brasileiro que, muitas vezes, insiste em inserir gírias regionais na dublagem?

        Ninguém tem culpa se você não sabe o mínimo de inglês, pô!
        Eu não quero ser obrigado a ouvir um personagem falando com sotaque nordestino, gaúcho ou carioca, pô!

      • mr_rune

        Ninguem disse que a dublagem brasileira é ruim, apesar de ter piorado e muito desde os tempos da sessão da tarde e cinema em casa. E a maioria das pessoas prefere dublado porque são idiotas, não sabem inglês, são analfabetos preguiçosos ou tudo junto, simples assim. Você perde completamente a interpretação do áudio original, ruídos de fundo em geral são abafados por outra trilha de áudio por cima, perde completamente o sentido de muita piada, expressões de rua e da cultura original do filme/anime por não haver relação com a cultura brasileira, sem contar o pior lado disparadamente: censura.

        Eu assistia dublado quando era criança e não tinha capacidade de acompanhar as legendas. Cresci, aprendi inglês naturalmente e já consigo identificar as diferenças das falas e legendas “opa esse cara não disse isso que ta escrito”. Simplesmente ridiculo você ouvir um cara falar “fuck” e você ler “caraca”. Moro em uma cidade pequena de interior e no cinema daqui só tem filme dublado porque as pessoas são tão patéticas que não tem capacidade de ler, coisa tão banal. Digno de pena.

      • Victor Assis

        Por amar o cinema e o áudio visual que eu acho sua colocação extremamente tola, a voz do ator faz parte de sua atuação, se você tira uma parte tão importante quanto essa acaba perdendo boa parte da experiência.
        A dublagem está ali simples e unicamente pra tornar acessível, porém ela danifica a obra, isso é inegável.
        Os americanos parece que não gostam de ler legendas, e eu os acho igualmente preguiçosos…

      • Jorge Dondeo

        Eu gosto das duas versões, depende muito do filme e do ator. Tem alguns que não consigo ver legendado e outros que não consigo ver dublado. E fato, o trabalho de dublagem no Brasil é de altíssimo nível.

        Agora o que acho bizarro, é nego que diz que prefere ver animações (toy story, wall-e etc), no audio original. WTF!?! Ai eu explico para o coitado que não existe versão original, e que ele foi dublado em inglês também kkkkkkkkkkkkk

        • Chicken Little

          Simpsons TEM que ser dublado. Quem discorda é poser

          • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            Pena que mudaram demais os dubladores, os primeiros homer’s eram melhores.

          • Jorge Dondeo

            Fato, até por que a versão em inglês é dublada também, a não ser que o Simpsons tenha tantos episódios, que o Homer adquiriu vida própria. kkkkkkkkkkkk

          • Discordo. Simpsons dublado é uma bagunça de dubladores mudando toda hora. No original, se eu não estiver enganado, são os mesmos dubladores desde sempre. E por melhor que seja a dublagem, sempre há piadas que se perdem na tradução.

          • A Hora da Aventura também.

          • SiouxBR

            Realmente não gosto de dublados, mas no caso dos Simpsons a dublagem ficou muito melhor que o original.

            Outro exemplo são os desenhos da Hanna Barbera, onde os dubladores eram fantásticos…

        • Leonardo

          UP! eu assisti com audio original quando saiu (filme infantil é fácil de entender pois usam linguagem simples), depois assisti na TV dublado, achei o original muito mais engraçado…

          acho que dublagem em animações da pra perceber a qualidade muito superior nos desenhos curtos… bob esponja, padrinhos mágicos e flapjack são os melhores exemplos…

        • Nilton Pedrett Neto

          Souh park é incomparavelmente melhor em ptbr

          • Jorge Dondeo

            Verdade, mas não curti muito essa voz nova do cartman.

      • Julio da Gaita ✔

        mano você tem dificuldade de leitura, ctz… a interpretação dos atores está também na voz dos mesmos, a dublagem deixa a interpretação insossa.

        Olha o teu comentário e penso “lá vai o nego que não saber ler a legenda e assistir ao filme ao mesmo tempo, então precisa ver dublado”,

        Mas gosto é gosto, cariocas colocam ketchup na pizza…

      • Não é bem assim, não. Veja a atuação do ator que faz a série Dexter (Michael C. Hall) e compare com a ridícula versão em português.
        Só para citar um exemplo. Evidentemente que há pontos fora da curva na indústria de dublagem, mas ainda é exceção, e não regra.

        • Julio da Gaita ✔

          geralmente a dublagem BR de animações são ótimas, o resto…

          • Um nome: Guilherme Briggs

          • Julio da Gaita ✔

            opa o responsável pelas vozes dos personagens mais memoráveis da minha infância… mas agora tão colocando artista, luciano hulk, anitta e afins.., mas to tentando lembrar quem dublava o dagget dos “Castores Pirados” se era o briggs mesmo,

          • 👽 Gliesiano

            Era o Briggs sim, pra mim ele é o melhor dublador.
            O Freakazoid dele era demais

          • E dublava o Cara (Coop) de Megas XLR, o Buzz Lightyear e tantos outros. O cara é gênio.

          • Julio da Gaita ✔

            hahahha, tu é lenda msm cara, lembrou do Megas XLR… sensacional aquele desenho…rs, com a pinnup pintada na lataria do Robozão…rs, a dublagem dele era um show a parte…rs

          • Aquele desenho era fodástico. Já no primeiro episódio, teve uma referência à Patrulha Estelar.

        • gfg

          Fui na casa de um amigo e ele estava assistindo TBBT dublado, meus ouvidos sangraram.

          • Theuer

            Passei por essa exata experiência, fiquei com vergonha de existir naquele momento.

      • Machuca

        Acho que não adianta muita coisa ter a melhor indústria de dublagem do mundo e ter a pior equipe de tradução e adaptação.

      • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        Claro, porque a voz e emoções dos atores que estudaram e criaram um personagem são fielmente representadas pelos dubladores #sqn, pra desenhos e animações acho legal porque adaptam as piadas pra realidade daqui, mas para filmes mesmo… nem pensar…

        • Rodrigo M

          Mas para animações mais complexas ainda há perda na dublagem.

          Uma vez vi uma entrevista onde um dublador brasileiro comentou que todo trabalho de animação é feito pensando no que o ator vai falar na língua original.

      • Samuel

        Olho o seu e penso: esse se pudesse queria comentários dublados tb

        • Daniel

          Não sei.. por algum motivo “muito obscuro” o “feice” tem essa opção de comentários dublados no caso traduzidos rs, vai ver era uma necessidade…

      • Pedro Calumbi

        Esses discussões sobre interpretação e preguiça me lembram os Audiófilos com os cabos de sei lá quantos muitos temers falando q o seu fone de ouvido é uma bosta, na verdade a maioria nem sabe a diferença, perigoso ver um filme nacional com atores desconhecidos e achar ruim pq esta dublado.

      • Cléber

        O cara que faz um comentário desse, nunca fez um comparativo do The Big Bang Theory legendado com a versão dublada.

        • Carlos Augusto

          simplesmente NÃO DÁ para assistir the big bang theory dublado.

      • Rafael Rodrigues

        Downton Abbey é impossível de assistir dublado. A dublagem do Carson foi feita com voz fina.

        Matou o personagem sem direito a respawn. A voz grave no caso dele faz TODA a diferença.

        • Leonardo

          Downton Abbey, nossa ficou até mais chique a sessão de comentários agora…

      • Mirai Densetsu

        Ué, o cara não pode mais gostar de escutar o áudio original?

        Até porque – por melhor que seja – o trabalho de dublagem raramente é melhor do que o áudio original.

      • Rodrigo M

        “Eu, por exemplo, olho seu comentário e só consigo pensar “lá vai o paga pau de gringo que não sabe falar uma palavra em inglês mas vai lá ler letrinhas pra fingir que é melhor””

        Comentário bastante presunçoso.

        Uma boa parte da interpretação do ator está na maneira de falar, tom de voz, etc. No filme dublado essa parte é feita por outra pessoa.

        Sem contar as mudanças nas frases para casar com a movimentação dos lábios.

        Se isto não incomoda você tudo bem, mas eu prefiro sempre no idioma original seja inglês que entendo um pouco ou coreano que não entendo nada.

    • Ô saco. Sempre o argumento da preguiça ou analfabetismo. Sempre a mesma falácia ¬¬

      • caio.

        Sempre vejo pessoas falando que “detestam ler” ou que tem preguiça mesmo de ficar lendo no cinema… de qualquer forma, aqui na região é lotado de sala dublada, e um ou outro horário legendado. Dá até desânimo procurar filme legendado (é sempre na pior sala, ou horário escroto). Claro, o cinema tem que procurar o que dá lucro, se só passam dublado é porque é o que dá retorno, mas eu adoraria que mais pessoas preferissem legendado =/

    • Jorge Dondeo

      É que tem gente que prefere ver filme, a ler texto.

      • doorspaulo

        Quem assiste filme legendado consegue fazer ambos. Em milésimos de segundo lê as duas linhas da legenda e vê a imagem em seguida.

        Se a proficiência de leitura do público geral é ruim, a culpa não é de quem tem o costume de ler.

        • Jorge Dondeo

          Ta bom.

          • Rafael Rodrigues

            Eu consigo. Onde posso obter minha carteirinha de X-Men?

          • doorspaulo

            Cara, não precisa ser o Mercúrio para conseguir ler e assistir, vai da prática.

            Em casa, desde pequeno, meus pai pegavam VHS legendado, costume esse que foi para os DVDs, streaming, etc.

            Apenas lamento não ter escolha nos cinemas hoje (tirando os grandes centros). Se quer assistir legendado, ou espera sair na net ou vai em uma sessão em horário escroto.

          • Daniel

            Essa é a minha queixa também, não é para abolir salas dubladas, por mim poderiam ser todas se deixassem ao menos 1 legendada 2D em cada horário. Com essa ganância de abarrotar o cinema colocando tudo dublado, eles acabam por perder um nicho de quem prefere legendado.

          • doorspaulo

            Sem contar que o público mais fiel de cinema é justamente quem assiste legendado.

            Quando morei em Presidente Prudente, ia umas duas vezes por semana no cinema. Eu adorava a experiência, o cheiro da pipoca, o respeito mútuo.

            Hoje está uma zona.

        • Rafael Rodrigues

          Não adianta, vai sempre aparecer um analfabeto funcional dizendo que dublado é melhor. Como dito acima, em animações não há o que falar, pode entrar na seara da escolha.

          Mas para filmes e séries, por melhor que seja a dublagem, trocar a voz impacta muito na experiência.

      • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        É só sentar mais longe da tela kkkk

      • mr_rune

        Isso é limitação, não qualidade.

        • Jorge Dondeo

          Qualidade é ouvir o áudio original e não precisar ler. Ler legenda, só prova que você foi alfabetizado, nada mais.

          • mr_rune

            Vai ver novela então. Um dia você chega lá.

      • Rafael Rodrigues

        Ver sem o áudio original. Considerando que usa-se 2 sentidos, perde-se meio filme.

    • Antonio Lopes

      Cara, eu tenho o maior problema quanto a cinema. Eu não enxergo 3D e todo filme bom que lança, a primeira semana só tem exibição em 3D. Só consigo ir no cinema ver o filme desejado uma ou duas semanas depois do lançamento. Roque One foi um exemplo, consegui ir duas semanas depois.

      • chiappa

        Falando de 3d no cinema, quero comentar uma experiência pessoal : devido a uma grande cicatriz causada por toxoplasmose ocular bem no meio da retina no olho esquerdo perdi a visão central nesse olho, então nunca obtinha grande coisa de efeito 3D seja no que for : filmes, holografias, 3DS, tudo…
        Só fui ter a experiência mais completa há alguns anos quando assisti num cinema IMAX um filme 3D com HFR – numa cena de batalha tive a sensação de ver uma flecha transpassando a poltrona do meu lado, numa cena aérea tive a nítida sensação de altura…. Achei impressionante justamente por nunca poder ter tido a experiência, os filmes “comuns” 3d em cinemas com telas tradicionais rigorosamente nunca me proporcionaram nada nem perto….
        Não sei avaliar qual das tecnologias em questão me proporcionaram a experiência (talvez uma combinação do IMAX com o HFR) mas isso me mostrou que é viável sim a imersão maior tecnicamente : na prática tem a questão de custos (inclusive de produção, além dos de exibição, já que nada disso que citei é barato) mas é possível sim nos cinemas, coisa que em ambiente doméstico ainda não é e talvez nunca será…

        • Daniel

          Eu queria ter visto avatar em uma sala IMAX…é o único filme que vi apenas em 2D e queria ter visto em 3D.

      • Daniel

        Eu uso óculos para assitir e usar o PC, quando vou ao cinema além do meu, tenho que colocar outro pro cima, fica horrível, além de ser desconfortável, tirando uma cena ou outra e a legenda é tudo em 2D, eu não assisti avatar quando lançaram e me arrependo, como é um dos poucos filmes que funcionou em 3D, queria ver se é tão surpreendente assim. 3D é tão ruim que poderia ser mais barato que o 2D.

      • Rodrigo M

        Por sorte aqui em SP, eu vou em um cinema do Itau que não possui salas 3d!!!!!

    • Julio da Gaita ✔

      a interpretação do ator está também na voz do mesmo, e aqui no br eles ainda pegam artista pra fazer dublagem pqp…

    • Bnk

      Eu prefiro o legendado por uma razão: as entonações de voz estão como desejado pelos diretores. Isso faz muita diferença para mim. E acho péssimo estarmos indo numa direção onde é dificílimo achar sala legendada. Quero as duas opções e não apenas uma. Alguns filmes o personagem é totalmente descaracterizado só pelo tom de voz usado.

      • Daniel

        Exato.

      • Rodrigo M

        Me lembro de uns filmes onde só porque o ator era chines colocavam uma voz bem fina, clichê de oriental falando português.

        Ai em uma parte do próprio filme tinha uma cena não dublada e a voz era totalmente diferente.

    • Samuel

      Eu acho que o som é tão importante quanto a imagem para a narrativa e tudo mais. Então sou mais ver a imagem original e o som tb.

    • Rolando

      No cinema eu só assisto dublado se não tiver outro jeito porque a dublagem acaba com praticamente metade da atuação do ator que é a voz e a entonação que ele dá a ela, você paga caro por um ingresso e dai vai ver um filme aonde tiraram a atuação de uma pessoa que deu duro para atuar? Muito obrigado, mas não.

    • Bruno

      Não sei se comentou só pra causar, e eu até concordo com sua preferência: filmes 2D e legendados, por favor.

      Agora achar que quem prefere dublado é preguiço e/ou analfabeto é uma opinião bem merda. Deixa cada um ter seu gosto, isso não tem nada a ver com a escolaridade. A nossa preferência por filmes não é lei e nem define nada de ninguém não.

      • Daniel

        Infelizmente define… é um FATO que uma sala passando sessão dublada vai ter mais trolls, e trolls há de todas as formas, desde analfabetos até doutores, pode ser adolescente, criança, mulher, senhor falta de educação é um problema crônico por aqui, assim como escolaridade.

        • Bruno

          discordo de uma posição generalista, pois, realmente, em salas dubladas há mais huehuebr, mas não são todos, e nas legendadas há menos, mas tb tem troll. mas entendi seu ponto.
          PS: peço desculpa pelo vacilo

          • Daniel

            Não disse que era todos, se acompanhar os comentários iria perceber, mas de boa, fica na paz.

    • Leonardo

      filmes dublados é foda… lembro de uma conversa no trampo no lançamento do The Dark Knight sobre o coringa do Heath Ledger, estávamos falando sobre a atuação que foi foda e tal e na conversa perguntei pra um em qual cinema ele assistiu, disse que foi em um que só passa filme dublado… deu vontade de dizer que atuação é com a voz tbm mas deixei quieto…

  • Leonardo

    TV 3d nunca me incomodou, já no cinema é um porre, a maioria das sessões aqui são 3d e muitas vezes o 2d é só dublado.

    • Someuser10

      fosse só o 3d… o pior é que é 6 reais mais caro

    • Yago Oliveira

      Nada contra dublado mas tem uma “modinha” chata de os lançamentos só terem sessões em 3d. É ridículo, tem que esperar alguns dias para ver o filme em sessão normal.

      • Leonardo

        Pois é, e tenho minhas dúvidas quanto a preferência das pessoas, conheço pouca gente que realmente prefere o 3D, provavelmente fazem isso pra justificar o ingresso mais caro.

        • Yago Oliveira

          É bem isso mesmo. Faz um tempo já que dificilmente eu vou ver um filme no lançamento, principalmente se eu for sozinho, por causa dessa palhaçada.

      • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        E quem usa óculos também? Se fo** bonito!

  • Lucas Timm

    Rot in hell.

  • Christian Oliveira

    Quase mataram o filme Rogue One, acho que o primeiro um terço do filme é impossível tentar apreciar o que está no cenário, graças a paspalhada de colocar o ator central em foco e o restante todo desfocado, ainda bem que alguém se deu conta do que o estiagiario estava fazendo na montagem do filme.

  • Renan

    Ainda bem. Fui burro o suficiente para comprar uma 3D na promobug e era uma porcaria. Hoje minha filha quebrou todos os óculos e nem sentimos falta.

  • E ninguém vai notar que isso aconteceu…

  • Othermind

    A moda agora é 4K….. Eeeeeeeeee…. nobody cares..

    • Magnosama

      Qualidade de imagem não é moda,
      é um caminho sem volta, não vemos retrocessos nesse aspecto.

      • Meu trabalho que o diga….

        Até meados de 2012 ainda tive de editar no formato 4:3, utilizando até uma Incrível Betacam Analógica™ para tal. Claro que fiz questão de queimar interfaces e incompatibilizar softwares pra evoluírem aqui na produtora….

        Fiquei alguns anos feliz com o 1080p…. alguns….

        Sorte que não temos de entregar mais nada em BluRay, pois era uma merda pra fazer o disco e o arquivo depois não era editável em software nenhum… mas já sinto falta do 4K e de muitos HDs pra backup…

      • Othermind

        Explicarei pequeno garrafonhoto.. Ja temos até 8k… 4K tem pouco conteudo, até mesmo fisico, imagina streaming no terceiro mundo.. então essa explosao de propaganda “4K” é modinha sim… Mas claro que daki a 5.. 10 anos vai ser feijao com arroz..

        • Magnosama

          Sua explicação é capenga, grande gafanhoto
          da mesma forma que havia pouco conteúdo em outros formatos e vão se popularizando com o tempo,
          se vc não tem dinheiro pra comprar uma TV 4k é outro problema,
          as evoluções na qualidade de imagem caminham lenta e continuamente adiante, sem idas e vindas, não é modinha.
          Mas sempre tem um grande gafanhoto pra iluminar todo mundo com sua sabedoria, neh…

          • Othermind

            Tanto quanto vc. Já que não sabemos o futuro nos baseamos no exemplos passado. E tendo isso como base, temos exemplos dos dois extremos… entaoooooo…. Aguardemos pequeno gafanhoto….

          • Magnosama

            Bem, se por exemplos passados o aumento na qualidade das imagens tem sido progressivo e sem retrocessos… acho que não fica dúvida alguma sobre este aspecto.

          • Othermind

            Até agora vc nao entendeu oq falei sobre “moda”… mas td bem.. desisto..

          • Magnosama

            Gafanhotão,
            o sentido de “moda” aqui foi muito bem definido ao longo de todo o artigo,
            se vc tem um novo significado insondável, diz respeito apenas a vc,
            a evolução na reprodução de imagem NÃO é uma moda,
            lide com isso, tsc…
            (desisti de vc a muito tempo)

    • Rafael Rodrigues

      Pois é. No caso do VHS para DVD, a virada foi rapidíssima justamente por isso. O ganho valia à pena.

      Sentado no sofá, a uma distância adequada, dizer que enxerga pixel a 1080 soa como os audiófilos que dizem notar nuances inexistentes do som. Tudo igual.

  • “a moda que insistem em tentar emplacar, não conseguem, esquecem por uns anos, aí tentam de novo.”

    uma certa tecnologia conhecida como VR vestiu a carapuça. Mal recomeçou e já estou vendo gente encostando o brinquedinho de 3 mil temers.

    • Boa lembrança, eu deveria ter usado como exemplo.

      • infinite power of the cloud

        tem aquele negocio também de assistir TV e SPORTs trocando da canal por
        comando de voz ou gestos e conversar com a mãe pelo skype.

    • Jorge Dondeo

      Ta meio cedo para decretar a morte, não?

      • Deus ajuda quem cedo madruga ^^
        E no caso do VR, a chapa do hype está esfriando. Mas nada impede que ela volte a esquentar né.

        • Yskar

          Só falta o hardware necessário ficar mais barato e ter mais jogos interessantes (ou os devs pararem de tacar Denuvo em tudo para a comunidade poder dar suporte via mod).

    • Vinícius Santos

      resisti a tentação e consegui me segurar e não comprei o PSVR, realmente é só hype.

      • Eu também não, apesar de ter alguns jogos que gostaria de jogar em VR, mas o seu preço (e meus problemas de visão) não contribuem para ter um. No final, não sinto falta.

        • Vinícius Santos

          experimentei naquela “lan” de VR que tem em SP, e matou a vontade heheh

    • Diego Turco

      Cara, o VR é uma febre em alguns nichos, como pra mim que gosto de simuladores de corridas. Coloca “mixed reality” no youtube e veja que maluco que o negócio tá.

      • Pena que não faço parte desse nicho hahaha
        Esse mixed reality é louco mesmo, o problema é o fundo verde.

      • Simulador de corrida ainda vira porque você fica sentado com um volante, o maior problema no VR na minha opinião e os controles nada precisos, fora que você ficar se mexendo com uma coisa gigante na cabeça a chance de ficar tonto e cair e gigante existe vários videos de quedas na internet

        • Dreadful

          Eles estão fazendo errado.
          Poderiam continuar com teclado+mouse. Teríamos mais FOV e continuaríamos dando bala com o mouse+teclado.

          • SignaPoenae

            Não entendi o ponto. Usar um óculos de VR só como tela estática?

          • Dreadful

            Sim.
            A grande sacada do VR seria o FOV completo.
            Um monitor normal usa FOV 100, 120 no jogo, no máximo.

            Com VR você poderia olhar para um lado e atirar para o outro, algum lugar não necessariamente no centro da tela. Você pode olhar pra trás sem alterar a posição se deu boneco.
            Mas ficando em pé segurando dois controles com precisão inferior ao do mouse, esse troço não vai passar de um hype como foi o wiimote.

          • SignaPoenae

            Mas como você pretende ter visão 360º sentado em uma cadeira com o mouse na mão? e pior, como mirar com o mouse se ele estiver fora do campo de visão?

          • Atilagr

            E desde quando tu não possui visão 369° nos fps da vida jogando com monitor+mouse e teclado/joystick?

          • SignaPoenae

            Veja bem… a graça do VR é você virar a cabeça, e o campo de visão acompanha o movimento. Sentado em uma cadeira , e com o mouse e teclado nas mãos, não vejo como uma pessoa poderia virar a cabeça 360º, nem mesmo “olhar” para uma direção com a cabeça e mirar com o mouse em um lugar fora do campo de visão, como você sugeriu.

          • Atilagr

            Entendo, mas pq em um FPS tu iria querer mirar em algo fora do teu campo de visão? Dar um tiro ao esmo, tipo estar olhando para frente, com a arma apontada para cima atirando? Talvez só se fosse para gritar Allahu Akbar após abater um caça infiel.

          • SignaPoenae

            Pergunta pro Dreadful ali em cima. O cara que deu essa idéia de olhar para um lado e atirar para o outro.

          • Theuer

            “…hype como foi o wiimote”
            Sério?!

          • Dreadful

            Não é?
            Vendeu muito, engordou a Nintendo, mas não vi virar tendência.
            Playstation até fez um controle parecido, sorvetão, mas quase não foi utilizado.
            Não que eu esteja falando mal do Wii, ainda tenho o meu, adoro o bichinho, mas nada desbancou ainda o modelinho de controle que nasceu lá no NES, em 86.

      • Theuer

        Concordo completamente! Brinco com o Cardboard + Moonlight nos simuladores de corrida e vôo, é uma delícia.
        Fiz UMA corrida em um campeonato que estava participando no Automobilista usando VR, meu rendimento caiu muito. Não sei se foi o lag da transmissão ou o lag dos meus movimentos para apertar os botões físicos para Pit, etc…
        Acredito muito no VR para jogos assim, da mesma forma que não acredito nele para os jogos em geral.
        Vamos ver…
        Abraço.

        • Diego Turco

          VR ainda nao é suportado oficial pelo Automobilista.

          • Theuer

            E? 🙂
            hehehe
            Então cara, comecei o VR com o PCARS(aquele “simulador”) e quando entendi direito os passos, fiz no rFactor2 e Automobilista.
            Uso Tridef3D e SweetFX para correção de lentes.
            Recentemente usei o PCARS VR nativo pelo Rift Cat, como ele não usava MediaStream da Nvidia, ao menos aqui o FPS desabou tornando injogável.
            Abraço cara, vamos ver o que virá ainda no AMS.

        • Meninão Bobo

          Deve ser louco jogar estrategia do grego RTS…

      • Flávio Pedroza

        Meu sonho é ter um desse, trocando as telas por um óculos VR. Mas não tenho espaço nem grana https://uploads.disquscdn.com/images/74b6bf2175df2dedfa1d8a3f7134eb94837bcc52f49f828ca74943491d97ed78.jpg

        • SignaPoenae

          Acho que sai mais barato comprar um carro e colocar ele em um autódromo, do que ter um pc pra rodar no talo essas 4 telas

          • Matheus

            são 5

        • Theuer

          Tem grana sim cara, arranje um bom Google Cardboard(como Bobo VR) e se dedique a entender um pouco do assunto em relação a mandar a imagem para seu celular, etc…
          Vale a pena!

    • Gabriel De Oliveira Rohden

      sera que cardboard vale pra VR?

      • Theuer

        Muito!
        O conjunto Cardboard + PS EYE + Roteador 5G + SteamVR = HTC Vive sem fios.

    • Dreadful

      Se colocarem VR no Overwatch, Dota, LOL, CS, os carros chefes todos, teremos VR como padrão.

      • Se não me engano o Dota já é compatível, mas a rigor, qualquer jogo é compatível, como o conteúdo não é 360º, eles criam um ambiente virtual e o jogo fica como se fosse numa tela gigante

        • Dreadful

          Uma tela gigante é uma vantagem bacana. Em vez de arrastar o mouse eu viro o pescoço um pouco. Parece bom!

          • O problema disso é que você não percebe, mas você não fica com o pescoço parado, acho que isso vai acabar dando tontura ou dor de cabeça, ou ainda aquela sensação de “fica parado %¨&*” por mim a tela poderia ser grande, mas com o movimento da cabeça desativado.

      • Só se a Valve fabricar, vender por menos que o Rift e rodar em GPU mid-end. Já que esses games não precisam de PC da Nasa para rodar de forma satisfatória.

    • Christiano Nascimento Amorim

      Impressoras 3D. Se bem que essas acho que emplacam, são fodasticamente úteis em aplicações sérias. Pra casa só serve pra fazer hotweels e bonequinhos do wolverine.

    • mateuslira

      cara, acho q o único impedimento do vr é o preço muito alto, afinal, ele é muito mais imersivo e divertido q o 3d ou comandos por gestos……cofcof

  • Dreadful

    Eu agradeço a tecnologia 3d por ter me dado a oportunidade de comprar uma bela e grande tv (sem 3d), com um belo painel, por um preço bem em conta (e promocional).

    Mas estou realmente interessado em painéis grandes, com muitos nits (hdr) e muitos Hertz.
    Que venha a próxima tecnologia.

  • Deni Carson de Souza

    A tecnologia esta ai para superar as barreiras. Há trinta anos transmissões de dados acima de 16 kb/s eram um sonho. Mas, no campo da TV, não vejo muita importância na imagem acima do 1080. Na média, a população nem percebe a diferença, apenas aficionados por tecnologia é que ficam se gabando da resolução, taxa de frequência, LED vs LCD (mal sabem que a diferença era apenas o Back Light).

    Hoje a tendência é de residências cada vez menores, e comprar uma tela de 80″ e sentar a um metro desta é completamente desconfortável. 8K, vai demorar a emplacar, e nisso, vão querer algo maior, e assim sucessivamente. Os ratinhos correndo em suas rodinhas de tecnologia. Agora vou dormir que o dia foi longo e já tô filosofando demais.

    • Salles Magalhaes

      Para mim 720p ja esta bom demais (nao vejo diferenca em mais do que isso)

      • Rafael Rodrigues

        Somos 2.

  • André Zardo Cruber

    Até tem lógica comprar uma TV 3D, mas pra assistir filmes nela, não pra conteúdo normal… E nesse quesito, a qualidade melhorou muito… Se for mesmo o fim das TVs 3D, a solução é montar um PC compacto pra rodar conteúdo em 3D em TVs 120 Hz e utilizar um Kit 3DVision

  • Bruno Hadlich Machado

    Eu sou o diferentão então.. Adoro o 3D da tv. Sempre vejo alguns filmes, compro os blu-ray 3D e ainda acho a melhor função jogar split-screen com o Game mode que permite ver a tela toda pra cada jogador. Espero que a minha dure até a próxima tentativa 3D hahahaha

    • Macedo

      split screen, único ponto positivo do 3D pra mim, mas quase não existem mais jogos pra isso….

      • Bruno Hadlich Machado

        Eu e a mulher jogamos F1 2013, f1 race stars, DIRT showdown, dogfight 1942, Goat, Legos, Serious Sam.. Tudo no split 3D. Queriamos muito a versão split do star wars que infelizmente não saiu pro PC só pra consoles.

        • Macedo

          aqui só GT6, o pc não fica ligado na tv principal

  • Theuer

    Bom, eu fico triste com o fim dessas telas. Usando o 3D ou não, elas ao menos serviam de parâmetro para você comprar uma TV com no mínimo 60Hz.

  • OverlordBR

    3D é um inferno.
    Ter que usar aqueles óculos é um inferno: são desconfortáveis, você sua como um porco (principalmente para quem não pisca muito os olhos)…
    A maioria dos “defeitos especiais” em 3D inseridos nos filmes não traz nada de novo ou espetacular.
    Tem até alguns filmes 3D onde os efeitos são mínimos ou praticamente nulos.

    3D parou no Avatar e pronto.

    • Ivan

      pior é quando forçam umas cenas nada a ver só pra dar um efeito 3d.

  • 3D me da enjôos e confusão.

    • Theuer

      Tem certeza que não era política isso que você assistiu? 🙂

  • Bob

    Só serviu para me dar uma senhora dor de cabeça. E como eu sou cabeçudo, imaginem o problema…

  • Leonardo

    Tia que não entende de tecnologia:
    – comprei uma TV de 42″ top, paguei R$6k, é smart, 3d, tem bluetooth, integração com smartphone, espelha a tela do pc e tem joguinhos, só não é 4K

    1 semana depois: apenas assistindo rede globo

    • Sergio Rainor

      Isso me lembrou um conhecido que comprou uma tv lcd enorme, full hd, e só assistia aqueles dvds piratas com cópias de screeners. Dava ânsia de vômito ver aqueles borrões na tela, mas ele achava o máximo.

      • Alvaro Carneiro

        rá vejo isso de montão.

        tenho um amigo que tem TV 55″ full HD sony XPTO, som 5.1, etc etc etc – e aí 90% do que assiste é torrent SD (SD SD SD SD) “porque torrent full hd ocupa muito espaço no disco”

  • Xultz

    Queria que o iô-iô fosse uma moda cíclica, mas fazem décadas que a Coca-Cola não faz mais essa brincadeira. Eu ainda tenho um iô-iô da última leva, é uma brincadeira muito legal.

  • Davi

    Minha TV principal tem 3D apenas pq no ano em que eu comprei simplesmente não existiam smart TVs grandes sem 3D, mas o fato é que NUNCA usei a tecnologia. Nem os óculos (que não vinham inclusos) eu quis comprar. A única e única coisa que vi até hoje em 3D em que para mim essa tecnologia fez diferença, foi “Avatar” no cinema. Todos os demais filmes que assisti em 3D no cinema foi porque não existia outra sessão 2D disponível, e além de não contribuir para a experiência as vezes ainda deixa o filme mais escuro (creio que por conta da conversão, caso o filme não seja todo gravado com câmeras 3D), tirando a percepção e detalhes e prejudicando a experiência em geral.

    • Sergio Rainor

      Exato, eu evito filmes 3D pois a imagem fica escura demais.

    • Theuer

      Existem 3Ds e 3Ds…
      Esse é um grande problema dos gadgets, existe a versão boa e a versão barata, aí quem não sabe sobre isso se decepciona com todo o conceito.
      No caso do 3D, existe:
      – O Anaglyph (popular Vermelho/Ciano) que proporcionam uma experiência ruim mas de MUITO fácil acesso e abrangência principalmente na mídia impressa.
      – O 3D Passivo polarizado em que cada lado do olho recebe um filtro polarizado em grau diferentes para enxergar apenas uma das imagens. Este processo é o usados nos cinemas e TVs mais “baratas”, ele não exige comunicação com os óculos mas pode exibir fantasmas nas imagens e diminui sua luminosidade.
      – 3D Ativo(shutter), é o melhor deles, exige óculos eletrônicos que piscam alternadamente entre os olhos direito e esquerdo e precisam estar em perfeita sincronia com a imagem, além de exigir telas de alta frenquência. Não chega a escurecer as imagens e nem necessariamente diminui sua resolução.

      Não sou fã de 3D, mas costumo assistir as animações neste formato com uma experiência bem bacana.

  • major505

    Bom, como sou cego de um olho, 3d para mim não tem muito propósito já que precisa dos dois olhos para enxergar o efeito

  • Jonatas

    Do conteúdo 3D o que mais gostei foram os documentários da Nasa em IMAX e de fauna marinha, o astronauta ou o peixe flutuando na tua sala, assistam e vão concordar comigo. O 3D só não pegou pq a indústria queria converter os filmes ao invés de filmar já em 3D, assim não dá. Dá pra contar nos dedos dá mão do [email protected] a quantidade de filmes realmente filmados em 3D.

  • Felipe Lino

    A unica vez que usei o 3D da minha TV foi pra Jogar Trine.

  • Samuel

    Eu não compro nem Smart

    • também, o que vou fazer com um carrinho tão caro e tão pequeno?

      • Theuer

        Vi um hoje com uma mulher gigantemente obesa dentro, fiquei imaginando ela vestindo o carro toda manhã.

  • Eu tenho uma TV 3D da LG em casa, os óculos dela só usei na primeira semana que comprei a TV depois deixei na gaveta, eu peguei essa TV na promoção, eu estava mais interessado nas outras funções dela como app do Netflix (que nem sei se ainda funciona, a maioria dos apps já morreram) e DLNA, não comprei devido ao 3D

  • É uma pena, apesar de usar muito pouco, há alguns filmes e alguns jogos que são muito bons em 3D.

  • Gedvan Dias

    Infelizmente o 3D no cinema está demorando demais pra morrer… Aqui na minha cidade, os principais blockbusters só têm sessões em 3D. Uma merda isso…

  • Germano

    Tenho um blue-ray player 3D, mas minha TV nao e 3D e quase nao assisto filme em blue-ray. Comprei primeiro devido a entrada USB. Tinha um modelo mais barato, que era so DVD Player e claro sem 3D, mas comparando as especificacoes dos dois modelos vi que esse suportava muito mais formatos de video no USB, dai a escolha.
    Veio tambem com um “tal” de Netlifx instalado que durante mais ou menos um ano depois de comprar o aparelho nem olhei para ele, so uava a locadora mesmo. Dai resolvi espetar um cabo de rede no bicho (nao tem wifi) e ver se valia a pena, me arrependi de nao ter feito isso antes.
    Tambem veio com youtube, e um tal picasa e o accuweather… ha!…. genial ligar a TV e o blue-ray e navegar nos menus para entrar no app do accuweather so para ver a previsao……..
    Mas tudo isso eu sei que funciona… ja o 3D desse blue-ray player acho que jamais saberei.

  • Luciano

    Eu sou formado em audiovisual e adepto da tecnologia 3D. O que dizer de filmes como “Gravidade” e “As Aventuras de Pi” sem a tecnologia 3D?! Claro que tem quem torça o bico para o recurso mas acho que em muitos casos o efeito é lindo e impactante.
    Agora as marcas estão demonizando o 3D, que é uma realidade (dado ao vasto conteúdo sendo produzido e lançado), e investindo no 4K que está muito longe de ser acessível a quem compra uma TV com esse recurso. Você sai com uma “Ferrari” da loja para andar numa estrada de cascalho. Me deixe com o meu 3D em paz.

  • Meninão Bobo

    Na boa 3d na TV é pior que no cinema isso pq no cinema ja é meio coco..

  • Lui Spin

    Finalmente. Odeio 3D.

    3D Legendado pra quem usa óculos é o fim da picada.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis