União Europeia prestes a acabar com a neutralidade da internet

Neutralidade da Rede

Crédito da imagem: reprodução.

O jornal de economia e negócios alemão Handelsblatt (saúde!) noticiou que a Comissão Europeia planeja que provedores de internet cobrem mais de seus clientes por velocidades maiores e serviço de melhor qualidade. A política é parte das novas regras de acesso à internet na União Europeia.

A Comissão Executiva da União Europeia vinha tentando derrubar a política anterior que garante tratamento igual para usuários da internet, proibindo cobranças adicionais por velocidades maiores e melhor qualidade de transmissão.

O documento com a nova legislação, examinado pelo jornal alemão, libera os provedores de acesso à internet para negociar livremente as tarifas cobradas por diferentes níveis de qualidade de transmissão. Isso significa o fim da política de neutralidade da internet na União Europeia.

Neutralidade da internet, para quem não sabe, é o que garante que um vídeo que você assiste no YouTube terá o mesmo tratamento por parte dos provedores que um exibido pela Globo.com, por exemplo. Também significa que um blog com meia dúzia de visitantes terá o mesmo tratamento que um portal de notícias de uma grande rede. Sem a neutralidade, quem paga mais tem melhores velocidades, e deve escolher a que quer ter acesso mais rápido. Do lado dos criadores de conteúdo, vale a mesma regra, quem paga mais sobrevive, quem não paga…

Em outras palavras, pequenos sites independentes dificilmente teriam alguma chance de sobreviver nesse cenário.

O ministro da economia alemão Philipp Rösler criticou a proposta:

O que nós vemos nesse projeto de lei não é suficiente para garantir a continuidade da neutralidade da rede. A Alemanha planeja permanecer independente nessa questão.”

No início desse ano Rösler foi um dos grandes críticos da tentativa da gigante das telecomunicações alemã Deutsche Telekom em impor limites nas conexões à internet. Depois de muito choro, a empresa desistiu do seu plano de reduzir a velocidade de “hard users” da internet.

Fonte: DW.

Leia também:

Relacionados: , ,

Autor: j. noronha

Blogueiro em tempo integral e gênio nas horas vagas.

Compartilhar
  • Felipe Lima ®

    no futuro a Internet vai vira ruma “tv a cabo” da vida. Quem pagar mais vai termais acesso a conteudo… :-/

    • Luiz Felipe

      Pior é que é possivel devido aos “malditos” walled gardens com o Facebook. Se passarem a vender acesso somente ao Facebook, vai ter um monte de otarios que vão comprar. A internet como conhecemos está sendo destruida aos poucos. E a culpa é das proprias pessoas que preferem usar esses walled gardens por serem burras ou preguiçosas.

  • Keaton

    Esse povo tá com muito tempo livre nas mãos… sério.

    Alguém recomenda trabalho voluntário para essa cambada. =_=

  • Celio Alves

    Não tive nenhuma surpresa.

    São os governantes dando prioridades aos seus próprios interesses, às grandes corporações e àqueles que pagam mais. O resto que se exploda.

    Isso é normal em todo o mundo.

    • Luiz Felipe

      É obvio que as operadoras de telecomunicações estão comprando os interesses politicos em seu favor, já que não podem mais estorquir a Internet igual era com a telefonia POTS.

  • juliocesar757

    No futuro tudo será controlado por mega corporações, algo similar ao que se vê no filme Robocop. É questão de tempo…

  • Nyappy

    Vocês sabem como são os serviços de internet nos países europeus? Um lixo. De que adianta eu ter melhores serviços se eu não posso cobrar mais para fazer os investimentos?

    • mr_rune

      Não pode ser pior que no Brasil….

  • Pepe Legal

    nao entendi se a EU deixou o mercado de internet mais ou menos livre. Mercado mais livre sempre é melhor.

    • Danilo Rossetto

      Depende do que você considera liberdade…..

      As empresas de lá agora podem, por exemplo, tratar o site de notícias como prioritário (e dando acesso mais rápido a ele) e o youtube, netflix, steam e torrent como “não prioritário”, dificultando acesso e demorando horrores para carregar algo…..
      mas não se preocupe, agora eles tem mais liberdade para negociar a parte o plano que dá acesso a esses conteúdos por um precinho amigável….
      Quer acessar o facebook? então compre nosso plano facebookplus…..
      Quer jogar online? então pegue nosso plano supergamer que tem o menor ping do mercado…. (é o mesmo ping que tinha antes, mas agora podemos, legalmente, inflar ele artificialmente caso vc não compre este plano)

      Mercado mais livre nem sempre é melhor…..
      O mercado de lá ficou mais livre para as mega corporações de telefonia, que vão poder cobrar por cada plano separadamente…….não para o público, que vai perder sua liberdade de acessar qualquer conteúdo de forma igualitária….

      • Pepe Legal

        mercado mais livre é sempre melhor, ponto.

        pq o publico teria q ter direito a acesso igualitario para qq servico? Obrigar uma empresa a fazer isso é errado. Ora, se uma pessoa quer melhor acesso ao facebook q pague por isso. E se todo mundo quiser, todas as empresas vao oferecer. Aumentando assim a oferta e caindo os precos desse servico.

        E obvio que diferentes servicos acarretam em diferentes custos. Qndo se é obrigado a oferecer todos os servicos pelo mesmo preco, nivela-se o preco de acordo com o servico mais custoso.

        Cada um deve ser livre pra cobrar o quiser por o que quiser e em contrapartida cada consumidor deve ser livre para contratar o servico que bem entender.

        • Danilo Rossetto

          “mercado mais livre é sempre melhor, ponto.”
          Mercado mais livre é QUASE sempre melhor……alguns pontos específicos devem ser regrados para que não haja abuso; este é um destes pontos.

          “pq o publico teria q ter direito a acesso igualitario para qq servico?”
          porque eles estão acessando a MESMA coisa, bytes na rede……dizer que um byte do facebook e um byte do youtube são diferentes “porque eu quero que seja diferente pra poder cobrar mais” é errado….

          “E se todo mundo quiser, todas as empresas vao oferecer.”
          aiaiai……esse povo que aprende economia em sala de aula e não percebe as sutilezas do mundo real…..
          elas até vão oferecer isso…..mas no preço que quiserem…..e não gostou? então vai la pra outra empresa que faz exatamente a mesma coisa….

          “E obvio que diferentes servicos acarretam em diferentes custos.”
          Errado, eles recebem isso como bytes……eles vão ter um custo EXTRA é pra descobrir da onde vem esse byte e depois cobrar isso de acordo com a tabelinha que eles mesmos criaram…..
          receber um byte do facebook e um byte do youtube é A MESMA COISA para a empresa…… (o que muda é a quantidade, já que normalmente o youtube gasta muito mais banda que facebook, mas aqui o assunto não é limitar pela quantidade de dados trafegados e sim pela origem destes dados, o que pra empresa, o custo é idêntico)”

          “Cada um deve ser livre pra cobrar o quiser por o que quiser e em contrapartida cada consumidor deve ser livre para contratar o servico que bem entender.”
          Isto é extremamente perigoso…..
          O mercado deve sim ter liberdade….mas não liberdade total…liberdade total é o caos….

          • Pepe Legal

            verdade, bit é sempre igual a bit, independente se vem do vizinho ou do japao, no mesmo momento, ou no dia seguinte. Por isso q todos os produtos que compramos tem o mesmo preco, pois todos sao feitos de atomos….

            e apesar de todo mundo gostar de cerveja e refrigerante, quase nao existem fabricantes, todos os produtos sao astronomicamente caros e de pessima qualidade.

            e como o assunto do artigo já nao mais condiz com essa conversa, vamos cada um pro seu quadrado

  • Arthur V.*

    A pergunta de um milhão de euros é: Como gerar diferenciação (e rentabilidade) nas empresas de telecomunicações em um cenário de neutralidade da rede, com os serviços de dados se tornando commodities e as operadoras se tornando “dumb pipes”?

  • Rodolfo Bendinelli

    MONEY MONEY MONEY MONEY…. MONEY!

  • Pingback: Marco Civil da Internet e a legalização da internet lenta « Meio Bit()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples