Dell 2.0: Atenção total ao Linux

Com a volta do seu criador, a Dell pediu sugestões em como melhorar seus produtos e serviços para os consumidores.

Idéia número 1, até o momento? Computadores com a opção de Ubuntu, OpenSuse ou Fedora pré-instalados e configurados, prontos para uso. Ou seja, no momento de se comprar o computador, o consumidor teria essas opções de sistema operacional, além do Windows XP e Windows Vista. E outra idéia bastante popular é fornecer o equipamento sem sistema operacional algum.

A segunda opção mais popular foi ter o Open-Office pré-instalado ou uma versão trial do Microsoft Office ao invés do Microsoft Works.

Se um dos maiores fabricantes de computadores do mundo começar a fornecer distros pré-instaladas e configuradas, com drivers, codecs e suporte, há uma boa chance do mercado se diversificar. Computadores prontos para usar como Macs, com tudo “escondido”, mas disponível para os power users, beneficiaria muita gente.

Mas antes que algum fanboy pense: “oba, máquinas Dell com SO de graça”, pense novamente, bobão. O serviço para pré-configurar e instalar a máquina, muito provavelmente, será cobrado e isso é totalmente justo.

Mais justo ainda é a máquina vir sem SO algum e deixar os fuçadores de bits se divertirem alterando o kernel e drivers de alguma distro obscura. Ou instalar uma cópia de um SO que ele(a) já possua.

Para o mercado corporativo, significa algo ainda mais importante: suporte e integração. Um pouco de concorrência nunca fez mal na indústria de software, vide o Firefox.

A conclusão que se pode tirar dessas dicas é que o consumidor quer liberdade para escolher seu equipamento e seu sistema operacional ou a falta dele.

Fonte: DesktopLinux

  • ColdFusion

    Vou ser sincero, estranhei muito o resultado dessa pesquisa da Dell, não vejo ligação entre os PCs da Dell e a comunidade linux.

    Algo me diz que essa pesquisa teve algum tipo de influência como aquelas que o blog KibeLoco faz de vez em quando, onde o Antonio Tabet cita alguma enquete e diz pra todo mundo votar em uma opção específica (normalmente, a mais esdruxula das opções), e não dá outra, a tal ganha com mais de 90% dos votos.

    Bom, de qualquer forma, essas opções a mais são bem vindas, ainda mais vindo da Dell, espero ver um linux com mais inteligência que os que tenho visto pré-instalados por aí.

  • Bicalho,

    A Dell já vende micros sem OS ha mais de 2 anos (eu comprei um para minha empresa em 2005). É só procurar no site pelos micros da série “n” (ex: Dimension C521n, que por sinal está em promoção…).

    Infelizmente eles não dão essa opção para máquinas que não sejam “entry-level”.

    Sobre a opção do Linux, instalar um Ubuntu é tão fácil quanto instalar o Windows, então não vejo a necessidade de sair instalado de fábrica (claro que o CD enviado terá que ter todos os drivers necessários).

    http://saladadebits.blogspot.com/

  • alexkrycek

    No Brasil 90% das pessoas vão escolher a versão com Linux pois é mais barata e vão jogar um XP piratão depois. Mas pra quem é realmente usuário Linux vai ser muito bom. Quem sabe a Dell joga uma grana no Ubuntu pra deixar a distro melhor ainda?

    • ColdFusion

      Infelizmente, serão R$40,00 mais baratos!

      Segundo o Cardoso, esse é o valor que a Dell paga na licença OEM do Windows, segundo EU MESMO, esse é o valor que eles subtraem do valor total do PC (o resto embolsam).

  • Eu só vou acreditar quando ver o anúncio na loja…



    UsuárioCompulsivo

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis