Steve McCurry em entrevista no WordPress.com

Steve McCurry é um fotógrafo que dispensa apresentações. É considerado, simplesmente, um dos maiores nomes da fotografia de todos os tempos. Com portfólio publicado na Magnum Photos (só ai você já respeita o cara), ele foi responsável pela foto da Garota Afegã que rendeu uma capa para a National Geographic e foi eleita uma das 100 melhores fotos da revista. Especialista em retratar culturas e grandes eventos (foi o primeiro a fotografar a brutalidade da invasão russa no Afeganistão), MacCurry já levou para casa a Medalha de Outro Robert Capa (você sabe quem foi esse?), um National Press Photographers Award e nada mais do que quatro World Press Photo, um recorde que ainda não foi igualado. Recentemente o fotógrafo foi contratado para fazer o mais famoso calendário no mundo, o Pirelli. Em vez de modelos nuas, a versão 2013 vai trazer lindas modelos, mas que possuam algum engajamento em causas humanitárias e sociais, em locações no Rio de Janeiro.

Mas, esse post está aqui para falar de uma entrevista que o mestre concedeu ao blog do WordPress.com. Além de fotógrafo mundialmente reconhecido, McCurry mantém um blog com atualização constante dentro da plataforma gratuita do Wordpress. Muito bacana quando alguém que não necessita mais de reconhecimento mantém um canal de troca de experiências com seu público. Aliás, a primeira pergunta feita pelo entrevistador foi o por quê do fotógrafo escrever. A resposta foi simples, demonstrando a importância da internet em ser o mais ágil veículo de comunicação existente e que é vital para o sucesso de um fotógrafo estar presente na internet hoje. Obvio que o entrevistador tenta fazer um jabá perguntando por que o fotógrafo escolheu o wordpress.com para seu blog e quais ferramentas ele mais gosta de utilizar e a resposta eu mesmo poderia ter dado (usei o serviço por alguns anos), pois o site é fácil de ser utilizado e possuí diversos temas bacanas e bonitos. Ao ser perguntado sobre os textos mais importantes e com maior impacto sobre os leitores, McCurry cita sua aventura na Etiópia juntamente com John Rowe para registrar um trabalho que está sendo feito para combater o mingi (abandono de crianças impuras). Realmente as fotos são de tirar o fôlego.

Ao final da entrevista é perguntado ao mestre sobre um conselho para quem está começando e quer construir a sua presença na Web. A resposta é dura e certeira: “Se você quer ser um fotógrafo, você tem que fotografar. Se você olhar para os fotógrafos cujo trabalho admiro, eles encontraram um lugar particular ou um assunto, cavou fundo nele, e criou algo que se tornou especial. E isso leva muito tempo e muito trabalho – que não é para todos. Independentemente de como você é bem sucedido, é importante para você gastar o seu tempo fotografando coisas que são importantes para você. Você precisa entender as coisas que tenham significado para você, e não o que os outros pensam que é importante para você. Ter um blog é uma das maneiras mais fáceis para começar seu trabalho e mostrar para um grande público “.

Eu humildemente concordo com a colocação de MacCurry. Estou no mundo dos blogs há mais de 7 anos e sempre indico para meus alunos que no começo a melhor ferramenta para entrar na internet é o blog. Existem boas ferramentas gratuitas e mesmo manter um domínio próprio não é inviável para quem tem poucos recursos. O importante é fotografar e mostrar o seu trabalho em um meio de comunicação onde as fronteiras geográficas não importam muito.

 

 

Relacionados: , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar